Mais zelo, por favor

social media

Não é novidade pra ninguém que a comunicação institucional do Fluminense precisa melhorar muito: é praticamente unânime dentre os tricolores que o clube precisa evoluir na estratégia de defesa institucional e na divulgação de produtos, notícias e promoções, por exemplo.

Na parte dos canais oficiais digitais, as lacunas na interação e a baixa relevância das pautas não são os únicos problemas. Em canais institucionais do Fluminense como o Facebook, o Instagram e o Twitter, a moderação é bastante falha, dando margem a inúmeros comentários depreciativos por parte de torcedores rivais.

Nos demos ao trabalho de consultar os perfis oficiais de outros Clubes. Lá, os comentários depreciativos até aparecem, mas são rapidamente deletados. A moderação funciona adequadamente, afinal, parece haver o entendimento de que tais espaços digitais devem ser tratados com zelo, pois na prática funcionam como janelas da instituição visíveis em todo o mundo, a partir de qualquer computador conectado à internet.

Aqui no Blog da Flusócio não existe nenhum comentário de outras torcidas. Eles chegam aos montes, mas nós bloqueamos todos na moderação, bem como ofensas, palavrões, ironias e leviandades contra a instituição e contra o grupo.

Se fazemos este controle de conteúdo por aqui, num site mantido voluntariamente por torcedores, nos perguntamos por que o Fluminense, que tem gente remunerada para tal, não pode fazer o mesmo nos canais oficiais? Fica a pergunta.

137 Comentários em Mais zelo, por favor

  1. Daniel Trindade
    8 de janeiro de 2014 at 10:22 (6 anos ago)

    Infelizmente o trabalho do clube nessa areá é MUITO RUIM, um LIXO!!!!!!

    Pra ficar RUIM precisa melhorar muito!!!!!!!!!!!!!!!

    São 3 anos (e pelo visto estamos indo para mais 3!!!) em que o clube não utiliza essa ferramenta com custo praticamente zero!

    Já era para o responsável pela comunicação estar longe do Fluminense!

  2. Alexandre Magno Barreto Berwanger
    8 de janeiro de 2014 at 10:23 (6 anos ago)

    Se não bastasse a necessidade permanente de defesa institucional por parte de qualquer instituição, não necessariamente clube de futebol, isto se torna urgente no caso do Fluminense, um clube que tem sido atacado há anos por uma sistemática e aparentemente orquestrada campanha difamatória, um tanto liderada por conhecido jornalista carioca, especialista em requentar assuntos já esquecidos e respondidos em suas épocas, como se fossem novidades, para tentar tumultuar o ambiente do clube em momentos importantes e atacar a sua imagem quase que permanentemente.

    O futebol brasileiro já não é uma brincadeira, mas sim um negócio que envolve muitos milhões de qualquer moeda que se pense, de modo que deve fazer parte desta estratégia, processos contra pessoas físicas e jurídicas que atacarem o FFC com leviandades, seja sobre o seu presente, seja sobre a sua história imaculada, que alguns personagens tentam colocar no mesmo nível que os seus clubes com comportamentos de frequentadores de beira de esgotos.

    Mudando um pouquinho de roteiro, espero que em 2014 não mais se repitam marcações de jogos do FFC para dias e horários estranhos, que afetem o comparecimento da Torcida Tricolor e consequentemente o interesse pelas adesões a modalidade sócio futebol.

    Que essa seja uma lição eternamente aprendida e não esquecida ano a ano, para ser corrigida ao final de cada temporada e esquecida já no início da próxima, notadamente no tocante aos jogos do Campeonato Brasileiro.

    Precisamos de gente competente analisando e defendendo os interesses do clube nas confecções das diversas tabelas e escalações de árbitros. Marcelo Lima Henrique e seus amigos apitando clássicos, nunca mais!

  3. Ricardo Lima
    8 de janeiro de 2014 at 10:25 (6 anos ago)

    Como Conselheiro do clube, estou certo de que a Comunicação Institucional do Fluminense deve ser ativa, melhorar, e muito, pois diversas pessoas me perguntam inclusive se certos canais de comunicação do Fluminense nas mídias sociais ainda estão ativos, pois não são alimentados… Convenhamos que isso chega a ser vergonhoso para um clube como o Fluminense, detentor da Taça Olímpica, um clube que prioriza a organização e é vanguardista.

  4. Marco Antonio Barroso
    8 de janeiro de 2014 at 10:39 (6 anos ago)

    Como disse o Daniel Trindade, comunicação institucional e marketing, no Fluminense, para ficar ruim tem que melhorar muito!!!!!!!!
    Os adjetivos melhores são, TERRÍVEL, HORROROSO, TÉTRICO!!!!!!!!

  5. Alexandre Magno Barreto Berwanger
    8 de janeiro de 2014 at 10:44 (6 anos ago)

    Mensagem repassada em outro site, por honrado tricolor :

    Futebol, redes sociais e liberdade de pensamento
    Antero Greco

    Umas folgas de final de ano, prejudicadas por uma crise de gastrite, me tiraram do trabalho mais do que gostaria. Os dias em casa, porém, foram bons para aquela arrumação de papéis, para acelerar leitura e para observar o que rola pelo mundo real e virtual.

    E uma constatação pude fazer deste período de repouso: as redes sociais são um instrumento poderoso, e perigoso nas mãos de quem as usa para o mal. São ferramentas ótimas para manipular opinião e transformar mentiras em verdades. Graças a Deus não existiam com tal fartura na época de Goebels! O Nazismo talvez tivesse produzido estragos mais nefastos.

    Há uma histeria no ar, e provocada por futebol. Não se fala da violência das prisões, materializada pelas chacinas no Maranhão. Não se reclama contra corrupção, que nos torna um país caríssimo e carente. Não se clama por mais dignidade e respeito dos cidadãos.

    A indignação, veja só, surge por um jogo em que marmanjos correm atrás da bola e que deveria ser apenas diversão para quem acompanha. O inconformismo vem, supostamente, por campanha de “difamação e ódio” contra agremiação futebolística, o venerável Fluminense.

    Culpados por essa onda de caça às bruxas seria a imprensa. Ou, mais especificamente, parte da imprensa esportiva, da qual faço parte. Qual o crime cometido por alguns jornalistas? O de colocar-se contra o Tribunal Esportivo, que puniu a Lusa de forma desmedida ao erro que ela cometeu. Com a perda dos pontos, a equipe caiu para a Série B e o Fluminense, por circunstâncias da classificação final do Campeonato Brasileiro, se manteve na elite.

    A argumentação de profissionais com larga experiência no jornalismo não convenceu a todos – e nem haveria essa pretensão. A divergência é um dos fundamentos para a sabedoria. Só que, diante da repercussão negativa que teve o resultado dos julgamentos nos tribunais, torcedores da equipe beneficiada não tiveram coragem de assumir a bronca provocada nos demais e a repassaram para a imprensa. De um momento para outro, jornalistas de peso viraram vilões e irresponsáveis. (E admito que há oportunismo, pois torcedores de outros clubes teriam tido comportamento idêntico, se o tribunal os beneficiasse.)

    Em vez de debate civilizado, começou a série de insultos, sobretudo no Facebook e no Twitter. Canalha, bandido, energúmeno, asno, idiota, imbecil, covarde, fdp, foram alguns termos repetidos ad nauseam. Fora os comentários maldosos em blogs, os abaixo-assinados repletos de preconceitos e inverdades e as correntes xiitas que pretendem retratação dos meios de comunicação e seus profissionais que não aceitaram o veredito de um tribunal. Como se esse tribunal fosse infalível.

    Critiquei, e não arredo pé, do rigor com que foi tratado o caso da Lusa. Dei minha opinião no jornal, no blog e na tevê, e me baseei em juristas. Aliás, mentes brilhantes, acostumadas aos meandros do Direito também sustentaram tese semelhante à minha. Assim como outras, igualmente respeitáveis, disseram que o tribunal estava certo. Tema, portanto, polêmico. Há controvérsias na Justiça. Caso contrário, nem seriam necessários tribunais, advogados, juízes…

    Infelizmente, na fantasia doentia de gente que não consegue viver com a divergência, virei um dos inimigos do Fluminense, um incitador da intolerância e da violência, um fora da lei! E justo eu, que devolvo até centavos de troco, se me derem a mais! E dá-lhe todo momento a ler insultos e ameaças (sim, ameaças de retaliação física) de cidadãos que nunca vi e que provavelmente, se encontrasse pessoalmente, viriam conversar de maneira pelo menos comedida.

    Nos próximos meses, completo 40 anos de profissão, a maior parte desse tempo na crônica esportiva. Minha história, minha carreira, meus comentários, meus textos falam por si. Jamais fui leviano, nunca seria demente de acirrar ânimos, fomentar discórdia, racismo, bairrismo, xenofobia, atos de vandalismo, linchamentos e coisas abjetas do gênero. Sou da paz, sou católico, tenho filhos, sobrinhos, genros e sei da responsabilidade da minha profissão. Não sou tosco. E defendo tratamento digno até para os que cometem crimes. Acredito no homem.

    Mesmo assim, cabeças ocas deliram e creem que a imprensa esteja por trás de atos agressivos de rivais do Flu. Infelizmente, os desvairados não precisam do “estímulo” da imprensa para atacar os outros. Eles depredam, arruínam, batem, apanham em qualquer lugar e por qualquer motivo. Seja provocando um tricolor, seja pisoteando um corintiano, um atleticano, um vascaíno, um palmeirense. Para esses, sim, a solução está em algum tipo de internação – ou numa clínica psiquiátrica ou na cadeia.

    Os mesmos que hoje cultivam esse ódio paranoico se dedicassem uns minutos a ler meu blog ou a manusear a coleção do “Estadão”, encontrariam muitas crônicas favoráveis ao Flu. O mesmo ocorreria se escarafunchassem as fitas do acervo da ESPN/Brasil. E não escrevi ou falei por simpatia pelo Flu ou para fazer média, mas porque era o que ditavam minha consciência, meu senso crítico. Fiz o que se exige de minha profissão. Ou seja, mantive minha independência, sempre, sem fazer campanha a favor ou contra quem quer que seja.

