Flusócio – 14 anos

aniv

Em fevereiro de 2003, alguns conselheiros novatos, ainda chamados no clube – por vezes pejorativamente – de Patos Novos, conversavam no Bar dos Esportes, entorno do Maracanã, em um dia de clássico contra o Botafogo. Àquela altura eles já sabiam que jamais voltariam a ser torcedores normais. A paixão e o fanatismo seriam eternos, mas agora eles já não enxergavam mais apenas o que acontecia dentro de campo. O clube tinha uma realidade interna muito preocupante. A dívida era enorme e continuava crescendo, a parte de estrutura de trabalho para os profissionais era deficiente, Xerém não produzia jogadores no ritmo que poderia. A sala de troféus era de causar vergonha. Quem iria mudar aquela situação? Os sócios? Presumivelmente sim, mas a maioria deles sequer era tricolor. Como corrigir os rumos do Fluminense se a maioria dos que decidiam seu destino não eram tricolores?

Aquele bar era o ponto de encontro deles antes dos jogos e naquela tarde, como sempre faziam, eles estavam lá, bebendo uma cerveja e debatendo Fluminense. “Temos que atrair mais torcedores pra dentro do clube”, disse um deles. “Mas como?”. Decidiram que precisavam agir. Já havia diversos grupos de discussão, notadamente o Fala Tricolor, do site SempreFlu, mas lá havia sócios e não sócios. Alguns moravam longe do Rio e não pretendiam se associar. “Nós precisamos liderar um movimento para estimular a associação”, comentavam. Surgiu ali a ideia de criar uma lista no Yahoo Grupos destinada apenas a sócios do Fluminense, torcedores do clube. Admitiriam também os que intencionassem se tornar sócios em breve.

Em 27 de fevereiro de 2003, há 14 anos, portanto, foi criada a Flusócio, ainda como uma lista de discussão. A partir dali, muita coisa aconteceu. Aquele mero grupo de discussão entrou de corpo e alma na vida política do clube, participou da campanha de 2004, promoveu debates e protestos. Tornou-se tão influente no clube que em 2006 decidiu assumir oficialmente o que já acontecia na prática: tornou-se um grupo político.

Desses 14 anos, oito foram vividos na oposição e seis anos na situação, como principal grupo apoiador de Peter Siemsen. Alguém acha que aquela ideia antiga de atrair a torcida para dentro do clube morreu? Muito pelo contrário. Ela cresceu, encorpou e se tornou uma obsessão. A campanha de Cidadania Tricolor, liderada pela Flusócio, com seu auge em 2009, foi sucesso retumbante. Ela atraiu milhares de novos sócios que puderam votar já em 2010. E toda aquela luta foi coroada com a aprovação da categoria Sócio-Futebol com direito a voto, em 2012.

Uma história política rica, com vitórias, derrotas e muito aprendizado. Foram duas derrotas eleitorais antes de chegarmos às três vitórias. A mais recente, em novembro último, colocou Pedro Abad, integrante da Flusócio desde 2008, na presidência do clube, com votos de mais de 2000 sócios. A maior votação da história do Fluminense em números absolutos. Virão agora, portanto, mais três anos como situação, porém dessa vez com uma responsabilidade ainda maior. Muito maior. Gestão com DNA do grupo, genuinamente Flusócio.

Pode dar certo ou errado. A torcida irá nos julgar. O que podemos garantir, desde já, é que será uma gestão séria, honesta e com o Fluminense sempre acima de tudo, pois a Flusócio, nesses 14 anos de existência, jamais se desviou dos ideais de seus fundadores e de sua linha de conduta sempre reta, ética e coerente com o que sonhamos para o Fluminense.

Parabéns a todos os Flusócios pelos anos de luta em prol do Fluminense. E obrigado a todos os que sempre acreditaram em nós.

Decisão em Los Larios

fluloslarios

Depois de idas e vindas já costumeiras em se tratando de Estadual da FERJ, uma reunião no Fórum Central do Rio, com a presença do Juiz Guilherme Schiling, representantes dos clubes e da Polícia Militar, definiu que Fluminense e Madureira, jogo válido pela semifinal da Taça Guanabara 2017, será no Estádio Los Larios, em Xerém, no sábado de Carnaval, às 16h30.

Uma análise fria dos números puros e simples já indica ao torcedor que chegou a hora de darmos ao time uma primeira resposta à altura do desempenho apresentado neste Campeonato Carioca. São cinco vitórias, 15 pontos, 100% de aproveitamento, 14 gols marcados e uma defesa que sequer foi vazada uma única vez.

Muito além de dados estatísticos e de aproveitamento, temos a intensidade do jogo deste elenco jovem, inegavelmente comprometido e dedicado, buscando o ataque, disputando cada bola durante os noventa minutos em todos os jogos do ano.

Se o adversário não figura entre os grandes do Rio e o próprio campeonato ainda não é um produto suficientemente atrativo para o torcedor na atual fase, teremos então, no próximo sábado, uma boa oportunidade para aumentar o tamanho desse jogo.

