O Céu é o limite para o Time de Guerreiros

altitude

Em 2017, pela primeira vez o Fluminense superou a altitude de Quito (2.850m) e eliminou tanto a LDU como a Universidade Católica. Dessa vez o desafio foi bem maior. Jogando a 4067 metros de altitude num campo que estava mais para um pasto, o nosso time de guerreiros superou todas as dificuldades e trouxe mais uma classificação heróica!

Para o torcedor entender o impacto no corpo do atleta, a cada 1000 metros o jogador perde 7% em capacidade de oxigenação. No caso, nos 4000 metros de Potosí, trata-se de uma perda de 28%, ou seja, quase um terço. Mesmo sem se submeter a grande esforço, atletas jovens como Marco Júnior (nem foi a campo) e Ayrton Lucas (só aguentou um tempo) apresentaram sérias reações a esse choque atmosférico.

Vale destacar o trabalho da Comissão Tecnica (preparadores físicos, departamento médico e fisiologia) que, somados aos responsáveis pela Logística do time, preparam muito bem nossos atletas e, mesmo sendo surpreendidos pelos conflitos em Sucre (que obrigaram a alterar toda a preparação ), conseguiram reajustar esda preparação para a batalha de Potosi.

Vamos ao Galeão receber nossos heróis após o esforço hercúleo de superar todas as adversidades que ocorreram para esse jogo! O voo está previsto para decolar de Santa Cruz de La Sierra às 09:30h, chegando no Rio de Janeiro às 13:00h.

E na próxima segunda feira teremos o clássico contra o Botafogo e nossa torcida deveria comparecer em grande número para prestigiar esses guerreiros que tão bem vem honrando nossa camisa!

  • Sergio Binda

    Não é possível uma competição internacional ter uma partida como esta em Potosí. Até no aterro ficaria melhor.

    ST

  • Alexandre Magno Barreto Berwan
    • Alexandre Magno Barreto Berwan
      • Rodrigo

        Ou seja, no centenário do estádio, com Copa América sendo realizada por aqui (100 anos depois tbm), as Laranjeiras vai continuar fechada?

        Sim! Pq Peter e Abad faliram o Flu e minaram qualquer possibilidade de reformar o estádio pro ano q vem.

    • Diego Moreira

      Uma mini-reforma para comportar ao menos 5 mil pessoas para o Estadual ano que vem não seria ruim; um primeiro passo para algo maior talvez.

    • Leonardo Barbosa

      E vamos continuar jogando em Los Larios ano que vem.

  • Aluisio Silva

    Jogar nessa altitude e num campo horrível como esse… absurdo.
    Enquanto os outros clubes abaixarem a cabeça, isso vai continuar.
    Deveria ter regras para isso, como para, por exemplo, capacidade de estádio. Afinal, o que é mais importante? A qualidade do espetáculo, condições iguais para as equipes… ou público? Na verdade, tudo é importante. Mas as condições de jogo são essenciais e nesses lugares é desumano. Talvez quando morrer alguém…

    Enfim, passamos. E poderíamos ter vencido.

    Quando eu jogava nos campinhos horríveis das várzeas daqui, tinha um macete simples para a bola não subir tanto: bater no meio dela. A bicha ia rasteira ou subia pouquinho.
    Acho que os jogadores profissionais não sabem disso, né Pablo Diego, Robinho?
    Ah, no futebol de areia também fazem assim. Mas será que esses aí já jogaram na areia, na praia?
    Fala sério… é só pegar na cara da gorducha que ela não sobe, seus fracos!!! Vira o corpo de lado e bate com o peito do pé!!
    (depois mando a fatura da consultoria… rssss)

  • vivianne

    Seria desumano fazer qualquer crítica a equipe em uma situação dessas, fizeram o possível em uma situação totalmente adversa.

  • Rodrigo

    Espero q o Abel tenha aprendido a lição: no primeiro jogo no Maraca contra esse fraquíssimo time do Nacional era pra meter OITO.
    Não entrar com 3 zagueiros e 2 volantes, como ele fez, mas ir pra cima e golear. Só qdo pôs o time a frente, aos 25 do seg tempo, q fizemos os 3 gols.
    Tivesse tido a postura correta na ida, o jogo de volta nessa absurda altitude não seria tão tenso.

  • Sergio Binda

    O Frasan é horroroso mesmo, só que este tal de Potosí só toma conta de um jogo do jeito que tomou por conta da altitude e não me parece razoável as imagens pos jogo de todo mundo com balão de oxigênio. Isto não é futebol …

    ST

  • jose roberto da fonseca

    Alô Flusocio. Eu quero resposta decente de alguém me informando porque aqueles fdp do Notflu conseguem cópias de contratos com cláusula de confidencialidade do clube. Porra!. Eles fazem parte do conselho diretor?. Ou conseguem isso com a ajuda de bandidos q estão lá dentro?. Algo tem q ser feito pra acabar com isso, senão o Flu não conseguirá mais patrocinador daqui em diante. Quem vai confiar em um clube q deixa divulgar os contratos assinados. Será difícil descobrir o fdp q vem fazendo isso?. Ou só tem incompetentes no clube?. Por favor, resolvsm isso. Registrem um BO pra responsabilizar os bandidos infiltrados.