    Se, ainda assim, há quem veja em meu comportamento um foco de calúnia e difamação, peço que vá à Justiça, me processe. Seria o primeiro processo que enfrentaria nessas décadas todas de militância no jornalismo. Mas levante dados concretos de que sou facínora, desagregador, perturbador da paz. Faça isso! Será uma grande contribuição para a sociedade.

    Pois certamente a Justiça detectará quem estimula a intolerância. Uma simples “passeada” nas redes sociais servirá para desmascarar os covardes, os intolerantes, os mentirosos, os que se valem do terror para impor ideias, os que se escondem sob nomes falsos para atingir a honra de cidadãos de bem, que unicamente exercem sua profissão com transparência. Um juiz ponderado avaliará de onde parte o destempero.

    Proponho por fim que os exaltados repensem sua estratégia. Radicalismo não levará a nada, só trará raiva, dor e tristeza. E os extremistas jamais tirarão meu bem maior: a liberdade de pensar. Minha consciência nunca esteve à venda.

    Feliz 2014 a todos.

  6. Claudio Barçante Pires
    8 de janeiro de 2014 at 10:44 (6 anos ago)

    Acho simplesmente inimaginável que o Fluminense não tenha uma linha de contato direto com sua torcida, como funciona aqui, por exemplo, onde o torcedor possa interagir com o Clube, mostrar o que deseja, debater, enfim, viver o Fluminense.

    Teria que ter uma equipe dedicada e profissional que mostrasse o que é o Fluminense, que é muito mais do que sua sede, sua diretoria ou mesmo o time, o Fluminense, na verdade, é aquilo que cada tricolor carrega dentro de si.

    Temos que melhorar muito essa forma de atuação.

    Claudio Pires – Sócio e conselheiro eleito

  7. Rodrigo
    8 de janeiro de 2014 at 10:45 (6 anos ago)

    Ótima notícia. Ele e o Walter “Pançagrande” são grandes reforços. Cícero, na verdade, não devia nem ter ido para o Santos se a diretoria tivesse feito seu trabalho.

  8. Alexandre Magno Barreto Berwanger
    8 de janeiro de 2014 at 10:47 (6 anos ago)

    Um dos grandes trabalhos da história do ESPORTE ESPETACULAR!

    Parabéns para toda a equipe deste programa e ESPERO QUE TRANSFORMEM ESTA OBRA DE ARTE EM DVD, para enriquecer e salvaguardar a HISTÓRIA DO FUTEBOL BRASILEIRO!

  9. Roka
    8 de janeiro de 2014 at 10:49 (6 anos ago)

    A comunicação institucional do nosso amado Fluminense é deprimente.
    Como torcedor e conselheiro do clube defendo a instituição nas redes sociais, nos debates nas ruas, no trabalho, etc. E o clube? O clube não faz nada. Precisamos de profissionais que amam o clube trabalhando a comunicação institucional.
    O Fluminense não pode ficar calado diante aos ataques sofridos diariamente.

    ST,
    Rodrigo Soares

  10. João Vicente
    8 de janeiro de 2014 at 10:50 (6 anos ago)

    Crítica mais do que justa!!
    A comunicação do FFC está uma vergonha!!!
    Nesse ponto, nós não evoluímos nada em comparação à gestão Horcades.
    Pior, acho que regredimos!
    Na gestão passada, o FFC ainda fazia o mkt de oportunidade e nem isso estamos conseguindo fazer (vide o caso Conca).
    Abs.,
    João Vicente B. Netto

  11. Renato
    8 de janeiro de 2014 at 11:00 (6 anos ago)

    Agradeço a Flusócio pelo espaço para podermos debater e trocar idéias … são idéias incríveis, várias sugestões dentro e fora das quatro linhas de pessoas totalmente apaixonadas pelo nosso FLU …

    Infelizmente a impressão que tenho é de estarmos “conversando com uma pessoa (FFC) surda!” … com todo respeito as pessoas com esta deficiência …

    Desânimo é o que estou sentindo esta semana …. Meta de 100 mil sócios? Fala sério FFC!

    Seria loucura minha imaginar que o Peter estaria pensando em renunciar??? Porque não faz sentido as coisas que andam acontecendo … ou melhor as coisas que NÃO ANDAM acontecendo!

    ST!

  12. Zalu
    8 de janeiro de 2014 at 11:08 (6 anos ago)

    Elementar meu caro “Watson”,
    se o “serviço” é terceirizado, será que eles são tricolores?! Duvido…Talvez nem quem os controla o seja, haja vista o que recentemente aquele BABACA da FSB publicou no Goebbels.
    LARANJEIRAS É LUGAR DE TRICOLOR E PARA TRICOLOR, COM TRICOLORES OCUPANDO TODAS AS FUNÇÕES CHAVE, QUEM NÃO SE ENQUADRAR E/OU SE SUBMETER A ESSA SOBERANIA, TCHAU!

  13. Alberto Brasilia
    8 de janeiro de 2014 at 11:19 (6 anos ago)

    Realmente é dificil entender muitos torcedores do nosso Flu…não querer a contratação do Walter porque é GORDO?E OS MAGRINHOS DIGUINHO,VALENCIA,WAGNER,SAMUEL(ESSE G A DEUS JÁ VAZOU),IGOR JULIÃO,…ESSES OK?O Walter foi disparado um dos melhores do campeonato e vai com certeza dar muitas alegrias,aguardem!

  14. Claudio Maes
    8 de janeiro de 2014 at 11:21 (6 anos ago)

    A comunicação institucional do clube é um lixo, uma verdadeira comédia de horrores, incompetência na forma de ação entre amigos.
    A absoluta falta de qualidade e comprometimento com o trabalho nas redes sociais é uma das mais visíveis facetas desse péssimo trabalho na comunicação, que já é ruim desde o início do 1º mandato.

  15. Alexandre
    8 de janeiro de 2014 at 11:26 (6 anos ago)

    Muito bom!! Não deve haver esse controle por que há desleixo e talvez até intenção de deixar tudo mal feito, para deixar no ar os comentários do clube do coração dos moderadores, aquele que tentou junto com a Portuga uma grande virada de mesa!!!
    Demissão já nos incompetentes!!!!!! Não fazem bem seu trabalho, que sejam jogados no mercado, onde verão a face das górgonas…

  16. Renato
    8 de janeiro de 2014 at 11:27 (6 anos ago)

    Obrigado Renato Gaúcho! Deveria ser o Peter …. mas pelo menos ouvi de alguém uma cobrança à imprensa!

    “- Eu acho que o papel de vocês da imprensa será fundamental nisso. Se as pessoas de algum meio começaram a colocar pilha, aí as coisas podem tomar uma proporção maior. O Fluminense não tem culpa de nada. Vocês sabem muito bem quem é o culpado. O Fluminense não virou a mesa, nem a CBF. As pessoas que queiram entrar na pilha tem de pensar duas vezes. Se as coisas começam a tomar uma proporção maior quem será o responsável? – indaga o treinador.”

    http://netflu.com.br/renato-gaucho-pede-responsabilidade-da-imprensa-a-ataques-ao-flu/

    ST!

  17. Alberto Brasilia
    8 de janeiro de 2014 at 11:33 (6 anos ago)

    Uma das coisas que detesto (fora que não acho ele bom treinador,mas já que veio vamos apoiar)é essa mania de fazer piadinhas para essas hienas do jornalismo…jÁ COMEÇOU COM O PAPINHO CHAMANDO O CARA DE WALTINHO E QUE O WALTINHO VAI SE ENQUADRAR…DANDO MUNICÃO PRÁ MALDITA FLAPRESS!!!

  18. Thiago Resende
    8 de janeiro de 2014 at 11:36 (6 anos ago)

    Fala Galera!!

    Muito tempo sem comentar, tirei umas férias no final do ano e voltei essa semana! Tentei dar uma desligada, mas do Fluminense é difícil!hehe

    Bem, com relação ao post, acho muito oportuno, pois o trabalho de comunicação desenvolvido pelo Fluminense é inexistente, tem que melhorar muito, mas muito para ficar ruim! Não sou especialista no assunto, mas não consigo entender tanto desleixo no setor! Não há desculpa para justificar tamanha incompetência, me faltam palavras e adjetivos para definir o “trabalho” desenvolvido até então.

    Já com relação ao futebol, estou muito preocupado, pois parece que fizemos uma ótima temporada no ano passado! Esqueceram que o Fluminense foi rebaixado, ficou entre os quatro últimos em um dos piores campeonatos da era de pontos corridos, com um nível técnico fraquíssimo!

    Precisamos e muito de reforços, até porque grande parte das barangas foram embora! No mínimo dois zagueiros, um primeiro volante, uma lateral esquerdo reserva, um meia e um atacante rápido, isso sendo muito econômico!! E outra, não podemos errar nessas contratações, pois elas podem definir nosso futuro na temporada. Tem que trazer jogador com condições de ser titular!

    A gente até tem uma espinha dorsal interessante, mas nosso time titular necessita de reforços, senão vejamos:

    Cavalieri
    Bruno ou o peladeiro
    Gum
    Zagueiro a ser contratado
    Carlinhos
    Valência (Nos primeiros jogos, pois vai se machucar e ainda tem a copa do mundo, o reserva dele vai jogar o ano todo)
    Jean
    Meia a ser contratado, acho que o Cícero seria uma ótima contratação, o Vagner tem que ser reserva sempre)
    Conca
    Atacante a ser contratado
    Fred

    Na minha opinião, o Sóbis, apesar da bela temporada, continua como reserva do Fred e agora ainda temos o Walter que também pode jogar por ali!! Não tem como jogar Fred e Sóbis, Walter e Fred ou Sóbis e Walter. Precisamos de velocidade neste time, isso é nítido!

    O foda é a gente escutar que a base vai ser mantida…Porra, a base que foi rebaixada???

    Ano passado a gente teve problema de contusão e tal, mas quem garante que esse ano vai ser diferente? Fred se machuca sempre, Valência também, o reserva do Carlinhos não existe….vamos apostar todas a fichas na tal manutenção do elenco??

