Seja sócio-proprietário! Restam poucos títulos

socio-foto

Uma coisa que pouca gente sabe é que o número de títulos de sócio-proprietário é finito em todos os clubes. E no Fluminense não é diferente.

Você sabe o que diz o Estatuto?

Art. 80 – Será Sócio Proprietário quem, possuindo um ou mais Títulos de Propriedade do Clube, receber despacho favorável no processo de admissão a essa classe de Sócios.

Art. 83 – A quantidade de Títulos de Propriedade e seu respectivo valor serão fixados pelo Conselho Deliberativo, por proposta do Conselho Diretor.

No Fluminense, a quantidade de Títulos descrita no artigo 83 foi definida em 5000 unidades (cinco mil), e atualmente faltam menos de 500 ainda à venda.

Ao contrário do sócio contribuinte, o Título de Propriedade é considerado um bem familiar passível de ser declarado no Imposto de Renda, pois são estes os reais donos do patrimônio do Fluminense. O Título de Propriedade também pode ser repassado a herdeiros, ou vendido a terceiros.

Art. 82 – Os Títulos de Propriedade emitidos pelo FLUMINENSE serão numerados, nominativos, pagos em moeda corrente e transferíveis por atos inter vivos ou causa mortis, respeitadas as restrições deste Estatuto.

Art. 88 – A transferência de Títulos de Propriedade estará sujeita ao pagamento da taxa fixada pelo Conselho Deliberativo, por proposta do Conselho Diretor.

§ 1º – Na transferência entre ascendentes e descendentes, o valor da taxa será reduzido de 50% (cinquenta por cento).

§ 3º – Na transferência causa mortis, o herdeiro necessário ou o cônjuge sobrevivente, uma vez aceito como Sócio, ficará isento do pagamento da taxa de transferência.

Também é importante saber que o sócio-proprietário paga uma mensalidade referente a 50% do valor cobrado ao sócio contribuinte, ou seja, no longo prazo o investimento na aquisição do título de sócio-proprietário se paga sozinho através dos descontos mensais nas mensalidades.

Art. 86 – Os Sócios Proprietários pagarão ao Clube, mensalmente, uma taxa de manutenção que corresponderá, a 50% (cinquenta por cento) do valor da mensalidade fixada para os Sócios Contribuintes Efetivos.

Atualmente é possível ingressar como sócio-proprietário sem qualquer burocracia, através da internet. Também é possível fazer a aquisição presencialmente na secretaria do clube.

Art. 84 – Os Títulos de Propriedade poderão ser pagos à vista ou em prestações mensais sucessivas, fixadas pelo Conselho Diretor.

O valor do investimento é R$ 6.772,97, podendo ser parcelado em até 5 vezes, a critério do comprador. No caso de pagamento à vista, o valor cai para R$ 5.737,37.

Venha ser um dos proprietários do Fluminense, restam poucas oportunidades. Divulgue!

Clássico Vovô com força máxima

FluxBota

Vindo de um jogo ruim contra o Nova Iguaçu na última rodada quando foi utilizado um time todo reserva, chegou a hora de encarar o Botafogo em mais um clássico neste ano. Abel já confirmou força máxima, e sentiremos a princípio apenas a ausência do volante Orejuela, que estará servindo a seleção do seu país nos jogos das Eliminatórias para o Copa.

O jogo será realizado nesta quinta feira às 21:45h, no Engenhão, com ingressos em promoção, variando entre R$20,00 e R$40,00 (preços de inteira). Para maiores informações sobre venda antecipada clique aqui.

É mais uma oportunidade para o Fluminense continuar somando pontos, pois de acordo com o regulamento do Estadual os dois clubes de melhor campanha somando os dois turnos, entram em vantagem na fase final da competição. Hoje o Fluminense soma 18 pontos e com uma vitória sobre o rival Botafogo praticamente garantimos a nossa vantagem para a próxima fase. O nosso time titular também defende a invencibilidade na temporada.

Deixe aqui seus comentários sobre a partida.

Resumo sobre o orçamento 2017

controle-orcamento

No dia 30/03, o Conselho Deliberativo do Fluminense se reunirá para apreciar o Orçamento 2017. O documento oficial de 26 páginas mostra com muita clareza o cenário financeiro desafiador deste ano, num momento de baixa de receitas em todos os segmentos da economia brasileira, situação que afeta diretamente os clubes na busca por patrocinadores. Na parte de despesas previstas, o maior desafio será manter o clube aderente aos financiamentos do PROFUT e Ato Trabalhista, honrar compromissos e investimentos realizados pela gestão anterior, além das sempre duras despesas financeiras sobre a dívida.