    • Sergio Binda

      Isto é fundamental. Descobrir e responsabilizar criminalmente quem o faz além de expulsão sumário do quadro de sócios.

      Repito… nada justifica isto. É coisa de sem vergonha que com certeza nunca trabalhou numa empresa séria na vida. Nada justifica a exposição da instituição desta forma.

      ST

    • Zeh Paulo

      Acho que pior do que a divulgação, são os fatos em si. Só através da NetFlu ficamos sabendo das trapalhadas. Sinceramente, estou jogando a toalha. Quando acho que já vi de tudo, a coisa ainda piora.

      • Sergio Binda

        Não amigo … o pior é o vazamento de informação confidencial do clube. Isto não se justifica seja você oposição ou situação.

        ST

        • Zeh Paulo

          Sou Fluminense. Nem situação nem oposição. Torço para o clube. Se o time vai bem, fico feliz. Se vai mal, fico mal. Nos últimos anos tenho tido vontade de parar com futebol e eliminar essa fonte de aborrecimento, porque não vejo luz no fim do túnel.

          • Sergio Binda

            São duas coisas distintas. Não importa a situação que esteja o Futebol, ou o clube, ou o voley. Nada justifica o vazamento de informações confidenciais. Só atrapalha o clube.

            Quem faz isto não está visando o bem do clube e sim a volta ou subida ao poder para benefício próprio.

            ST

    • Claudio Souza

      É muito complicado descobrir, creio eu. Esses contratos devem passar nas mãos dos membros do Conselho Deliberativo, que têm membros da oposição. Então, como descobrir quem fez isso ? Muito difícil.

      Mas é claro que quem faz isso não está nem aí para o clube, inclusive os escrotinhos do Notflu…

      ST

    • Filipe Seixas

      Tem bandido oportunista lá dentro, sem dúvida! Mas aí vem uma questão valorativa (ética): a que ponto chegamos pela busca do poder! O site NOTFlu é altamente consequencialista, onde para se alcançar os fins não importam os meios.

  • Aluisio Silva

    “Marcus Vinícius Freire não é mais CEO do Fluminense”

    Só eu fiquei com a sensação de tempo e dinheiro perdidos?
    Ô gente que se enrola a toa… credo!!

  • Davi Carvalho

    Altitude miserável.
    Flu jogou como deu ontem, mas essa altitude atrapalhou demais
    JC e Rentao Chaves jogaram muito.

    • Claudio Souza

      Quem diria ! kkkkk

      ST

  • Daniel o retorno

    Sou um dos que reclama. Nao consigo ver merdas acontecendo e as pessoas acobertando ou achando normal.

    mas convenhamos, este time resgatou um espirito que nao via ha tempos. Paradoxal, hoje em dia, ver os jogos do Flu.

    Ha tempos tambem nao via um padrao bem definido e dando certo. Se continuar assim, rebaixados nao seremos.

    Temos que comecar a apoiar e lotar contra o Botafogo

  • Cezar Motta

    Sem salários em dia, o céu não é o limite. Vamos nos esborrachar no chão ali adiante.

  • Claudio Souza

    Não há trégua ! Só um tolo pode crer que esse tipo de notícia chegue de mão beijada aos setoristas do Globoesporte, sem nenhum interesse escuso por detrás.

    Também está muito claro para mim que o fato de o futebol estar indo bem, apesar dos desmandos e trapalhadas da gestão, incomoda muito as hienas sedentas em ver a administração ir à lona, mesmo que o preço seja a inviabilização do futuro do clube.

    Quanto a Paulo Autuori, se a notícia for verdadeira, que vá a merda e com gosto, porque um paraíso de perfeição ele não vai encontrar nem na Europa.

    https://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/demissao-de-dirigente-incomoda-e-um-insatisfeito-autuori-avalia-saida-do-flu.ghtml

    ST

    • Marcelo Fontoura

      O mantra tem que ser “Salários em dia”. Futebol está nivelado. Nosso time coopeiro e com salários em dia é sim muito competitivo. Mas se atrasarem salarios, é desastre anunciado.

  • Valmir Carvalho da Silva

    A classificação foi heróica. Esse time de fato honra a nossa armadura. Lutam até a exaustão. Se continuar assim, acredito até na conquista da Sula e uma boa classificação no Brasileiro. Entretanto, nossa perdida direção poderia ajudar um pouco, dando a esse time um meia talentoso para ajudar o Sornoza. E claro, fazendo todo esforço possível para não atrasar salários.

  • Marcel

    Já entraram nas redes sociais do nosso novo patrocinador e deixaram mensagens, parabenizando-os por se associarem a marca do Fluminense?

    https://www.facebook.com/descomplica.vestibulares/
    http://www.descomplica.com.br
    http://www.descomplica.com.br/blog
    youtube.com/descomplica
    twitter.com/descomplica
    instagram.com/descomplica

  • Sergio Binda

    Depois da sacanagem que fizeram tirando o Maracanã de nós em 2010, a torcida começa a abraçar a causa novamente.

    Um resultado positivo contra o Bota na Segunda Feira pode selar uma excelente presença da torcida contra o Patético do Paraná.

    Se a nossa diretoria:

    Não atrapalhar.
    Tiver a sensibilidade de promover devidamente este jogo.
    Pudesse trazer dois meias e uma boa sombra para o Pedro seria show de bola.