    Volto a dizer, temos sim uma boa espinha dorsal no time titular, mas estes jogadores precisam de outros com características diferentes, que não temos no elenco e precisam ser contratados!

    Espero que a diretoria esteja atenta a isso e trabalhando em silêncio!ST

  19. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 11:48 (6 anos ago)

    Exatamente Zalu , clube de futebol é movido à paixão e todo apaixonado se atira à causa . ST

  20. silva
    8 de janeiro de 2014 at 11:48 (6 anos ago)

    kkkkkkkkk vejam como as organizações globo é lixo veja as frases nas matérias relacionadas ao fluminense veja no globo esporte.com na página do fluminense logo a baixo tem destacando o blog meio de campo tem lá a frase inicial PAGAR O QUE? LIVRO DEFENDE O FLU DAS VIRADAS DE MESA vejam como são tendêciosos na página inicial nada sobre a contratação de valter melhor atacante do último campeonato brasileiro para ver isso tem que ir na página do fluminense muito parcial esse lixo chamado globo.

  21. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 12:11 (6 anos ago)

    As declarações de Renato à imprensa vieram em bom tempo , finalmente . Já começa protegendo o elenco , e jogador gosta disso , além de dar um gás no ânimo da torcida . Me lembro na final do carioca de 2003 ou 04 em que perdemos o primeiro jogo pro Vasco e a imprensa e muitos tricolores já davam como favas contadas o título vascaíno mas o treinador botou pilha pra torcida tricolor acreditar e dividir o maraca na segunda partida e foi o que realmente aconteceu .

  22. Zalu
    8 de janeiro de 2014 at 12:28 (6 anos ago)

    se for vero, show!
    mas temos de correr atrás de pelo menos um zagueiro e um lateral esquerdo pra ser banco do Carlinhos, daí é estufar as redes de nossos rivais e correr pra galera.
    RG mandou bem no recado pros jabazeiros de plantão.

  23. Thales Treiger
    8 de janeiro de 2014 at 12:33 (6 anos ago)

    Não. Já havia saído há vários meses.

  24. Daniel
    8 de janeiro de 2014 at 12:36 (6 anos ago)

    Era difícil colocar a apresentação dos jogadores nas Laranjeiras estilo NBA?

    Pega umas camisas, bonés e bola e jogue para a torcida.

    Cobre 1 KG de alimento para entrar.

    Coisas simples, mas que fazem a diferença.

    Aproveitava e colocava um “stand” para o sócio futebol…

    Eita MArketing horrível

  25. Antonio Carlos
    8 de janeiro de 2014 at 12:39 (6 anos ago)

    AGORA A COISA VAI…

    Agora a coisa vai.

    Aposto que agora a imprensa marrom está se borrando de medo!

    Chegou o PETER, o Vingador do Oeste, o mais valente entre os valentes, o mais heroico entre os heróis, protetor dos fracos e dos oprimidos!

  26. ALAN CAVALLERA
    8 de janeiro de 2014 at 12:47 (6 anos ago)

    O trabalho do clube nessa areá é um LIXO

    São 3 anos e estamos indo para mais 3 anos em que o clube não se utiliza deste expediente

    O responsável pela comunicação do clube deveria estar longe do Fluminense a muito tempo!

  27. José Carlos F. da Costa
    8 de janeiro de 2014 at 13:02 (6 anos ago)

    Ouvi hoje de um colega de trabalho que, com Valter e Fred, o Flu tem o ataque mais comedor do Brasil!

    Ótima!

    Eu preferia o Bruno Rangel, da Chapecoense, e o nosso bom e velho Magnata. Paicência. Então, que o Valter perca uns 15 quilos.

    E que seja verdade a vinda do Cícero.

    Faltam dois laterais (eu traria um dos nossos gêmeos) e um zagueirão, ou dois.

  28. Luciano Nóbrega
    8 de janeiro de 2014 at 13:04 (6 anos ago)

    A comunicação institucional é o pilar de sustentação da relação torcedor-clube. É inadmissível termos essa relação tratada com amadorismo, pouco caso e desdém.
    É obvio q o responsável pela comunicação do Fluminense não entende nada do riscado além de não ter sangue tricolor nas veias.
    Mudanças já!

    Luciano Nóbrega – Sócio e Conselheiro

  29. Paulo Cavalheiro - Santos - SP
    8 de janeiro de 2014 at 13:04 (6 anos ago)

    Não sabia, achava que o contrato era até o fim de 2013.

    Até entendia o “ódio” do FSBrandão, sócio fundador da empresa, que destilou veneno contra o FFC em 12/2013, que seria pela não renovação do contrato.

  30. Oscar Möller
    8 de janeiro de 2014 at 13:05 (6 anos ago)

    Sou uma pessoa totalmente a favor do profissionalismo. Não importa o time do coração do profissional, desde que desempenhe suas funções corretamente e com competência.

    Só que, nesse caso específico, o sujeito, para desempenhar corretamente, tem que ter o Fluminense na veia, tem que ser tricolor até a alma. Não podemos ter pessoas sem sangue monitorando os nossos canais digitais.

    Além disso, precisamos de uma coordenação dos trabalhos feita por quem entende do assunto e, não, por amadores.

    ST4

  31. Caíque
    8 de janeiro de 2014 at 13:15 (6 anos ago)

    Perfeito!!

  32. Diogo Cavalcanti
    8 de janeiro de 2014 at 13:35 (6 anos ago)

    OFF IMPORTANTE:
    = = = = = = = = = = = =

    Vamos aplicar as LIÇÕES APRENDIDAS com o ano que se passou.

    PRIMEIRA medida – alguma palestra de conscientização sobre as substâncias que podem ou não ser administradas individualmente. Comunicacar ao Depto. Médico antes de tomar qualquer remédio.

    ISSO PORQUE EM 2013:
    – Thiago Neves ficou de fora contra o Huachipato pela Libertadores por ter se automedicado.

    – Deco pego no anti-doping por suplementos

    – Michael : caso totalmente diferente dos anteriores, mesmo assim poderia ser evitado com conscientização do que se espera de um atleta que quer ser profissional.

    Mãos à Obra. Vamos fazer um 2014 diferente.

  33. Carlos Nascimento
    8 de janeiro de 2014 at 13:55 (6 anos ago)

    Aqui a questão não é: ser a favor ou contra o Fluminense. O fato é: A Portuguesa e o Flamengo erraram e nessa envoltória é que você, Antero Greco, deveria centralizar as suas opiniões. Quem foi beneficiado (A, B ou C) não importa. Além de você tentar “forçar” uma interpretação diferenciada (Por qual interesse? Por que só agora, com o possível benefício do Fluminense, vocês se preocuparam com o fato? Aí é que está o “X” da questão. Muito estranho!) de um regulamento bem objetivo e suas punições e que incide sobre todos os times, você induziu os “outros” a pensarem que o Fluminense não poderia ser beneficiado (por uma visão equivocada do passado) diante da punição dos outros. Puro casuísmo, pois se fossem outros times não haveria essa celeuma.

  34. Ferjun
    8 de janeiro de 2014 at 14:01 (6 anos ago)

    A comunicação do FFC apresenta falhas incríveis, uma gestão bastante ruim. Uma pena que o clube não saiba utilizar as ferramentas das redes sociais como deveria, tanto pra gerar conteúdo como para se defender perante os ataques que a instituição sofreu nesses últimos meses.
    Já era bem ruim com a FSB e agora conseguiu piorar…

    Presidente Peter: Acorde! não podemos continuar com essa comunicação amadora, que não tem nas veias o sangue tricolor.

    Fernando – sócio e Conselheiro Eleito do FFC.

  35. Ricardo Souza
    8 de janeiro de 2014 at 14:05 (6 anos ago)

    O que falei no comentário de outro post (Pela apuração da verdade)?

    “A manjadíssima estratégia de incentivar a violência e, depois, denunciá-la transformando a vítima em agressor.”

    Todos temos, numa democracia, a liberdade de expressar o que pensamos. O que esse idiota parece não entender é que a liberdade de expressão traz consigo a responsabilidade pelo que falamos e propagamos. E calúnia e difamação são crimes, para não mencionar a incitação ao ódio e à violência.

    O que estão esperando lá no Fluminense para processar esse verme, dentre outros? O Peter Siemsem começar a honrar o posto que ocupa?

  36. Zalu
    8 de janeiro de 2014 at 14:14 (6 anos ago)

    simples, né Daniel…!?

  37. marcelo lima DF
    8 de janeiro de 2014 at 14:17 (6 anos ago)

    merece um processo esse sujeito.

    Mais um ótimo post . Parabéns aos responsáveis, pena que vocês não fazem a defesa institucional e comunicação oficial do clube…

  38. Cesar C. B. Martins
    8 de janeiro de 2014 at 14:29 (6 anos ago)

    O Flu já apresentou seus Balanço Patrimonial e Demonstrativo de Resultados referentes ao ano de 2013? Já temos noção do orçamento com que trabalharemos em 2014?

    Saudações Tricolores

  39. AlexandreFlu
    8 de janeiro de 2014 at 14:29 (6 anos ago)

    Eles estão doidos para anunciar contratações bombásticas dos mulambos. Ontem colocaram Flu com Walter mas não deixaram de colocar Elano no Fla, algo que o jogador desmentiu. A impressão que dava é que não queriam ficar atrás.

    Essa diretoria desconhece as coisas mais elementares. Torcedor adora ver seu time em manchetes contratando jogadores melhores que os rivais.

  40. Flavio Chammas
    8 de janeiro de 2014 at 14:30 (6 anos ago)

    Bela volta Thiago e falando do que precisamos , ou seja antes de midia, de processar imprensa, de encher o saco aqui que virou “muro das lamentações”, o que queremos é jogador.

    Detesto o Renight, mas ele é bocudo, marketeiro e vai defender o time dele o tempo todo, nem precisaremos de qualquer outro tipo de defesa.

    Solte uns nomes por aqui, pois zagueiro NÃO EXISTE NENHUM NO MERCADO, EM CONDIÇÕES DE ESCOLHER CAMISA NO FLU.