Não há dúvidas de que lotaremos as arquibancadas do acanhado e simpático estádio localizado em Xerém, reduto tricolor que abriga há décadas o CT Vale das Laranjeiras. Estaremos em casa e devemos desde já celebrar a chegada do novo parceiro Under Armour, ratificar o apoio ao bom trabalho realizado pela comissão técnica e empurrar nosso time à final.

O recado aos rivais que teremos pela frente na temporada, já foi dado pelo nosso treinador, em entrevista coletiva após a última vitória:

“Cara, podemos ganhar ou perder, mas estaremos preparados”.

Uma vitória no próximo sábado aproxima das Laranjeiras a primeira taça em disputa no ano de 2017. E deixará o Carnaval da Cidade Maravilhosa, certamente, mais colorido de verde, branco e grená.

Para os torcedores que pretendem iniciar o feriado nas arquibancadas de Los Larios, todas as informações sobre ingressos e venda antecipada já estão disponíveis.

E para aqueles que ficarão de fora, até mesmo por questões de limitação na capacidade do estádio indicado para a semifinal, certamente não faltarão pontos de encontro para comparecerem com a nossa camisa e nosso apoio.

Após o jogo, deixe aqui suas impressões sobre a partida.

Bem-vinda Under Armour!

under-armour-logoCom sede localizada em Baltimore, EUA, a Under Armour é uma das maiores empresas de roupas e equipamentos esportivos do planeta. Começou a operar em 1996 e possui atualmente mais de quinze mil pontos de venda no mundo. No Rio de Janeiro, a Under Armor tem mega lojas no Rio Sul e no Barra Shopping, por exemplo.

Atualmente é fornecedor de material esportivo dos ingleses Tottenham e Aston Villa, além de clubes tradicionais como Colo Colo (Chile), Cruz Azul e Deportivo Toluca (México). No Brasil, fornece os uniformes do São Paulo desde 2015. Na Espanha, recentemente fez proposta recorde para vestir o Real Madrid.

Segundo a revista Forbes, A Under Armour foi escolhida como uma das empresas mais inovadoras do mundo em seu ranking de 2016 e seu valor de mercado atualmente supera 8 bilhões de dólares. Em 2015, a Under Armour superou a segunda posição da Adidas no mercado americano, com um faturamento anual de U$2,6 bilhões.

Além dos clubes, uma lista com os nomes de grandes estrelas do esporte mundial fazem parte do time de atletas patrocinados pela Under Armour. Nesta lista podemos encontrar Stephen Curry (basquete), Tom Brady (futebol americano), Kelley O’Hara (futebol feminino), Michael Phelps (natação), Andy Murray (tenista), entre outros. Algo curioso é que a Under Armour não se limita apenas em patrocinar esportistas. Outros nomes que carregam o nome da marca americana são a top model Gisele Bundchen e a bailarina Misty Copeland.

Com material esportivo de reconhecida qualidade e grande aceitação dentre o público mais jovem, a Under Armour chega para vestir o gigante Fluminense com objetivo de ampliar sua marca no mercado brasileiro.

É importante o torcedor saber que agora todo item comprado (camisa, shorts, agasalhos, meiões, etc) vai remunerar diretamente o clube com um percentual do valor do produto, previsto em contrato.

Desta forma, prestigiando os itens licenciados Under Armour Fluminense você estará contribuindo de forma direta para aumentar o valor a ser recebido mensalmente pelo clube, potencializando a capacidade de investimento do Fluminense.

Desejamos boa sorte ao novo parceiro comercial e esperamos um grande sucesso de vendas juntos, pois atualmente há grande demanda reprimida na torcida do Fluminense por conta dos problemas de distribuição protagonizados pela Dry World.

A marca Under Armour (Sob Armadura, em português) parece ter sido feita sob medida para o Time de Guerreiros.

Que assim seja!

100% na semi

img_6792Como é legal ver a garotada vestir a camisa profissional pela primeira vez e ajudar o time com grandes atuações!

Como é legal ver o Flu poder rodar o elenco, observar atletas e dar experiência a outros!

Como é bom estar garantido na semifinal, sem ver o time sofrer um golzinho sequer!

A resenha está aberta! Um bom final de semana a todos!

CB: 1º objetivo concluído

O Flu foi a Natal na estreia contra o Globo, pela Copa do Brasil, e nos brindou com mais uma grande atuação, coroada com um gol antológico de Gustavo Scarpa de antes do meio-campo. O primeiro objetivo foi concluído e avançamos à segunda fase.

O torcedor do Flu tem a oportunidade de contribuir para indicação do golaço ao prêmio FIFA Puskas Award 2017, basta compartilhar o vídeo do gol publicado nos canais digitais do Fluminense marcando o perfil @FIFA no Facebook e o perfil @FIFAcom no Twitter.

Agora, o foco é o jogo pelo estadual, que provavelmente contará com reservas. Uma boa oportunidade para Abel observar alguns jogadores e a torcida conhecer nomes ainda pouco conhecidos.

A resenha está aberta!

1 2 3 4 5 187