Semana importante

Alerta

Esta segunda semana de maio é bastante importante para o Fluminense. Hoje, às 16h, o time sub-17 faz a semifinal da Copa do Brasil contra o Sport, no estádio Los Larios, em Xerém. Haverá transmissão ao vivo pela ESPN Brasil.

Na quinta-feira, às 21h30 em Volta Redonda, o jogo de volta pela Copa do Brasil dos profissionais, uma tentativa de apagar o péssimo desempenho de semana passada contra a Ferroviária. Confira todas as informações sobre ingressos. A transmissão será da Fox Sports. Quem não puder comparecer ao Raulino de Oliveira tem como boa opção o Guerreiros Sports Bar em nossa sede. Promoção de cervejas, bons petiscos e ambiente totalmente tricolor com clima de jogo. Estaremos marcando presença por lá, quem quiser é só comparecer!

Por último, um desafio importante já na primeira rodada do brasileiro: o América-MG, tradicional pedra no sapato tricolor nos últimos anos, vem embalado pela conquista do campeonato estadual e deve nos oferecer um confronto duro no domingo, às 16h, com transmissão da Globo.

Independente de nossa performance nessas duas partidas citadas, a necessidade de reforços para o elenco é notória: seguimos com um lateral esquerdo improvisado, poucas opções para o meio campo e sem atacantes capazes de fazer a diferença ao lado de Fred. A ida ao mercado é urgente, seja através de trocas, como outros grandes clubes estão fazendo para driblar a crise financeira, seja através de empréstimos ou mesmo contratações definitivas. A temporada pesada começa agora e o Flu ainda não está 100% preparado para ela.

  • Fernando Ventura Jr.

    Pensei que o Levir fosse usar de rodízio para ver com quem mais pode contar e para ver a possibilidade de alterar entre esquemas de jogo, mas após os vexames contra Vasco, Botafogo e Ferroviária ele percebeu que ainda não tem um time base. Eu também aproveitava que a vantagem do empate(0x0, 1×1 e 2×2) é nossa, fora a nossa vitória para colocar o Richarlison desde o início. Também conversava com o Fred de não o escalá-lo, com a desculpa de poupá-lo para o brasileiro.

    J. César,
    Jonahtan, Renato, Gum e WS
    Cícero, Edson,
    Scarpa, Marco Jr. e Richarlison
    Magno Alves.

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    Pobre futebol brasileiro e as torcidas bancando esta farra !!

    ” Cria das categorias de base do Corinthians, Matheus Pereira está na Itália, onde passará por exames no Juventus, de Turim, e então assinar contrato.

    Dono de apenas 5% dos direitos econômicos do meia de 18 anos, o Corinthians pretende manter o seu percentual caso a negociação se concretize, já pensando em uma venda futura.

    Os italianos devem pagar cerca de 2,5 milhões de euros pelo atleta, que tem 95% dos direitos ligados a empresários. Ex-conselheiro, Fernando Garcia é dono de 40% deste montante.

    O investidor agencia a carreira de outros oito atletas do elenco alvinegro: Walter, Uendel, Guilherme Arana, Vilson, Marlone, Maycon, Lucca e André. “

    • Fabio DB

      Isso é uma vergonha e alguns dirigentes do Corinthians poderias ser enquadrados em crime de responsabilidade ou similar.
      ST

  • Alexandre Vianna

    Amigo,

    É ótimo ler comentários como este seu.

    Temos que deixar de ser reféns, tanto dos jogadores de má-vontade quanto dos dirigentes de má-competência.

    • Rogério Barbieri

      Agradeço pelo teu comentário Alexandre!

      Sei que sou muito ácido para alguns, pois procuro olhar sempre o que entendo ser o melhor para o Fluminense.

      Tenho a impressão que muitas decisões erradas acontecem por existir um jogo de conveniências pessoais que extrapolam os interesses do Fluminense. Na verdade, até o prejudicam.

      • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

        E prejudicam demais e doe na carne!!

  • Claudio Souza

    Paulo,

    Não entendemos nada de futebol, cheguei a essa conclusão. Os “gênios” do nosso departamento de futebol, cuja área mais brilhante é o famoso “scout”, há anos nos brindam com essas escolhas fenomenais. Os resultados confirmam o que digo.

    ST

  • Claudio Souza

    O Cícero deve estar insatisfeito com o salário de 450 K.

    ST

  • Flavio Henrique

    Rapaz , aqui no Brasil comprar camisa do FLU é trabalho para herói.

    Falam que o verdadeiro torcedor tem que ser sócio e comprar camisa na pré venda. Mesmo assim ainda não foi entregue….

    Ainda não entenderam que o torcedor deve ser tratado como cliente, com bom serviço , atendimento e boas promoções. Ou seja, deve ser cativado

    Mas a cereja do bolo é que depois ainda reclamam da torcida.

  • Mendonca Geo

    Passar dessa fase contra a ferroviária o Flu consegue até em função das várias possibilidades de resultados, a formação que vai entrar em campo e praticamente o que tem de melhor só tiraria o Oswaldo e poria o Richarlison, o problema é o depois.

  • Rodrigo Baroni

    Nosso problema nestes últimos anos tem sido jogar clássicos pelo campeonato estadual.
    O que ocorre conosco nestes jogos????? Há influência, ou muita influência externa nisso, seja ela da FERJ, ou da arbitragem Ferj ???????
    Pelo brasileirão anda tudo normal.
    E lembrando ainda: Por competições internacionais neste período, eliminamos Botafogo e eliminamos Flamengo da Copa Sul-Americana. Pela Copa do Brasil, Eliminamos o Vasco uma vez, e fomos eliminados noutra.
    Ou seja, em competições nacionais e internacionais, sem contato da ferj, e com árbitros de fora daqui, há equilíbrio, ou até levamos a vantagem.
    Mas pelo FERJÃO…

    • Rodrigo Baroni

      Obviamente, também temos sido muito incompetentes nos FERJÕES de Rubinhos e Caixas D’água.

