Flusócio não apoiará nenhum candidato

NotaOficial

Diante da publicação do Edital de Convocação da Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 08/06/2019 das 9h às 18h com a finalidade de eleger o novo Presidente do Fluminense, a Flusócio vem por meio deste comunicado reforçar o post de 21/12/2018, quando afirmamos que o grupo ficará à margem do processo eleitoral.

Em reunião fechada, o grupo, por unanimidade, entendeu que esse afastamento é uma forma de estimular a estabilidade do processo e a tranquilidade entre os candidatos concorrentes ao pleito e os sócios eleitores. Na mesma reunião, foi decidido também, que todos os membros terão liberdade de decisão de voto e insistimos que qualquer pessoa ou veículo que tentar associar o nome da Flusócio a qualquer candidatura estará agindo de maneira mentirosa e leviana.

Desejamos uma campanha serena e propositiva, debatendo sempre com clareza todos os assuntos importantes ao Fluminense, fazendo assim com que o associado consiga, de forma plena, racional e sensata, decidir o futuro do nosso clube.

Amanhã é dia de participar do futuro do Fluminense

eleições

Amanhã é dia do sócio do Fluminense começar a decidir o novo rumo do clube. Como já se sabe, o presidente Pedro Abad convocou para este sábado, dia 26, a Assembleia Geral para que seja permitida a mudança de estatuto que possibilite a convocação antecipada das eleições do clube.

Como mencionado em post publicado em dezembro, os princípios que balizaram essa decisão sempre foram a democracia (o poder deve ser do associado), a estabilidade institucional e a responsabilidade com o avião em voo, pois o Fluminense não para um dia sequer.

A Flusócio defende que a alteração do estatuto seja aprovada como forma de dar maior segurança jurídica à convocação da nova eleição. E esta, por consequência, é fundamental. Uma vez que o clube não deve ficar exposto a dois processos eleitorais (que sempre trazem certa instabilidade) em menos de um ano.
Diferentemente do que muitos apregoam, nosso grupo entende os anseios que vem das arquibancadas. Até porque ali que ele nasceu e nunca saiu.

Durante seus quase 16 anos de existência, tentou representar o desejo do sócio e do torcedor do Fluminense: um clube forte, perene, continuamente em evolução, socialmente ativo e sempre buscando vitórias esportivas e conquistando títulos no futebol e em todos os esportes que carregam o nosso escudo e levantam a nossa bandeira.

Por isso, conclamamos o associado a comparecer ao clube amanhã, 26 de Janeiro das 9 às 18 horas para exercer seu direito de participar da decisão dos rumos do clube.

Aproveitamos para reiterar nosso compromisso de que, caso a alteração estatutária seja aprovada e consequentemente a eleição convocada, a Flusócio não vai participar ou se envolver nesse novo pleito. Vamos nos posicionar à margem de todo processo, deixando o sócio tricolor decidir um novo presidente para o clube. Assim, desde já, qualquer candidato ou campanha que surja mencionando apoio ou oposição da Flusócio estará mentindo para o sócio do Fluminense.

Nota de Esclarecimento – Estádio Manoel Schwartz

20190121_160445

A respeito de matéria publicada no site NETFLU, afirmamos ser covarde e inverídica a afirmação de que somos contra a reforma do Estádio Manoel Schwartz porque a obra esvaziaria o interesse de potenciais investidores na construção de um estádio novo na Zona Oeste do Rio.

20190121_155043

Covarde por atacar de modo injusto quem não participou do projeto, o grupo Flusócio.

E inverídica porque o grupo que está conduzindo o projeto reporta os passos diretamente ao presidente Pedro Abad, que deu-lhes total autonomia para tentarem conseguir as licenças necessárias junto aos órgãos públicos e buscarem o parceiro investidor que faria o aporte de recursos para realizar a obra, premissas básicas para o empreendimento.

20190121_151029

Em nenhum momento a Flusócio se manifestou contra o projeto, nem mesmo propôs o abandono do mesmo para a realização de qualquer outro.

Fluminense 2019

NotaOficial

O Presidente Pedro Abad, em sua coletiva ontem, realizada logo após a inócua reunião de votação para o seu impedimento, anunciou que convocará eleições o mais rápido possível, antecipando a conclusão do seu mandato.

Há cerca de um mês a ideia foi ganhando corpo internamente, mas, pela responsabilidade com o clube e pela paz no futebol – disputa das semifinais da Sul-americana e últimas rodadas do Brasileirão em andamento – foi mantida em estreito sigilo. Durante o período foi analisado o Estatuto do Fluminense, considerando também o novo Código Civil brasileiro, aprovado posteriormente. Os princípios que balizaram o processo sempre foram a democracia (o poder é do associado), a estabilidade institucional e a responsabilidade com o avião em voo, pois o Fluminense não para um dia sequer, mesmo com o futebol profissional de férias.

Nosso grupo nasceu nas arquibancadas e delas nunca saiu. Durante seus quase 16 anos de existência, tentou representar o desejo do sócio e do torcedor do Fluminense: um clube forte, perene, continuamente em evolução, socialmente ativo e sempre buscando vitórias esportivas e conquistando títulos no futebol e em todos os esportes que carregam o nosso escudo e levantam a nossa bandeira.

Lutamos, principalmente no atual mandato, em busca de obter segurança financeira para o clube após a saída de um patrocinador que aportava recursos impensáveis na atualidade, e assim recolocar o clube nos trilhos do sucesso esportivo. Entre erros e acertos, perdemos a conexão com o associado e com o torcedor tricolor. Abriremos mão da gestão e nos colocaremos à margem desse processo eleitoral porque entendemos que o mais importante hoje é a paz e união dos tricolores em torno do Fluminense, é reconecta-lo com seu sócio e torcedor. Que a esperança de um novo ano, de uma nova gestão, resgate essa união. O adversário está lá fora, nas suas múltiplas cores, e não podemos, nós tricolores, jamais sermos adversários de nós mesmos.