    ST

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    O pó de arroz e o talco

    “o apelido de pó de arroz foi dado ao Fluminense em um clássico contra o America, válido pelo Campeonato Carioca e disputado em 13 de maio de 1914, no Campo da Rua Campos Sales, em jogo que terminou empatado por 1 a 1.

    Segundo a versão popular, o jogador tricolor Carlos Alberto, um dos jogadores do Flu dissidentes do America, para disfarçar sua condição de mestiço teria passado pó de arroz no rosto, o que gerou os gritos da torcida do America, que o conhecia e dele devia guardar algum rancor, pois tinha abandonado este clube, e quando jogava contra o Fluminense chamava os tricolores de pó de arroz. O dia da partida, 13 de maio, data comemorativa pela libertação dos escravos, deve ter contribuído para criar esta lenda.

    Segundo narra o livro O America na história da cidade: “O apelido tinha endereço certo, pois Carlos Alberto, sendo mulato, para disfarçar a cor, costumava empoar-se. Enquanto estava em Campos Sales, tudo isso era considerado muito normal, mas… naquele dia, em represália, fora desfeiteado daquele modo.”

    Segundo depoimento testemunhal do também ex-jogador dos dois clubes, Marcos Carneiro de Mendonça, o tal produto teria sido algo para combater irritação da pele, talvez um produto pós barbear.

    Já o Jornal do Brasil, em sua edição de 17 de janeiro de 1914, página 13, já publicava a propaganda de um produto para conservação do pó de arroz usado na pele para esconder manchas, cravos e espinhas e, possivelmente, pele irritada pós barbear. É evidente que era comum o uso naquela época e provavelmente não existia outra medicação mais adequada, considerando os recursos desta época.

    Com o tempo, o apelido foi assimilado pela torcida do Fluminense com lançamento de pó de arroz e talco na entrada do time em campo, fazendo uma das festas mais bonitas para a entrada de um clube, proporcionada por sua torcida.”

  • Ricardo Ferreira

    Boa.

  • Ricardo Ferreira
    • Wilson Ferrugem

      Perdemos de 2 a 0!
      Pra um time que cai no campeonato boliviano!

  • Ricardo Ferreira

    libertas quæ sera tamen

  • Ricardo Ferreira

    Parabéns Conmebol.
    Parabéns CBF.
    Parabéns FIFA.

    Parabéns FFERJ ( hehehe ).

    Isso é Fluminense, porra!!

  • Ricardo Ferreira
  • Ricardo Ferreira
  • Rodolfo Oliveira

    Inacreditável essa diretoria não aumentar o salário do ayrton Lucas, e aumentar a multa.
    Quem chegar com 4 milhoes de euros leva e em 1 ano revende por 50 no mínimo.
    Nosso melhor jogador , melhor até que o Scarpa nesses últimos anos.

    • Aluisio Silva

      é por aí, Rodolfo…
      incompetência ou comissão, o que será?

    • Davi Carvalho

      Se der mole o valor do cara não é só isso.

    • Valmir Carvalho da Silva

      Esse valor de 4 milhões de Euros, segundo informação do Danilo, não corresponde a verdade. Notícia falsa. Ainda bem.

      • Wilson Ferrugem

        Mas ele disse quanto é?
        Porque se for perto disso continua sendo piada!

      • Rodrigo Costa

        Nossa diretoria não deixaria um jogador promissor como o Ayrton sair por 4 milhões, sairia por bem menos, com certeza.
        Talvez por duas mariolas e um saco de amendoim.

  • Gilberto Cabral

    É promoção para angariar novos sócios. Acontece o mesmo em TV por assinatura, Telefonia móvel, etc.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Vem aí, o Almanaque do Vasco…
    E nós, vamos ser o último dos grandes a lançar um Almanaque?
    Todos os grandes paulistas já publicaram, Cruzeiro, CRF, inúmeros clubes de menor investimento tem os seus, os botafoguenses estão adiantados…

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Veja se são narrados corretamente, pois em geral publicam versões fantasiosas e com maldades direta ou indiretamente…

  • Heleno Mattoso

    Abelanta, burro, treineiro, paneleiro e um monte de outras coisas. Mas nenhum outro técnico respeita tanto o Fluminense como ele, se não fosse o Abel a coisa estaria muito pior. Tricolor de verdade apoia o Abel inclusive nos erros, pois ele erra tentando acertar e fazer o melhor pelo Fluminense.
    Concordo totalmente com o Twitter do Eric faria.

    • jose roberto da fonseca

      Como vc afirma que estaria pior. Outro técnico poderia escalar os melhores jogadores que o plantel tem e já ter barrado o Renato Chaves (que falhou em 80% dos jogos do Flu esse ano), e o Marco Junior (que sequer sabe chutar). Aí o Flu poderia estar bem melhor e fazendo campanha entre os primeiros. É um absurdo o cara escalar três zagueiros (ops!), contra qualquer time. Ontem não era jogo para 3 zagueiros, contra o fraco Bostafogo. Era escalar o time no 4-4-2 e partir para cima que golearia fácil. Mas o protegido é burro e teimoso. A eliminação para o Avaí foi por culpa única e exclusiva dele. Antes de começar o jogo comentei com amigos como o sujeito escala o time errado, ao colocar o time com vários defensores (que, por sinal, nada adiantou, pois tomou um gol em que o RC ficou olhando a bola pererecar na área e nada fez para ajudar. Ainda durante o jogo, quando tirou o Sornoza, também comentei sobre a burrice do animal sem rabo, dizendo para os amigos que ele havia feito merda, pois o time não faria nada dali em diante, e foi o que ocorreu, com o Flu tomando o segundo gol, em falha do jogador que o substitui. Em Santa Catarina ele fez a mesma merda, ao precisar ganhar o jogo e colocar o time com três zagueiros. Portanto, Mattoso, o seu entendimento, na minha opinião, não é verdadeiro.

