Mais uma noite de vergonha

Flu2x3Chape

O Flu praticamente se livrou do rebaixamento no último domingo, mas ainda haviam 5 ocasiões em que o time teria chance de terminar o ano tranquilo e de bem com a torcida.

Obviamente, como vem acontecendo em todo o returno, isso não aconteceu na noite de hoje no Maracanã. Em mais uma partida melancólica, com o time marcando frouxo e sem um pingo da vibração do jogo contra o Vasco, novamente perdemos para a Chapecoense. O “novamente” se aplica bem neste caso: o time catarinense, que nos goleara ano passado neste mesmo estádio e com vários jogadores atuais em campo, nos venceu em 4 dos 4 confrontos oficiais entre as equipes. Um retrospecto surreal e inacreditável se consideramos a história dos dois Clubes.

O segundo turno tem o Fluminense como pior time disparado na lanterna, com uma campanha que certamente está entre as piores dos pontos corridos em um único turno da competição: onze (O-N-Z-E) derrotas em 15 jogos.

Só para ilustrar: O Vasco, que fez bisonhos 13 pontos no primeiro turno, perdeu 12 vezes no total, apenas uma derrota a mais do que nós já temos. Infelizmente, no Fluminense atual a derrota foi banalizada de tal maneira que hoje acontece de forma quase natural, às vezes com placares elásticos, outras em jogo duros, mas quase sempre com os mesmos culpados envolvidos.

Se o time titular fraqueja por tantas vezes, então o banco é necessário para melhorar a equipe. Mas infelizmente as tétricas contratações de Magno Alves, Osvaldo, Wellington Paulista, R10 e Antônio Carlos não conseguiram mudar o panorama de jogo algum. E antes que a presença e participação destes e outros atletas que tem se mostrado inúteis seja relativizada, é importante lembrar que o Clube tem hoje dificuldades de caixa, entre outros motivos, porque os nomes trazidos para reforçar o futebol no meio do ano estouraram o orçamento. O Flu está hoje numa situação sui generis: mesmo com as maiores vendas de atletas de sua história em 2015, o Flu encerra o ano com problemas financeiros principalmente porque errou grosseiramente nas contratações que tinham por objetivo encorpar o grupo.

Está sendo lamentável e vergonhosa nossa segunda metade de campeonato, algo indigno de Fluminense. A torcida quer acreditar que este time também é capaz de marcar forte e jogar o tempo todo ligado quando não tem premiação extra envolvida, como nos grandes jogos realizados pela Copa do Brasil.

Ao comando do Futebol é sempre bom frisar que, na visão de todos, vocês serão julgados pelo resultado esportivo e pelo impacto das decisões nas finanças do Clube. A falta de dinheiro deixa de ser uma boa atenuante, principalmente depois das desastrosas contratações do meio do ano, que tornaram o time bem mais caro mas menos competitivo. Sem contar nos jogadores que chegaram e sequer jogaram, tais como João Felipe e Artur, além de outros que já foram desligados, como Guilherme Santos. Enquanto isso, peças baratas que poderiam ser úteis, tais como Biro Biro e Samuel, foram emprestados a outros times do Brasil. E dentre as apostas de 2015, o meia Vinícius, único jogador foi realmente útil dentro de campo, talvez não renove por conta de um custo muito elevado previsto em contrato para o Fluminense adquirir parte dos seus direitos econômicos, o que é lamentável pois sinaliza que o primeiro contrato foi mal elaborado.

A próxima partida é a pedreira contra o Grêmio em Porto Alegre e o jogo seguinte, contra o Avaí, não deve ser realizado no Rio. A torcida pelo jeito nem terá a chance de terminar o ano comemorando uma boa vitória no Maracanã, pois desde agosto isso infelizmente se tornou um artigo de luxo.

  • Jefferson Alvares

    Clap, clap, clap… Post perfeito!

    St

  • Ricardo Pedroza

    Novamente os 3 gols foram em cima do GUM….até quando??
    Quantos gols já levamos em cima do GUM??

  • Danilo Soares Félix

    O que me chateia é a frouxidão na marcação, a falta de ímpeto, a banalização da derrota, algo bem diferente dos jogos em que há prêmio extra envolvido. Parece que o time não se sente jogando num grande Clube, pois atua quase sempre sem alma, sem gana, sem odiar a derrota.

    Pra completar a pasmaceira destes atletas, incluindo aí nossos queridos Gustavo Scarpa e Gerson, o técnico Eduardo Baptista teve hoje sua noite de Cristóvão Borges e errou tudo: o esquema sem atacante fixo funcionou bem contra o Vasco com Pierre protegendo a zaga, mas hoje a zaga foi um pudim jogando totalmente exposta contra o rápido ataque adversário. Não consegui entender porque ele não escalou o Pierre ou alguém com a mesma característica.

    Além disso, a zaga foi horrorosa na bola aérea, não apenas o perseguido Gum, que ninguém aguenta mais no time porém devo lembrar que teve o contrato renovado por longos 4 anos, mas também o nosso querido Marlon, que esteve muito mal. O time vinha bem até levar o primeiro gol mas a nossa defesa deu a eles a chance da virada e a partir daí o jogo foi outro.

    O treinador também contribuiu para a derrota ao sacar Vinícius no intervalo, um dos melhores em campo. Depois errou de novo e matou o time de vez ao colocar Magno Alves e Osvaldo, tirando o bom Marcos Junior.

    Pelo visto EB já desistiu mesmo do Wellington Paulista, que passa a ser apenas mais um ônus financeiro no elenco, como 90% dos tricolores previam. E o Sr. Magno Alves, outro ônus financeiro, mais uma vez conseguiu errar tudo que tentou em campo, simplesmente porque não tem mais condições de jogar na Série A.

    De positivo no jogo de hoje apenas o Jonathan. Gostei da atuação, ao menos até ele cansar.

    Foi um ano difícil, é verdade, mas a meu ver estamos muito abaixo das expectativas, terminando a temporada de forma melancólica. Infelizmente foram muitos erros no futebol em 2015 que não podem se repetir em 2016.

    • Marco Antonio Barroso

      Concordo com tudo Danilo, só espero que conversa marcada com os responsáveis pela contatação dos citados jogadores oneroso seja produtiva, pois se o Mário o Simone e o “scout” vão continuar ano que vem, que sejam cobrados, e muito.

  • Ronaldo Do Vale Medeiros

    PARABÉNS PELO POST,

    EXCELENTE FALOU TUDO QUE A TORCIDA DO FLU PENSA, INFELIZMENTE ALGUNS NÃO PENSAM ASSIM, ACHAM QUE TÁ TUDO CERTO.

    ESPERAMOS QUE A DIRETORIA NO PRÓXIMO ANO, NÃO REPITA OS MESMOS ERROS DESSE ANO.

    AQUI TEM ALGUNS QUE SE ACHAM DONOS DA RAZÃO, SÓ AS OPINIÕES DELES SÃO AS CORRETAS.

    VIVEMOS EM UMA DEMOCRACIA, O QUE DIZEM SEMPRE É QUE QUEM FALA ALGUMA COISA QUE ELES NÃO GOSTAM, DIZEM QUE NÃO TORCEMOS PELO FLUMINENSE, NINGUEM AQUI É MAIS TORCEDOR DO FLU DO QUE EU.

    RESPEITO AS OPINIÕES DE TODOS, MESMO NÃO CONCORDANDO AS VEZES. JÁ FUI CENSURADO AQUI, NÃO SEI PORQUE, SE FALO ALGUMA COISA É SEMPRE NO PROPÓSITO DE QUERER O BEM DO FLU.

    MEU PENSAMENTO É DE VOTAR EM MARIO NO PRÓXIMO ANO, ESPERO QUE OS ERROS DESTE ANO NÃO SE REPITAM NOVAMENTE,

    MAIS ÍSSO NÃO ME OBRIGA A SÓ FALAR BEM DA DIRETORIA, SE FIZER ALGO DE ERRADO TENHO QUE CRITICAR.

    BOA NOITE A TODOS OS TRICOLORES, INFELIZMENTE PERDI MEU SÁBADO MAIS UMA VEZ, MAIS NÃO TEM PROBLEMA , AMO O FLU DO MESMO JEITO, NAS VITÓRIAS E NAS DERROTAS.

  • Mauro Carvalho – SP

    Post perfeito, que saia a barca, liderada pela diretoria de futebol que errou tudo o que pode e comprometeu nosso caixa contratando xepas e perebas.
    ST

    • Jefferson Alvares

      Prezado Mauro,

      Da mesma forma que renovamos o contrato do Cristóvão indo na contramão de todos os indicadores ruins de performance que ele tinha tido, iremos fazer o mesmo nesta péssima gestão de futebol, no qual o VP e o Diretor de futebol que são os verdadeiros responsáveis irão permanecer…

      Estão detonando o belíssimo trabalho do Peter na perspectiva financeira…

      St

    • Jorge Eduardo

      Perfeito.

  • Danilo Soares Félix

    Cheguei do estádio e acabei de ver os lances do jogo. O Gum foi pavoroso hoje, como pode ter uma atuação tão comprometedora assim, pqp. No primeiro gol o cara antecipou a ele como se ele fosse um atleta juvenil de 15 anos, no 2o gol ele foi atrasado. Se tromba minimamente no cara ele não cabeceia. E no 3o gol ele deu limpa, ficou no meio do caminho torcendo. PQP, ninguém aguenta mais isso.

    • GiseleFelix

      Não dá mais para o Gum, infelizmente. Com um contrato longo e sem propostas de saída, só cabe a reserva pra ele.

    • Jefferson Alvares

      Prezado Danilo,

      Concordo, mas esqueceu de dizer que se não me engano no 2o gol, ele estava tentando cobrir MAIS UMA falha de posicionamento do Marlon..,

      St

    • Sergio BindaB

      No gol mesmo, a Chapecoense acertou três chutes e todos entraram. O Cava não teve nenhuma culpa mas também não fez nenhuma defesa. A razões disto se chamam Gum e Jean. Permitiram três situações de gol claríssimas que nossos adversários não perdoaram.

      ST

  • GiseleFelix

    O ano acabou.
    Melancólico o nosso fim de 2015…os erros no futebol foram tantos que os acertos ficam esquecidos.
    Que essa diretoria corrija (se é que isso é possível) os graves erros cometidos negociando os jogadores inúteis e faça um planejamento bem melhor para o ano que vem.
    Não podemos errar mais.

    • Jefferson Alvares

      Prezada Gisele,

      Receio que iremos engolir estas contratações ridículas ainda por um bom tempo, porque jogador e empresário não são bobos e não vão querer diminuir seus vencimentos.

      Por outro lado, dificilmente outro time vai querer estas xepas com salários altos e contratos longos…

      Simplesmente inacreditável o que fizeram com a bela gestão financeira do Peter…

      St

      • Ricardo Guerreiro

        Caro Jefferson:

        Apenas um senão, o regime é presidencialista. O maior culpado deste caos se chama Peter Siemsem.

    • Marco Antonio Barroso

      O problema é que as xepas tem contratos enormes, de 2 ou 3…
      Fora que já vem mais uma revelação de 30 anos e um reserva de segunda divisão…

  • Oscar Möller

    O nosso vp de futebol quer ser presidente. Só que, infelizmente, demonstrou não ter qualquer responsabilidade com as finanças do clube. Vamos recapitular.

    Trouxe o Magno Alves, um atleta com quase 40 anos, com contrato até o final de 2016. Como contratar um atleta com idade avançada com contrato longo? Algum profissional de scout foi consultado a respeito dessa contratação?

    Depois traz outro jogador para também ser reserva da MESMA posição, também com salário elevado e também com tempo de contrato longo. Mais uma vez, cabe a pergunta. Algum profissional de scout foi consultado à respeito?

    O vp de futebol, que quer ser presidente, tem que entender que a era unimed acabou. Temos que valorizar a base (isso foi feito) e trazer jogadores novos, baratos e com poder se revenda, depois de uma criteriosa avaliação técnica. O Fluminense não pode mais se dar ao luxo de fazer contratações no estilo unimed. Não temos dinheiro pra isso.

    Outra Coisa pouco falada é essa comissão técnica de estagiários. Entendo a falta de dinheiro, mas esse discurso vai por terra com as contratações citadas acima, além de Osvaldo, AC, etc…

    Enfim,o desempenho do departamento de futebol foi tétrico. Esse era um ano de reconstrução, não de loucuras.

    ST4

    • Jorge Eduardo

      Perfeito, o futebol do Flu terá que sofrer reformulação e deveria começar pela saída dos que estão no comando e os scouts, que quase nunca acertam o alvo.

      O MB como VP de futebol não dá mais, essa insistência vai custar a ele a candidatura a presidencia, com tantos erros no futebol, a torcida não vai querer votar nele para presidir o Flu. Deveria voltar imediatamente pro jurídico e deixar alguém que entenda de futebol comandar o setor, ou então contratar um profissional mais gabaritado e com plenos poderes, por exemplo o Parreira, para fazer a reformulação e tocar o futebol do Flu… não sei como conseguirão se desfazer desses jogadores caros e ruins e que ainda tem alguns anos de contrato.

      • Fernando Ventura Jr.