Xerém: a jóia da coroa

Sub14Campeao2018

Considerado pelos próprios atletas como “Carandiru” antes de 2011, a partir de então o Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras (CTVL) em Xerém passou por evoluções constantes na parte estrutural de suas instalações, na contratação e capacitação de pessoas.

Xerem1Antes

XeremDepois

Em 2015, a CBF concedeu ao Flu o Certificado de Clube Formador, um antigo desejo. Importante carimbo sobre a excelência no trabalho de base do Fluminense, reconhecido pelo mercado como um dos melhores do país.

Os bons resultados não são obra do acaso: há alguns anos, o Fluminense percebeu a importância de integrar o futsal de Laranjeiras com Xerém, transformando o primeiro em fonte contínua de jogadores para o segundo. Hoje é um trabalho integrado que funciona com muita eficiência.

Futsal

Evoluímos muito também em núcleos espalhados pelo país (projeto Guerreirinhos), captação de atletas e métodos de trabalho. E foi mudada a estratégia: há algum tempo a base do clube percebeu que precisava captar os jogadores cada vez mais cedo, sob pena de ficar apenas com a “xepa” dos clubes mais ricos caso a captação continuasse a acontecer com idade mais avançada, quando o investimento tem peso maior.

Por exemplo, o ótimo time Sub 17, que decidiu a final da Copa do Brasil no dia 21/12, foi montado há alguns anos. É um fruto desta estratégia de captação de atletas com idade precoce. O time tricolor tem inúmeros destaques na categoria mesmo com o Fluminense contando com um orçamento muito menor que o rival pra fazer investimentos em divisões de base. Na mesma competição, nosso time já eliminou Corinthians, Cruzeiro e Palmeiras.

Seguem os resultados de 2018, por categoria:

Sub-20
Campeão da Taça Rio
3º colocado no Estadual
Vice-Campeão do OPG
Semifinalista do Campeonato Brasileiro
Oitavas de final Copa do Brasil
1ª Fase Copa SP
1ª Fase Internacional RS

Sub-17
Campeão Estadual
Vice-Campeão Taça BH
Vice-Campeão da Copa do Brasil

Sub-16
Vice-Campeão Estadual
Vice-Campeão Copa Xerém

Sub-15
Campeão Copa da Amizade Brasil e Japão
Vice-Campeão Estadual

Sub-14
Campeão Copa Nacional VR Cup
Campeão Estadual
Campeão Taça Rio
Vice-Campeão Taça Donos da Bola
Vice-Campeão Taça Guanabara

Sub-13
Campeão Estadual
Campeão Taça Donos da Bola
Campeão Taça Guanabara
Campeão Taça Rio
Vice-Campeão Copa Nacional VR Cup

Sub-12
Campeão Estadual
Campeão Taça Guanabara
Campeão Taça Rio
Campeão Taça Donos da Bola

Sub 11
Campeão Taça Donos da Bola
Vice-Campeão Taça Guanabara
Vice-Campeão Taça Rio

Importante também registrar os importantes recursos financeiros do ano auferidos a partir  de negociações de atletas formados em Xerém:

– Wendel (80% dos DEs negociados por R$ 29,3 milhões para o Sporting-POR);

– Douglas (63% dos DEs vendidos ao Corinthians por R$ 4,6 milhões);

– Gustavo Scarpa (40% dos DEs resultaram em R$ 6,7 milhões, após acordo judicial);

– Léo Pelé (50% dos DEs renderam R$ 3 milhões);

– João Pedro (negociado junto ao Watford, primeira parcela rendeu E$ 2,5 milhões, ou cerca de R$ 11,1 milhões);

– Ayrton Lucas (50% dos DEs renderam cerca de R$ 15 milhões);

Total: aproximadamente R$ 69 milhões, em valores brutos.

Diante de tantas dívidas, penhoras, bloqueio de 15% de suas receitas pela PGFN e fluxo de caixa estrangulado, sem este valor o clube não teria conseguido pagar salários, Ato Trabalhista, PROFUT  etc até o mês 11/2018 de forma alguma.

Apenas na gestão Pedro Abad, o Fluminense já teve que pagar mais de R$ 40 milhões em dívidas antigas por meio da Justiça do Trabalho, sem contar dívidas bancárias e cíveis.

Ainda precisamos creditar ao trabalho de Xerém os recursos financeiros que passam a ser devidos por outros clubes oriundos de mecanismo de solidariedade FIFA, por conta de transações como as dos atletas Marlon (do Barcelona para o Sassuolo) e Fabinho (do Mônaco para o Liverpool).

Em 2018, tivemos Pedro, Ayrton Lucas e Ibañez como titulares do time profissional por toda a temporada, além de Digão, que também é formado em Xerém e assumiu a posição desde que chegou ao clube por empréstimo, em meados deste ano.

Nos últimos campeonatos, o Fluminense tem sido um dos clubes que mais utiliza seus jogadores de base dentre os profissionais, reconhecido em todas as estatísticas.

Base Aprov

MelhoresSub20-2018

UtilizacaoBase2018

Convidamos todo tricolor a conhecer, cuidar e proteger o trabalho realizado no CTVL. Blindá-lo 100% de interesses políticos.

O principal ativo institucional do Fluminense está neste trabalho, que é a salvação esportiva e financeira do nosso clube.

#SomosFluminense

1 2 3 209