    Agora esperamos que com o futebol de volta, parem a “cornetagem” do presidente, e do restante.

    Muito trabalho para nosso JOÃO DE DEUS

  41. Rodrigo Svizzera
    8 de janeiro de 2014 at 14:34 (6 anos ago)

    A Exame eh um veiculo “serio” e se o clube der o devido esporro eles vao se retratar e tirar na hora essa “piadinha” do fanfarrao que escreceu. AVISEM A DIRETORIA PARA JA!!!

  42. Daniel
    8 de janeiro de 2014 at 14:51 (6 anos ago)

    Zalu.. não sei se foi deboche ou não. De toda sorte, acho bastante simples sim.

  43. Dedé
    8 de janeiro de 2014 at 14:55 (6 anos ago)

    Tem que avisar ao Celso que o atacante rápido e de profundidade pra jogar com o Fred não é o Walter.

    Celso Barros contrata com base nos gols do fantástico.

  44. Antônio Ramos
    8 de janeiro de 2014 at 14:55 (6 anos ago)

    Se ele é tão isento e bom caráter como afirma, vai ter que explicar isso aqui, vindo de dentro da casa dele:

    http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/futebol-retornara-a-sua-casa-espiritual-diz-anuncio-da-espn

    Se ele tiver um pingo do caráter que ele diz que tem, o que eu duvido muito, ele vai se posicionar publicamente contra este ataque institucional ao Fluminense totalmente fora de qualquer contexto.

    Se não fizer, é amplamente conivente com uma política sórdida anti-Fluminense e deve ser tratado pelo clube e seus torcedores como tal. Não tem perdão.

    Saudações Tricolores

  45. Antônio Cláudio
    8 de janeiro de 2014 at 14:58 (6 anos ago)

    Pronunciamento incolor, insípido e inodoro …

  46. Paulo Carvalho
    8 de janeiro de 2014 at 15:00 (6 anos ago)

    DIRETORIA DO FLUMINENSE FOOTBALL CLUB…

    SE, DEPOIS DESSE ANÚNCIO OFENSIVO AO NOSSO CLUBE, OS SENHORES NÃO TOMAREM UMA POSIÇÃO NA JUSTIÇA, PASSARÃO PARA A HISTÓRIA COMO A MAIS PUSILÂNIME, MAIS FROUXA, MAIS VERGONHOSA ADMINISTRAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS!

    NÃO SOU ADVOGADO, MAS ISSO É PASSÍVEL DE PROCESSO POR DANOS MORAIS, MATERIAIS, CALUNIA, INFÂMIA E DIFAMAÇÃO.

    O FLUMINENSE NÃO PODE “FINGIR” QUE NÃO VIU E NEM SER BABACAMENTE “FIDALGO” ACHANDO QUE NÃO FOI NADA DEMAIS.

    SE NÃO FIZEREM NADA EU, SINCERAMENTE, PARO COM O MEU SÓCIO FUTEBOL.

    SAUDAÇÕES TRICOLORES.

  47. Bernardo S
    8 de janeiro de 2014 at 15:01 (6 anos ago)

    Comentário de torcedor… e a defesa institucional zero…

  48. Paulo Carvalho
    8 de janeiro de 2014 at 15:05 (6 anos ago)

    Fui lá, no perfil do cara, pra xingar até a mãe dele, mas o canalha já medrou, retirou do ar!

    Esses caras tem que respeitar o Fluminense, mas, primeiro, o Fluminense tem que se fazer respeitar.

    Do jeito que está, vamos ser humilhados e agredidos por tudo e por todos!

  49. Antônio Ramos
    8 de janeiro de 2014 at 15:11 (6 anos ago)

    Só agora, com a ajuda de um amigo aqui do blog verifiquei que veio da Abril, mas enfim, isto não muda muito, não.

    Qualquer pessoa decente na imprensa, se realmente se pretende decente, correta e isenta, teria obrigação de se posicionar contra isso.

    A omissão é imperdoável.

    Não adianta reclamar dos revides dos torcedores depois se faz questão de não deixar esclarecido e posicionado.

    Este negócio vai sair do controle em pouco tempo … muito pouco …. estou preocupado.

    Saudações Tricolores

  50. Julio Schurt
    8 de janeiro de 2014 at 15:21 (6 anos ago)

    Galera,

    Na boa. Ta na hora de dizer onde o Fluminense funciona.

    No futebol uma zona, departamento medico parece funeraria, marketing nao existe, comunicacao nao comunica, defesa institucional vexatoria. A unica coisa q funciona eh o juridico??

    Na boa, se me mandarem fazer uma lista dos 2 piores presidentes da historia do clube o Peter estara la.

    Agora temos que esperar 3 anos para ver se nas proximas eleicoes aparece alguem q nos represente…

    saudacoes SEMPRE tricolores

  51. JOAO PAULO TONINI
    8 de janeiro de 2014 at 15:22 (6 anos ago)

    Mandei uma mensagem pra esse energúmeno, bem simpática por sinal.

  52. Fábio Pestana de Castro
    8 de janeiro de 2014 at 15:24 (6 anos ago)

    Coitadinho do Antero!!

    Sai fora, canalhice! Processo nele!!

  53. JOAO PAULO TONINI
    8 de janeiro de 2014 at 15:26 (6 anos ago)

    Se tivesse tricolor de verdade no comando do clube, hoje mesmo sairia uma Nota Oficial, no mínimo, contra essa reportagem da Revista Exame.

    É mais um ataque a instituição, dessa vez veiculada por um canal considerado “sério”, sendo que a matéria em si, em nenhum momento fala do Fluminense. Há simplesmente uma ofensa ao clube para encerrar a reportagem.

    E aí Peter?? Vai ficar calado mais uma vez??

    ST

  54. Antônio Ramos
    8 de janeiro de 2014 at 15:35 (6 anos ago)

    É, não é mesmo. Mas o Fred vai ficar? Mesmo? Tem gente hoje querendo apostar comigo que ele sai agora. Estou evitando.

    Minha maior preocupação nem é essa. Minha preocupação é quantos jogos o Walter vai conseguir jogar sem estourar o joelho.

  55. Alexandre Magno Barreto Berwanger
    8 de janeiro de 2014 at 15:36 (6 anos ago)

    Na primeira rodada do estadual, o Fluminense, clube de empolgada torcida que levava 35.000 / 40.000 torcedores em primeiras rodadas de campeonatos cariocas no Maracanã em anos não tão longínquos, tem a sua primeira partida marcada para sábado, 17 horas, em Moça Bonita.

    Se eu achasse que a diretoria da FFERJ tem qualquer compromisso em fazer um campeonato rentável, com estádios cheios,eu reclamaria com eles, mas desde que perceberam isso, só marcam jogos do FFC na primeira rodada nestas condições.

    Minha bronca é com o FFC não se opor a este estado de coisas veementemente.

  56. Antonio Carlos
    8 de janeiro de 2014 at 15:46 (6 anos ago)

    FALTA “PEGADA” AOS TORCEDORES DO FLUMINENSE

    Hoje pela manhã eu assistia pedaços do nosso jogo de juniores de ontem e, acabado o jogo, eu ia começar a trocar de canal para ver se encontrava algum programa interessante no NetWild, algo como, por exemplo, um estudo científico e detalhado sobre a homossexualidade latente em alguns espécimes da família do tamanduá-bandeira de melo, mas nem precisei ir longe, pois noutro canal do grobuesporte apareceu a cara porca e suja do Mongol falando sobre ÉTICA, coisa que ele teria estudado no seu curso.

    Sim, senhores, kifurianamente o Mongol fazia pregação sobre algo que desconhece ou não põe em prática, e depois anunciou alguma coisa sobre o Fluminense no próximo bloco.

    Curioso, esperei para ver o que o Mongol, da escola de safadeza do Kifuro onde disputa com uma anão da espn o título de seu melhor aluno atual, ia inventar e vomitar desta vez contra o nosso time.

    Começou o bloco e o Mongol apresentou dois convidados, sendo um deles torcedor do Fluminense e um dos autores do livro a ser lançado com o título: “Pagar o Quê?”.

    Eu me animei todo ao ver o tricolor Janot começar a sua explanação dando um mergulho no tempo e, voltando a 1979, dar uma leve glosada no fato do urubu, naquela época, se autoproclamar tricampeão carioca em apenas dois anos de disputa.

    Me animei todo em parte somente, pois lamentei o fato dele não ter voltado mais dez anos, a 1969, e contado a história correta do tapetão daquele ano (já lembrado pelo próprio Mongol algumas vezes, mas sempre de maneira difusa e obtusa para passar a ideia de benefício ao Fluminense) onde o campeão, de fato, de direito e nos jogos jogados foi o Fluminense, mas quem apelou (sem sucesso) para o tapetão tentando ganhar o título foi o urubu.
    Contei esta história ontem, em outro post da Flusocio, com detalhes e não vou repeti-la.

    Houve esse lapso, então eu esperei que o tricolor Janot, em ordem cronológica, falasse das papeletas amarelas, onde o Fluminense foi claramente prejudicado já que naquele ano lutava pelo tetracampeonato carioca, título de extraordinário valor afirmativo naquela época.

    Mas, que nada!
    O Janot passou batido e continuou batido “esquecendo-se’ de 1996, e dando mais um pulinho no tempo, chegou ao ano 2000 onde discorreu brevemente, procurando não ferir ninguém, sobre os acontecimentos que levaram à criação da Copa João Havelange, onde o Fluminense foi convidado a participar para servir de bode expiatório para acobertar uma lambança que fizeram para beneficiar o bostafogo, com o São Paulo também sendo beneficiado pelo transcurso da história.

    É claro que o Janot não falou isto tudo, só falou sobre os detalhes, mas com muito tato, digno de um Peter, para não comer o couro de ninguém.

    Quer dizer: o tricolor Janot, que deve ser discípulo do Peter, participou do programa pisando em ovos e evitando tocar em qualquer detalhe que pudesse incriminar algum cu-irmão em falcatruas, mesmo que o prejudicado tenha sido o Fluminense, como nas papeletas amarelas de 1986 ou no caso Ives Mendes de 1996.

