Até 31 de outubro

Primeiramente é preciso voltar no tempo até 2004, quando o Presidente Horcades foi eleito com pouco mais de 600 votos. Na época, a Flusócio tinha apenas 1 ano de idade e não conseguiu sequer lançar sua chapa para concorrer à eleição, com o candidato Gustavo Marins.

Percebemos ali que não bastava ser propositivo na internet como oposição construtiva, nem ocupar algumas cadeiras do Conselho Deliberativo na chapa de terceiros, como fizemos na gestão David Fischel. Era preciso mais para fazer a diferença, e tudo passava por dar ao torcedor do Fluminense a chance de decidir os destinos de sua paixão.

Veio o ano de 2007 e Horcades levou de novo, desta vez com 901 votos. Desta vez mais estruturados, nós tivemos 631 votos com Peter Siemsen. Mas estava claro que jamais venceríamos sem uma campanha pela cidadania tricolor. Entretanto, qual era o problema para capitanear esta campanha?

Na época só existiam as categorias proprietário e contribuinte, além dos sócios-atletas. Sequer cadastramento online existia, algo que não conseguíamos compreender porque todos os demais clubes do Brasil já possuíam adesão pela internet. E todos os programas de sócios-torcedores lançados até então pelo Flu, tais como o Passaporte Tricolor, não passavam de uma mera relação de consumo, pois não davam direito a voto.

Decidimos então inovar. Como ainda não existiam as redes sociais, criamos este blog, que permanece até hoje como elemento de ligação entre o grupo e o torcedor. Além disso, fizemos uma “vaquinha” e pagamos por 1 mês os custos de uma secretária e um motoboy, criando o Serviço de Atendimento ao Torcedor Tricolor (SATT) em todo Brasil. Na prática, nós recebíamos as ligações de tricolores de longe que queriam se tornar sócios mas não tinham como ir à sede de Laranjeiras preencher os formulários.

Então nós íamos por eles ao clube, enviávamos os formulários pelos Correios, recebíamos de volta preenchidos e com os cheques nominais ao Fluminense para ir na Secretaria fazer os cadastros. Depois pegávamos as carteirinhas e enviávamos de volta aos novos sócios.

Na prática fizemos um serviço de despachante ajudando tricolores de todo Brasil a ingressarem como sócios de sua paixão, para que funcionassem como instrumentos de uma mudança que todos desejavam. Entraram mais de 1.500 novos sócios nesta modalidade, algo que muito nos orgulhamos.

O SATT foi matéria na ESPN Brasil, que pode ser conferida no vídeo que ilustra este post.

Em 2010, como oposição, conseguimos vencer as eleições com a promessa de campanha de criar a categoria Sócio Futebol com direito a voto, com objetivos de associação em massa, algo que representaria a abertura democrática do Fluminense, e nova importante fonte de receita para a instituição. E assim foi feito.

Em 2012, juntamente com o Presidente Peter Siemsen, conseguimos finalmente reunir as condições políticas para fazer uma Assembleia Geral, alterar o estatuto e deixar o torcedor do Flu apto a decidir os rumos de sua paixão, a partir de R$29,90 mensais. Hoje custa R$ 35,00.

Neste ano de 2017, já com o Presidente Pedro Abad, foi criada uma nova categoria de Sócio Futebol que dá 100% de desconto nos ingressos do Flu como mandante, pelo preço de R$99,00 mensais. Além do direito de voto, após 12 meses adimplente o sócio desta modalidade recebe uma camisa oficial do Flu. Trata-se de uma modalidade muito atraente do ponto de vista de custo x benefícios.

Mas as modalidades Sócio-Futebol tem carência de 2 anos para ter o direto de voto, desta forma, quem deseja votar em 2019 tem até o fim de outubro para aderir. Também é necessário se manter adimplente até as eleições.

Nós prometemos em campanha e criamos as condições para que você decida os rumos de sua paixão, seja como situação ou oposição.

Seja sócio! Esteja ao lado do seu clube, convoque outros tricolores. Mas fique ligado no prazo limite de 31/10/2017 se você deseja fazer a diferença em 2019.

#SomosFluminense

Pela retomada

NotaOficial

Na noite de ontem o nosso grupo realizou uma reunião interna com o Presidente Pedro Abad e o Vice de Futebol Fernando Veiga. Na pauta, discussões sobre diagnóstico atual e soluções que possam tirar o Flu da incômoda situação atual no campeonato brasileiro.

O diagnóstico é que não se trata de um time para frequentar a zona de rebaixamento. Portanto, o treinador Abel Braga, a comissão técnica e os gestores de futebol tem nosso total apoio na busca dos resultados de que o Flu precisa.

Pedimos ao Presidente uma redução drástica no preço dos ingressos daqui em diante, mais cobrança interna e um maior envolvimento de jogadores na convocação do torcedor para que possamos todos juntos superar o momento atual. Citamos como exemplo o que o São Paulo vem fazendo.

Mesmo com o elevado padrão de custos do Maracanã, o Presidente sinalizou que haverá promoções nos ingressos e uma campanha institucional de união em prol do Fluminense nestas rodadas finais.