  • Mauro Carvalho – SP

    Kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Time da Globo com tabela favorável , transmissão Brasil no dia das mães PERDE da Chape.

    Agora vem mamãe Globo falando em time misto, derrota do líder……

    Caraca, são mais incompetentes que nossa diretoria.

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • jose roberto da fonseca

      Ueh!. Mas os jornalistas bandidos não diziam no início do ano que o framengo tinha três times?. Eles não têm nem um, imagine três.

  • Rogério Barbieri

    Já que a televisão nunca afirmou isso, a maioria tem muita dificuldade de perceber ou de acreditar que a própria televisão atua como mentora das tendências do futebol brasileiro.

    Nada se desenvolverá sem o aval ou o apoio da televisão. E se, por acaso, evoluir sem o aval, com o tempo será dizimado para atender aos interesses da televisão.

    A televisão é uma necessidade do futebol. Obviamente, eu sei que o futebol necessita da televisão. Mas, sei que a forma como a Rede Globo atua é maléfica para o Fluminense.

    Desde 1977, quando a Rede Globo assumiu que ia dominar o futebol brasileiro, não criamos um departamento estratégico de relacionamento com a principal fonte de renda do clube, a televisão. Até os dias atuais, a Rede Globo assumiu o comando do futebol e de vários outros esportes. Blindada por um conjunto de agências esportivas que atuam a seu favor, colocando as mãos sujas no submundo do futebol, a Rede Globo garantiu o maldito monopólio que quase lextinguiu com o Fluminense. Verdade que não extinguiu, mas é verdade que quase dizimou nossa torcida para fazer valer a predominância super expressiva da torcida do Flamengo.

    Enfim, a Rede Globo age como um animal não domesticado que lidera pela sua natureza e age de acordo com os seus instintos e desejos. A Rede Globo precisa ser domesticada. Por sinal, um dos mecanismo para domesticar a Rede Globo seria ampliar a participação das outras televisões. Quebrar o monopólio construído de maneira irregular, a base de propinas às confederações e às federações, que sustentou o crescimento desproporcional de determinados clubes, bem como, a eliminação de alguns clubes e a quase extinção de outros, como foi quase o caso do Fluminense.

    Todos os partidos políticos do Fluminense deveriam ter uma unidade para debater as relações comerciais com a mídia, principalmente, com a televisão.

    • Fernando Bastos

      Perfeita a colocação. ST

    • ALEXX

      Preciso, caro Barbieri!

    • Raul Fernandes

      Rogério:
      A TV-Globo foi cúmplice dos 25 anos de Ricardo Teixeira e mais destes últimos 4/5 anos de José M.Marin e Marco Polo del Nero, trio de picaretas apontados como ladrões pelo FBI americano.

      Quanto todos ganharam (por fora) durante esse tempo?

      Hoje, centenas de jornalistas (25 anos sem desconfiar do R.Teixeira) estarão na CBF assistindo a convocação de Tite, com fanfarras. Sem menções desonrosas…
      Certamente, esses ratos (agora, com o tal Caboclo) do futebol brasileiro não serão citados.

      E vivam o Flamengo e o Corinthians, com a fábula de $ da Globo. Os outros clubes q se f…
      Nessa, o Peter tem alguma responsabilidade. Mas isso é outra história – de como implodiram o Clube dos 13.

      • Rogério Barbieri

        Sem dúvida, Raul. Você deve conhecer detalhes da Globo que nem imagino quais devam ser.

        Obviamente, esse ano a Rede Globo comemora 41 anos da sua intervenção no futebol brasileiro. Todos os presidentes de confederação, federações e de clubes foram coniventes com a emissora.

        Poucos ousaram não seguir a linha ditatorial da Globo. Aqueles que arriscaram foram aniquilados.

        Hoje, vemos “8.572.345” blogueiros esportivos e nenhum tem a ousadia de falar mal da imprensa esportiva, quiçá da Rede Globo. Afinal, todos estão esperando ter a oportunidade de serem contratados ou subcontratados ou ganharem o tal jabá de alguma dessas empresas jornalísticas.

        Existe um mundo obscuro que precisa ser exposto.

        Assim como todo bandido chora como uma criança desprotegida quando a casa cai, imagino o conteúdo que seria produzido pela platinada para poder sensibilizar a opinião pública. O tal, somos mais de um milhão….

        Enfim, o futebol brasileiro necessita acabar com esse monopólio da Rede Globo. E mais do que nunca, de duas ou mais televisões atuando no mercado.

        O campeão brasileiro deveria sair da disputa entre o campeão da Liga Plim Plim versus o campeão da Liga Fox Sport, por exemplo.