    E outra coisa importantíssima que o Janot não tocou nem de leve, foi sobre o atualíssimo urubulusagate.

    O Janot perdeu (*) uma oportunidade de ouro de falar sobre:

    1) a coincidência de erros semelhantes na última rodada;
    2) uma possível conexão gávea-canindé que poderia explicar essa “coincidência”
    3) o fato de, numa análise mais racional, ter sido o urubu, e não o Fluminense, o time a escapar do rebaixamento com os resultados do julgamento.
    4) a mudança de opinião repentina da imprensa, já que num primeiro momento a maioria dos jornalistas achou justa a decisão do procurador do STJD, denunciando o urubu e a bigoduda.
    5) poderia indagar, assim como não quer nada, sobre o manto de quase sigilo que envolve o urubu nesta questão, passando para a opinião pública que só o Fluminense e a Portuguesa disputam este “jogo”.
    6) e ainda poderia questionar a estranha lógica do Mongol e de outros jornalistas, que “acham” imoral uma coisa prevista claramente em lei.
    Gostaria de ver o Mongol rebolando aquele traseiro rodado para se explicar, mas o tricolor Janot, que até parecia que ia dar um show, depois deixou mais furos do que o Anderson na defesa do Fluminense.

    E eu, que tinha tanta esperança neste livro “Pagar, o Quê?”, fiquei decepcionado com a abordagem que ele promete, se nos guiarmos pela participação do Janot no programa do Mongol.

    Eu queria ver um CORONEL PAUL sendo convidado para um programas desses, ia ser só penas dos galináceos voando pra todo lado.

    Mas eles da imprensa calhorda, sabem a quem escolher e a quem evitar.

    ST

  57. Antônio Ramos
    8 de janeiro de 2014 at 15:47 (6 anos ago)

    Faz só um exercício básico, Alberto. Enumera nos dedos de uma das mãos, quantos atletas 20Kg acima do peso vc viu jogar. Destes, quantos conseguiram algum destaque. Estou falando de ciência, de estatística. Estamos falando de 2 ou 3 para a 1a questão e 0 para a 2a. Não me venha de Ronaldo Fenômeno … Atleta gordo é risco, é anormal ! A chance de dar certo tende a ZERO !

    No futebol de hoje, então, com o esforço físico praticado, ter este peso com esta altura e jogar futebol é um fenômeno, que tenho certeza será de curta duração. De repente conseguimos fazer o cara reduzir o peso e chegar a um peso normal (nem estou falando no ideal). Quem sabe? Senão, vamos ter problemas em breve com ele.

    Enfim, mas já que está contratado, vou torcer por ele como nunca. Joga pra caramba. Que dure o máximo que puder.

    Saudações Tricolores

  58. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 15:51 (6 anos ago)

    Exatamente , a propaganda não se refere ao Fluminense , a “piadinha” foi proposital .

  59. caio fabio
    8 de janeiro de 2014 at 16:08 (6 anos ago)

    Rica Perrone destruindo mais uma vez a FLA-PRESS.

    Imaginem esse cara na comunicação institucional do clube (ao menos nas polêmicas pesadas)…

    E é são paulino, hein…

  60. Deiny
    8 de janeiro de 2014 at 16:19 (6 anos ago)

    Paulo Carvalho,

    Também estou aguardando o Fluminense se posicionar. E não vou aceitar apenas defesa, quero ataque. Temos que atirar! Levantar suspeitas! Caso contrário, também estarei cancelando o meu sócio. Só que o meu é contribuinte!

    ST.

  61. Mauro
    8 de janeiro de 2014 at 16:21 (6 anos ago)

    Cícero no Fluzão ! A rádio globo acabou de confirmar.

  62. Caíque Maciel
    8 de janeiro de 2014 at 16:22 (6 anos ago)

    Já falei isso aqui essa semana. Essa onda de satisfações que os jornalistazinhos estão dando sobre a perseguição ao Flu se deve única e exclusivamente às agressões que têm recebido dos torcedores, esses sim os verdadeiros defensores do clube, ao contrário de seu presidente.

    Essa é a única linguagem que entendem, a violência. Talvez recuassem também com um belo de um processo judicial, mas aí precisaríamos da ação de pessoas sem tesão para defender o clube.

    Tem que ser OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE. Só assim eles recuarão. Vide as declarações do Mauro Cesar e essa agora do Antero Greco.

    Minha sugestão é simples. A cada porrada que eles derem na instituição Fluminense, devem receber em dobro da torcida tricolor. Xingamentos e calúnias devem ser respondidos a altura.

    Se torcedores tricolores forem agredidos fisicamente, vamos enfiar a porrada neles também. Essa palhaçada vai acabar num piscar de olhos.

  63. Pamella Rocha
    8 de janeiro de 2014 at 16:26 (6 anos ago)

    Amigos, acompanho sempre o nosso blog e concordo com quase tudo o que é escrito por aqui. Mas recentemente uma dúvida me veio ao ar. Os frequentadores deste canal são influentes e participam na política do clube diariamente. Somos sócios, conselheiros, funcionários e apaixonados. Qual o motivo de não ter sido marcado uma reunião com a comunicação institucional para tentar entender qual a estratégia que eles pensaram. Sou formada em comunicação na UFRJ e tenho pós na UTD, e sinceramente consegui ver algumas estratégias sendo feitas ao longo dessas semanas. Algumas não concordo, mas estão lá.
    Por que não cobramos do chefe da comunicação? Ele era o diretor geral do clube e agora comanda a comunicação. Não temos dialogo com ele?

    Acho que esse nosso espaço deveria inclusive trabalhar junto com a comunicação, pois as criticas aos jornalistas e outras medidas aqui sugeridas não cabem nos veículos oficias. Isso tem que ser feito por nós, torcedores pensadores.

    ST

  64. Marco Antonio Barroso
    8 de janeiro de 2014 at 16:28 (6 anos ago)

    O Marcelo Representou muito bom o Fluminense no Redação SpoTV.

  65. Celo
    8 de janeiro de 2014 at 16:34 (6 anos ago)

    “A novela envolvendo o rebaixamento da Portuguesa à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro por ter escalado Héverton de maneira irregular na última rodada e perdido quatro pontos segue ganhando novos capítulos. Agora é a vez do Ministério Público de São Paulo entrar em ação abrindo um inquérito civil para investigar a conduta da CBF e do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

    O promotor Roberto Senise, da área de direito do consumidor, afirma que o Estatuto do Torcedor está acima do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (STJD). Para ele, a decisão sobre o resultado do julgamento do apoiador da Lusa deveria ter sido publicada antes da realização do jogo contra o Grêmio, quando o atleta entrou em campo sem condições por ter sido suspenso.

    – O MP entende que há fortes indícios que houve falha da CBF e do SJTD – disse o promotor.”

    ÓTIMO !!!! Mela todos os campeonatos de todas as séries dos últimos 10 anos !!!

    Investigar o pq do erro Crasso NINGUÉM QUER !!!!

    Imprensa, MP de SP, absolutamente ninguém… Esse é o Brasil !!!

    O importante é fuder o Fluminense. Se houve corrupção ou não, foda-se !!!

    Se alguem achasse que o Flu tivesse comprado a vaga, quebrariam o sigilo bancário de todos os amigos do Celso Barros no FB !!!

  66. Antonio Carlos
    8 de janeiro de 2014 at 16:43 (6 anos ago)

    Com todo o respeito que me merecem todos aqueles que são torcedores do Fluminense, mas a atuação do Marcelo Janot deixou muito a desejar no que se refere a desnudar a atuação da imprensa neste caso do urubulusagate.

    Teve uma oportunidade ímpar de deixar em xeque até o seu próprio entrevistador Mongol, um dos primeiros a puxar o bloco dos canalhas mentirosos, e pisou em ovos quase o tempo todo evitando ir no cerne da questão e dar nome a alguns dos bois castrados que nos caluniam.

    Faltou firmeza, faltou “punch”, fiquei decepcionado.

  67. Napoleão
    8 de janeiro de 2014 at 16:49 (6 anos ago)

    Pâmella, o diálogo já foi tentado, mas o chefe da comunicação é um mestre na arte de dizer não falando que sim. Aí fica complicado…

  68. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 16:58 (6 anos ago)

    Desculpe caro Mauro , estou ouvindo o programa e não confirmaram ainda . Celso Barros deu o aval mas ainda falta bastante coisa . ST.

  69. Danilo Soares Félix
    8 de janeiro de 2014 at 16:59 (6 anos ago)

    Pamella,

    Isso já foi feito inúmeras vezes. As críticas internas foram muitas antes de se tornarem públicas.

    A verdade é que elas não resolveram nada. Aliás, a comunicação institucional apenas piora a cada dia, justamente no momento em que mais precisamos dela funcionando.

  70. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 17:05 (6 anos ago)

    O mundo gira mesmo . Imaginem se a mesa for virada e o Vasco jogar a série A 2014 , logo eles que tanto tripudiaram do Flu todos esses anos . É meus amigos quem com “pague a B” fere com “pague a B” será ferido .

  71. PEDRÃO
    8 de janeiro de 2014 at 17:12 (6 anos ago)

    Caro Peter essas suas declarações qualquer moleque de 12 anos faz .

  72. Antonio Carlos
    8 de janeiro de 2014 at 18:13 (6 anos ago)

    Logo o MP de SP?

    Nossa! Como eles são valentes!

    Esta é a verdadeira “voz do povo” que, depois de devidamente doutrinado com os ouvidos grávidos e as cabeçorras cheias, passam a discursar até sobre astronáutica e paleontologia.

    Conheço isto como “jogar para a plateia”, como aqueles bobões que participam de programas de auditório para falar as besteiras que o zé povinho deseja ouvir.

    Ridículo

  73. JOAO PAULO TONINI
    8 de janeiro de 2014 at 18:17 (6 anos ago)

    Danilo,

    A questão da comunicação institucional me faz lembrar de um questionamento que te fiz há algumas semanas:

    A FluSócio parece não ter acesso nenhum ao Presidente, ou poder algum de influenciá-lo. Qual a dificuldade de modificar a condução deste setor, se já está escancarado que as ferramentas de comunicação não funcionam??