      Mas que é estranha, é, a coincidência dos nossos resultados em estaduais nestes períodos, comparados com os de outras competições, de cbf e commebol…

  • Paulo Ypyranga

    Lamentável esse goleiro do Flu sub17… Sem a mínima condição. Quem treina esse garoto?

  • Jefferson Alvares

    Prezados,

    Assistindo a partida do Sub17, e pelo que vi hoje, sinceramente achei este time fraco, a começar pelo goleiro que é muuuito fraco, no qual falhou em todos os gols, sendo dois deles, dois frangos!

    Time sem saída de bola, errando muitos passes e como no profissional, sem nenhuma criatividade no meio de campo, o que logicamente faz com que a bola não chegue no ataque…

    Com este placar de 4×1 em casa, acho que estamos eliminados, ou então fazer o milagre de se transformar de agua para o vinho para ir para as finais.

    ST

  • Valmir Carvalho da Silva

    Santos contratando jogador do Banfield, São Paulo atrás do meia do Atlético Nacional, Atlético MG contratou o Cáceres. Pergunta: O que essa diretoria do Flu está fazendo? Dormindo?

    • Flavio Henrique

      Não estão dormindo !!!

      Já já aparecem com as famosas “esquisitices “….

      O diretor de futebol está louco para emplacar refugos do Inter. Estranho….

      • Fabio DB

        parece mesmo.

  • Flavio Chammas

    Senhores
    O goleirinho tem 16 anos, crucificar o menino por um jogo ruim?

    Sub 17 é para aprender, e o time não deve ser ruim pois foi semifinalista.

    Menos, gente menos.

    • Sergio BindaB

      De acordo!!!

      ST

    • Fabio DB

      Também acho.
      Mas uma coisa me incomodou: a lentidão e a passividade do rapaz. Nem foram as falhas.
      Parece que há uma”escola” formadora de mentalidades relapsas desde a base.
      ST

  • Luiz Mattos

    Infelizmente Rogerio, acho que veremos poucos desses jogadores como titulares no time principal, ou pelo menos tendo uma chance real, com uma boa sequencia. A filosofia ainda existente e’ que Xerém forma pro “mercado” não para o clube. Fazer negócio e’ o nome do jogo. Desestimulante.

  • Luiz Mattos

    Paulo, já que a perda do Marlon deve acontecer, pelo menos que viesse o Filipe Aquila do Nacional da Colombia. Novo, fez parte das seleções de base, e muito bom de bola. Me assusta disputar um BR com a defesa que deve jogar amanhã. Com Cava, WS, Gum, Henrique e Giovani corremos serios riscos.

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Luiz, assusta nada, apavora !

  • Fabio DB

    Se o jogador for bem melhor que o nosso da base faz sentido. No entanto, acho que não é o caso. O período de empréstimo também é exótico.
    ST

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Somente para clarear, o Ayrton já esteve emprestado ao FFC, mas no nosso site era alardeado como jogador do FFC e captado com sucesso pelo nosso “scoutlacho”, mas na verdade é jogador do Madureira.

      E era reserva do Léo.

  • Fabio DB

    Pelo menos o Levir não está acomodado e tenta mudar time.

    Esperamos que melhore.

    ST

    • Jorge Eduardo

      Espero que o Richarlison jogue desde o início e que se entenda com o Fred, sendo aquele jogador de ataque rápido e eficiente que estava faltando para puxar os nossos contra-ataques.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    SOBRE AMÉRICA-MG VERSUS FLUMINENSE:

    1) A Diretoria do Fluminense poderia propor ao América-MG uma toca de faixas entre o campeão da Primeira Liga e o campeão mineiro para promover a partida, que será a de número 300 do América na Série A.

    2) Jogo de ALTO RISCO, pois o time, o clube a torcida americana estão MUITO motivados pelo retorno a Série A e pelo título recente. Os jogadores tem que terem noção que estão indo para uma guerra, pois os caras vão até comer capim em campo para ganharem a partida.

    3) O Fluminense não vence o América desde 1953:
    http://jornalheiros.blogspot.com.br/2011/08/historia-fluminense-x-america-mg.html

    4) Na história, foram apenas 5 jogos no RJ e 12 em MG. Alguns destes jogos foram comemorativos e muito fraternos (fichas técnicas de todos os jogos, com observações):

    http://ocantodocoelho.blogspot.com.br/search/label/x%20Fluminense%20RJ

    • Diogo Cavalcanti

      Desde 1953, ou seja, qualquer tricolor com menos de 60 anos nunca viu uma vitória em cima do Coelho. Ta na hora.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Sugestão para o presidente Peter, que recentemente falou sobre o projeto para revitalizar o Estádio Laranjeiras: faça algum evento para divulgar o projeto que deixará, pois isso acabará por envolver um tanto o clube e os torcedores, com o projeto, mesmo que a longo prazo.
    Seria mais um legado.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan
    • Pedro Henrique

      Rebaixamentos com certeza

    • Diogo Cavalcanti

      Baldassi

    • Jorge Eduardo

      Difícil de escolher. Votei na opção do apito daquele juiz ladrão que nos tirou a LA 2008. Agora faltaram mais opções; a FERJ de Roubinho e Caixa, que nos custou a hegemonia e o péssimo desenpenho nos clássicos. A venda do Conca em 2011, que nos custou o campeonato brasileiro. Das outras opções as que poderiam ser apagadas os rebaixamentos e aquela derrota vexatória para o Santos que nos cuatou mais um brasileiro.

      Faltou tbm o apito que nos tirou a CB de 1992 e o absurdo das covocações do Arouca e DS em 2005 para disputarem amistosos na Ásia pela sub-23 e q nos custou a CB do mesmo ano.