        E por aí afora.

    • Sylvio Montenegro

      Caro Rogério, a Rede Globo virou o quarto, e talvez o principal, poder da república. Age conforme seus interesses econômicos e políticos. E isso não é só no futebol, acontece em todas as áreas, em especial, na política e economia.

      A Rede Globo sempre irá proteger os interesses econômicos das grandes corporações e do mercado financeiro, afinal, eles são os seus anunciantes, são os que sustentam o negócio, os interesses desses anunciantes são também os interesses das grandes empresas de comunicação.

      Infelizmente ainda não tivemos um governo que tivesse coragem de regular a mídia. Afinal, as Tvs e as rádios são concessões do governo e não o contrário. Apesar de agirem, como se os governos é que fossem obrigados a fazer a vontade deles, que é a vontade do mercado financeiro e das grandes corporações, ficando o interesse público e dos trabalhadores relegados ao último plano.

      O futebol é apenas uma fatia de um negócio muito maior, é preciso que o poder público domestique a rede globo. As concessionárias de rádio e TV têm que ser obrigadas a fazer valer o interesse público e não seus interesses privados, comerciais e políticos.

      Mas quem fala isso é taxado de comunista e de querer censurar a “imprensa livre”, livre para defender os interesses econômicos daquele 1% que detém 30% da riqueza nacional, a vergonhosa maior concentração de renda do mundo.

  • Claudio Souza

    Se ganharmos amanhã, ficaremos entre os líderes… Quem diria? Ainda mais com essa tabela madrasta…

    ST

    • Wilson Ferrugem

      Deus te ouça meu amigo!

      ST

  • Rogério Barbieri

    Hilário ver a matéria do Fantástico desse domingo, falando sobre a manipulação de resultados no futebol paraibano.

    O quê realmente tem por trás dessa matéria? Afinal, ela chega a linkar a manipulação de resultados com a CBF.

    Para quem não vive como um pato, o meio do futebol está lotado de raposa e principalmente de hienas.

    Se existem indícios de manipulação de resultados no futebol paraibano, onde os valores que circulam são bem inferiores, imaginem no futebol da série A.

    Acho que, assim como a trama da Lava Jato começou numa simples investigação de um crime numa pequeno negócio de Lava Jato, toda a sujeira do futebol brasileiro começará a ser desbaratada a partir da exposição do ocorrido no futebol paraibano.

    Para citar um exemplo, desde 2013, não me lembro de deixar de ter visto um Fla x Flu não ser direcionado por um árbitro de futebol. Isso não quer dizer que antes de 2013, isso não acontecia. Apenas uso esse período por ter sido uma fase aonde ficou escancarada a intervenção dos árbitros no jogo de futebol. Com o apoio e indicação da televisão, os árbitros passaram a protoganizar diversos jogos e passaram a ser protegidos por terem atendido aos anseios da emissora.

    Sei não, mas vejo com bons olhos essa denúncia.

    Tomara que ela esteja linkada com a investigação do FBI e da CIA.

    A casa dos vagabundos que estragaram o futebol brasileiro tem que cair.

  • Raul Fernandes

    Barbieri:
    Continue com suas denúncias de como um conluio criminoso tomou de assalto o futebol brasileiro. Com a maior parte da imprensa esportiva fingindo q não via/vê.
    Após seu post anterior, segue outro comentário, maior.

  • Mauro Carvalho – SP

    Time jogou bem e o Abel mexeu para ganhar.
    Troca rápida de passes, chegamos várias vezes em condição de marcar.
    Faltou calma no arremate e pontaria.
    Jefferson estava em noite de Jefferson.
    E os cagados acharam 2 cabeçadas na nossa defesa desorganizada.

    CONTINUEM OS TREINAMENTOS, ESTAMOS NO CAMINHO !!
    AVANTE FLUZÃO !!

  • Wilson Ferrugem

    Gostei do time! Segundo gol era p ter saído JC. Agora a quem marca a bola n pode deixar ela cair ali no primeiro pau!

    Marlon fraco!

    Pedro tá jogando bem.

    Gilberto excelente

    Abad um meia e um atacante rápido por favor

  • Sergio Binda

    Não há nem o que falar no jogo de hoje. Foi um resultado totalmente mentiroso e talvez tenha sido o melhor, se não um dos melhores jogos do Flu este ano. Mas futebol tem destas coisas. Acho que é o único esporte capaz de fazer um resultado destes. Fosse basquete seriam uns 30 pontos a frente e fosse vôlei seria 3 a 0.

    Se puder recomendar duas coisas:

    A – Claramente o time estava ansioso com a clara possibilidade de chegar aos 10 pontos. Nos atrapalhou muito no último passe. Isto é treino e rodagem. Não tem jeito.

    B – Com três zagueiros e um cabeça de área de 1,90m não dá pra levar a quantidade de gols que estamos levando, principalmente pelo alto.

    A torcida tem de abraçar este time nos dois próximos jogos.

    ST

  • Rodrigo

    Uma pena o resultado de hj, pq com ctz tira uns 20 mil do público q botaríamos domingo no Maraca. Agora vão os 15 mil de sempre, e olhe lá.

    Esse Marlon é fraquíssimo. Muito preocupado com a possibilidade de ficarmos sem o Airton Lucas.