    Por que não demitem o responsável? Ele é apadrinhado por alguém? É cargo político??

    Se não dá para demiti-lo, que ele venha prestar explicações a torcida do funcionamento da comunicação do clube e o que pretende para 2014.

    Falta essa comunicação do clube com a torcida. Enxergamos boa vontade e boas ideias da FluSócio, mas não recebemos a contrapartida, tudo fica meio nebuloso. A questão é interna e fácil de se resolver, mas se arrasta como contratação de jogador famoso.

    Outra pergunta:

    Quanto a Adidas pagará anualmente ao Fluminense com a renovação de contrato. Foi veiculado que de luvas, pela renovação, a fornecedora pagou R$ 10 mil, procede?? E o valor do contrato??

    ST

  74. Carlos Nascimento
    8 de janeiro de 2014 at 19:33 (6 anos ago)

    Assim como alguns jornalistas foram irresponsáveis, creio que alguns torcedores estão extrapolando com essa perseguição DESMEDIDA contra o Peter. O mesmo é presidente do Clube que torcemos e precisamos respeitá-lo. Podemos criticá-lo, mas sempre de forma construtiva, oferecendo SUGESTÕES plausíveis para o CARGO que ele ocupa e sem PERSEGUI-LO. Cargo este que é o mais importante do nosso Time. Qualquer deslize dele poderá acarretar consequências terríveis para o Fluminense. Com certeza ele age da forma possível, inclusive através de algum preposto (o Mário Bittencourt é um deles). Creio que uma estratégia molamba inteligente disfarçada seria similar tanto quanto ao nosso presidente quanto aos jogadores. Vamos respeitar o NOSSO PRESIDENTE e quando criticá-lo não seja repetitivo e apresente alternativas possíveis para o cargo que ele ocupa. MAIS ZELO, POR FAVOR!

  75. Jorge Eduardo
    8 de janeiro de 2014 at 19:35 (6 anos ago)

    Espero que o Conca jogue muito e que o Walter tenha o mesmo sucesso que teve pelo Goiás, continuam faltando mais reforços, principalmente 2 zagueiros, 1 atacante de velocidade, 1 LE e 1 meia, mas estas 2 contratações eram necessárias e aparentemente foram muito boas. Espero que venha um excelente zagueiro, talvez esse Gomez que nunca vi jogar e um atacante rápido e habilidoso.

    Quanto a declaração do Peter, foi num tom muito brando, e já é hora do clube, na figura de seu presidente, mostrar firmeza e processar os principais culpados pelo linchamento que o Fluminense e seus torcedores vem sofrendo. Formadores de opinião que passaram dos limites e que merecem ser processados são: RMP, Mauro Cezar, Antero Greco, Kifouri, Rizec, Marcio Guedes, Milton Neves e muitos outros. Chega de ficar passando a mão na cabeça desses Srs que se usam da profissão para emitirem opiniões pessoais e sem nenhum fundamento contra a gente.

  76. Ana
    8 de janeiro de 2014 at 19:49 (6 anos ago)

    Mais simples, impossível. Como disse o Mario Bittencourt no julgamento: É desgastante defender o óbvio.
    Depois do Conca dizer que está ansioso para encontrar a torcida, esse encontro se dará em Moça Bonita, num calorento sábado à tarde de Bangú. Desnecessário dizer quantos torcedores haverá.
    Não custaria fazer como foi feito com Thiago Neves, lá em Laranjeiras. Ainda que não fosse em fim de semana teria mais gente que em Bangú, até porque como o local é pequeno o impacto é maior.

  77. eduardo garcia lopes
    8 de janeiro de 2014 at 20:03 (6 anos ago)

    Vi agora o bate bola e a postura do A Grecco/ se ´´evitando´´ sinal que estamos sendo ouvidos

    Sobre o Peter/ parei de frequentar aqui o forum qdo da mudança do site; e outra razão era que parecia que este era bancado pelo Peter/ denegrimos muito um tricolor chamado Horcades em prol do Peter que nem parece sofrer pelo FLU

  78. Edu Manfredo
    8 de janeiro de 2014 at 20:03 (6 anos ago)

    A instituição foi humilhada e a unica coisa que o presidente fez foi concordar com a declaração do Renato Gaúcho. Muito triste isso.

  79. Rodrigo Costa
    8 de janeiro de 2014 at 20:04 (6 anos ago)

    Foi preciso a torcida agir para ele se doer !!!!
    Acredito que da próxima vez vai pensar duas vezes antes falar besteira.

    RESISTIR É PRECISO !!!

  80. Sergio Santos
    8 de janeiro de 2014 at 21:00 (6 anos ago)

    Não li os outros comentários, mas sobre o post me questiono sobre o seguinte:
    É claro que muitos Flusócios tem tem trânsito, tem proximidade com o Peter.
    Será que alguém não poderia perguntar o que ele acha do assunto ? Se acha que é assim mesmo, se haverá mudança ? Tá certo que a Flusócio não participa da geståo, mas pô, podia em vez de nos “pilhar”, poderia elucidar.
    Tem todas as condições se fazer isso.

  81. Paulo Muzitano
    8 de janeiro de 2014 at 21:01 (6 anos ago)

    TRICOLORES, NATOS, HEREDITÁRIOS E ETERNOS,

    Creio já iniciada a contagem regressiva para a estréia do Flu e, tendo em vista a patética localização em que a mesma ocorrerá (Moça Bonita, com capacidade para somente 8,7 mil pagantes), entendo que já deverão estar se movendo para definição da venda antecipada de ingressos.

    Espero, sinceramente, que estejam MUITO PREOCUPADOS em evitar que a torcida precise enfrentar filas absurdas sob o calor de 50°C (sensação térmica) que de regra se propõe em Bangu, sabidamente local onde se registram as maiores temperaturas da capital FLUMINENSE.

    Caso ainda não tenha sido nem menos cogitado, seria bom que fossem alertados, pois recordo ainda, a problemática de ausência de catracas com dispositivos especiais de leitura para as carteiras de associados, precisando-se definir os postos de troca para as compras on-line e de venda para os não associados.

    Realizar a venda somente na bilheteria do estádio e no dia de jogo, seria um péssimo início para que agreguemos novos sócios, objetivo VITAL para o futuro do nosso clube, não que, nossa grande e indissociável paixão.

    ST4, FORÇA E TRABALHO!

  82. Marcelo Xavier
    8 de janeiro de 2014 at 21:07 (6 anos ago)

    Concordo! Só acho que quando o Presidente mulambo fez ataques desmedidos ao Fluminense afirmando que tudo seria “MANOBRA PARA SALVAR O FLUMINENSE”. Ele “De presidente para presidente não poderia ter se calado, respeito sua opinião, mas “de lá”, essa veio “do presidente. O MININO era ele ter posto o mulambo insipido com cara de coveiro no lugar dele.

  83. Guilherme Mattos
    8 de janeiro de 2014 at 21:21 (6 anos ago)

    Pamella, se houver humildade de quem está dentro da comunicação, tudo é possível. Talvez parte do problema seja este.

  84. Marcelo Tricolor
    8 de janeiro de 2014 at 21:24 (6 anos ago)

    PALMAS PARA O RICA PERRONE.

  85. Mauro
    8 de janeiro de 2014 at 21:30 (6 anos ago)

    Flluminense (com 2 “éles” ) foi de caso pensado ?

  86. Paulo Carvalho
    8 de janeiro de 2014 at 21:31 (6 anos ago)

    João Paulo,

    esse cara, Rica Perrone, tem que receber uma homenagem do Fluminense pela defesa (acho que desinteressada) dos direitos do Fluminense.

    Pelo que sei, ele é paulista, não deve ser torcedor tricolor, mas é o mais LÚCIDO e COERENTE comentarista do dia-a-dia do FLUMINENSE.

    Ele defende o nosso clube com mais gana, inteligência e ironia do que os nossos dirigentes.

    Por mim, gostaria que ele e o MARIO BITTENCOURT recebessem logo, uma bela homenagem do clube…

    Mas, na pobreza de idéias e de ações atuais, não acredito que isso possa acontecer.

  87. Rogério Felix
    8 de janeiro de 2014 at 21:42 (6 anos ago)

    Sim. Associado aos dois LL de Sérgio Mallandro. Piadinha infame que rolou nesse período em que o Flu virou cortina de fumaça para ou incompetência mútua de rara coincidência ou armação.

  88. Mauro Carvalho SP
    8 de janeiro de 2014 at 21:47 (6 anos ago)

    Paulo, assino embaixo.

    Esse Rica merece uma homenagem pois demonstra em suas crônicas um valor enorme por nosso clube.

    Mas tb acho que não há esse espírito no clube.

    Melhor entregar as relações públicas do clube aos nossos amigos do blog.

    Pagando, é claro, pois quem tá lá recebe por nada.

    ST SEMPRE

  89. walace
    8 de janeiro de 2014 at 21:52 (6 anos ago)

    O FLUMINENSE é um clube que não respeita a sua torcida. como voces esperam que alguem a respeite tambem?

  90. Bernardo BH
    8 de janeiro de 2014 at 22:02 (6 anos ago)

    Concordo PLENAMENTE com o post.

    Aliás, já falei isso aqui várias vezes.

    A MODERAÇÃO DOS CANAIS INSTITUCIONAIS DO FLUMINENSE É RIDÍCULA E ALGO PRECISA SER FEITO URGENTEMENTE QUANTO A ISSO!

  91. Marcelo Varella
    8 de janeiro de 2014 at 22:05 (6 anos ago)

    Uma lástima que a direção diga a todo momento que trabalha na internacionalização da marca quando sequer consegue manter o bom nome e a história pioneira e vitoriosa aqui mesmo no Brasil por pura apatia, preguiça, desdém e amadorismo.

    Senhores da gestão, atenção! Estão tratando uma Instituição Centenária e vitoriosa em competições como se fora um Clube de bairro. Tá faltando Tricolor de Coração, profissional de Comunicação e com o sangue do encarnado nas veias para defender, se fazer respeitar e reverter o que estão fazendo com a gente.