      • Alexandre Magno Barreto Berwan

        Também votei no Baldassi!

    • Fabio DB

      Eu voto na destruição da máquina feita pelo Dr Francisco Horta.

      O pior momento da história que eu vivi como tricolor.

      Nunca mais fomos os mesmos. E nossos maiores adversários se alimentaram das nossas próprias forças. Uma tragédia sem paralelo.

      ST

      • Flu Capixaba

        Fábio, ninguém fala nada sobre isso. Vivi essa época. Não fez o menos sentido. O que se falava era que o demente (demente??) queria “equilibrar” o futebol carioca. Piada… onde já se viu algo parecido? Óbvio que nos bastidores aconteceu alguma coisa, mas pelo jeito o segredo é muito bem guardado.

      • Rodrigo Baroni

        Além do envio dos ingressos para São Paulo, para a torcida do Corinthians, numa semifinal de brasileirão.
        Inacreditável.

    • Rogério Barbieri

      Para mim, a fuga das fofoletes que saíram do Fluminense para criarem o futebol no Clube de Regatas Flamingo em 1912.

      Agora, o mais grave são as imagens usadas pela Globo….

      Desviam a culpa deles no crime que salvou o Flamingo do rebaixamento para o Fluminense e passa desapercebido pela diretoria.

    • Dam

      A Rede Globo

    • Flu Capixaba

      Alguém lembra do circo no gramado das Laranjeiras? Terá havido momento mais vergonhoso?

    • Sergio BindaB

      O 5 a 2 do Santos. Se fossemos campeões, a segunda metade da década de 90 seria diferente do que foi.

      ST

  • Julio Cezar Carvalho

    A desculpa do treinador sub-17 do Fluminense, no intervalo do jogo, para a derrota parcial por 1 x 0, era que os meninos estavam ansiosos por causa da transmissão do jogo pela televisão.Talvez ele até esteja certo, pois o que se via em campo era cada jogador tentando, inutilmente, aparecer individualmente, enquanto o Sport era objetivo e procurava o gol de todas as formas. No segundo tempo então, foi um massacre. Agora, cá pra nós, acho que aquele goleiro deve treinar com o Cavalieri, não sabe nada sobre como e quando sair do gol.

    • Flu Capixaba

      Júlio, o time não se achava em campo. Não tinha conjunto. Isso pode ter somado mesmo.
      Mas meu amigo, é sacanagem jogar num campo daqueles… que coisa horrível. Não justifica, mas estraga qualquer jogo.

  • Pedro Henrique

    Olha, não chegaria a esse extremo. Não tem nenhum time em que a sua torcida confie muito, não tem nenhum grande favorito. Acredito que podemos brigar por vaga na Libertadores de acordo com os reforços que chegarem.

    • Rogério Barbieri

      Tomara que seu olhar esteja correto.

      Torço para o Fluminense.

      Mas, de 2013 para cá, vejo um time incapaz atrás do outro sendo formado.

      A nossa incapacidade é a coisa mais evidente.

      Eu com 49 anos compreendo o excesso de fracasso.

      Fico com pena das crianças e do próprio Fluminense.

      Das crianças, por elas terem que seguir o time dos seus pais e assim obrigadas a conviverem tão cedo com fracassos ininterruptos.

      Pena do Fluminense, porque cada criança que deixa de ter orgulho de torcer ou que nem sequer torceu para o Fluminense é como uma célula doente ou morta num corpo de ser humano. Quando muitas células deixam de se renovar, é sinal de que a morte se aproxima.

      Temo pelo futuro do Fluminense.

      Isto porque, a 40 anos foi criado um novo sistema no controle do futebol do Brasil e nele foi estabelecido que seríamos sangrados até a morte.

      Esse sistema quase conseguiu chegar ao contento. Por muito pouco o Fluminense não acabou.

      E não fomos dizimados porque a nossa torcida ainda era gigante, apesar de ter sofrido uma enorme baixa durante aqueles anos.

      Por isso, peço responsabilidade.

      Vamos começar hoje a preparar um time para voltar a ser campeão em 2017.

  • Pedro Henrique

    Hoje, Scarpa é o melhor jogador do time

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    Se o FFC emprestar o Renato para a PPreta, após comprá-lo, conforme está sendo ventilado, inclusive “confirmado”, aguardando outras “negociações” para “camuflar” mais uma esquisitice, será a cereja do bolo.

    • Pedro Martino

      Seria simplesmente ridículo.
      Daria até pra desconfiar de alguma coisa, pois não faz o MENOR sentido.

      Com a provável venda do Marlon (esta sim, dá até pra entender por N motivos) o Renato Chaves seria o primeiro reserva, com muita chance de se tornar titular por qualquer contusão ou má fase da atual dupla.

      Vender o Renato Chaves de volta pra Ponte na atual conjuntura só não é pior do que a venda do Biro no início do ano.

    • Flu Capixaba

      Paulo, você conhece muito mais do que eu. Mas não parece que a Ponte está apenas sendo uma “ponte” para um time grande?
      Tem coisa aí…

      • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

        Parece que é empréstimo, o que seria surreal.

        • Caique Maciel

          Parece? Ah, tá…

    • Caique Maciel

      Confirmado? Por quem? Flupress?

  • Diogo Cavalcanti

    Temos hoje no elenco 5 zagueiros (Henrique, Gum, Marlon, Renato Chaves e Nogueira).

    As notícias falam em venda do Marlon e negociação do Renato Chaves com a Ponte.

    A pergunta é, vamos jogar mais um brasileiro sem zagueiros? Apenas 3 zagueiros é muito pouco para 38 rodadas.

    • Fernando Ventura Jr.

      Deve ser cavada da Ponte. Qual a necessidade de se devolver o Renato Chaves. O jogador que fez o gol do título da Tç Guanabara que foi mal anulado.