Após a reunião, o Vice de Futebol Fernando Veiga foi desligado da sua função para afastar qualquer possibilidade de ruído dentro do departamento de futebol a respeito de um áudio vazado, onde narrava a amigos particulares a situação atual do clube.

Nosso apoio ao Veiga pelo empenho até aqui em prol da nossa paixão maior que é o Fluminense. A Flusócio nunca teve apego a cargos, e assim continuaremos.

Flu se aproxima das crianças

FluNaComunidade

O ano é de dificuldades no futebol com um fluxo de caixa apertado, elenco reduzido, contusões sérias de jogadores importantes e um time muito jovem em campo. Mas é preciso reagir para que os resultados positivos retornem, pois essa mesma equipe já provou que pode ser competitiva em vários jogos da temporada.

Uma das consequências mais naturais nas vitórias é o fascínio que muitas crianças passam a ter pela nossa camisa. Mas outras ações paralelas também podem contribuir para a atração de novos torcedores para o Flu. E é com orgulho que saudamos duas iniciativas em andamento:

1) A primeira delas, que já vem acontecendo há algum tempo, é o Projeto Tricolor na Comunidade, que leva a instituição Fluminense para perto de inúmeras crianças, gerando atividades esportivas no local do evento, retorno positivo de imagem para o clube, sonho e esperança para vários garotos. Uma ação social que é essencial para fincar a bandeira do clube em algumas regiões, e ainda pode captar para as divisões de base algum talento esquecido e até então sem oportunidades.

2) A segunda iniciativa é a recente parceria do Fluminense com a Secretaria Municipal de Educação, um projeto que visa permitir a visitação gratuita de estudantes da rede pública à sede do clube, com visita à sala de troféus e outras atividades previstas no Flu Tour. É algo que apresenta a história da instituição para muitas crianças que talvez não a conheçam.

FluSecrEducacao

São atitudes simpáticas, projetos interessantes que geram atividade esportiva e cultural para crianças e jovens, aproximando-os da nossa bandeira. Muito bom ver o Flu indo ao encontro do seu torcedor do futuro e também atraindo-o para conhecer sua gloriosa história. Golaço!

#AbraceOFlu
#SejaSocio

Semana de decisões

Fluminense-torcidaNa próxima quinta-feira às 19:15h, o Flu entra em campo para o jogo da volta contra o LDU, em Quito. A vitória por 1×0 na primeira partida dá uma vantagem pequena ao Tricolor, insuficiente para garantir tranquilidade. Precisamos fazer um jogo com coragem, buscando gols fora de casa. A altitude é sim um problema, mas nosso time é jovem e precisa disputar cada dividida como um prato de comida. Convocamos todos os tricolores numa corrente de pensamento positivo pela classificação.

No domingo 24/09 temos outro duelo importante, desta vez pelo campeonato brasileiro. O Palmeiras é um grande adversário, o atual campeão, mas não é imbatível. Com empenho dos jogadores e o apoio da torcida, podemos superá-los no Maracanã. O jogo acontecerá no ótimo horário das 16h. Confira aqui todas as informações sobre venda antecipada.

#AbraceOFlu
#VemProJogo
#SejaSocio

LAFE também patrocinará o Flu

LAFE

O Fluminense anunciou a LAFE Laboratório de Análises Clínicas como a sua mais nova patrocinadora oficial. A marca da empresa se junta à Thinkseg, TIM e Frescatto, as outras parceiras já expostas na armadura tricolor, e vai estar estampada na camisa do time profissional, entre o escudo do clube e a marca da Under Armour, a partir desta quinta-feira no jogo contra a LDU pela Copa Sul-Americana.

“Agradecemos à LAFE pela confiança em nosso trabalho. A reestruturação da equipe comercial já obteve resultado importante e ainda trará mais benefícios ao clube”, afirmou Marcus Vinicius Freire, diretor executivo geral do Fluminense.

Pelo acordo, válido em princípio até o fim de 2017, sócios do clube e Sócios Futebol terão direito a 15% de desconto sobre a Tabela A da LAFE, em caso de realização de exames de sangue através da LAFE, e na hipótese de o sócio não ter plano de saúde ou não ter o serviço incluído no seu plano de saúde. Para ter o benefício, basta apresentar a carteira de associado oficial.

Criada em 2014, a LAFE Laboratório de Análises Clínicas é a segunda maior rede de laboratórios do Rio de Janeiro, com 34 unidades (30 lojas, dois postos de coleta na maternidade Perinatal, um trailler e a coleta domiciliar). São realizados 350 mil exames por mês.

Aproveitamos a oportunidade para reforçar a convocação para nosso torcedor lotar o estádio no jogo desta quinta-feira contra a LDU, às 19:15. Já são mais de 30 mil ingressos vendidos e os setores Leste e Sul estão esgotados. Mas ainda há ingressos nos setores Oeste Inferior e Norte. Antecipe-se! Experimente a modalidade de E-Ticket. Confira aqui todas as informações sobre venda antecipada.

1 2 3 4 198