    Três zagueiros, dois volantes e dois gols de bola alçada na área. Patético.

    Se tivéssemos um craque nesse time, ganharíamos hj. Sornoza jogou o máximo q pode jogar: é um camisa 10 apenas mediano, e até o Scarpa, por exemplo, nos bons dias, faz mais diferença q ele.

    Marcos Jr sempre foi péssimo finalizador. Tá na hora do Abel barrá-lo, começar com Robinho ou Pablo Dyego.

    E nosso retrospecto positivo em clássico nesse ano já foi pro ralo. Na década, temos um déficit de 17 derrotas em clássicos. Desempenho ridículo.

  • Claudio Souza

    Acho que o time incorreu no erro de achar que o Botafogo estava morto.

    De fato, todos os rebotes, todas as divididas ficavam conosco.

    A diferença de volume de jogo era absurda.

    Talvez por isso os defensores tenham se desconcentrado e dado ao Botafogo as chances para marcar, embora não possamos deixar de considerar que marcar dois gols em dois únicos lances de perigo é muita sorte, também.

    Jadson finamente voltou a jogar bem. Luan Peres deixou, também, ótima impressão.

    O Pedro, mais uma vez, gastou a bola, fazendo o time jogar e ainda marcando um belo gol de peito. Se continuar nesse ritmo, vai longe.

    Sornoza, monstro! Pena a atuação do Jefferson o ter impedido de marcar ao menos um gol.

    Robinho, mais uma vez, entrou bem e está chegando a hora de ele ser novamente testado desde o início, já que Marco Júnior, apesar de não ter ido mal, não tem força física e nem poder de conclusão. O gol que ele perdeu no final é coisa de jogador que não sabe ser decisivo.

    Quando a bola não vai para o Pedro, não temos um outro atacante que conclua bem.

    Bola pra frente. Uma pena essa derrota, também, pelo esvaziamento que provocará no jogo do final de semana. Ao menos um empate hoje, e certamente teríamos um bom público no Maracanã.

    ST

    • Wilson Ferrugem

      Eu gosto do M.Jr. E juro que não é implicância.
      ST

    • Davi Carvalho

      Vc matou a charada ao falar do Marcos Júnior, não tem força física e costuma concluir mal.
      Perceba que zagueiros grandes facilmente deslocam ele, tomam a bola dele no corpo facilmente, ele não aprendeu com os atacantes baixinhos como se desvencilhar dos caras, ainda perde gols na cara do goleiro, gols até fáceis, por lhe faltar cacoete e técnica.
      Jogador apenas velocista e só.

  • Claudio Souza

    Não posso deixar de fazer um lembrete importante : contra o Cruzeiro, fomos nós que achamos um gol e nos entricheiramos atrás, até porque tínhamos um a menos. A defesa segurou a peteca porque, mesmo com suas limitações, jogou no limite da concentração. Hoje, deu mole para um time que julgava batido.

    ST

  • Claudio Souza

    Obviamente, faltam mais jogos para a gente avaliar, mas tudo faz crer que Nathan, Luan e Ibanez são nossos melhores zagueiros.

    Infelizmente, acho que Abel nunca vai optar pelos três tendo Gum e Renato Chaves do Inferno à disposição.

    Ter jogadores como esses, mais Júlio Chester é dar sempre sopa para o azar : e ele costuma se manifestar sempre nos momentos decisivos.

    Mas Abel é assim e dificilmente vai abrir mão dos dois, a menos que se machuquem, os outros entrem bem e o time consiga bons resultados seguidos.

    ST

    • Wilson Ferrugem

      Eu já acho o Renato Chaves nosso melhor zagueiro.

      Acho ele diferente e bom de bola! Fora o jogo aéreo.

      ST

    • Gilberto Cabral

      Com estes realmente fica difícil. Fazíamos uma bela partida, mas estes sempre entregarão, o Gum parece que esta com raízes nos pés, não sai do chão nem por um C…

      • Claudio

        eu vi o 2o gol com mais calma.

        o cruzamento já é feito como se fosse um chute mesmo.
        A bola vai rápido e não dá tempo de ninguém fazer muita coisa.

        os jogadores do botafogo, que já sabem onde a bola deve ir, se preparam e correm junto – chegaram 3 no mesmo espaço, bloqueando os defensores do Flu.

        O único jeito de marcar essa jogada direito é estudar os gols de bola parada de cada adversário.

        estudando o retrospecto de gols e a posição dos adversários na área,
        você tem uma ideia de onde a bola vai.

        mesmo assim…se o cruzamento for forte, como um chute, não é fácil chegar antes dos outros..ainda mais se forem 3 na bola.

        • Sergio Binda

          Tive a mesma leitura. O Botafogo deu muita sorte ontem.

          ST

  • Sergio Binda

    Discordo. Este jogo do Botafogo não se sustenta ao longo deste campeonato. Ganhou duas partidas seguidas ao acaso.

    Ao contrario, SE E SOMENTE SE o Fluminense jogar assim, tem a consistência que um campeonato deste tipo precisa.

    ST

    • Zeh Paulo

      Caro, Sérgio. Do que você discorda ? Eu disse que jogamos bem mas, como já é de costume, perdemos. Viramos fregueses de todos os cariocas. Meu mantra é fazer logo os 48 pontos. Meu campeonato acaba aí.