  • Flu Capixaba

    Ok, passamos anos e anos com zagueiros sofríveis. Agora temos bons zagueiros no elenco e vamos liberar um dos melhores?
    Alguém explica? Oras… devolve o Gum para a P. Preta, ele veio de lá, lembram?

    E essa conversa de trazer o Rodrigo Moledo? Péssimo jogador. E dizem que tá com séria contusão. Esse “dirigente” (quem???) que veio do Inter sabe melhor que todos. Que o Moledo é fraco e se está ou não contundido.

    Temos vários jovens zagueiros querendo subir. Porque não trazem o Victor Oliveira e outros de volta? (Fabrício, Antonio Carlos, Henrique francês, Elivelton, etc).
    Irritante, sinceramente.

    Continuaremos nessa?

    Tá na cara que tem coisa errada. Afinal, vão limpar a casa ou vai continuar tudo como antes? Até quando?

    • Caique Maciel

      Quem te deu essa informação privilegiada? O presidente da Ponte Preta?

      • Jorge Coutinho

        Campinas, SP, 11 (AFI) – Faltando quatro dias para a estreia no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta ainda busca por reforços. O principal deles é Renato Chaves (foto abaixo), zagueiro que aguarda apenas o ‘sinal positivo’ do Fluminense para assinar contrato e enfim integrar o elenco alvinegro. E as contratações não devem parar por aí.

        Vice-presidente da Ponte, Giovanni Dimarzio disse que clube, Chaves e Fluminense já se acertaram nos bastidores. O clube carioca, porém, espera definir a situação de alguns jogadores do seu atual elenco antes de liberá-lo por empréstimo aos campineiros. Otimista, ele disse que o acordo deve sair na próxima semana.

        “A Ponte não desistiu do Chaves. Estamos aguardando a decisão do Fluminense. Fizemos uma proposta, que o presidente Peter viu com bons olhos. Entre Fluminense, atleta e Ponte está tudo ok. Estamos aguardando o Fluminense negociar alguns atletas, por isso que ainda não liberaram, mas as coisas estão caminhando bem, e a expectativa é que concretize até semana que vem – explicou o vice-presidente do time paulista”, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas (AM 1170).

  • Flu Capixaba

    Sim, sou pessimista. Mas, me digam:
    Que lado bom tem em ser freguês de TODOS no Rio? E perder os jogos sem mostrar qualquer espírito de luta?
    Que lado bom teve naquele jogo com a Ferroviária?
    Que lado bom teve no embate Fred x Levir? Tá na cara que esse embate não terminou!
    Em querer liberar o Renato? Em aguentar a “garra” do elenco?
    Utilizem a vivência que vocês têm no futebol. Comparem com os trágicos anos do nosso passado recente. Já vivemos esses momentos, várias vezes.
    A coisa continua feia, feia… Continuamos com comando zero, o grupo continua na zona de conforto e Levir… bom, Levir deve estar se perguntando onde amarrou o bode dele. Não demora pede o boné.

    Sinceramente, não dá prá discutir futebol enquanto o cenário continuar assim.
    Tem muita coisa para acertar no clube.

    • Caique Maciel

      Parei de ler na primeira frase. Pessimistas? Tô fora!!!

  • Valmir Carvalho da Silva

    Se essa diretoria liberar o bom Renato Chaves para Ponte Preta, será a gota d água para eu não votar em ninguém ligado a essa situação. Foram muitas incompetências com o nosso carro chefe. Liberar Renato Chaves, que inclusive tem futebol para ser titular, será a cereja do bolo. Cadê as contratações? Pelo menos boas contratações encaminhadas, cadê? Parei!!!

    • Fernando Ventura Jr.

      Concordo plenamente. Já imagino a sucessão dos acontecimentos: – Fluminense libera Renato para a Ponte em troca de Welington Paulista, Marlon é vendido para empresários que o revendem ao Barcelona, Fluminense procura zagueiro para substituir Marlon e pensa em repatriar zagueiro Lúcio, ex-seleção e que estava aposentado, Fluminense renova com Gum e Henrique por mais cinco temporadas. :-(

      • Rogerio D Lima

        Pior que é assim mesmo. Estou me cansando do Peter. Não tem pulso!!! Quero meu Fluminense de volta!

    • Caique Maciel

      Não sei se vc fez uma leitura seletiva dessa notícia, mas ela já desmentida mais de uma vez pela direção de futebol. O que mais se deve fazer pra vc acreditar que o Renato Chaves não vai sair?

      • Fernando Ventura Jr.

        Só li que o Fluminense não empresta, apenas vende, o que é pior. A não ser que seja um valor que compense. Depois das saídas do Kenedy e do Biro-Biro fico preocupado.

  • Jorge Coutinho

    Bom texto no globoesporte.com

    Muito bom saber do apoio psicológico que foi dado ao goleiro..

    por Pedro Venancio
    Da favela às falhas: a história de Hans, goleiro do Fluminense sub-17

    A história de Hans Santos Freitas não se difere muito da história de vários jovens que sonham em vencer no futebol. A origem humilde, a chance de ouro no clube grande, o esforço diário a convivência com vitórias e derrotas fazem parte do cotidiano do goleiro, que participou da derrota do Fluminense para o Sport por 4 a 1 nesta terça-feira, na semifinal da Copa Sub-17. As falhas nos três gols e o choro após o jogo certamente também farão parte das lembranças de vida dele e serão mais um obstáculo na buscar por um espaço em um ambiente altamente competitivo.

    A vida de Hans nunca foi fácil. Criado na favela de Paraisópolis, em São Paulo, ele teve uma rápida passagem pelo Palmeiras e atuou também por Bahia e São Bernardo antes de chegar ao Fluminense em 2015. Rapidamente, convenceu os preparadores de goleiros de que tem potencial para evoluir e acabou se firmando como reserva de João Ricardo, que se machucou.