        O futebol é administrado de forma amadora, na base da intuição, sendo frouxo com os jogadores, que podem dizer o que quiserem nas entrevistas, sendo paternalistas com jogadores cujo ciclo já terminou no clube como o Gum, ajudando jogadores como Michael e Vinicius, sendo que o primeiro abandonou o barco e logo, logo vai estar vestindo outra camisa e o Vinicius que está pedindo aumento nos salários em um ano sem conquistas, sem classificações. No fim, parece que o Sander está certo, haja visto os nomes especulados: um atleta de 30 anos e um outro reserva. O que espera o Peter para recolocar o Mário onde ele rende bem, na área júridica, e o Simone de volta aos juniores, experimentando o Marcelo Teixeira no lugar do Simone e assumindo as contratações de jogadores.

        • Jorge Eduardo

          Com certeza. Após a conquista do Brasileiro em 2012, deveriamos ter aproveitado para iniciar uma reformulação gradual no elenco, já que os jogadores estavam valorizados.

          Acabamos perdendo boas oportunidades e ficamos com quase todos, aumentando em muito o salário. Desde então, esse time só nos decepcionou, não ganhamos mais nada e a reformulação acabou sendo forçada pela saída da Unimed. Hoje, os recursos ficaram mais escassos, mas continuaram sendo mal investidos, pois fizemos algumas renovações inconsequentes e contratamos muito mal: xepas do início do ano e os veteranos sem utilidade e com altos salários do meio do ano.

          De que adianta venderem bem o Gérson, se o dinheiro não está sendo bem utilizado, pois parte dele é destinado a pagar jogadores que nem deveriam estar no Flu?

        • Marco Antonio Barroso

          Lá vem o scout do Mário fazer merda novamente, onde já se viu zagueiro aposta de 30 anos?

          • Fernando Ventura Jr.

            O candidato da oposição, seja ele quem for, já sai com vários corpos de vantagem. De pensar que a Copa do Brasil era um sonho possível.

    • Fernando Ventura Jr.

      Hoje Mário perderia as eleições para Horcades, Fábio Egito, Angelo Chaves, Arnaldo Santiago…

    • Marco Antonio Barroso

      Sobre o MA, já vi gente aqui tentando compará-lo ao Zé Roberto, mas tem que lembrar que o jogador do Palmeiras vem jogando em time de serie A desde que voltou ao Brasil, ou seja em alto nível.
      Podem querer compara-lo ao atacante do santos, mas o Ricardo Oliveira é mais novo, e pelo visto mais comprometido.
      O cara tem que ser muito fã da primeira passagem do MA pelo Fluminense e viver muito de passado para defende-lo.

  • Oscar Möller

    Complementando, o nosso vp de futebol quer ser o Celso Barros, sem ter o dinheiro da unimed. Responsabilidade financeira tem que ser prioridade, e ele não demonstrou acreditar nisso.

    Mário, você como vp de futebol, me saiu um excelente advogado.

  • Jorge Eduardo

    De bom só a estréia do Jonathan. EB hoje errou tanto quanto os seus antecessores, escalou mal e fez substituições desastrosas.

    O Gum não poderia nunca mais ser escalado se não tivermos um 1st volante marcador em campo, hoje falhou demais e foi um dos maiores responsáveis pela nossa derrota, falhou nos 3 gols. É um jogador identificado com o Flu e que participou de 2 conquistas de Brasileiro, mas que não pode mais ser titular do Flu, o tempo passa e ele já deveria ter saído do Flu, e como prêmio deveria ter recebido uma justa homenagem pelos serviços prestados e não ter como prêmio o contrato renovado por mais 4 anos, mais um dos absurdos dessa gestão.

    O Jean, que ainda tem mercado é outro que poderia sair no próximo ano, talvez precise de novos ares e com certeza não pode fazer essa função de 1st volante, pois não marca bem e hoje tirando o penalti e alguns lançamentos, comprometeu bastante o time ao deixar o adversário livre e perder bolas no meio campo.

  • Sergio BindaB

    A verdade é que permaneceremos na série A por acaso. Surreal não foi nossos segundo turno e sim o nosso primeiro turno, onde conseguimos incríveis 33 pontos!!!

    Para o próximo ano não tenho ideia como vão fazer, mas precisam se desfazer urgente de jogadores como Magnata, Osvaldo, Jean, Tonhao, W. Paulista, Renato, João Filipi, Breno Lopes, Artur, Breno Lopes e finalmente o Gum (provavelmente para a Índia ou para a China).

    Já sabia que este jogo com a Chapecoense seria encardido pois os caras são fortes fisicamente e jogam na velocidade com um centro avante muito forte fisicamente centralizado. Temos enormes dificuldades quando jogamos contra times que tem esta característica. Outra coisa amigos… O Marlon ainda tem de se provar como zagueiro de ponta. Ainda não é pois tem enormes dificuldades no jogo aéreo, no corpo acordo e num posicionamento adequado.

    Que o Fluminense também troque de empresário para formar times pois este Eduardo Uram só manda jogador ruim para cá.

    Prevejo um 2016 muito, mas muito complicado mesmo para nós.

    ST

  • Sergio BindaB

    Quis dizer corpo a corpo e não corpo acordo

  • Sergio BindaB

    Foram certíssimos no post em lembrar do Biro Biro e do Samuel. Podemos botar estas decisões na conta do CB, mas quem manteve o CB?

    ST

  • Fernando Ventura Jr.

    Eu acho que saindo o CT o futebol tem que se desvincular da parte social, apenas com profissionais que deverão ser cobrados e responsabilizados pelos maus resultados. Acho muito estranho o nosso relacionamento com determinados agentes de jogadores. Lembro que quando dispensamos o Sheik fomos obrigados a aceitar o Marcio Rosário. Por que? Como permitem que um atleta, Deco, agenciar jogadores do próprio clube quando ainda jogava no clube? Por que damos preferências a jogadores em fim de carreira e liberamos as jovens promessas e ainda para futebol de quinta, exceção ao Gerson que vinha sendo negociado ao Barcelona e acabou no Roma? Por que negociar o Kenedy a um grupo que o repassou ao Chelsea e não ao Chelsea diretamente? Por que essas pré-temporadas fajutas em Orlando todo ano?

  • Sergio BindaB

    Outra coisa, reconheço no Scarpa um excelente jogador, mas precisa ganhar corpo e postura de jogador profissional. A maneira como perdeu a jogada no terceiro gol foi patética. Perdeu no pé de ferro e depois os caras fizeram paredinha e ele simplesmente não consegui correr atrás do cara que construiu a jogada do gol.

    É muita coisa para arrumar no ano que vem.

    ST

  • Nerval Antonio Goulart

    A Flusócio no atual post reflete a opinião de todos nós sócios e torcedores do Fluminense.
    As contratações sofríveis desse ano nos custaram o segundo turno e poderiam até ter nos empurrar ao fundo do poço. Foi por Deus que não estamos esse ano mais uma vez lutando para não sermos rebaixados. Esse time é imprevisível. Já começo a desconfiar que esse treinador está no mesmo nível de qualidade de Gum, Osvaldo, Magno Alves, WP e etc.
    Ontem o que vimos em campo, foi novamente acontecer a falta de empenho da equipe. Gerson fingindo que está jogando, e os já constantes erros do Gum. O zagueiro não consegue acompanhar mais os atacantes adversários e suas falhas gritantes se sucedem na maioria das partidas, resultando em gols dos adversário.
    De qualquer forma, se o MB quiser se eleger ano que vem, terá que reformar esse time. Se continuar contratando refugos e jogadores dos Eduardos Urams da vida, o fantasma do rebaixamento vai continuar nos assombrando, em 2016.
    Esse time precisa treinar mais. Ficam embolados juntos na latera direita do campo, passando a bola um para o outro em um espaço mínimo, dando chances ao adversário de tomar a bola e partir para o contra-ataque. Não se vê uma movimentação rápida do meio de campo e dos atacantes no sentido de avançar para o campo do adversário, visando a finalização. Aliás esse time tem a característica de pouco finalizar.
    O Eduardo Batista tem que treinar melhor esse time. Os jogadores tem a posse de bola, mas se perdem em não saber atacar.
    Portanto, temos que nos livrar de Osvaldo e os demais enganadores e contratar certo para o ano que vem. Não podemos retornar com esse time. O sofrimento é demais.
    ST

  • Marco Antonio Barroso

    Dizem que dirigente não jogo e não decide, realmente, não jogam, mas decidem sim! São os dirigentes que contratam os jogadores que vão vestir a camisa do time, e, quando o time não produz, a responsabilidade é deles também!
    Nós temos um zagueiro que, pasmem, passou por 4 técnicos e NUNCA jogou!!! Sendo que a zaga é um de nossos piores setores!!!!
    É impensável que a atual direção de futebol profissional continue no próximo ano, mas pelo visto é o que vai acontecer (o que nunca aconteceria em uma empresa, pois se um setor não está produzindo o responsável é mandado embora!).
    Então só posso dizer uma coisa, Mário e Simone: AQUELE ABRAÇO!

  • René Galvão

    Parabéns pelo post, simplesmente excelente. A Flusocio mostra com este post que está ciente, ao meu ver, do maior problema do Fluminense: a estrutura de futebol.

    Não vou entrar neste assunto agora, acho que discutiremos muito isso mais adiante, afinal não teremos mais jogos e o foco estará voltado para o trabalho realizado e o planejamento para 2016.

    Sobre o jogo de ontem, aconteceu o que eu imaginava que fosse ocorrer contra o Vasco, TIME COMPLETAMENTE DESEQUILIBRADO.

    O time até rodava bem a bola, normal para um time com muitos passadores e de boa qualidade (Gerson, Scarpa, Jean, Vinícius, Cícero), mas e o ataque ??!!!

    Não existe mágica, se coloca-se um monte de bons marcadores no time, o time terá uma boa marcação, se coloca-se um monte de meias com bom passe, o time terá uma boa troca de passes… O problema é que o time precisa ter equilíbrio, precisamos de bons marcadores, precisamos de bons meias e precisamos de bons atacantes.

    Gerson não é atacante, tampouco Vinicius e Scarpa, e para piorar o único atacante do time, Marcos Júnior, joga mais de meia e marcador de lateral do que propriamente de atacante, aí fica difícil.

    Wellington Silva, MAIS UMA VEZ, escalado absurdamente na lateral esquerda, jogou muito mal. Principal responsável pelo 1º gol da Chape, quando roubou a bola do Maranhão e perdeu logo em seguida resultando numa jogada de linha de fundo e gol adversário.

    O cara é ruim na direita e ainda é escalado na esquerda… e a culpa é do Gum.

    É impressionante como quando um jogador está visado ele recebe a culpa por tudo. Gum está mal, é verdade, mas discordo com as críticas que sofreu pelo jogo de ontem.

    Reparem na jogada que eu citei acima, jogada perigosíssima pela linha de fundo (erro grave do Wellington S.) com uma bela antecipação do atacante (não vejo falha do marcador em um lance desse). Também reparemna jogada do terceiro gol, quando o Cícero fica olhando o Camilo bem ao seu lado sem esboçar nenhuma reação… e aculpa é do Gum.

    Lateral ruim jogando improvisado, time sem atacante… onde está o equilíbrio em um time desse ??!!!

    Ao contrário do Vasco, a Chapecoense venho organizada e sem medo de jogar bola, e deu no que deu. Hoje, se o time não joga bem taticamente com todos os jogadores desempenhando bem suas funções, não vai ganhar nada.

    Parabéns Wellington Silva, Eduardo Baptista, esquema de jogo e tudo mais… a culpa é do Gum.

    • Flavio Chammas

      Renê, vimos o mesmo jogo.

      Postei ontem mesmo, os “puristas” daqui adoram toque e toque e toque e NADA.

      Falam em Bayern e Barça, mas com um atacante(qualquer um dos dois times) deles, resolvíamos qualquer jogo.

      Mas é fácil culpar o Gum(anda mal, mas não é o pior), antes era o Edinho, mais antes o Igor(perigor), assim é fácil e se mascaram os problemas.

      Temos aqui um jogador QUE NÃO JOGOU UMA E É CONSIDERADO RUIM(Artur), além é claro de péssimas contratações completamente desequilibradas.

      O QUE É O MAGNO ALVES(VEJAM A CARA DELE QUANDO ENTRA, É COMO SE ENTRASSE PARA TREINAR)??????

      ROBERT É OUTRO, NÃO VEJO VONTADE NENHUMA TAMBÉM

      Tenho a nítida impressão(QUASE CERTEZA) DE QUE O SUCESSO SUBIU A CABEÇA DO MARIO E DO FERNANDO, QUE AO SEGURAREM ALGUNS, FORAM LONGE DEMAIS COM OUTROS(R10 É O EXEMPLO CLARO), pois para quem iria falir, estávamos no G4 e com os outros times em baixa.

      AÍ COMEÇARAM OS DESMANDOS, O DINHEIRO ENTROU(OU FIZERAM DIVIDAS COMO SUGERE O POST) E COMEÇARAM A INVESTIR MUITO MAL.

      O post é realista, MUITO DURO COMO DEVERIA SER COM A DIREÇÃO PRINCIPALMENTE COM O MARIO QUE É O RESPONSÁVEL(OU IRRESPONSÁVEL??????).