      • Sergio Binda

        Do sentido pejorativo. Ano passado tínhamos um futebol inconsistente, diferente do que vem sendo apresentado este ano.

        ST

  • Wilson Ferrugem

    Tem que jogar sem o Richard.

  • Alexandre MPS

    Derrota injusta hoje, pois foi uma das melhores partidas do Flu este ano.
    Porém, no futebol, volume de jogo e chances perdidas não contam para o resultado final.
    Que se mantenha a pegada, se aproveitem melhor as oportunidades e que se trabalhe para corrigir os erros no jogo aéreo, que hoje mataram a partida a favor dos botafoguenses.
    Para mim, ficou aquela sensação chata de que dava pra vencer e ficar entre os líderes, com o moral lá em cima. Só espero que não se repita a mesma coisa do ano passado, com o Flu vencendo clássicos no carioca mas, no Brasileirão, perdendo pontos importantes contra nossos principais rivais.

    ST

  • Davi Carvalho

    Abel, então cara, esqueça o Marcos Júnior, dê chances aos outros de jogar.

  • Sergio Binda

    Mais uma coisa … Marcos Jr. não dá. Está sem poder de decisão e se omite nos momentos mais críticos. Fez a jogada do gol e parou por ai.

    ST

  • Ricardo Ferreira

    Vimos raça, vontade, luta? Sim

    Vencemos? Não.

    Empatamos? Não.

    Perdemos. Um clássico local. Desastroso.

    Percebo que à semelhança dos bacalhaus, os poodles já nos
    encaram como fregueses, contam com os três pontos.
    Gravíssimo. Perda de substância, de torcida.

    E um bostafogo dos mais fracos.

    Escrevi ontem em outro fórum que o pardal falastrão gosta de inventar em
    clássicos aqui do RJ.

    Pois bem, não deu outra. Colocou em campo o PD e manteve o
    ridículo Jumentinho Júnior.

    Da incompetência de Abel Braga nem me ocupo mais, e ele
    permanece lá, tirando água de pedra…piada.

    Temos carências individuais óbvias, gritantes.

    Entretanto o “eterno” Abeloide, a meu juízo, potencializa
    as mazelas, os pontos fracos, com suas escalações
    burramente teimosas, com substituições ineficazes, diversas
    vezes indefensáveis, acintosas.

    Vai ser isso aí o resto do ano. Preocupante.

    Pra terminar. Esse jogador Marlon não serve nem pra
    reserva. Um merda. Mais um.

    O jeito é torcer. E cornetar muito.

  • Ricardo Ferreira

    Viveremos apenas de “Batalhas de Potosí” ?

    Elogiável, mas pouco.

    Se liga Fluzão!

  • Ricardo Ferreira

    Será que voltaremos a sofrer da “maldição” dos gols de
    cabeça?

    E o Abelanta foi zagueiro. Medíocre.

  • vivianne

    Ter marco Jr como titular, Robinho como opção no banco, junto com Marlon e uma dupla de zagueiro formada por gum e Renato chaves é certeza de acontecimentos como de ontem.
    Vou repetir nosso elenco é fraco, esse time tem me surpreendido, por isso já acredito se não for vendido ninguém, quem sabe podemos ficar entre os 10 primeiros, qualquer coisa a mais do q isso com o elenco atual seria milagre!

  • Claudio

    por alguns anos, entre 2011-2014, eu escrevi posts e e-mails sobre a violência do botafogo nesse clássico.

    Depois eu parei com o levantamento porque vi que a gestão Peter não ia fazer p. nenhuma pra mudar isso.

    O dia em que alguém completar meu levantamento da pancadaria do botafogo desde 2009,
    muita gente vai se assustar.

    só pra lembrar de alguns casos:

    Em 2010 o botafogo quase evitou nosso brasileiro.
    Fred e Emerson saíram lesionados nos dois jogos contra eles.

    Em 2012, o botafogo ajudou a tirar nossa vaga na semifinal da Liberta.
    Deco saiu lesionado contra eles, na final do carioca.
    Pouco antes, o Thiago Neves tomou um pisão por trás no 4×1 que poderia
    ter rompido ligamento do tornozelo. Até hoje não entendo como o árbitro
    expulsou o cara nessa falta…Isso não é normal na era Rubinho!!
    O árbitro punir o adversário do Flu como manda a regra.

    Em 2013, Cavalieri desmaiou com uma pancada criminosa.

    O Nem quase saiu lesionado também..acho que no mesmo jogo.

    Depois, no 2o semestre, quebraram o Carlinhos, e isso quase nos custou o rebaixamento.

    Ontem o Sornoza foi agredido pelo Gilson já sem bola, e nada aconteceu.

    A gente sabe que aqui no Brasil o futebol tem um lado bem adolescente, bem escroto mesmo.
    e tal como o bullying no colégio, apanhar calado é uma estratégia que não funciona.

    no caso desse clássico…a violência do botafogo ficou tão normal que nem é comentada mais.

    Só o novato do Sornoza, que chegou agora no colégio e ainda não sacou.

    • Fábio Pitman

      E ontem bateram pra cacete novamente.

      Várias entradas com nossos jogadores no chão e o babaca do técnico deles gritando “toda hora” como se estivessem os nossos jogadores encenando.