    Hans fez contra o Sport a sua quinta partida pelo sub-17 do Fluminense. Antes, contra o Santos, havia sido muito elogiado no empate por 1 a 1 nas Laranjeiras, que colocou o Tricolor nas semifinais da competição. A atuação ruim pegou as pessoas do clube de surpresa.

    Mais do que isso, o clima dentro da base tricolor é de tristeza pelo menino, descrito como “trabalhador e disciplinado, que nunca reclamou de nada”. No dia seguinte após a derrota, Hans recebeu apoio psicológico do clube e treinou normalmente em Xerém.

    Cabe ao Fluminense agir justamente desta maneira, cumprindo seu papel de formador e sem dispensar o garoto no calor do momento. Falhas de goleiros nessa idade são normais, como as de Alisson, hoje titular da Seleção principal com justiça (na visão do blogueiro), no Mundial Sub-17 contra México e Suíça. É necessária prudência para não queimar o garoto publicamente e deixar claro que o período em que mais se corrigem erros é o da formação.
    FACEBOOK
    TWITTER
    GOOGLE+
    0
    SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

    ENVIAR
    VEJA TODOS OS POSTS
    Pedro Venancio
    Maranhense, 30 anos, jornalista
    LEIA O PERFIL DO AUTOR
    SOBRE A PÁGINA
    Tudo sobre futebol de base no Brasil e no mundo.
    globo.com © 2000-2016. Todos os direitos reservados política de privacidade todos os sites anuncie conosco central globo.com

  • Nerval Antonio Goulart

    O mais preocupante de todas essas notícias que ventilam a saída de alguns jogadores , é que as necessárias contratações destinadas a reforçar o elenco parecem longe de se concretizarem.
    Pelo jeito com esse time, sem um lateral esquerdo de confiança, sem um apoiador de qualidade e com três atacantes irregulares, não vejo com boas perspectivas a nossa participação no próximo Brasileirão.
    Se a saída de Renato Chaves realmente ocorrer, vamos ficar mais vulneráveis ainda, tendo em vista que o Brasileiro é uma competição longa e dura.
    Permanecendo só o Gum e o Henrique, que são apenas razoáveis, não sei como vamos nos arrumar em caso de contusões dos dois, com as inconfiâveis reservas que vão permanecer.
    ST.

    • Fernando Ventura Jr.

      O problema é que vira e mexe o Gum sempre fica. A despeito de sua qualidade nas bolas altas, vamos perdendo jogadores mais jovens e promissores. O Levir tem que promover o rodízio na zaga para que Nogueira e Renato Chaves possam jogar e aparecer. Marlon já considero a sua saída não só inevitável, como desejável, já que não estourou como devia e é a chance de fazer algum capital com a sua venda.

      • Jorge Coutinho

        Que jogadores jovens e promissores nós perdemos na zaga?? Elivelton, digao??? Menos neh… O bom zagueiro estamos a perder eh o marlon, que não deve nada ao Gum que já estava e ao Henrique que chegou custando bem caro.. O erro está na contratação do segundo que pelo que custou deveria chegar pra resolver, mas não eh essa brastemp toda.. Mais uma vez o que temos eh a falta de gestão e visão do depto.

        • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

          Perfeito.

    • Rodolfo Oliveira

      Bom dia, concordo a calma da diretoria chega a irritar, a verdade que esse ano não devemos se iludir, vamos jogar o BR pra ficar na melhor das hipóteses no meio da tabela.

  • Pedro Martino

    Fala Luiz.
    Você tem razão na sua teoria. Jamais vou concordar em vender jogadores jovens com potencial para comprar jogadores veteranos a preço de ouro, salvo raras exceções.

    Mas quando eu digo que “até entendo” a venda, eu levo em conta a nossa realidade e atual conjuntura. Veja:

    1. Infelizmente nós planejamos mal e gastamos mais do que poderíamos este ano, de modo que a gente vai precisar vender alguém pra fechar a conta. Isso tá muito claro e já foi dito pelo Peter.

    2. Dos jovens com mercado fora que possam nos render um bom valor, temos a meu ver Scarpa, Marlon e Douglas. No momento não temos nenhum outro. Destes, o Scarpa é titular absoluto, e como não temos meia, seria impensável vendê-lo. Ficamos entre o Douglas e o Marlon. E aí, pra mim é simples: Acho o Douglas mais jogador do que o Marlon pelo que eu vi até hoje. Acho os dois com bastante potencial, gostaria de ter os dois, mas na necessidade eu ficaria com o Douglas que mesmo mais novo, eu o vejo mais preparado pra jogar na sua posição. Acho ele mais cascudo, joga um futebol mais moderno, dinâmico e intenso.

    3. O Marlon tem todo potencial do mundo, qualidade técnica muito grande… mas como zagueiro, eu confesso que ainda vejo muita coisa a melhor como jogo aéreo, cobertura e principalmente, intensidade e seriedade com o jogo. Eu não sei se seriedade é a palavra certa, mas acho que ele falha MUITO por excesso de confiança. Falta as vezes o carrinho, o chutão.. eu não sei… falta a humildade de decidir as jogadas “por mal” se não vai “por bem”.

    Antes que você me entenda mal, eu não quero um brucutu. Só acho que pro Marlon chegar a ser um Thiago Silva por exemplo, ele precisa aumentar a intensidade no seu jogo, o que provavelmente pode acontecer com o passar do tempo, mas infelizmente não temos esse tempo de espera.

    4. Entra também a posição. A zaga pra mim, sem o Marlon, ainda conta com 4 bons jogadores. 2 extremamente experientes Gum e Henrique, que se protegidos, fazem uma boa zaga. Um jogador de potencial, que não é tão jovem e já foi testado e aprovado num Brasileiro, que é o Renato Chaves, além de um outro jovem de Xerem que vem na linha do Marlon, Nogueira… que tem menos qualidade técnica mas pelo pouco que vi, joga com mais intensidade. Depois dos 4, ainda podemos usar o Edson numa ocasião especial, além de usar eventualmente outros jogadores de Xerem.