      Sabemos das condições difíceis financeiras(patrocinador querendo sair e dificuldade de arrumar outro, é só ver o mercado), temos um investimento grande a fazer (CT) outro de manutenção de Xerem(nossa fabrica e salvação), além dos compromissos da divida.

      OU FAZEMOS UM ENXUGAMENTO RADICAL, CORTANDO MESMO, DIMINUINDO O CUSTO, OU VAMOS PELO CAMINHO DE OUTROS QUE SE APEQUENARAM(nossa torcida já se apequenou, é só ver os números).

      Se vamos ficar com o Eduardo(entendo que sim devemos ficar)hora de reorganizar tudo, testarmos mais uns garotos e o que é ruim sem jogar (Artur) e mais alguns

      Trazer de volta o Biro(ou vender muito bem) além de outros emprestados

      ENXUGAR BEM O ELENCO, COMPLETANDO COM A BASE, MAS SEM ARROUBOS.

      Temos aqui alguns que pregam só garotos, e me permito perguntar, se fosse fácil assim, porque todos não fariam deste modo?

      Jogar no sub algo é facil, todos do mesmo top, mas em cima o couro come, é diferente.

      Jogador de sub algo, quando é diferente,”chega chegando”, como dizem os boleiros.

      Com 18/20, já mostra que vai subir e ficar(Marlon, Gerson, Kenedy), só para ficar nos da casa), se não tem que ralar muito, emprestar mesmo.

      Vejam os europeus, compram garotos e emprestam para aprenderem, os bons chegam e ficam os outros ralam muito.

      O POST É SINTOMÁTICO, O MARIO JOGOU UMA CARTADA FORTE, INVESTIU (MAL) ARRISCOU TUDO PARA SE FIRMAR COMO CANDIDATO QUASE ÚNICO.

      NÃO FUNCIONOU, HORA DE MOSTRAR QUE TEM CONDIÇÕES (OU NÃO) DE SE REPLANEJAR, LIMPANDO O CLUBE.

      FOI UM ANO QUE SE MOSTRAVA RUIM, QUE MUDOU MUITO NO INICIO(PARA MELHOR) MAS O SUCESSO ENGANOU E LEVOU A DIREÇÃO A ERROS CRASSOS.

      HORA DE TRABALHO, REORGANIZAÇÃO, UM PLANEJAMENTO COM OBJETIVOS CERTOS, PALPÁVEIS POIS TEM ELEIÇÃO, E O FUTEBOL AINDA É O CARRO CHEFE, AINDA MAIS COM OS SÓCIOS TORCEDORES VOTANDO.

      ESTAMOS DE OLHO E ATENTOS.

      • Marco Antonio Barroso

        Arthur é tão ruim que passou por 3 técnicos e um estagiário e não foi escaldo uma vez. Ou você tem outro justificativa?

        • Flavio Chammas

          Marco vc acha que ele pode ser tão pior que os outros?

          Não mereceria pelo menos um jogo para vermos?

          O cara fica quase um ano e não joga nenhuma e vai embora?

          • Marco Antonio Barroso

            Bem Flávio, ou ele é muito ruim ou os treinadores são muito burros, das duas uma. Como você mesmo escreveu, “O cara fica quase um ano e não joga nenhuma”.
            Depois de 3 técnicos e do Drubscky e ele não jogou um jogo, ficando na banco uma ou duas vezes e sendo a ultima opção para essa peneira que é nossa zaga, tem alguma coisa errada com ele só pode.
            Até o Tonhão e o Henrique, que pelo visto estão na geladeira, são opções na frente dele.
            Tem 4 jogos aí, é só colocar o Arthur, pior do que está não vai ficar.

      • René Galvão

        Flavio,

        Gostaria de falar sobre dois trechos do seu comentário:

        1º: “AÍ COMEÇARAM OS DESMANDOS, O DINHEIRO ENTROU(OU FIZERAM DIVIDAS COMO SUGERE O POST) E COMEÇARAM A INVESTIR MUITO MAL.”

        A verdade é a seguinte, o horizonte financeiro clareou um pouco com a venda do Gerson, e com isso abriu-se um espaço no orçamento do futebol para alguns investimentos. Visto esta situação, nossos gestores de futebol simplesmente queimaram todo esse dinheiro por pura falta de visão futebolística. Trouxerem jogadores caros e com retorno técnico pertíssimo do zero (Magno, Osvaldo, RG, Antônio C. e W.Paulista).
        E depois falam que o orçamento é apertado, que não dá para fazer loucuras. Se nossos gestores tivessem um pouco mais de visão, poderíamos facilmente ter segurado este ano para trazer um técnico melhor e realizar um bom planejamento para 2016.
        Será que se juntarmos os salários desses 5 jogadores conseguiríamos trazer o Cuca ??!!!

        2º: “FOI UM ANO QUE SE MOSTRAVA RUIM, QUE MUDOU MUITO NO INICIO(PARA MELHOR) MAS O SUCESSO ENGANOU E LEVOU A DIREÇÃO A ERROS CRASSOS.”

        Simplesmente perfeito, já falei sobre isso várias vezes. O trabalho feito no início do ano foi bastante aceitável diante das dificuldades que se desenhavam para o ano. Ocorreram erros, sim, sem dúvida, principalmente a manutenção do Cristovão, mas formamos um plantel “justo”. Percebam que as piores contratações, com pior custo benefício foram realizadas no meio da temporada.
        Outro fato que temos que considerar é alguns jogadores foram apostas, e apostas podem dar certo ou errado. Quantos jogadores já vimos fazendo bons trabalhos em times menores e quando jogam em time de maior expressão não rendem ??!!! Alguns erros são aceitáveis.
        Depois desse início de temporada o trabalho foi péssimo, simplesmente horrível.

  • Marco Antonio Barroso

    Desde de os últimos jogos de 2012 é essa pasmaceira.

    Outra, a desculpa para contratação de xepas é a questão
    financeira, mas a ponte preta, por exemplo, tem um elenco mais barato que o
    nosso e está fazendo um campeonato mais digno. Por quê?

    Para min esses sujeitos deveriam receber um abraço e a rescisão
    contratual juntas:

    Mario

    Simone

    “O scout”

    Antonio Carlos

    Artur (nunca jogou!)

    Gun

    Henrique

    João Felipe

    Victor Oliveira

    Breno Lopes

    Renato

    Jean

    Magno Alves

    Wellington Paulista

    • Claudio Souza

      Esqueceu do Oswaldo?

  • Marco Antonio Barroso

    Outra coisa que eu temo: da ultima vez que fizeram pré temporada nos EUA (no caso férias na Disney), fomos rebaixados!

    • Nicolas

      A Florida Cup foi disputada ESSE ANO!

      Fluminense e Corinthians jogaram.

      Enquanto nós ainda não nos livramos de possibilidade de rebaixamento, o Corinthians é líder com folgas…33 pontos na nossa frente!

      A culpa é da competição?

      • Marco Antonio Barroso

        Verdade, foi um erro meu.

  • Marco Antonio Barroso

    Perfeito:

    “Ao comando do Futebol é sempre bom frisar que, na visão de todos, vocês serão julgados pelo resultado esportivo e pelo impacto das decisões nas finanças do Clube. A falta de dinheiro deixa de ser uma boa atenuante, principalmente depois das desastrosas contratações do meio do ano, que tornaram o time bem mais caro mas menos competitivo. Sem contar nos jogadores que chegaram e sequer jogaram, tais como João Felipe e Artur, além de outros que já foram desligados, como Guilherme Santos. Enquanto isso, peças baratas que poderiam ser úteis, tais como Biro Biro e Samuel, foram emprestados a outros times do Brasil. E dentre as apostas de 2015, o meia Vinícius, único jogador foi realmente útil dentro de campo, talvez não renove por conta de um custo muito elevado previsto em contrato para o Fluminense adquirir parte dos seus direitos econômicos, o que é lamentável pois sinaliza que o primeiro contrato foi mal elaborado.”

    A ponte tem um elenco mais barato e faz um campeonato melhor do que o nosso!

  • Marco Antonio Barroso

    Péssima politica!

  • Marcelo Tricolor

    Post perfeito.
    O time caminha para ser o primeiro clube fora do Z4.
    Ridículo. De novo.

  • Fabio DB

    Quando terminou o jogo de ontem fiquei pensando em várias coisas, sendo que duas se destacam:

    – a força de vontade do Gum. Eu fiquei pensando no esforço que esse rapaz faz para jogar futebol e como conseque se manter titular de um clube grande na base de puro esforço e mais nada. O Gum se esforça até para dar um passe de 2 metros. Não tem noção de posicionamento em campo. Nada. Conseguiu ser jogador e ficou rico na base da raca e do carisma. Mais nada.

    – outro é o diretor de futebol Fernando Simone responsável pelo Scout e pelas dicas de contratações. Esse cidadão conseguiu nos deixar sem zagueiro central, sem lateral esquerdo, sem jogadores de marcação e sem opções decisivas no ataque. É responsável direto e principal por contratações que fragilizaram o grupo fortemente. Sem falar dos técnicos que sugeriu como o Drubsky.

    Gum dentro do campo e Fernando Simone fora de campo símbolizam o de mais errado no ano de 2015.

    Quem tem Gum tem medo. Quem tem Fernando Simone também.

    ST

    • Claudio Souza

      Você livra a cara do Mário por quê? Ele é o Vice de Futebol !

      • Fabio DB

        Porque fora do campo ele fez muita coisa boa, como manter esse grupo integrado no momento de crise. E se manifestar positivamente em nome do clube. Sua posição é de mais alto nível. Mas errou ao confiar na capacidade do Fernando Simone.

        O Fernando é o Diretor de futebol remunerado pelo clube e do que se esperava dele, pode-se dizer que foi um fracasso. Ele é o cara responsável pelas análises dos jogadores, scout, etc e não o Bittencourt.

        ST

        • Marco Antonio Barroso

          Então, dado o trabalho pifo do Simone, por que o Mário não coloca outro no cargo? Se ele sustenta o Simone no cargo ele é responsável pelas análises mal feitas dos jogadores, scout mal feito, tanto quanto o Simone. É lógica;
          A=B
          B=C
          A=C

          • Fabio DB

            Simone tem que sair do cargo.

            Foram erros grosseiros.

            A confiança foi perdida.

            ST

        • Jefferson Alvares

          Prezado Fabio,

          Concordo!

          E se não é assim, seria assim que deveria ser, já que VP de futebol não deve entrar no detalhe operacional!

          Se não era para ser assim, pra que o cargo intermediário de diretor de futebol?!

          St

    • Marco Antonio Barroso

      Só não é perfeito seu comentário porque o Mário tem muita culpa nisso, a começar por continuar bancando o Simone e depois de tantas indicações, a não ser que seja pior ainda: o Simone não indica nada, e que fez toda lambança sozinho foi o Mário.

      • Sergio BindaB

        Acrescentaria o Jean neste seleto grupo, pois representa a síntese do Camilo na entrevista do final do jogo… ‘ainda bem que nestes momentos sempre pegamos o Fluminense’ … Kkkkk. Já que nossa diretoria não sabe contratar, poderia pelo menos cobrar e chamar este grupo de jogadores as falas?

        St

  • Marcelo Tricolor

    “Ainda bem que quando a gente necessita pinta o Flu”
    Camilo, da Chapecoense, clube de terceira categoria.

    Falta vergonha na cara pra muita gente no Fluminense.
    Da diretoria até os jogadores.

    • Sergio BindaB

      É verdade. Impressionante como este monte de sangue de baratas e bundoes não se sentem atingidos por isto. Esta gozação e ironia não atinge a mim, como torcedor, mas a todos os responsáveis pelo futebol … Do roupeiro ao diretor, passando por jogadores e comissão técnica. Torcida não entra em campo. O que estes individuos que tem suco de laranja nas veias vão responder? Provavelmente nada … Vão continuar perdendo, pois para eles perder é um resultado normal. A Chapecoense deve rezar para num campeonato jogar todas as partidas contra este grupo de jogadores sem sangue e vontade do Flu.

      ST

    • Fernando Ventura Jr.

      Ainda bem que tem um Vasco e um Flamengo para compensarem os nossos maus resultados. Espero a derrota de ao menos um dos dois para fechar bem o fim de semana.

    • José Carlos F. da Costa

      Tá brincando que ele disse isso???

  • Marcelo Tricolor

    Que esse famigerado Scout vá embora.
    E essa conversa fiada (qual a sua sugestāo? O que você faria?) já encheu o saco.
    Os caras que contratam péssimamente, ganham pra isso.
    Chega de enganaçāo. Se nāo tinha dinheiro, pra quê RG?
    Pra quê trazer tantos jogadores de quinta categoria que nāo entraram em campo?

    • Marco Antonio Barroso

      Concordo, se quiserem me pagar o mesmo salário do Simone para fazer um curso de treinador e para eu me dedicar 24h para acompanhar futebol, aí sim, podem fazer essas perguntas idiotas, tipo: qual a sua sugestão? O que você faria?

    • Fernando Ventura Jr.