Desta vez, o trabalho foi elaborado em conjunto com a Ernst & Young, uma das maiores empresas de consultoria e auditoria do mercado, contratada pela nova gestão para encaminhar mudanças que possam tornar o Flu mais aderente às boas práticas de mercado relacionadas à governança e compliance, além de endereçar a revisão de controles e processos internos. A empresa não foi escolhida por acaso, mas principalmente por já ter alguns cases de sucesso em clubes de futebol.

O Conselho Fiscal, por unanimidade, emitiu parecer favorável à aprovação do orçamento, atestando que ele representa de maneira fidedigna a realidade financeira do Fluminense no momento. Além disso, registrou que o documento foi elaborado de forma conservadora nos itens em que precisa projetar valores ainda incertos.

O parecer do Conselho Fiscal também reconhece os esforços que o Conselho Diretor já colocou em andamento para apresentar ao final do ano um resultado realizado melhor do que o orçado. Cita como exemplos destes esforços o enxugamento do elenco de futebol e a estruturação de novas operações financeiras.

Importante atestar a qualidade do material produzido e também registrar um item importante que talvez possa ter passado despercebido: pela primeira vez vemos o orçamento do Fluminense ser apresentado com metas e planos de ação anexos já definidos para ser executados.

Registramos que tem valido à pena cotizarmos doações financeiras entre nossos integrantes para ajudar o clube a pagar a Ernst & Young. Fazemos isso por coerência com o que sempre pedimos e seguindo o exemplo do Presidente Pedro Abad, que foi o primeiro a contribuir. Ao todo, 51 flusócios se comprometeram em ajudar o Flu nesta empreitada.

É importante também frisar que a página 2 do Orçamento tem um importante conjunto de premissas, sendo a mais relevantes delas a seguinte: “2 – Este produto é de uso interno – considerando que deve ser validado e algumas informações são sensíveis ao público externo“.

Desta forma, repudiamos o vazamento de um documento interno para a imprensa e internet, algo que não ajuda em nada o Fluminense em negociações futuras com parceiros comerciais ou em vendas de atletas. Só os conselheiros tiveram acesso ao documento, mas infelizmente para o clube, vemos por parte de alguns o interesse político se sobrepondo aos interesses da instituição.

Em resumo, o ano de 2017 prevê dificuldades e a mobilização de todos em prol do Fluminense será primordial. A diretoria tem sido transparente em suas ações e já mostra alguns nítidos avanços na parte financeira e também esportiva. Por exemplo, com a realocação de mais de 30 atletas emprestados ou dispensados, a gestão conseguiu reduzir o custo mensal do futebol em mais de 20% e mesmo assim conquistou a Taça Guanabara de forma invicta, além de manter o Flu vivo na disputa da Copa do Brasil e Primeira Liga. Mas é preciso continuar avançando, e para isso o apoio do torcedor também será fundamental, tanto nas arquibancadas quanto no programa de associação.

Vamos lotar!

FluxCri

Com venda antecipada em andamento, o Flu segue sua preparação para o confronto decisivo desta quarta-feira, às 19:30h, contra o Criciúma. Confira todas as informações sobre ingressos.

O jogo marcará o retorno do Time de Guerreiros a Edson Passos, estádio que estava em reformas e foi finalmente liberado. No ano passado, por conta da proximidade do público com o gramado, o Giulite Coutinho motivou uma boa sinergia entre time e torcida, e temos certeza que assim será novamente.

A partida é decisiva e vale muito para o restante da temporada. A classificação significa avançar à fase mais aguda da competição, e a força das arquibancadas será fundamental para superarmos mais este desafio.

#VemProJogo #SejaSócio

Agora é a Taça Rio

BoavistaxFlu

Após o empate de 1 a 1 em Santa Catarina diante do Criciúma, jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, já está em andamento a venda antecipada de ingressos para o confronto decisivo contra o Criciúma, em Edson Passos, na próxima quarta-feira, às 19:30h. Clique aqui para conferir todas as informações oficiais.

Mas antes da decisão pela Copa do Brasil, o Fluminense volta suas atenções novamente para o Campeonato Carioca. O time estreia na Taça Rio no próximo domingo, às 19h, contra o Boavista, em Bacaxá. Abel Braga já sinalizou a possibilidade de poupar titulares devido ao grande desgaste do elenco, que enfrenta uma verdadeira maratona nas últimas semanas.

Teremos mais uma boa oportunidade para observar novamente alguns jovens que ainda buscam espaço no elenco e dar ritmo de jogo àqueles que ainda não tiveram uma sequência na temporada.

Esperamos uma estreia com vitória, a manutenção do nível das atuações e a presença dos Tricolores da região para prestigiar nossos Guerreiros.

Deixe aqui seus comentários sobre a partida.

1 2 3 187