    Chega de passividade, postura avestruz e derrotismo! Atitude já, mas começando as mudanças nas entranhas. Ouçam o clamor da torcida e a ajudem a defender nosso Pavilhão.

    ST

  92. Mauro
    8 de janeiro de 2014 at 22:08 (6 anos ago)

    Direito de resposta na revista exame cairia como uma luva.

  93. Pamella Rocha
    8 de janeiro de 2014 at 22:08 (6 anos ago)

    Não estou dentro do clube e infelizmente não consigo viver ele mais de perto, então analiso as situações de longe. Vou ser sincera com vcs, não vejo esse horror todo no trabalho da comunicação do Fluminense. É maravilhosa? não, mas tem seu méritos.
    Me sinto a vontade para falar neste assunto por ser comunicóloga e pelo o que analiso, temos a melhor comunicação do Rio junto com o Botafogo. Acho que o clube errou ao colocar no início de tudo o advogado para falar sobre o assunto. Era causa ganha, os times perderiam os pts e o Fluminense ficaria na Série A sem fazer nenhum esforço e com o argumento de que não participou de nada, apenas observou.
    Mas, uma vez que o advogado falou e foi porta voz do clube, explicando a parte técnica, o clube se posicionou. Não fiquem aqui acreditando que o advogado resolveu falar sozinho, pois isso não acontece. Existiu um motivo. Após me lembro de uma entrevista com o presidente, momentos antes do primeiro julgamento que por alguns dias abafou a força contrária. O noticiário (setoristas e grande mídia) parou de nos atacar e ficamos sendo atacados apenas pelos colunistas e comentaristas. Os torcedores de outros clubes se movimentaram e começaram a nos atacar via internet e muitos de nós caímos na pilha, eu também cai, o que todos nós sabemos (não precisa estudar comunicação para saber) que quando alguém entra na pilha, a pilha só aumenta.
    O clube outra vez se posicionou e abriu um debate por meio de nota oficial, novamente antes do julgamento, repudiando a violência e de forma discreta (atitude certa, mas que vejo que algumas pessoas aqui não entendem) atacou a imprensa, jogando nela a responsabilidade pelas supostas agressões aos tricolores (digo supostas pois não vi ninguém ir na polícia dar queixa e pelo que li no UOL, nem ao clube).
    A partir daí, até mesmo os colunistas e comentaristas mudaram suas postura. Até mesmo o Mauro Cezar (que falou um monte de asneira) que gosta de polemizar e quer crescer em cima da gente diminuiu o seu ritmo.
    Após o julgamento, o advogado voltou a se manisfestar e encerrou o assunto. Os outros clubes continuaram tentando levantar o assunto, para manter os torcedores rivais contra a gente. Pelo que estou entendendo (não sou adivinha) a estratégia do clube foi esvaziar o assunto e trazer o foco para o futebol com a chegada do Conca (estratégia muito comum em empresas e clubes do mundo todo) mas aqui continuamos a dar voz e combustível para os outros torcedores nos colocar pilha. Chegamos a comparar a situação com os judeus no holocausto (desculpe-me amigos, mas menos, muito menos).
    Hoje li que o presidente e o Renato Gaúcho voltaram a citar aquela nota oficial e mantiveram o discurso montado de que os jornalistas tem responsabilidade e que os sérios sabem que o Fluminense não teve nada com os erros da Portuguesa e dos mulambos.
    Não estou defendendo a comunicação, volto a repetir, eu não teria nem deixado o advogado falar lá no início para evitar a associação do clube com o julgamento. Digo mais, proibiria até mesmo a participação dele no tribunal, pois para mim a Portuguesa e o Flamengo iriam perder os pontos com ele lá ou não. Mas isso é outra história.
    Sobre a resposta aos jornalistas engraçadinhos que querem ser polêmicos e escrevem um monte de besteira não é a comunicação ou os veículos do clube que tem que rebater, são os torcedores e o departamento jurídico do clube. Será que o clube não está fazendo nada contra eles? Nenhuma ação? eu não sei e por isso não vou julgar.

    ST

  94. Claudio martins
    8 de janeiro de 2014 at 22:16 (6 anos ago)

    Concordo plenamente….

  95. Marcelo Varella
    8 de janeiro de 2014 at 22:22 (6 anos ago)

    É certo que nossa gestão tem que mostrar que de fato “tem gente em casa” através de uma Comunicação profissional, Tricolor, focada e combativa.

    Mas além disso, como já disseram ai em cima, as declarações baixas, mentirosas e caluniosas do Presidente do CR Mulambada, deveriam já ter sido diretamente respondidas pelo PS, mesmo que fosse lá do exterior.

    Peter, isto não é questão de opção sua… Também não é nenhum favor. É obrigação sua!

    ST

  96. Guga Cruz / Salvador-BA
    8 de janeiro de 2014 at 22:24 (6 anos ago)

    Amigos,

    Nunca mais a revista exame entrará em minha casa.

    Vou inundar o faleconosco da editora abril de reclamações.

    Abraço a todos.

  97. Denilson
    8 de janeiro de 2014 at 22:37 (6 anos ago)

    Walter pra que? Pra ser reserva do reserva? Por que titular é o Fred reserva imediato é Sóbis depois vem Walter, seria essa nossa prioridade no momento ou seria uma lateral esquerdo um atacante de lado de campo ou um zagueiro, ele pode até arrebentar fazer 50 gols mais vai ser o errado que deu certo.

  98. Rogério
    8 de janeiro de 2014 at 23:40 (6 anos ago)

    POIS É, OBRIGADO AO RICA PERRONE!!!!

    OBRIGADO RICA, POR MANTER A LUCIDEZ ANTE A QUESTÃO GERADORA DE TANTA HOSTILIDADE E MASSACRE DOS PSEUDO-JORNALISTAS CONTRA O FLUMINENSE!!!

    JORNALISTAS E COLUNISTAS QUE AGORA ESTÃO FALANDO EM HUMOR… É O CASO TÍPICO DO ASSEDIADOR(MORAL) QUE SACANEIA E DEPOIS DIZ…”BRINCADEIRINHA…” Mas, chega de brincadeirinha! Passaram do ponto na “piada”. Também esperava um pouco mais de assertividade do convidado jornalista e co-autor do livro Pagar o que ? Ou seja, o Janot no programa do Rizek, inclusive junto as ponderações minimizadoras da gravidade da hostilidade contra o Flu do jornalista(?)flamenguista à mesa com ele, dizendo que se estava levando muito a sério a hístória de pagar a série B e conversando sobre o lançamento do LIVRO : PAGAR O QUE? LANÇAMENTO DIA 28/01 e que merece ser PRESTIGIADO por todos nós.Na verdade como dizem…quem bate não sente, mas quem apanha sim, ou ainda como dizem nos… outros é refresco.

    Agora : defesa institucional???? Morreremos pedindo!!!Defesa da presidência aos tricolores??? Só mesmo corroborando com a declaração de Renato Gaúcho que não tem papas na língua e hoje é técnico do Flu tendo sido também jogador e tem personalidade: gostemos ou não …
    Outra coisa – melhora na comunicação??? Como assim? Temos site, twitter e facebook no ar, na rede funcionando bem, bem atualizado…? Temos? Onde ? Ah…precisa melhorar??? Nada disso !!!Brincadeirinha…ORA, FAÇAM-ME O FAVOR !!!

    Levando para o grito da galera tricolor, na enxurrada de pressão a começar nos jogos em breve, apenas sugiro: ao grito de guerra dos Zé bobões : “Ão, ão, ão, 2a divisão” , proponho o rebate e cantemos …”Ão, ão, ão, é tetra campeão”, ou “ão, ão, ão, mas não vamos pagar não”, ou só para os flamenguistas que são com a lusa os errados e os julgados ( só errados, mais nada além ???) também podemos cantar : “ão, ão, ão o Flamengo é que é lambão…”

    É CARÍSSIMOS TRICOLORES, CONTEMOS CONOSCO E EMBORA A TORCIDA SEJA A FORÇA DE UM CLUBE E DO UM NOME DE UM TIME, O CONCA SÓ MESMO PARA A IMPRENSA, CERTO? ERRADO!!!!! ABRIR A CASA PARA O TRICOLOR COMEMORAR O RETORNO DELE SERIA UMA OBRIGAÇÃO !!! MAS, SÓ EM MOÇA BONITA. O PRESIDENTE COM A TORCIDA É DURO, DESAUTORIZA, É CONVENIENTEMENTE SURDO OU SEI LÁ O QUE…GOSTA DE ENQUADRAR, AOS QUE NOS ATACAM E ASSIM ATACAM O CLUBE QUE PRESIDE , SUAS PALAVRAS SÓ CORROBORAM AS DO RENATO .

    Sobre a comunicação – A comunicação é importante numa instituição? Ah, que bobagem! Vamos contratar, jogar e ganhar ( ótimo, vamos mesmo!) , nossa comunicação está ótima! Ótima mesmo? Esta falando sério? Não! Brincadeirinha(…) também. A seriedade que pedimos como reação institucional e aprimoramento dos canais interativos- site, twitter, facebook, só nos faz desperdiçar energias com uma presidência que se ensurdeceu e sabe ser dura e surda com o torcedor, mas não com quem merece ser dura, sabendo ouvir e ler bem o que é ostensivo e/ou o que está nas entrelinhas e dizem agora os Rizeks da vida ser apenas…humor, brincadeirinha…Os torcedores do fluminense são muito menos idiotas do que esta mídia cretina supõe e eles nos queriam como disse Mario Bittencourt acuados, envergonhados, sem reação, mas parece que mexeram com a torcida errada.
    ST.

  99. Nildo Arantes
    9 de janeiro de 2014 at 1:05 (6 anos ago)

    Deletaram o video Nota de repúdio a Mauro Cezar Pereira no youtube

  100. CariocaFFC
    9 de janeiro de 2014 at 1:45 (6 anos ago)

    Boa Flusócio.

    O Facebook do FFC é uma vergonha em relação aos comentários. Muitos rivais falando besteiras com muitas curtidas, ainda mais depois disso tudo.