      Não sei como se faz scout de jogador que é reserva. É melhor acompanhar o Cartola F.C. e seguir quem for sugerido lá. Uma coisa que me parece líquida e certa: zagueiro, se contrata aos pares, uma vez que são jogadores que se complementam e mais, geralmente os melhores terminam sendo encontrados em times menores, logo mais acessíveis, uma vez que são mais expostos do que os encontrados em times grandes. Como pode o Fluminense ter contratado o Anderson que veio do rebaixado Atlético-GO? Como contratamos o atacante Rhainer, que era um atacante que não fazia gols? Para que contratar Magno Alves, Lucas Gomes e Oswaldo praticamente para a mesma posição? Eu nunca joguei futebol direito nem nos tempos de escola e sei que está tudo errado, imagine quem entende da coisa!

  • Marco Antonio Barroso

    E não tem um reserva para ele?

  • Marco Antonio Barroso

    Acho que o jonathan com meia perna jogou mais do WS todo campeonato, pelo menos essa parece que o “scout” acertou.

    • Rogério Barbieri

      Sem dúvida nenhuma, Marco Antônio.

      O Jonathan ou qualquer jogador que fique fora do que seria a última linha, faz a VERDADEIRA LINHA BURRA.

      E é a VERDADEIRA LINHA BURRA que esta peneira, que dizem ser o sistema defensivo do Fluminense, faz em todo jogo.

  • Sergio BindaB

    Não é falta de tesao, pelo menos dá grande maioria. E ruindade mesmo. O Gum é ruim, o Wellington Silva é ruim, o Paulista é ruim, o Tonhao é ruim, o Breno é ruim etc…

    ST

    • Marco Antonio Barroso

      Na verdade é um novo sistema tático que está sendo inventado, depois do falo 9 vem o falso time.

      • Sergio BindaB

        Kkkkkkk… Boa

  • Marco Antonio Barroso

    Pode ficar tranquilo, ou estressado, mas pelo visto vamos com essa bomba para o ano que vem.

  • Marco Antonio Barroso

    clap, clap, clap!!!!

  • Marco Antonio Barroso

    Mas tem gente que acha que seu “scout” é pior do que o do Mário…

  • Marco Antonio Barroso

    Infelizmente a culpa é de quem acha que para apoiar não precisa dizer amém o tempo inteiro.
    Como se nós fossemos responsáveis pelas contratações mal feitas e pela péssima administração do elenco.

  • Fabio DB

    Quem tem Fernando Simone tem medo.

    Veremos em breve novo festival de terror com contrações sem lógica alguma se dependermos dele.

    Eu já estou com medo.

    ST.

    • Fernando Ventura Jr.

      Desconfio que o FS nem tem culpa. Ele é responsabilizado por conta dos scouts, mas o Fluminense deve ter pendências financeiras que o obrigam a aceitar jogadores de empresário A ou B.

      • Fabio DB

        Se for o caso é melhor botar um estagiário no lugar dele. Economizamos o salario.

        ST

      • Mauro Carvalho – SP

        Fernando, concordo 100% com você.

        O clube COM CERTEZA deve ou grana ou favores a empresários.
        Já levantei essa lebre aqui e não houve contestação.
        Só isso explica as contratações longevas com perebas estilo WP.

        Explica mas não justifica.

        Peguem grana emprestada e paguem os empresários para o clube poder ter autonomia na hora de contratar.

        Xô com esses chupa -sangues, é melhor dever a Banco do que dever a Empresário, o primeiro te cobra juros, mas o segundo te escraviza.

        ST

        • Fernando Ventura Jr.

          Ou deixe eles cobrarem na justiça. Que eu saiba quem pode emprestar dinheiro de forma oficial é banco.

        • Fabio DB

          Não acredito que isso ocorra. Se fosse verdade seria uma ação de manipulação indevida do dinheiro do clube.

          ST

          • Mauro Carvalho – SP

            Fábio, eu também não acreditava, até ouvir o MB dizer que os bastidores são bem diferentes do que pensamos ( coisas assim) e também as contratações de WP e do quinto reserva do Cruzeiro, além da baciada do início do ano.

            Tem coisa nesse angu.

            Abs.

      • Ricardo Guerreiro

        Se ele não serve pra nada, que se extingua o cargo!

  • Ricardo Ferreira

    Parabéns pelo editorial. Tardio é verdade, frente às evidências que se avolumavam faz um bom tempo. Se justifica pelo temor do rebaixamento. Do qual não estamos 100% livres, diga-se de passagem. O inusitado avanço na Copa do Brasil inebriou alguns. Não a mim.

    O texto desnuda a total irresponsabilidade financeira de Mário Bittencourt, que se torna mais ainda condenável diante do esforço da atual administração no sentido de equilibrar nosso caixa.

    Vale dizer que um observador mais arguto, mais maduro, teria avaliado com mais profissionalismo os riscos de inadimplência por parte do patrocinador master. O que parece acontecer, fragilizando sobremaneira nossas finanças.

    A quantidade de equívocos beira o inacreditável. Pra evitar um tom mais ácido, que a rigor todo este descalabro bem merece.

    Entendo que todos nós tricolores, preocupados com os destinos do nosso amado Fluminense, precisamos forjar uma candidatura para 2016 que passe distante de Bittencourt.

    Quando queremos acreditar que o Fluminense começa a tomar rumo, somos atropelados por uma enxurrada de ações, de decisões catastróficas.

    Como muitos tb penso que as sementes de todo esse desarranjo foram plantadas já ao final de 2012.

    Não tenho a mínima vontade de cornetar treinador e jogadores. Vejamos o que mais nos reserva esse bando.

  • Raul Fernandes

    O time poderia ter recuperado o controle do jogo no segundo tempo, q possuía até o 3º gol do Chapecó, mas a desastrada entrada de Oswaldo, pouco depois, transformou a equipe em uma zona, com mexidas em todos os setores.

    O recuo de Scarpa para a lateral-esquerda demonstrou – mais uma vez – ser uma bobagem q o atual “professor” repete, sem aprender a lição de q perde um ótimo meia e não ganha um bom lateral.

    A Chapecoense agradeceu e voltou a dominar o meio campo, como havia ocorrido no primeiro tempo.

  • PEDRÃO

    Não li a galera e nem sei se estou com saco de ler , não que não mereçam , aliás merecem todo meu respeito . Dentro da bipolaridade a qual me ou o direito de exercer só tenho a dizer para o time que vão TMNC . Sem mais .

  • Marco Antonio Barroso

    Como disse um colega no outro post, se nossas únicas opções são Mário e Celsão (ou coisa que o valha), estamos sem luz no fim do túnel! Estamos FU*&¨$&%S

    • Fabio DB

      Celso não é opção. Também não precisamos exagerar. Nem tricolor é. ST

      • Marco Antonio Barroso

        Então estamos FU&¨¨#%# sem opção.

      • Fernando Ventura Jr.

        Entre esses dois eu cravo no Celso.

        • Fabio DB

          Você já vai votar no Celso. Qualquer que seja o candidato. Eu não nasci ontem.

          ST

          • Fernando Ventura Jr.

            eu disse entre os dois.

          • Fernando Ventura Jr.

            O nosso problema é que talvez tenha surpreendo o nosso desempenho inicial e viajaram que poderíamos ser campeões. Se bem que como colocar para a torcida?

  • Fabio DB

    Gol 1: quem deveria marcar o cara era o Gum. Quase!

    Gol 2: o Gum quase! chegou.

    Gol 3: o Gum chega a trombar com o Camilo mas largou o cara e foi marcar o vento.

    Errou outras dezenas de vezes no ano e nos anteriores

    ST

  • Marco Antonio Barroso

    Tem gente que pensa assim, infelizmente!

  • Marco Antonio Barroso

    Então Peter, é só chegar lá no dep. de scout o dia que o Mário estiver lá, junto com o Simone, dar um abraço em cada um e mandar embora:

    http://www.netflu.com.br/mario-bittencourt-explica-metodo-de-o-fluminense-contratar/

  • Fernando Ventura Jr.

    E ainda por cima, vem o grupo Esperança Tricolor acusar a Flusócio de compactuar com os erros da Gestão atual. Que eu saiba os membros da Flusócio apoiaram o Peter nas duas eleições porque era, de fato, a melhor opção entre os postulantes, mas teve várias demandas que não foram aceitas, desde o pedido da saída do diretor de futebol da época, passando pela bronca com o VASCOncelos, indicação de jogadores, técnicos, postura institucional etc.

    • Marco Antonio Barroso

      É o que já escrevi, tudo que a oposição puder utilizar para denegrir um bom projeto, mas que tem como falha o futebol profissional, assim o será.

  • Fernando Ventura Jr.

    Eu acho que não dever ser nada fácil implementar o que pedimos aqui, mas às vezes parece que eles fazem o extremo oposto e não aprendem com os erros cometidos. Vocês acham que o que vai acontecer quando o Fluminense demitir o Eduardo Batista ano que vem? Vai usar uma fórmula antiga, à moda Renato Gaucho, ou vai fazer novos testes com Ney Franco ou Celso Roth?

    • Marco Antonio Barroso

      Muita vezes o que pedimos aqui é coerência.
      – Dizem que estão fazendo economia, mas trazerem jogadores que, a pesar de virem de graça, tem altos salários e baixa produtividade em seu histórico recente;
      – Dizem que vão trazer apostas, e trazem jogadores mais rodados que escada rolante de shopping e mais velhos do Matusalém.

  • GiseleFelix

    Mais do que erros seria má-fé e eu não sou leviana de sugerir isso sem provas.

  • Ricardo Guerreiro

    O que mais aterroriza não é 2015, cuja história tenebrosa foi criada nos finais de 2014, com a contratação da baciada de xepas. Não satisfeitos, ainda trouxeram, Magnata, AC ( encostado nos bambis, W abraçinho P ( reserva do Coritiba ) e RG, com contratos longos e já comprometendo ano que vem. Quando achamos que estas sumidades arrogantes aprenderam alguma coisa, com o que eles nos ameaçam? Mateus sei lá o que, zagueiro zagueiro, 30 anos ou mais, típico jogador dos anos 80, sem nenhm registro de nada relevante até então e Felipe Amorim, reserva no América MG. Meus caros, esta turma está tirando sarro da nossa cara ou está querendo nos provocar. A Flusócio deveria exigir do Peter a imediata substituição de MB e FS do comando do futebol profissional . Continuam a mostrar que não sabem nada de futebol. Como primeira providência, proibir que jogadores reservas de outros times sejam contratado. Se são reservas não servem para serem titulares no nosso. O que precisamos urgentemente para 2016 é a contratação de jogadores que escolham camisa no nosso time, em quantidade adequada e em posições que substituam os bonzinhos atuais. Como vão fazer isto? Não é problema meu, não é problema nosso. CHEGA!

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Estava lá debaixo daquela chuva, dormi fora e só cheguei agora, mas o problema maior para mim foi o Gerson, displicente, era um jogador a menos.

    Por que o Eduardo não escala o Edson, um sujeito que corre por 3 e faz TODO o time subir de produção e escala o Gerson, com a cabeça na Roma, eu não sei dizer.

    Até ser escalado fora de posição pelo Enderson, o Gerson era o jogador mais regular e um dos 3 ou 4 melhores do ano, não é possível que não seja escalado e ainda tenhamos que ler que o Eduardo escala pelo rendimento nos treinamentos.

    Também elogiei muito o Eduardo por rapidamente ter feito o time jogar compactado, o que não vi ontem, parecendo time de pelada, todo arreganhado.

    Antes que seja mal compreendido, escrevo de novo que considero o Eduardo um ótimo técnico dessa nova safra de treinadores.

    Parabéns aos quase 5.000 super heróis que enfrentaram aquela chuva ontem, em horário escrotíssimo para se comparecer a uma partida de futebol, uma humilhação aceitarmos jogar nele, que pode ser bom na maior parte do Brasil, mas não no Rio de Janeiro, que tem muitas opções de diversão à noite.

  • Nerval Antonio Goulart

    Se não trocar o FS, e o MB não modificar a maneira de avaliar os jogadores a serem contratados, podemos ter um próximo ano muito semelhante aos 3 (três) últimos. Não posso crer que o FS sozinho resolve sobre contratações de jogadores, sem o aval do VP de Futebol do clube.
    Precisamos que o grupo político continue exigindo mudanças dessa nefasta política de contratações, que vem prejudicando o Fluminense em formar um boa equipe.
    Acentua-se, também, que contratos longos foram renovados com jogadores sem a produtividade necessária em campo, que, sem dúvidas, trazem prejuízo ao clube. Como por exemplo o do Gum e do Cavalieri. A meu ver, o segundo vem caindo de produção jogo a jogo. Ultimamente, tem aceitado tudo. Vemos nos outros bons times que disputam o Brasileiro desse ano, goleiros com muito mais rendimentos e regularidade nos jogos do que o nosso goleiro.
    Confio que a Flusócio não vai deixar a peteca cair!
    ST.

    • Fernando Ventura Jr.

      Você parece ser o único que pensa como eu com relação ao Cavalieri, embora ele tenha parado de dar chutões, pega pela completa passividade quanto à saída do gol e se posiciona mal nas cobranças de falta, além das das rebatidas na bolas altas. Em suma, já era para ter tido um rodízio entre os goleiros. Eu acredito que o Júlio César tem potencial para assumir a titularidade.

      • Fabio DB

        Já falei várias vezes aqui. Cavaliere, Jean e Gum são reservas. Ou fora do clube.