      E o juiz fdp sem fazer nada.

  • Zeh Paulo

    Marcos Júnior corre, corre, e não acerta nada. Não acerta um drible, um passe, um chute a gol. E quando precisa disputar a bola, seu tamanho de sub-15 faz ele perder todas.

  • Valmir Carvalho da Silva

    Chore e pare de torcer e escrever também.

    • Zeh Paulo

      Cada um tem um grau de exigência. Nossa torcida está se apequenando mais rapidamente do que o clube.

  • Valmir Carvalho da Silva

    Tem umas pessoas que parecem torcer para uma derrota para falar em 46 pontos e um monte de sandices. A verdade é que o Flu jogou pra cacete e até o empate seria injusto. Aliás, mesmo com algumas limitações (e qual time não as tem?) o Flu vem mostrando que enfrenta qualquer time do Brasil de igual para igual. Digo mais, se continuar jogando assim e a diretoria não vender atletas, mantendo salários em dia estaremos disputando a Libertadores ano que vem . Infelizmente alguns misturam a insatisfação com a gestão ( insatisfação que eu também tenho) com o time. Domingo estarei no Maracanã apoiando mais uma vez.

    • Claudio Souza

      No blog do João Garcez (não sei porque fui ler alguns comentários por lá, há até quem ache que um dos maiores problemas do time é o Pedro.

      É de lascar !

      ST

      • jose roberto da fonseca

        Tem uma turma de idiotas mal amados por lá. Isso se não forem torcedores dos mulambos. Não entendem porra nenhuma de futebol e escrevem um monte de merdas. Deixei de ler os comentários por isso.

      • Valmir Carvalho da Silva

        Só podem ser doidos. Cada asneira que escutamos e lemos!!!

    • jose roberto da fonseca

      É isso, Valmir. Nem ligue, eles levam uma vida infeliz.

  • Davi Carvalho

    Marcos Júnior é o pior atacante de lado do Fluminense, inferior ao Robinho, Matheus A. e o Pablo Dyego, menor, pensa menos, mais fácil de ser deslocado e de pouca técnica, só tem velocidade.
    Você viu ele finalizando ontem sozinho pra fora???
    Sem contar a nulidade que tem sido em outras partidas, pouco fazendo na frente, voltar pra marcar e preencher espaços é o mínimo que se cobra de um jogador moderno.
    Quero ver ele fazer gols e resolver quando tem que fazer.
    Pra mim, MINHA OPINIÃO, esse cara não tem chances de titularidade, sacanagem insistir em um atleta que não corresponde há vários jogos enquanto outros estão pedindo passagem.

  • Davi Carvalho

    Pablo Dyego tem muito mais dinâmica ao contra atacar, mais forte e rápido pra caralho, marcar todos marcam, jogador moderno tem que fazer isso, só Robinho não ajuda tanto como os outros nesse quesito, fechar espaços todos fecham.
    Desculpe, mas atacante de lado tem que apresentar muito mais que isso, tem que acertar o gol, servir o centro avante muitas vezes, entortar defesas, Marcos Júnior faz pouco isso.

  • Davi Carvalho

    Pra mim o grande problema é o Abel meter sempre o time mais fraco em campo.
    Marcos Júnior e Renato Chaves jogam uma partida boa uma vez ou outra, não podem ser titulares, isso mata o time.
    Não temos o melhor banco do mundo mas dá pra melhorar.
    Não ganhamos ontem por um detalhe.

    • Paulo Cavalheiro

      O time é mal escalado sempre e melhora muito no 2 tempo com as substituições, fato !!

    • jose roberto da fonseca

      Concordo, David.

  • Paulo Cavalheiro

    Uma “arrumadinha” neste time e teríamos uma melhor performance, fato !!

    • Gilberto Cabral

      Se barrar Gum, Chaves e Marco Jr., já melhora bastante. Poderia testar o Rodolfo também.

  • Wilson Ferrugem

    Gum não gosto mas ele tem seu valor.
    JC eu odeio!

  • José Carlos Nascimento

    Como o NetFlu conseguiu cópia do contrato com o Valle Express?

    Vejam em https://www.netflu.com.br/sinal-de-alerta-valle-express-pede-reuniao-extraordinaria-com-o-fluminense/

    • Davi Carvalho

      Informantes, espiões, politiqueiros, traíras….

  • Daniel o retorno

    So eu acho que o Abel se perdeu no 2 tempo/?

  • Davi Carvalho

    Intensidade que ele não demonstra, se isola várias vezes e quando pega na bola muitas vezes facilmente perde.
    É o atacantes mais fraco do time.

  • Aluisio Silva

    Scarpa? Quem???

  • Daniel o retorno

    ok. perdeu o meio para o Botafogo no segundo tempo, onde originou o segundo gol e poderia ter feito mais, Robinho joga pela esquerda, ele me coloca pela direita. Da mesma forma o PD, onde inverteu o lado sem nunca ter feito isso.

    Soma-se, ainda, que o time mudou a forma de jogar no segundo tempo.

    Ok.

    Perdemos para o Botafogo em um jogo facil e estamos a 2 pontos da ZR,

  • André Pereira

    Nessa vc está sozinho, Wilson.
    Respeito sua opinião, claro, mas nessa vc vc está sozinho.