    Ou seja, vendendo o Marlon, não necessariamente precisaremos comprar outro zagueiro. Ou seja, se é pra vender por conta de dinheiro mal gasto, que o dinheiro entre pra cobrir os erros. Dinheiro em caixa, pra ser aplicado em outras posições. Se o Douglas ou Scarpa fossem vendidos, teríamos que repor a saída deles com outros da posição.

    Abraços!

  • Feliciano Lins

    Bom dia,
    Não adianta ter apenas estudado em melhores faculdades e não ter experiência de vida de trabalho.
    Futebol hoje em dia é Profissional mais a essência dele é toda amadora. Volto a dizer tem que ter alguém no Futebol com experiência. O Eurico com palavras e atitudes simples como ir para o estádio no ônibus com os jogadores,conseguiu fazer de um time fraco um time Campeão.
    Não podemos jogar clássicos assim é uma falta de respeito, tem que mostrar a eles o quanto é importante uma vitória num clássico.
    Uns vão dizer são profissionais não precisa falar, ai volta o que eu disse em cima tem que falar mexer com os brios.
    Sem vontade sem alegria a gente não vai longe nesse Brasileiro

    OFF: O que faz um CEO no Fluminense alguém sabe responder ???

    • Flavio Chammas

      Vamos ver esse amor todo na segundona, onde o couro come.

      Com os veteranos todos vai ser dificil

  • Flavio Chammas

    Senhores

    Como sempre não faço parte dos “pessimistas”(alguns confessos), mas deixei de ser otimista e penso como um positivista realista, até porque vejo como os outros times estão(tão mal quanto ou piores que nós).

    Vejo falar em contratações , até agora não feitas, e aí reclamam disto.

    Ano passado fizeram muitas e o nosso scoutista foi crucificado.

    Então penso que estão procurando com calma, dentro das condições financeiras atuais( não temos patrocinador master e estamos construindo um CT, e pagando refis e ato trabalhista).

    Vejo aqui indicarem um monte de sulamericanos de segunda linha, e queria que me apontassem um que esteja fazendo sucesso por aqui.

    Dos times de estaduais, vejo pouquíssimos em condições de chegarem para jogar, então melhor escolher bem antes de contratar, para não errar de novo.

    Garotada da base tem que ser com calma para não queimar etapas, e nossa safra não é boa.

    Dos que falam aqui em dispensar, todos os times querem , então não servem só para nós ? (até o Renato Chaves já tem fã clube, gosto dele acho que tem que ficar mesmo).

    Se fosse facil contratar como faz o porco paulista, com o presidente despejando grana, torcida fidelíssima, patrocinadores cheios e com grana, e o time ???????

    Vamos com calma e trabalhar, nosso atacante que faltava joga hoje e o Richarlison vai fazer dupla boa com o Fred, podem anotar

    • Jorge Coutinho

      Flavio como todo respeito, voce assiste aos jogos dos outros times? Ou assiste com má vontade…
      Só pra ficar em 4 bons nomes que seriam titulares no nosso time pra escolher posição.. Calleri, Lucas Barrios, Lucas Pratto, Datolo??

      No passado recente.. campeos flu, corinthians e cruzeiro contaram com gringos…

      Eles estao demorando pq gastaram errado! estao esperando sempre uma vitoria pra acalmar a torcida… vem ai mais do mesmo.. pode apostar!

      ABS!

      • Claudio Souza

        Sim, mas nenhum desses é viável pra nós. Agora, como sei que você acompanha o futebol sulamericano, seria interessante que você fizesse uma lista dos que passaram por aqui nos últimos anos e analisasse a trajetória deles. Algo me diz que a maioria fracassou ou não mostrou ser tudo aquilo que esperava.

        ST

        • Jorge Coutinho

          Agora nenhum deles eh viável… Mas antes eram.. Não eram valores considerados tão altos.. Pratto 13.. Barrios 8.. Danilo 4… À época.. Não era tão impossivel assim..
          Leia a coluna do dede, todos que ele apontou seriam de grande valor ao elenco..
          Quanto a lista de fracasso e sucesso tenho certeza que a proporção das contratacoes dos gringos frente a dos brasileiros eh melhor…

          ST

      • Flavio Chammas

        Falo em contratações viaveis, pois estes começando do Caleri vai embora agora Europa.

        Datolo machuca mais que joga, mas eu queria so que é carissimo e ganha em dolares.

        Pratto é China no meio do ano, é só abrir.

        Barrios?????? sou mais o MAlves(rsrsrsr).

        Pegar os melhores é facil quero ver é o Mugni, tuta peruano, e outras barangas que andam por ai.

    • Claudio Souza

      Concordo plenamente com você. Quem assistiu a São Paulo X Galinha ontem, teve o desprazer de constatar como o futebol brasileiro anda abaixo da crítica. Foram 90 minutos de pancadaria.
      Agora, por isso mesmo é que cobro garra do time. Se as equipes estão niveladas, a diferença será feita pela vontade dentro de campo, coisa que esse grupo do Flu não tem condições de mostrar de formar consistente.

      ST

  • WAGNERFLUZÃO

    Aos amigos do blog e aos amigos da Flusócio.
    A Diretoria do Fluminense insiste em querer ser criticada.
    Ao que parece , querem de qualquer maneira se desfazer do zagueiro Renato Chaves.
    O pior é que segundo reportagens o Fluminense quer ir atrás de um zagueiro sul americano.
    O Fluminense realmente está nadando em dinheiro.
    Daqui a pouco , a nossa Diretoria vai querer a volta do zagueiro Victor Oliveira que foi emprestado .
    Não pode realmente ser séria , uma Diretoria assim.
    O Fluminense complica coisas que não precisam ser complicadas.
    ST,
    WAGNERFLUZÃO.