        O Cavaliere realmente tem melhorado. Devem ter mudado o treinamento. O único que evoluiu nos últimos tempos.

        ST

  • Daniel Bastos

    Salvo engano , este técnico perdeu 6 e ganhou 4, ou algo parecido.

    O time alterna partidas razoáveis com péssimas.

    A reformulação do elenco será importante.

    Todos os técnicos que passaram pelo clube este ano a
    Não abriram mão de jogar neste esquema com três no meio e um ataque.

    Enfim….

    Muito me entristece em saber q nossa oposição e fraquíssima e q não temos um candidato descente para 2016

  • Mauro Carvalho – SP

    CONCORDO, CHEGA DE EXPLICAÇÕES – SAIAM E DEIXEM ALGUÉM TRABALHAR. ST

  • Mauro Carvalho – SP

    O ANO FOI POSITIVO – LEANDRO DIAS – NETFLU.

    ALGUÉM DISCORDA ?? NOVA DIRETORIA DE FUTEBOL JÁ.

    NÃO DEIXEM MB E FS PLANEJAREM 2016, POR FAVOR.

    O ano foi positivo. Fomos às semifinais do Campeonato Carioca.

    O ano foi positivo. Chegamos nas semifinais da Copa do Brasil.

    O ano foi positivo. Não seremos rebaixados.

    O ano foi positivo. Somos os lanternas do returno, mas terminamos o turno em quarto.

    O ano foi positivo. Sofremos, até agora, 23 derrotas na temporada, mas, enfim, ganhamos do Vasco.

    O ano foi positivo. Não tomamos de quatro da Chapecoense em casa.

    O ano foi positivo. Não perdemos de cinco para o América-RN no Maracanã.

    O ano foi positivo. Contratamos Lucas Gomes, Guilherme Santos, Breno Lopes, João Filipe.

    O ano foi positivo. A maior parte desse elenco tem contrato longo.

    O ano foi positivo. O Victor Oliveira veio por três anos

    O ano foi positivo. Renovamos com o Gum até 2019.

    O ano foi positivo. Fechamos com o Wellington Paulista por três anos.

    O ano foi positivo. Trouxemos o Magnata, de 40 anos, com contrato de duas temporadas.

    O ano foi positivo. Tivemos quatro treinadores, mas conseguimos acertar em cheio no quarto.

    O ano foi positivo. Estamos em novembro e eu e meu fiel companheiro já planejamos 2016.

    O ano foi positivo.

    Foi…

  • Fernando Ventura Jr.

    O que parece que avançou mais foi o CT que, por acaso é tratado por outra pessoa que não o Peter ou o Mário. Mário, por favor, você é um grande advogado, volte para a área jurídica. Peter, crie uma vice-presidência para a defesa institucional e coloque o Mário à frente dela.

  • Eduardo Gorges

    HUMILHANTE.

  • Eduardo Gorges

    Parabéns aos heróis que foram ontem.
    Esses 11 que jogaram ontem não merecem vocês. Mereceu público zero no próximo jogo.

  • Marco Antonio Barroso

    Nem que você fosse cego e surdo!

  • Marco Antonio Barroso

    O time dos “queima rosca” está ganhando, e bem, do palmeiras…

  • Nerval Antonio Goulart

    Um dos motivos que espero que esse time deveria ser reformado é que os principais valores do time, se conformaram em ser saco de pancadas dos adversário. Com exceção do Fred, as desculpas de sempre de que “deram mole” são irrecusáveis, tratando-se de profissionais de futebol que jogam no Fluminense.
    A torcida já não suporta mais tanta instabilidade desses profissionais, inclusive, os responsáveis pela gestão do futebol profissional do clube.
    Que uns e outros sigam outro destino e deixem o Fluminense ser dirigido por quem tenha capacidade de fazê-lo.
    Deu já deu! Pra esses jogadores e essa diretoria amadora!
    ST

  • Fernando Ventura Jr.

    Como pudemos perder para esse time de verde, que rifa a bola a toda hora e só sabe fazer chuveirinho na área adversária?

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Outra para se pensar: Fredependência.

    Em 2010 tivemos um jogador que nos deu um título brasileiro quando o Fred não vinha bem, o Conca, que jogou muito!
    Hoje, quando o Fred não joga, o time é outra coisa, frágil.
    Temos que pensar JÁ em um substituto para Fred.
    Anos atrás, antes dele, eu escrevia que o perfil de ídolo que estávamos precisando era de um baita goleador, carismático, que a garotada pudesse se identificar com ele, e Fred chegou.
    Não sei se tem que vir outro 9 assim com o Fred no elenco (embora o uruguaio comentado com frequência aqui pareça ser um bom nome para compor o elenco e suprir as suas ausências), mas de um meia fantástico como foi o Conca, e na década de 1980, o Romerito.
    Um gringo, com a raça habitual de quem luta os 90 minutos sem admitir perder e bastante técnico.
    Dá para contratar dois caras assim, desde que não se contrate mal e gaste dinheiro com barangas, notadamente daquele empresário que voltou a rondar Laranjeiras.

    • Fernando Ventura Jr.

      Tivemos o Rafael Moura(He-Man), Whashington(Coração Valente), Samuel e Michael substituindo eventualmente o Fred nesses anos. Agora temos Wellington Paulista, Magno Alves e Oswaldo.
      Tivemos a chance de contratar o Seedorf(Holandês) na época da Unimed ainda, mas insistimos com o Deco que só foi bem no carioca de 2012.

    • Fabio DB

      Essa dependência é ampliada para aspectos nao técnicos hoje pois não temos em Cavallieri, Gum e Jean, sem falar em Magno Alves e outros experientes um perfil de liderança.

      Antigamente ainda tínhamos um Sobis ou Edinho que tinham personalidade forte.

      ST

      • Diogo Trindade

        Sóbis era um cara que não poderíamos ter perdido, na baciada do início do ano. Um atacante moderno, raçudo, bom de grupo e identificado.

  • Eduardo Gorges

    Para passar essa vergonha nos jogos que faltam, melhor colocar em campo os jogadores que precisam ser testados para 2016, incluindo os Sub20.
    Só o Johnathan teve esse privilégio ontem.

    Coloca os 2 outros goleiros, os zagueiros que tem que provar que podem ser mantidos, tira o Gum, Jean, Cícero e tantos outros que já se sabe o que podem render.

    O foco é 2016.

    • Vagner Marcolino

      Eu defendi isso desde o início!

  • Paulo Fernandes

    O Fluminense tem de ser passado a limpo.
    Esta estorinha de que moramos que não dependemos de patrocinador é balela. Realmente, poderíamos não depender de patrocinador, desde que tivéssemos pessoas competentes à frente do futebol. Não temos isso.
    PS, MB e FS são muito bem intencionados, mas mostraram que não são do ramo.
    As contratações foram totalmente equivocadas. Hoje assisti o time do Vasco jogar e posso dizer, sem medo de errar, que é muito melhor do que o nosso. O tal do Nenê ainda joga muita bola. Será tão difícil contratar jogadores que podem, de fato, jogar por um time com as nossas tradições ?]
    Ou começamos o ano fazendo uma limpa, que envolve multas rescisórias altíssimas, ou estamos fadados ao mesmo fracasso em 2016.

    • Raul Fernandes

      Paulo:
      E o q fazer com as multas rescisórias altíssimas?
      O W. Paulista foi agraciado com um contrato até o final d 2017 (sic). Era reserva no Coritiba… Quanto custará sua rescisão?

      Mas começo a achar q a pior contratação de todas, mais do q as d João Felipe, Artur, Guilherme Santos, Vítor Oliveira, Breno Lopes, etcs., foi a de Oswaldo.

      Por quê?
      Porquê esses outrora desconhecidos não atuam.

      Já o Oswaldo entrou em TODAS as partidas, seja com o defenestrado “professor” seja com o atual “professor”.

      Sem q os dois “professores” tenham percebido q o Oswaldo – fora o 1º tempo contra o Atl/PR, em q todos estiveram bem, exceção pra confirmar a regra – não está jogando nada há muito tempo.

      O Baptista não falhou uma.
      Rola o segundo tempo e todos temos certeza de q entrará o Oswaldo. Para mudar o rumo da partida?
      Será q o treinador ainda acredita nisso ?

    • Vagner Marcolino

      Paulo, as escolhas do Celso também não era grandes coisas. O Flu sempre oscilou durante todos esses anos. Com raríssimas exceções. E mesmo nessas exceções em geral o ano nunca foi tranquilo. Os anos mais tranquilos foram em 2010 e 2012 que o sofrimento era para vencer, pois as vitórias quase sempre eram sofridas.

  • Fabio DB

    Durante todo o segundo semestre procurei me conter sobre certas críticas que eu mesmo já havia feito anteriormente, por achar o momento indevido e por entender que a vinda do Ronaldinho (que apoiei ) acabou por desconcentrar o grupo. OK.

    Mas a hora de buscarmos ajustes e correções é agora. E nesse caso torna-se necessário reconhecer que apesar de toda organização da área de scout do clube as decisões tomadas com base nesses dados foram no mínimo preocupantes.

    Afinal, se há todo esse amplo levantamento conforme informado pelo Bittencourt hoje e mesmo assim temos jogadores do nível de Breno Lopes ou os zagueiros que nem jogaram, só para dar poucos exemplos, selecionados para CONTRATAÇAO ficam as questões no ar:
    1- Os dados passados pelo scout são mesmo confiáveis e de qualidade ?
    2- As decisões são mesmo tomadas com base nessas informações ou o processo está sendo desrespeitado por algum motivo?

    Seja lá quais forem as respostas uma coisa é certa: há algum problema no PROCESSO DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO de jogadores do clube .

    ST

    • Marco Antonio Barroso

      “se um jogador como o Breno Lopes pode ser considerado o MELHOR lateral esquerdo dentre os jogadores do Brasil e America do Sul, há algum problema no PROCESSO DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO de jogadores do clube .” Se há, e como há!

    • Jefferson Alvares

      Prezado Fabio,
      Perfeito!
      St

    • Vagner Marcolino

      Fábio, talvez o problema não seja os dados mas as opções. Pelas declarações sistemáticas do MB, o Flu buscou contratar, em sua maioria, jogadores a custo zero.
      Nessa linha de raciocínio, vamos por exemplo pensar que eles tenham uma lista de 10 jogadores para lateral esquerda. Das 10 opções, 5 tem um valor que eu não posso pagar; 3 eu posso investir, mas vou comprometer meu orçamento; e dois viriam a custo zero. Então dos dois que são custo zero faço a minha opção.
      Obviamente esses dois não são os melhores e, por conseguinte, o risco de não dar certo é imenso.

      • Fabio DB

        Vagner. Temos centenas de opções de jogadores por posição. Se fossem apenas 10 eu concordaria com a sua proposição. Então não é difícil achar bem melhores do que os selecionados.
        ST.

  • Mauro Carvalho – SP

    PREOCUPANTE SIM.

  • Sergio BindaB

    Como pode o Sport, com um orçamento muito menor do que o nosso, ter um time muito melhor do que o nosso.

    Venho acompanhando o Mateus Ferraz e o Pedro Jeromel há tempos. Ambos estão com 30 anos e jogam mais bola do que nossos dois zagueiros. Mesmo o Marlon, que ainda precisa amadurecer em diversos pontos para se firmar como zagueiro de primeira linha.

    O Danilo Fernandez do Sport é melhor do que o Cava chama gol.

    Porra se fosse nossa direção de futebol teria vergonha de dar qualquer explicação sobre a formação de nosso elenco.

    ST

    • Marco Antonio Barroso

      A ponte também tem um elenco mais barato e faz um campeonato melhor.

      Ah, dê uma olhada no site da adidas e vejas quantos produtos tem o Sport e quantos tem o Fluminense…

      • Caique Maciel

        O exemplo da Ponte Preta sim é interessante.

    • Caique Maciel

      Ter um orçamento menor não significa que estão gastando menos. Os caras abriram o cofre esse ano e a conta vai chegar.

      Hoje, assistindo o jogo deles contra o Grêmio vi no banco de reservas o Hernane Brocador, o Maikon Leite, o Samuel, o Magrão, entre outros.

      Quem está gastando pouco não tem um banco desses.

      • Sergio BindaB

        Samuel e Magrao devem ganhar uma Mariola. Maikon Leite certamente ganha menos que o Osvaldo. O Brocador deve ser mais caro, mas na pior das hipóteses deve ser igual ao Wellimgton Paulista.

        St

  • Sergio BindaB

    Pelo menos continuamos há 9 pontos do Z4. Agora … Como prêmio ao desempenho do time, a nossa maravilhosa e ativa defesa, a nossa eficiência em bolas paradas e as jogadas ensaiadas nos nossos contra ataques daremos um montão de dias de folga a estes muquiranas que só nos desonram em campo.

    ST

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    É outro que se encaixa dentro do perfil de grande meia, realmente!

  • Marco Antonio Barroso

    Em 2005 e precisávamos de um ponto em cinco jogos para irmos à Liberta, e ele não veio.

    • Vagner Marcolino

      Marco, mas cabe ressaltar que nesse ano o nosso Exmo. presidente Horcades deu uma declaração faltando cinco jogos para o final dizendo que após garantir a vaga para libertadores iria fazer uma reformulação total no elenco pensando na libertadores.
      Aí te pergunto: quem iria correr para outros disfrutarem do trabalho alheio?
      O resultado todos conhecemos!
      Lembra?