    E outra, canso de ver gente de outros países falando do FFC. Não podem deixar adversários se criarem na nossa página. É negativo. Cobre isso do FFC.

    ST

  101. AlexandreFlu
    9 de janeiro de 2014 at 2:40 (6 anos ago)

    Você era tão compreensivo assim com os erros dos antecessores ?
    Eu discordo totalmente, da primeira à última letra. Prejudicar, já está nos prejudicando e muito assim, do jeitinho que tá agindo e há um bom tempo.

  102. Carlos Tricolor
    9 de janeiro de 2014 at 2:46 (6 anos ago)

    Mitou !!!! Marcelo Janot em uma das casas da flaPress ( Sportv) falou que o flamengo desafiou as leis da física sendo tricampeão em dois anos…..kkkkkk

    Autor do livro ‘Pagar o quê?’ defende o FLU: ‘A dívida da Série B é mentira’

    http://sportv.globo.com/site/programas/redacao-sportv/noticia/2014/01/autor-do-livro-pagar-o-que-defende-o-flu-divida-da-serie-b-e-mentira.html

    http://globotv.globo.com/sportv/redacao-sportv/t/ultimos/v/marcelo-janot-critica-postura-de-alguns-jornalistas-no-caso-entre-portuguesa-e-fluminense/3064605/

    http://globotv.globo.com/sportv/redacao-sportv/t/ultimos/v/marcelo-janot-explica-producao-do-livro-pagar-o-que-sobre-fluminense/3064618/

  103. Carlos Tricolor
    9 de janeiro de 2014 at 2:55 (6 anos ago)

    Podemos ter alguma esperança que em 2014 teremos Defesa Institucional?

    Cadê o Presidente Peter, a Diretoria, seus Vices e Celso Barros?

    A instituição e a torcida sendo literalmente agredidas…..Felizmente a Torcida Tricolor esta comprando o barulho e a briga…..Pra cima deles Fluzão!!!!

  104. Marco Antonio Barroso
    9 de janeiro de 2014 at 6:38 (6 anos ago)

    Só o departamento do futuro presidente é que funciona, o Departamento Jurídico. Mario Bittencourt, é sim, tem fibra! Bittencourt 2016, eu acredito!

  105. Zalu
    9 de janeiro de 2014 at 7:08 (6 anos ago)

    deboche nenhum Daniel, concordo muito contigo, ali nasceu o futebol brasileiro – POR UMA LARANJEIRAS CHEIA (DE TRICOLORES).

  106. eduardo garcia lopes
    9 de janeiro de 2014 at 7:26 (6 anos ago)

    Acho que o SOBIS vai ser usado como moeda de troca

    o Cicero vem

  107. Zalu
    9 de janeiro de 2014 at 7:28 (6 anos ago)

    hehehhe,
    Fred & Walter, o ataque mais comedor do Brasil.

  108. Wagner Luiz
    9 de janeiro de 2014 at 7:48 (6 anos ago)

    Esta é a democracia em que vivemos no Brasil.

    ´Todos tem direito a dizer o que quer, desde que não contrarie a mídia oficial.

    Absurdo, este cidadão disse o que disse e não se pode rebater suas opiniões?

    Liberdade de expressão da mídia sem direito de resposta de seu público é DITADURA.

    Precisamos acionar esses pulhas na justiça, vamos nos organizar para fazer como torcedores.

    Não tenho conhecimento técnico para fazer isso, mas estou disposto a colaborar.

    Contem comigo.

    ST 4 ALL

  109. Rodrigo Storino
    9 de janeiro de 2014 at 8:04 (6 anos ago)

    Um off-topic rápido:

    leio no Lance (o que não diz muita coisa) que o interesse do SP pelo Sóbis reaqueceu. Gosto muito do cara, foi de longe o mais importante da temporada e não queria que ele saísse, mas de repente uma troca pode ser boa para nós, desde que preencha carências do elenco. O duro é ver que um cara com uma postura dessas pode ser colocado no mercado e gente como o Wagner sequer é mencionada pra sair.

    Aí listam as possibilidades do SPFC:

    Tolói (zagueiro fraco e estabanado, enganador)
    Rodolpho (zagueiro regular, bom pelo alto, mas não sei se me livraria do Sóbis por ele)
    Denílson (típica contratação UNimed: passado europeu, salário alto, lento e enganador)
    Wellington (bom volante, rápido e mordedor, coisa que não temos)
    Jadson (bom meia, era sonho do todo mundo nos 500 anos que passou no Shaktar, agora caiu)
    Osvaldo (teve um 2012/início de 2013 impecável, voando. Depois caiu, atacante de velocidade que a gente não tem)

    Se pudesse eu só fecharia por Rodolpho/Osvaldo ou Jadson/Osvaldo, complementando com grana ou outro jogador.

    Achei ruim o Flu não conseguir trocar/ vender o Bruno ou W. Silva e o Wagner, principalmente este último, que se bobear poderia ser incluído nesse negócio também.

  110. CARLOS
    9 de janeiro de 2014 at 8:29 (6 anos ago)

    SÓBIS POR TOLOI, WELLINGTON, E OSWALDO….

  111. Daniel HP
    9 de janeiro de 2014 at 8:51 (6 anos ago)

    Parabéns para a Flusócio por – FINALMENTE – começar a criticar publicamente o que está errado no Clube. Apoiar é cobrar também; se a cobrança “interna” não funcionava, estava mais do que na hora de tomar uma atitude como essa.

    Saudações Tricolores,

    Daniel HP

  112. Antonio Carlos
    9 de janeiro de 2014 at 8:56 (6 anos ago)

    Um dos melhores “reforços” que o Fluminense pode conseguir será a PERMANÊNCIA do CARLINHOS.

    E para a reserva do Carlinhos, um bom nome seria aquele peruano que jogou no bacalhau no ano passado.

    Quanto às xepas do São Paulo, o único a ser considerado seria o do Wellington, não pelo seu futebol, mas pelo seu dinamismo e espírito de competição.

    E o Jadson me parece um daqueles que, como tantos outros, por um raro momento de brilho e de marketing já foi até convocado para seleções, mas de repente estacionou mostrando a sua verdadeira cara.
    Mas dou-lhe o benefício da dúvida, dizendo que ele é uma incógnita.

    E, não sei por que, o Fluminense deixou de contratar um dos dois zagueiros do Goiás do ano passado.
    Só se foi por problemas extracampo, senão não teria sentido perder um deles para o bacalhau.

  113. Daniel HP
    9 de janeiro de 2014 at 9:03 (6 anos ago)

    Peter é um presidente fraquíssimo do ponto de vista de defesa institucional. Tão ruim quanto os anteriores.

  114. Daniel
    9 de janeiro de 2014 at 9:18 (6 anos ago)

    Desculpe-me Zalu..

    Forte abraç e ST

  115. Celo
    9 de janeiro de 2014 at 10:11 (6 anos ago)

    Eu sinceramente duvido deles conseguirem rebaixar o Flu. O Máximo que conseguem, se conseguirem alguma coisa, é o Brasileiro de 24 clubes.

    Mas vamos dizer que eles conseguem o que querem e rebaixam o Flu. Se o presidente da Portuguesa, levou 30 milhões de alguem para escalar o Heverton, seja do Flamengo, do Fluminense, da Globo, ou dos iluminatti, ninguém quer saber…

  116. Carlos Nascimento
    9 de janeiro de 2014 at 13:52 (6 anos ago)

    Marcelo Xavier, o Mário Bittencourt deu a resposta adequada quando do julgamento da Portuguesa, lembrando o caso do Duque de Caxias. Não foi necessário que nosso presidente se rebaixasse e interagisse com esse molambo. Você sabe como a Flapress edita as informações para nos desfavorecer. Lembrando que atingir o nosso presidente é um dos principais objetivos deles e por isso é necessário cuidado. Quando precisar é claro que o Peter tem que agir.

  117. Carlos Nascimento
    9 de janeiro de 2014 at 13:54 (6 anos ago)

    Prezado AlexandreFlu, você não deixou chance para o diálogo. Responder o quê? Você não fundamentou a sua opinião.

  118. Carlos Tricolor
    9 de janeiro de 2014 at 14:27 (6 anos ago)

    Como bem fala o amigo Tricolor Mauricio Lima : ofendeu, falou mal e opiniões contra o FLUMINENSE é exclusão sumaria…..Acorda Fluminense sobre a moderação de seus canais de comunicação na internet!!!!

  119. Paulo Muniz
    9 de janeiro de 2014 at 15:37 (6 anos ago)

    Gente, vcs não entendem que quanto mais posts o FFC fizer se defendendo sempre vai ter um babaca reclamando pague a Série B ?

    E isso gera mais trabalho e acaba as vezes sendo pior do que ter ficado calado ?

    Todos nós e as pessoas com um mínimo de sabedoria sabem que o FFC não deve nada a ninguém.

    O que acontece que o povão, torcedor cego apaixonado está aí indignado. Mas fodam-se eles.

    Se você for ficar dando respostinha a todo mundo que critica, o Fluminense vai ter que parar pra responder cada um ou ficar deletando.

    A lusa e o crf foram condenados por unanimidade, 2 vezes.

    Inquestionável.

    Não percam seu tempo respondendo torcedorzinho cego.

    Página virada, vida que segue, vamos botar outras coisas em pauta.

    O Conca ta aí, o Fred ta aí , é ano de Copa, o Walter chegou.

    Bola pra frente, gente. Pelo bem do nosso ano. Pelamordedeus.

    Flusocio ta exagerando brabo nisso. Batendo nessa tecla sem parar… cansa.

  120. Paulo Muniz
    9 de janeiro de 2014 at 15:38 (6 anos ago)

    Apresente ideias, ninguem aqui ta contra ninguem.
    Vamo fazer critica construtiva.

    Os caras lá no mkt torcem pro mesmo time que vc.

  121. Paulo Muniz
    9 de janeiro de 2014 at 15:43 (6 anos ago)

    O Marketing queria uma apresentação com a torcida, no primeiro jogo. Mas quem bateu pé em apresentar o Conca prum Maracanã vazio aparentemente foi o Jackson.
    Vai entender…

Deixe um Comentário