  • Rodrigo

    Espero q Peter & cia não vejam o infográfico que o Globo Esporte publicou hj, com avaliação dos elencos do Brasileirão, classificando os jogadores em seis níveis diferentes, de “Seleção” a “Irrita a Torcida”.

    Atribuindo os devidos pesos a cada categoria, o Flu tem o terceiro melhor elenco do BR, atrás apenas de Santos e Galo e empatado com Palmeiras.

    Ou seja, segundo o GE, nosso elenco é de G4. Deve ser algum estagiário, pq com esse elenco não confio nem em um G-10.

    • Claudio Souza

      Nem eu !

      ST

    • Rogério Barbieri

      Confiar no elenco atual do Fluminense é como confiar nos políticos da nossa Republiqueta.

      Fraudulentos, conspiradores, imprevisíveis, falsos, fracos, descompromissados entre muitas outras faltas de qualidades.

  • Octavio Costa

    40 anos de humilhações.
    40 anos sem nenhuma força na FERJ
    40 anos sendo perseguidos
    40 anos sendo sistemicamente roubados, principalmente contra o Vasco da Gama
    Perdemos a condição de maior Campeão carioca , que sempre foi nossa e tínhamos larga vantagem
    Próxima diretoria tem que pensar nisso.
    Ver o representante do clube prestigiando o evento de festa do binômio Vasco/FERJ é humilhante, será que em parte não explica isso
    Só para pensar

    sdçs tricolores

  • Flavio Chammas

    Senhores

    Com o devido crédito(Dede na Flupress), parte de sua coluna e como estamos falando de reforços é boa leitura:

    “3 – Reforços

    Falando em reforços, temos boas oportunidades agora no meio do ano, pois é o início da temporada europeia.
    Vários clubes conseguiram empréstimos de jogadores que se destacaram, foram vendidos para grandes centros e não performaram.
    Interessante pra quem adquire, pelo ganho técnico, e pra quem empresta pela possibilidade de colocar o jogador na vitrine e tentar o retorno do investimento.
    Interessante também pra quem investe um alto salário num jogador, entende que o retorno não tem sido o esperado e quer aliviar seu fluxo de caixa.
    Vale tanto pra estrangeiros quanto para brasileiros que lá estão. Basta ter um bom monitoramento do mercado.
    Destaques dessa Libertadores como Niko Lopez e Ibarbo, por exemplo, vieram dessa forma pra Nacional do Uruguai e Atletico Nacional da Colômbia, respectivamente. Cervi, do Rosário, vendido ao Benfica, idem. Continuou pra jogar a Libertadores, assim como Calleri do São Paulo, também vendido.
    Fizemos um scout aqui ano passado e o Grêmio já pegou o Bolaños e o Inter está atrás do Quintero.
    O Fluminense até agora…
    Ou seja, oportunidade tem.
    Outra boa oportunidade é tentar pegar jogadores que são reservas em outros clubes.
    A lateral esquerda, por exemplo, grande carência, tem jogadores melhores que os nossos no Palmeiras, Cruzeiro, Corinthians. Trocas como fizeram Palmeiras e Cruzeiro recentemente também são outra opção.
    Mas que devem ser feitas com cuidado, com observação nos números e performances.
    Quase que a gente troca Fred por Dátolo. O que seria um absurdo como mostramos aqui na Flupress.
    O foco não deve ser apenas na carência da posição, mas também nas características do que precisamos.
    E eu não tenho dúvidas que precisamos de jogadores fortes, velozes, móveis e habilidosos.

    Mas não Rodrigo Moledo, né? Outro zagueiro.
    Esqueça os zagueiros Fluminense.
    Se Marlon for vendido ficamos com Gum, Renato (não é pra liberar não!), Henrique e Nogueira.
    Busquem todos os zagueiros dos times da série A e verão que estamos completamente dentro da média.
    Jorge Macedo, por favor né? Esse rapaz esteve no Inter ano passado, contratado por você, e não jogou nenhum jogo.
    Qual a justificativa pra essa contratação?
    De novo o “conheço o jogador”?
    Nossos recursos são limitados.
    Vamos contratar quem ganha jogos.
    O Fluminense, Jorge, de 2014 pra cá já contratou uma penca de zagueiros. Mais que qualquer outra posição.
    Mais um que dá bico pra frente e chute na canela do adversário? Chega né?
    Foco total em um lateral esquerdo pra chegar e jogar, ser titular. E meio campistas e atacantes.
    Não é possível que a gente não aprenda!

    É SÓ PRATICAR

  • Fabio DB

    Merecemos ver um time lutador e competitivo hoje.

    Até o CRB, ontem contra o baixo da Gama, mostrou futebol moderno e diversos jogadores rápidos e voluntariosos. Tivessem um bom centro avante e teriam marcado uns 3.

    Vou desligar a TV se for aquela lenga lenga de sempre, aquele meio campo inoperante, aquela falta de individualidade dos que não tentam ou arriscam nada diferente.

    ST

  • Flavio Henrique

    Algum canal de TV irá transmitir o jogo ?

    • Fabio DB

      Passou na FOX.
      ST

  • Claudio Souza

    Kkkkkkkk. Garnizés foi ótima!!!

  • Fabio DB

    Atuação bem melhor que a anterior.

    Muito diferença a saída do Jonathan (bom tecnicamente mas sem condições atléticas), do Pierre (Edson bem mais forte), Marco Jr (Richarlisson deu outra dinâmica … MEU PAI, por que demoramos ANOS para contratar um atacante realmente veloz e forte??? … inacreditável.. precisamos de mais um para o lugar do fraco Osvaldo).