      • Marco Antonio Barroso

        E se internamente já estiverem rolando boatos de empréstimo? e se o time achar que com 43 estão salvos e podem entrar de fárias?

  • Mauro Carvalho – SP

    Claudio, estou contigo nessa. A montagem do elenco foi muito suspeita mesmo. Os refugos nao podem ser obra de incompetencia, pois qq um minimamente acompanhando futebol nao contrataria certos jogadores ainda mais com contratos longos.
    Tem coisa podre nesse negocio, dividas com empresarios talvez.
    Mario nao tera meu voto.
    A Flusocio, sim, se lancar outro candidato, preferencialmente do blog.

  • Mauro Carvalho – SP

    Ridiculo mesmo, ainda bem que nao vi nem o jogo nem os gols……..recuando ate tomar o gol e ridiculo!
    ST

  • Fabio DB

    Quando em forma foi um dos 2 ou 3 jogadores mais técnicos que vi com a nossa camisa. Superado por Rivellino, Paulo Cesar Lima e acho que só. Se forem levantar a estatística verão que com ele em campo perdemos pouco.

    ST

  • Sergio BindaB

    Para a reserva é melhor do que Wellington Paulista e Magno Alves. É muito mais barato…

  • Jefferson Alvares

    Prezado Estevão,

    Não sei se existe este consenso que você cita.

    ST

  • Vagner Marcolino

    O que mais me preocupa são as entrevistas do MB achando que o ano está sendo bom. Para falar a verdade ele me preocupa desde a derrota para o América RN com aquele discurso de ser natural.
    A cada fracasso o discurso se repete. A capacidade de reconhecer que fez péssimas escolhas de jogadores também. Como eu não tenho contato pessoal confesso que tenho dúvidas se a sua entrevista é fruto de sua convicção ou discurso de dirigente para mídia.
    Porque na boa eu até consigo entender o Breno, mas o Wellignton Paulista.
    Eu entendo até a contração do AC, mas se desfazer do Biro Biro e contratar o Lucas Gomes, depois Osvaldo.
    Essas incoerências me deixam confusos.
    Eu contrato o Magno Alves para ser o matador na ausência do Fred. Depois o Magno não vai ser reserva do Fred, na verdade ele pode jogar junto com o Fred. Mas analisando melhor não dá para jogar junto e nem serve para ser reserva. Então eu contrato o WP porque esse sim será o reserva imediato do Fred, mas o Michael em duas ou três semanas estaria disponível para jogar.
    Parece que eles estão perdidos. Mas ele dá uma declaração que a base será o elenco de hoje, só com algumas contratações pontuais.
    Então ele está satisfeito com elenco?
    Sinceramente não sei o que pensar!

    • Marco Antonio Barroso

      Ele está jogando para a galera, fazendo politia, e da ruim. Se ele torce para o Fluminense mesmo, ele sabe que o ano não foi bom e que ele e o seu scout encareceram, desnecessariamente, o elenco.
      Que ao invés de melhorar o desempenho, depois das contratações horrorosas, a coisa só foi piorando.
      Tem muita gente por aqui que diz que gente não poderia falar, pois não tem experiência no futebol; então o Mário e o Simone não poderiam exercer as funções que exercem, pois demonstraram tanta inexperiência quanto a maioria daqui, só que uma soberba imensa.

  • Jorge Eduardo

    Manda o Jean e o Oswaldo / WP e MA e traz o Manoel e o Elber, trazemos 2 e nos livramos de 4, mas acho que os scouts deles não iam aceitar, temos que mandar os scouts, o MB e o FS pra lá primeiro.

    • Eduardo Gorges

      Manda também o WP e o Magnata, sem nada em troca.
      Só de baixar a folha já vale a pena.

  • Jorge Eduardo

    Nem eu, e nos últimos jogos toda vez que jogamos em casa contra times mais fracos perdemos. Preocupante, torcer pros do Z4 perderem na próxima rodada, mas terão 2 jogos entre eles Goias e Figueirense, esse tem que dar empate, e Avaí e Joinvile, empate ou vitória do Joinville, ficaríamos 8 pontos na frente, se o Wasco não ganhar do Curinthians, torcer pra isso… Ganhar ou empatar com o Grêmio na próxima rodada vai ser muito difícil.

    É revoltante ver o nosso time perder 2 jogos no Maraca e jogar fora 6 pontos, tivessem ganho 1 e empatado o outro e já estaríamos matematicamente garantidos.

  • Diogo Trindade

    Bem, tem o Jonathan que estreou bem final de semana passado, veio de time grande… Talvez se firme pra LD. Ainda acho que precisaremos de um LD reserva, ao menos eu não conto com o W. Silva. Aproveitaria que está terminando contrato, e daria adeus.

    Pra LE, tem aquele garoto que teve uma fratura na perna, e ele não comprometia. Giovani, acho. Mas precisamos de mais um, de preferência melhor do que ele, no mínimo alguém do mesmo nível. Breno foi uma brincadeira de péssimo gosto. Léo Pelé e o Airton acho que podem se revezar ali no banco, caso não consigamos comprar alguém. Lembro que o Léo foi bem, e acho que com mais um pouco de vivência no profissional rouba a vaga de titular.

    Eu me preocupo em saber o que aconteceu com o Edson. Ele era um dos nossos jogadores mais regulares, um leão em campo.

    • René Galvão

      Diogo,
      As notícias que saíram até agora é que a renovação do Wellington Silva é praticamente certa. É brincadeira ou não é ??!!!

      Como defender nossos gestores de futebol se os caras não mostram um sinal de melhora ??!!!

      Renovar com o Wellington Silva, ao meu ver, é uma PÉSSIMA ação. O cara simplesmente não jogou nada o ano inteiro e no final do ano tem seu contrato renovado… que tristeza desse nosso departamento de futebol.

      Como você bem disse o Jonathan estreou bem e é um jogador de qualidade, porém ficou muito tempo parado e ainda há dúvidas sobre sua real condição física, portanto temos que ir ao mercado e buscar um jogador para disputar posição com ele.

      LATERAL DIREITA para 2016:
      – 1 reforço
      – Jonathan: fica
      – Renato: sai
      – W.S.: sai

      • Gustavo Marsan

        É este tipo de coisa que a gente diz que fazem sempre o contrário das nossas opiniões aqui.
        NINGUÉM aguenta mais o Wellington Silva. O contrato dele acabou, fácil….deixa ele ir e pronto!
        Mas não, vão fazer igual fizeram com A. Carlos, V. Oliveira e outros…renovar por outroS anoS.

      • Fabio DB

        Me permita discordar.

        Tem muita gente “famosa” na fila antes do W. Silva. Dentre eles Jean e Gum. Justamente alguns dos que mais se esperava mas erram quase sempre, seja por falta daquilo roxo, seja por ação errada ou omissão.

        ST

        • René Galvão

          Fabio,
          Concordo que precisamos nos desfazer de outros jogadores, mas como disse muito bem o Gustavo no comentário abaixo, o contrato dele acabou, deixa ir e ponto.

  • Diogo Trindade

    Gosto do Gerson, é da nossa base, é jovem de boa técnica, mas basta.

    Não vai estar aqui ano que vem, já foi vendido. É novo e está com a cabeça na Itália, além de ter aquele pai mãe de miss falando bosta na cabeça dele.

    Que se escale alguém que possamos aproveitar no ano que vem. Nada de improvisação nesses últimos jogos. Se não temos um lateral esquerdo confiável, poe o Airton pra jogar ali.

    Dá experiência para a molecada saída da base, dê oportunidade aos que tem contrato e que foram pouco utilizados.

    Usemos esses últimos 4 jogos para preparar a barca.

    • Rogério Barbieri

      Diogo, eu ia fazer um post sobre isto.

      Os próximos 4 jogos são para preparar o time versão 2016.

      Daria férias para aqueles que serão aproveitados em 2016.

      Iniciaria a pré-temporada antes.

      Vamos pagar mico internacional no ano que vem novamente.

      Seremos o patinho feio internacional.

      O time fraquinho que leva surra em todos os jogos na Disney novamente???

      • Marco Antonio Barroso

        Se a coisa continuar como está, perder de 3 vai ser pouco. Vamos ser o verdadeiro parque de diversões para os outros times.

        • Rogério Barbieri

          Marco Antônio, adorei o teu otimismo. Com o sistema defensivo atual, perder de 3 seria algo muito sensacional. Nós temos time para levar 5 gols em cada tempo fácil.

      • Eduardo Gorges

        Eu apoio incondicionalmente.
        Antecipar pré-temporada!

  • Fabio DB

    Nosso elenco é bom.

    No entanto, o desequilíbrio observado é tão grande em certas posições, e tendo em vista que alguns dos contratados nem jogaram, está CONSTATADO sério problema de scout/seleção /contração de jogadores.

    Se o processo de contratação tivesse o nível de qualidade esperado estaríamos na final da COPA DO BRASIL e no G4.

    Quanto ao passado : era muito pior que hoje. A diferença era o investimento muito maior. Mas quase caímos umas 6 vezes de 2000 até 2014. Mais sério mesmo só entre 2010 e 2012. A feira de jogadores foi explícita praticamente esse tempo todo.

    ST.

  • Marco Antonio Barroso

    E, para piorar, o time do furico vai ficar na primeira divisão.

  • Marco Antonio Barroso

    Com certeza, hoje eu não saio de casa (ou mesmo que fosse possível o voto a distancia como, é no inter) para votar no Mário.

  • Milton Moura

    VERGONHA ,VERGONHA VERGONHA E VERGONHA 04 DERROTAS P CHAPECOENSE…

  • Milton Moura

    Atenção geral ,risco de REBAIXAMENTO a vista . Triste …

  • René Galvão

    Na minha visão, o trabalho mais difícil para nossos “gestores” do futebol nesse final de temporada e um dos mais importantes, é tentar se desfazer das péssimas aquisições que foram feitas este ano e de alguns outros que estão no elenco (jogadores com contratos longo).

    Se conseguíssemos nos desfazer ou emprestar jogadores como Wellington Paulista, Henrique, Antônio Carlos, Magno Alves, aliviaríamos bem a nossa folha de pagamento e abriríamos espaço para novas aquisições.

    Se este trabalho não está sendo planejado ou já sendo executado, é que o negócio anda pior do que parece.

    • Fabio DB

      É isso mesmo, vamos corrigir! Vamos melhorar!!

      É o que eu espero da Diretoria. Eu sempre penso que não há perfeição no mundo. Óbvio.

      Então, erros podem ocorrer, no entanto espera-se que sejam corrigidos de forma que o FFC possa evoluir positivamente e continuamente, como todos nós queremos. Doa a quem doer.

      ST

  • Fabio DB

    Precisamos mudar a “espinha dorsal” quase toda. São jogadores perdedores por natureza. Entram e saem de um jogo sempre COM A MESMA CARA: Cavalliere, Jean e Gum. Cara de paisagem.

    Dos 4 só o Fred seria titular, tem atiitude vencedora de fato.

    ST

  • Fabio DB

    Precisamos mudar nossa “espinha dorsal” quase toda.

    Pois são jogadores perdedores por natureza. Entram e saem de um jogo sempre COM A MESMA CARA: Cavalliere, Jean e Gum.

    Aquela cara de paisagem. De peixe morto. Reparem bem.

    São jogadores que dependem 100% de outros “puxando”. Nunca podemos depender deles. Eles não empurram ou dão segurança ao time/jovens. Sempre que precisamos mesmo, somem.

    Dos 4 da espinha dorsal só o Fred seria titular, só ele tem atitude de campeão/vencedor. O FRED CARREGA ESSES 3 NAS COSTAS. Assim não há como termos um time competitivo, com tanta dependência (técnica/emocional) de um jogador apenas.

    ST

    • Raul Fernandes

      Fábio:

      O q poucos se lembram é q Gum quebrou a perna em dois lugares, após entrada criminosa (não punida) de defensor do Atl/PR, em Curitiba, no ano passado, nos 3 a 0 da melhor partida do Flu em 2014.

      Até ali, Gum estava “voando” e talvez fosse o jogador em melhor forma do elenco. No mesmo jogo, vinha atuando em alto nível.
      Um atleta recuperar disso é complicado. A firmeza na perna fraturada não deve ser a mesma.

      Desse “acidente” surgiu Fabrício, invenção do professor C. B., q deu no q se viu.

      • Fabio DB

        Raul, eu sempre achei o Gum um sujeito fora de série, mas um jogador médio, para reserva do Flu. Não sei como foi titular por tantos anos. Só mesmo no FFC do Celso e agora na transição. Acho que chega. É banco.

        Jogou bem em alguns jogos, mas sempre quando é necessário tomar decisões rápidas ou quando vem um bola alçada ou rasteira ele se “embanana” todo.

        Ele errou em outros lances no sábado que não foram gol. Eu vi pois estou de olho nele o tempo todo. Quase sempre mal posicionado, marcando a bola. Não aprende.

        ST

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    E nível de exigência da torcida esta baixíssimo, tricolor se dando por satisfeito por ganhar do Wasco, não ser rebaixado, ganhar do burro negro, que “talvez” tenhamos acertado o professor, etc………

    Eu quero ver um FFC brigando em cima, com um elenco sério, com uma gestão de futebol compromissada com o clube, o restante é consequência.

    • Rogério Barbieri

      O futebol brasileiro carece de profissionais qualificados a implantar a marcação mais avançada. A marcação orientada a encurtar espaços.

      Se um clube europeu de 1ª linha jogar contra o Fluminense teremos um derrota tão vergonhosa que não dá para definir o placar.

      É como colocar 2 carros para competir. Sendo um carro um Fusca 1947 contra
      um Hennessey Venom GT. Enquanto em 13,63 segundos o Hennessey Venom GT chegaria a 300 km/hora, o Fusca só teria chegado a 100 km/h depois de 30 segundos.

      Obviamente, a marcação não é tudo, para transformar em um time de 1ª linha, mas é o início.

      Não podemos continuar com um Pedro Bó posicionado a 10 metros da última linha da defesa. Não me venham com papo de que o Pedro Bó fica na sobra, pois isto não existe.

      Nosso Pedro Bó vive dando condições para todos os times invadirem em direção ao gol.

      Um pouco de inteligência salva uma defesa.

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    Acertamos três novas contratações : Jabá, Jabazinho e Jabazão.

  • Raul Fernandes

    Paulo:

    O treinador não pode ser eximido de sua parcela de culpa pelo q vem acontecendo. Não são só os atletas os responsáveis.
    Alguns comentários estão esquecendo dele.

    As bobagens q o “professor” atual vem cometendo, com certa assiduidade, não o credenciam a ser o cara q mudará essa situação.
    Suas indicações não terão credibilidade.

    Aquela de não treinar pênaltis na véspera da semifinal e aquela outra da lista de batedores, com jogadores exaustos na frente, são indefensáveis.

    Fora as mexidas q o prof. C. B. “assinaria” com orgulho.
    E o Palmeiras é aquilo q se viu ontem.

    • René Galvão

      Além de escalar o péssimo Wellington Silva na esquerda e dar seguidas chances ao Osvaldo (em todas foi muito mal).

      Eu, sinceramente, tenho minha dúvidas com esse treinador.

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Raul !

      Com este Sindicato somente um técnico “pica”, para se impor e EB como técnico é muito novo, experiência somente no Sport.

      Gérson jogador do Roma, treinando no time titular do FFC, WSilva na esquerda é bizarro, põem o Ayrton, para analisar o moleke.

      Agora sem pressão, coloca para jogar Nogueira, Douglas, Breno (sub 20), Bonilha, Marquinhos, etc…..

      Vi agora que o Denílson, emprestado ao Granada da Espanha no início do ano, não está mais registrado como atleta do FFC, foi vendido??

  • René Galvão

    Alguém sabe dizer se o meia esquerdo Eduardo que veio dos juniores do Fluminense e que atualmente está jogando no Bahia (titular) ainda é do Fluminense ?

    Acho que esse jogador seria uma boa para compormos nosso elenco. Jogador jovem e de qualidade. Não sou fã do seu estilo de jogo, acho um pouco lento, sem muita dinâmica, mas pelo que vi até hoje, tem visão de jogo, qualidade no passe e bom chute.

    Para um meio campo que ficará sem o Gérson e, talvez, o Vinícius, me parece uma boa contar com ele no elenco para o ano que vem, principalmente se olharmos também o lado financeiro.

    Caso ele ainda seja do clube, não me parece lógico tentar contratar o reserva do América MG tendo este jogador como opção.

    • Vitor Perez – Resende – RJ

      O Eduardo que conheço joga no Ceará, é é do flu ainda. Está jogando muita bola. Acredito que seja melhor que vinicius

      • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

        Vitão, saiu do Ceará, foi para o Joinville e agora no Bahia, emprestado até 30.11.2015.

        René, como está emprestado, não dá para ver o término do contrato.

      • Marco Antonio Barroso

        Ms jogar muita bola no Ceará parece que não é difícil, veja por exemplo o Magno Alves, lá era artilheiro…

    • Marcelo

      Acho ele enceradeira… Bem fraquinho. Mas é questão de opinião claro.

  • Ricardo Guerreiro

    Meus caros, nosso elenco não é bom. Não sou eu que digo isso, mas os resultados! Vejam vcs que estamos torcendo para a permanência do Vinícius. O que fez este rapaz de diferenciado em nosso time? Absolutamente nada! Alguns lampejos de bom futebol e só! Imaginar que um meio campo com Scarpa e Vinícius vai dar caldo é surreal. Precisamos de um 10 diferenciado e com urgência. Precisamos de um zagueiro para escolher camisa. Precisamos de um Elias. Precisamos de um centroavante. Nosso laterais esquerdos serão Giovanni, a tartaruga em forma de gente e Léo, que por enquanto é só uma promessa. Já estão maravilhados com o Jonathan, que fez uma partida mediana. Como disse o Cavalheiro, nosso nível de exigência está muito baixo. Pelo andar da carruagem, 2016 vai ser emocionante. Não vai adiantar escrever preceitos de livros de auto-ajuda por aqui não.

    • Marco Antonio Barroso

      Sem as bagaças contratadas pelo Mário, sim ele é quem dá a ultima palavra, teríamos um time mediano, mas não um time bom. Um bom time estaria, nesse campeonato nivelado por baixo, entre os 5 primeiros, com certeza.
      Se a gente pegar esse curinthians de hoje, ele não é melhor nem que o Fluminense de 210, 2011 e 2012, logo é um bom time, não um ótimo time. Mas está organizado e equilibrado, além de ter um bom técnico, que não nenhuma sumidade, mas por estudar mais do que os outros. parece muito melhor… coisa que não, pois se fosse estaria, no mínimo, treinando um time médio europeu.

  • Eduardo Gorges

    FÉRIAS JÁ, início de preparação física em Dezembro (daqui a um mês, mesmo com a inevitável parada entre o Natal e Ano Novo).

    Termina o ano jogando com:
    Julio César;
    Johnathan (está precisando de ritmo);
    quaisquer dois outros zagueiros que estejam nos planos para 2016 (exceto Marlon e Gum);
    Ayrton ou Léo;
    Edson, Douglas;
    Robert, Vinícius (ou talvez Higor Leite);
    Lucas Gomes e o filho do Magno Alves, que já deve ter idade para jogar.

    • Fernando Ventura Jr.

      Apoio, mas praticamente impossível por várias razões:
      1- Os jogadores mandam no clube. Assim Fred e a maioria vai querer jogar e curtir as férias de janeiro;
      2- Dar férias agora, significa usar reservas e isso remeteria para a diretoria como perda na bilheteria e para a imprensa como uma desvalorização do campeonato e como desrespeito ao Vasco.

  • Fabio DB

    OK! concordo que é uma possibilidade. Por isso coloquei a pergunta:
    “2- As decisões são mesmo tomadas com base nessas informações ou o processo está sendo desrespeitado por algum motivo?”

    ST

  • Rogério Barbieri

    Qual é o preparativo do Fluminense para trazer a equipe campeão brasileira de SUB20 para assumir o time profissional daqui há 2 ou 3 anos?

    Fluminense deveria ter um convênio, por exemplo, com o time de Brasília de Basquete.

    Aí, o Fluminense passaria a ter um time de basquete competitivo e o Brasília passaria a ter um time de futebol.

    No basquete teríamos condições de aparecer mais na televisão, visto que este esporte é palco de interesse da Globo, tanto é, que a emissora aporta muito dinheiro no Flamengo para garantir um grande número de espectadores e em contrapartida, melhores anunciantes.

    Bom, se não for o Brasília, que foi um exemplo, existe uma infinidade de oportunidades. Outro exemplo, é verificar o interesse em criar uma identidade do Fluminense com determinadas localidades. Como por exemplo, o Sul ou Sudeste do País. Podíamos fazer uma parceria com a Portuguesa de Desportos.

    A Portuguesa de Desportos é um clube que tem o carinho dos paulistas, tem um estádio e está quebrada porque um clube muito popular a subornou para poder evitar o rebaixamento.

    Fazendo um convênio com a Portuguesa de Desportos, o Fluminense teria a vantagem das cores dos clubes. Enfim, teríamos a chance de esclarecer e estabelecer um vínculo fortíssimo.

    Na verdade, o melhor clube parceiro para o Fluminense seria a Portuguesa de Desportos.

    • Marco Antonio Barroso

      Depois de 2013 acho impossível parceria com a portuguesa de são.

    • Fernando Ventura Jr.

      Eu preferia apostar no Volei do que fazer figuração para o Flamengo.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan
  • Raul Fernandes

    Mas reconheço q vc é uma merda, q se esconde atrás de pseudônimo pra vomitar ofensas aos outros.
    Não o Magno. Ele marcou 115 gols pelo Flu.
    Vc não fez nada melhor.

    Aliás, esse seu ódio pelo Magno é suspeitíssimo. É algo pessoal…

  • Marco Antonio Barroso

    E o Cristóvão Borges, vai bem?

  • Alexandre Magno Barreto Berwan
  • Fernando Ventura Jr.

    Acho que o Fluminense deveria tentar ficar com o Cícero e, como disse um colega, tentar usar o Edson na zaga.

    Um dos problemas quando se quer diminuir o elenco após um ano ruim é, além de se desfazer de jogadores que não servem, mandar jogadores que foram bem, ao menos no final do campeonato como é o caso do Cícero. Sei que o salário dele é alto, mas vamos fazer força para mantê-lo e se for o caso de sair que saia em uma boa negociação.

    Júlio César,
    Jonathan, Marlon, Edson e Leo
    Cícero, Rodrigo(Pierre), Scarpa e Vinicius,
    Biro-Biro e Fred

  • Marco Antonio Barroso
    • Diogo Trindade

      Eu duvido que Jean e Cícero saiam. No máximo 1, se vender por um dinheiro bom.

      • Jefferson Alvares

        Prezado Diogo,

        Apesar de não achar o Jean ruim como a maioria, o ciclo dele se encerrou, e não existe mais clima para ele aqui.

        Por outro lado, acho que devemos manter o Cicero.

        St

  • Ricardo Guerreiro

    Decididamente somente o Eduardo Uram tem “grandes jogadores”. A bola da vez é O Rodrigo, do Goiás, empresariado por ele. O nosso “scout” é muito interessante. Só indica jogador do Uram. É muito eufemismo para um clube só!

    • Marcelo

      Tá ESCANCARADO que alguma coisa não tá batendo… Isso precisa ser urgentemente esclarecido!

    • Fabio DB

      Seja lá de de onde vier deve ser apresentado a torcida explicando DETALHADAMENTE quais as qualidades (chute, marcação, velocidade, habilidade, força, etc) de destaque desse jogador e que fizeram o clube a investir no mesmo.

      Ou seja, se não for EXCELENTE jogador não há justificativa alguma para se contratar. Ficamos com a base.

      ST.

  • Fabio DB

    Caros tricolores, muito cuidado com certas abordagens do tipo: TUDO é ruim, TODOS são ruins, NADA presta, etc. Isso não é verdade.

    Há diversos bons jogadores no elenco e outros regulares porém bastante úteis.

    O problema está em ALGUMAS posições carentes há tempos, os jogadores já desgastados (alguns até com passado respeitável de conquistas) e a falta de jogadores com maior liderança e atitude firme para dividir com o Fred.

    Sem desespero, sem pânico ou similar. Mas com a atenção devida corrigimos fácil isso. É SÓ QUERER E CORRER ATRÁS.

    Minha preocupação, no momento, é se a diretoria de futebol será mesmo capaz de fazer essas contratações pontuais para 2016. Afinal, nesse ano de 2015 vimos erros crassos (já comentados) especialmente nas apostas absurdas.

    ST

    • Jefferson Alvares

      Prezado Fabio,

      Também acho que temos um elenco acima da média, mas que precisa ser corretamente reforçado, bem como oxigenado, negociando determinados jogadores que já terminaram seu ciclo aqui e estão desmotivados.

      Por outro lado, não vejo com muito ânimo que esta reformulação seja bem feita com esta atual gestão de futebol. Na minha opinião falta experiência a esta gestão para fazer o que de fato precisamos.

      St

      • Fabio DB

        Caro Jefferson, complemento minha posição numa resposta para Mauro Carvalho, acima.
        ST

    • Flavio Chammas

      Fabio ta dificil aqui, tem uns escalados por todos para sair, mas não é assim que funciona.

      Acho que o Mario e o Fernando perderam a mão, se empolgaram um pouco, mas vão consertar.

      A jogada R10 era para se consagrar como candidato, mas não deu certo e foi consertada sem prejuízo.

      Vai haver barca, media eu acho, e possíveis vendas ou trocas.

      Só não funciona como o povo quer, tem que ser com jeito para não desvalorizar a mercadoria.

      Jogador gosta de jogar e se aparecerem ofertas, preferem ir para jogar do que ficar sem nem ser relacionado.

      Ainda acho que temos uma boa base, devem subir uns garotos para compor, e ver os que voltam de empréstimos.

      Tudo com calma e precisão(o que não houve este ano, repito, eles se empolgaram.

      Agora hora de acertar.