    Falta também entrar o Renato na zaga. E outro meia mais marcador para dar mais peso e força ao meio. Cícero e Scarpa me parece que não poderiam jogar juntos no meio pois fragiliza o sistema defensivo.

    Scarpa, Fred, Richarlisson, W. Silva e vários outros foram muito bem. O segundo tempo foi treino.

    Parabéns pela atitude dos jogadores. De todos!

    ST

  • Fabio DB

    Como já falado por alguns, também acho que o Renato Chaves é MELHOR ZAGUEIRO que Gum e que Henrique.

    Nossa zaga com Gum e Henrique é pesada. São dois jogadores experientes (mas em decadência física e técnica) e SEM a velocidade e força física NECESSÁRIAS NO FUTEBOL MODERNO.
    São zagueiros que não deveriam estar jogando junto.

    Então precisamos demais do Renato. Jogador jovem, rápido e vigoroso.

    Será titular muito em breve. É inexplicável esse boato falando da saída dele.

    ST

    • Jorge Eduardo

      Concordo. Precisamos desse jogador, já que a contratação do Henrique até agora foi bola fora, não ganha uma, é driblado com muita facilidade e muitas vezes tem apelado para faltas… o Gum está bem melhor do que ele… temos uma zaga muito lerda e com a possível venda do Marlon, a liberação do Renato não faz sentido algum.
      Aliás o Flu vende os melhores e muitas vezes vende mal, vide o Fabinho que está bem valorizado e foi vendido por uma merreca para os empresários portugueses, que faturaram uma grana fácil com a revenda… e falaram que podiam vender pois o Igor Julião, que até hoje não se firmou, era melhor jogador.
      Agora corremos o risco de perder o Scarpa, já que na Netflu tem uma matéria com uma declaração do Jorge Macedo dizendo que todos os jogadores do Flu são negociáveis, e não garantindo permanência do Scarpa… espero que não aconteça, pois é o nosso principal jogador e seria uma perda muito grande e não temos muitas opções no meio campo, posição que o Levir solicitou reforços, que ainda não foram contratados e já planejam a venda dos melhores.

    • Fernando Ventura Jr.

      Ou essas notícias são plantadas ou não entendo porque o Levir não coloca a importância desse jogador. Não há lógica em se vender um jogador que se destacou no brasileiro do ano passado pelo mesmo valor que foi adquirido e para times pequenos.É preferível se desfazer do Edson, que até agora não voltou a apresentar bom futebol ou fazer caixa com a venda do Marlon. Para que o desespero em se desfazer de um zagueiro e ainda dizer que vai procurar um zagueiro porque o Marlon está de saída?

  • Fernando Ventura Jr.

    Que bom que ganhamos e ganhamos bem. Isso dá moral para o início do brasileiro.

    Off: Que postura de clube pequeno. Se é para vender o Renato Chaves que seja para clube grande e por um valor substancialmente maior que o valor usado para adquiri-lo. Vai vendê-lo para Bahia ou Ponte-Preta? E pelo mesmo valor que o adquiriu é vender um produto por menos do que o comprou se considerarmos a inflação e o fato de que quase não jogou.

  • Flavio Chammas

    Senhores

    O ibope vai ser baixo.

    Ganhamos jogando razoavelmente, mas TRANSPIRANDO MUITO COMO PEDIRAM.

    A Ferroviaria tem um bom time, bom toque de bola e marca muito bem, com todos correndo muito.

    Tem um canhotinho, acho que o 8 deles(Wescley) que merecia uma chance, pois é habilidoso e incisivo. Se for barato vale experimentar.

    Só vejo falar em venda do RChaves aqui, será que não é jogadinha do empresario dele?

    Deve ficar e o Levir ja sinalizou isto.

    O diretor de futebol falou nos reforços que são sugeridos aqui e explicou a demora.

  • René Galvão

    A manchete de hoje nos jornais deveria ser: “Richarlison estreia e renova as esperanças da torcida tricolor “.

    Parece que o garoto realmente é bom de bola. Agora temos mais uma referência técnica no time além do excelente Scarpa. Espero que a dupla vingue no Fluzão.

    Ainda vejo alguns ajustes necessários no time, como a entrada de Marlon ou Renato Chaves no lugar do Henrique, alguém no lugar do Osvaldo, que deve ser um meia a contratamos (no momento daria uma chance ao Eduardo). Para a lateral uma contratação é para ontem.

    Levir colocou o time pra correr ontem. Mostrou que tem comando. Espero que esse pegada se mantenha, sem ela não seremos nada no Brasileirão.

    Que o time surpreenda (a mim pelo menos), e deslanche no início do Brasileirão.

  • Jorge Coutinho

    Claudio,
    Acho que não me fiz entender..
    De 2011 pra cá contratamos e jogaram os seguintes jogadores estrangeiros no clube:
    martinuccio, monzon, Valência, lanzini, conca e deco.
    Total de 6 jogadores.
    2 jogadores não deram certo.. Os 2 primeiros..
    2 jogadores são questionaveis mas comporam bem quando solicitados.. Terceiro e quarto da lista..
    E os 2 últimos são inquestionáveis que deram certo…
    Estamos falando de 33,33% de erro.. 2 jogadores que não deram certo!
    Percentual bem mais baixo do que os jogadores contratados à exaustão nos últimos anos do nosso mercado..
    De 2011 pra cá qual jogador brasileiro que vestiu nossa camisa bem fora contratado?? Quantos??? O percentual de erro eh mto mais mto maior..
    Ano passado foram 12 jogadores contratados e nenhum deixou saudades..

    O mercado sul americano se bem avaliado eh mto mais próspero do que o nosso..

    Só a título de curiosidade o primeiro nome dos ídolos imortalizados na parede da nossa sede eh de um gringo.. Waterman, goleiro…

    ST

  • Jefferson Alvares

    Prezado Claudio,

    Realmente vimos jogos diferentes.

    St