      A BENÇÃO JOÃO DE DEUS

    • Mauro Carvalho – SP

      Fabio, concordo com você, mas acho que essa diretoria ABUSOU de errar.
      O ciclo deles deve se encerrar para as mudanças acontecerem.
      Chega de MB e FS.

      ST

  • Fabio DB

    O problema maior do Gum é seu baixo entendimento do jogo (posicionamento) e lentidão na tomada de decisão/antecipação. Sempre foi assim. Quando ele começa a pensar, já foi. Não é problema físico.
    ST

  • Sergio BindaB

    Só a Globo pra fazer homenagem ao Ezio começando com um Fla Flu que empatamos e na sequência outro que perdemos e o Flamengo foi campeão carioca de 1991. Parecia homenagem ao Júnior.

    Só a Globo mesmo…. Ridícula!!!

    ST

    • Jefferson Alvares

      Sempre nos sacaneando…

      Vocês viram o Sportv da hora do almoço de hoje nos sacaneando com uma analogia irônica de Barcelona com o Chapecoense? Falaram que para a torcida do Fluminense o Chepecoense era o Barcelona e ai colocaram os gols da
      Chapecoense com o áudio de “Gol do Barcelona…”.

      São uns babacas que estão tempo todo nos sacaneando de forma escancarada!

      ST

      • Fernando Ventura Jr.

        E cadê a reclamação da dupla Peter/Mário? Será que o responsável do SporTv disse que tinha bebido além da conta e aí foi perdoado?

      • Sergio BindaB

        Mas e tão ridículo que chega a ser hilário. Eu só vi até o gol por cobertura do Ezio. Parei ali. Incrível como é baixo o nível de determinadas instituições brasileiras, dentre elas a imprensa, a câmara de deputados e o senado. Os caras não evoluíram com o mundo. Continuam achando o Eurico o máximo e que o futebol se resume a Corinthians e Flamengo. Por isto perdemos de 7 a 1 e nas categorias de base é um pau atraz do outro. Me espanta a condescendência da Globo com Marin, Del Nero e principalmente com o Ricardo Teixeira.

        ST

        • Mauro Carvalho – SP

          Sao coniventes com o jogo sujo…

          • Sylvio Montenegro

            A Globo não é só conivente, ela é participante. Pior, é ela que entra com a grana que financia o jogo sujo e a corrupção.

    • Mauro Carvalho – SP

      Binda, eles não querem lembrar, mas nós lembramos. Veja abaixo texto do Marcelo Savioli. Abraço.

      Super Ézio, lembranças de uma estrela na tormenta e de um rival atormentado
      Quatro anos depois da passagem do ídolo, vinte e um anos após a celebração de um hábito

      O Fluminense viveu uma situação inusitada no início da década de 90. Depois de dezesseis anos de conquistas, entre 1969 e 1985, com dois Brasileiros e nove Estaduais, o Flu se manteve competitivo. Chegou às semifinais do Campeonato Brasileiro em 1988 e 1991, sendo derrotado por Bahia e Bragantino.

      Ainda que competitivo naquele período, o Fluminense, que atravessava permanente crise financeira, se desfocou de sua essência. Foi no início da década de 90 que o outrora freguês, Vasco da Gama, virou algoz. Alguma coisa estava fora da ordem. Foi nesse período que surgiu Ézio no Fluminense. Batizado por Januário de Oliveira de “Super Ézio”, o super herói tricolor, como dizia o narrador, Ézio conseguiu a proeza de se tornar ídolo da torcida do Fluminense em uma época de fracassos, um deles, a derrota para o Inter na final da Copa do Brasil, com a mão do árbitro José Aparecido de Oliveira, que inventou um pênalti aos 41 minutos do segundo tempo, que daria ao Colorado o gol do título.

      Teria sido o primeiro grande título de Ézio pelo Fluminense. Este só veio em 1995, no famoso episódio do gol de barriga. Foi também o ano da despedida do super herói tricolor, que viveu um período em que o Fluminense viveu sempre muito próximo dos títulos, mas, ao contrário de outros tempos, parecia não ter braços suficientes para alcança-los. Mesmo assim, além de vice da Copa do Brasil em 1992, vice estadual em 1991, 1993 e 1994 e campeão da Taça Guanabara em 1991 e 1993, Ézio colecionou alguns feitos pessoais, como ter marcado 118 gols em 136 jogos, sendo o décimo maior artilheiro da história do clube.

      Um dos feitos que o notabilizou foi o desempenho nos Fla-Flus. Foram 12 gols marcados no rival, sendo o terceiro maior artilheiro da história do Clássico dos Clássicos. Amanhã, 10 de novembro, completar-se-ão 21 anos de um dos muitos divertidos capítulos da história de “Ézio e os Fla-Flus”.

      No dia 10 de novembro de 1994, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, com o Maracanã recebendo público diminuto, já que os dois clubes passavam por um mal momento na competição, coube a Ézio alegrar a festa, uma festa da qual se habituara a ser protagonista.

      Luiz Henrique, contratado para ser o grande nome do Fluminense, mas sempre às voltas com contusões, abriu o marcador no primeiro tempo. No segundo, Ézio ampliou de cabeça, um de seus muitos recursos na grande área. No terceiro, já no apagar das luzes, o Tricolor teve pênalti a favor. Ézio cobrou e fez. O árbitro mandou repetir por causa de uma invasão de área. Ézio cobrou novamente e marcou o terceiro gol do passeio tricolor sobre o rival.

      Completam-se hoje quatro anos da passagem de Ézio, uma estrela que brilhou na tormenta cultivando o hábito de atormentar um rival.

      Por: Marcelo Savioli

      • Sergio BindaB

        Pois é Milton, mas me impressiona a cara de pau desta imprensa esportiva. Uma homenagem póstuma a um ex atleta do Fluminense e num espaço tricolor para tricolores passa a ter o Flamengo como protagonista… Surreal!!!

        ST

  • Flavio Chammas

    fILIPE VIMOS OS MESMOS JOGOS MAS E FACIL CULPAR O gUM(ELE ESTA MAL MAS NÃO JOGA SOZINHO)

  • Mauro Carvalho – SP

    ALGUMAS CONTRATAÇÕES FORAM SUSPEITÍSSIMAS.
    ST

  • Mauro Carvalho – SP

    Amigos, peço aos gestores desse fantástico grupo FLUSÓCIO, 2 favores em nome do nosso Fluzão:

    1 – Não deixem o MB e o FS planejarem 2016, muito menos que continuem na Diretoria do Futebol Profissional do Clube – essa é uma mudança necessária;

    2 – Por motivos óbvios, indiquem candidato do Grupo para Presidência.

    Estou fechado com vocês, por tudo de bom conseguido, mas o MB não leva meu voto.

    ST

    • Fabio DB

      Mauro, compreendo e compartilho da sua preocupação.

      Mas avalio o trabalho do Mario Bittencourt de forma diferente.

      Observei os seguintes aspectos positivos:
      1- estrategicamente falando ele muito feliz nas negociações para a manutenção de jogadores importantes em momento crítico de 2014-15, onde a instabilidade imperava. Ele colocou ordem na casa no que se refere ao futebol. Por pouco não ficamos sem time, pois o Celso queria rescisão imediata de todos os unimed boys. Foi difícil.
      2- em tese, apostou corretamente em novos nomes que deveriam ter se destacado segundo o “scout” passado. Também acertou ao buscar balancear experientes com o pessoal da base, no segundo semestre. Tudo certinho, como manda o figurino.
      3- Foi ousado ao tentar um Ronaldinho que já estava aposentado, mas enganou a todos. Se sperava 50% do Ronaldo original, o que seria 200% a mais que qualquer meia atuando no Brasil. Foi rápido ao corrigir e de comum acordo. Algo raro.
      4- Ganhou também a confiança de todo o grupo, exercendo liderança positiva.
      5- Atuou como excelente porta voz do clube. E demonstrou alto interesse pelo sucesso do FFC em 2016. O cara se envolveu fortemente.

      Esses foram os ponto positivos que lembro agora. Importantíssimos!!!!

      Os negativos, no entanto, pesam bastante também.

      Pois se relacionam às contratações sem sucesso, algumas sem lógica.
      Isso gerou impacto técnico negativo pesado nos resultados da equipe.
      Além do mais gerou uma perda de credibilidade no trabalho da diretoria de futebol.

      Para mim, o Mario, como qualquer executivo, toma decisões baseadas em relatórios de seus subordinados ou delegados. Ele NÃO TEM TEMPO de ficar no dia a dia do clube, 7 dias por semana. Até porque também é advogado do clube.

      Dessa forma, acho que o trabalho dele foi muito prejudicado pelo trabalho do Fernando Simone e dos técnicos do scout subordinados a ele. Me lembro do Simone falando de como sugeriu o Drubsly, de como estava atrás do Breno Lopes há tempos, etc. O Simone me parece um cara totalmente teórico.

      Como essas premissas, acho que o trabalho do Mario foi bom e do Fernando muito ruim. Precisamos de um PROFISSIONAL de campo e bola para diretor.

      Então, eu manteria o Mario no comando, mas contrataria um novo Diretor de Futebol estilo RICARDO GOMES, que conheça profundamente futebol, chega de teoria e que não tenha os vícios de outros equivalentes manjados por aí.

      ST

      • Mauro Carvalho – SP

        Fabio, acho que houve acertos sim, principalmente na transicao.
        Quanto a defesa institucional, como advogado remunerado e obrigacao dele fazer.
        Como advogado, os contratos das barangas também passaram por ele, que, em zelo ao nosso caixa combalido, NUNCA poderia ter aceito vigencias longas e renovacoes sem sentido como a anunciada renovacao de W.Silva .
        Considero ele irresponsavel nestas avaliacoes, por melhor que tenha sido até bem intencionado.
        So esses motivos de ordem financeira ja o desqualificam para a funcao de diretor de futebol ou presidente.
        Qualquer profissional que decide por um contrato tem obrigacao de mitigar riscos antes de assinar.
        Por isso, apesar das boas intencoes, ambos MB e FS precusam sair de onde estao.

        Nao nego a importancia do MB no juridico, onde ele deve ficar.
        As decisoes erradas vao nos custar dinheiro e sofrimento.
        Por isso nao voto nele, mas voto n a Flusocio se indicar alguem.
        Abraço

        • Fabio DB

          Mauro,

          A questão é saber se esses tais valores e durações falados pelos netflu da vida são verdadeiros ou não.

          Muito se falou por aí. Mas até hoje todos os boatos que vimos foram categoricamente desmentidos. Um famoso foi na demissão do Cristovam que inventaram que o FFC iria pagar cerca de 2 milhões e depois se viu que era apenas o aviso prévio.

          Então, ficamos com base nas suposições, eu imagino que o Mario não tenha feito loucuras. Seria um contra senso, uma decepção, pois o mesmo Mario peitou o Celso Barros não fazem 12 meses, exigindo uma bela grana para o Flu liberar jogadores como Conca e outros. Os anteriores, como Sandrão, não perderiam 1 segundo antes de liberar tudo “free” pro Celso-unimed.

          De qualquer forma, só mesmo estando lá dentro para saber. Quem sabe o pessoal da FLUSÓCIO nos dá o prazer de tirar essas dúvidas, divulgando algumas informações. Sobre renovação de contrato de jogadores tarimbados eu não entro no mérito pois acaba sendo subjetivo.

          Mas tenho obviamente que concordar contigo sobre salários e duração de contratos. Se foram feitos de forma ilógica e acima do mercado temos uma situação de impedimento do Mario.

          ST

          • Mauro Carvalho – SP

            Seria bom, para esclarecimentos, os desmentidos dos fatos citados, mas isso nunca acontece…quem cala, consente.

            Abraço

  • Marco Antonio Barroso

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Fernando Ventura Jr.

    Minha barca seria: Gum(tem que sair porque se ficar os técnicos o escalam), Welington Silva(peladeiro, falha na defesa e não é efetivo no ataque), Jean(bom, mas já esgotou o seu ciclo) e todos que a dupla MB/FS(Renato, João Felipe, Breno, …Lucas Gomes, Magno Alves) trouxeram, exceto Vinicius, isto se não pedir absurdo para renovar e talvez Oswaldo(tenho esperança que ano que vem melhore).

  • Fernando Ventura Jr.

    Eu acho que eles sabem. Quem se vende não pode acusar quem o comprou, a não ser que fosse uma espécie de delação premiada. A sair o que você diz, aí é que a imprensa vai especular que estava no acordo do Fluminense com a Portuguesa.

  • Raul Fernandes

    Paulo Cavalheiro:

    Esse cara q criticou vc e ao Marco Antônio Barroso, hoje, não existe.
    Ontem, foi contra o Renê Galvão, com outras ofensas.

    Esconde-se atrás de um pseudônimo ridículo porque tem vergonha do próprio nome, pelo caráter q deixa transparecer através de seu Português primário.

    Apareceu há pouco no blog vindo da natação (segundo ele). Deve entender desse esporte, do qual se considera um herói tricolor. Desconhecido, claro.
    Pois em futebol é cego. E amador.

    Talvez tenha prestígio com algum moderador, q deixa passar ofensas em baixo calão além do desrespeito a blogueiros e a profissionais q deram muito ao FFC.

  • Fabio DB

    Claudio, o scout existe, como cabeça de bacalhau, a questão é se serve pra alguma coisa…ST

  • Jorge Eduardo

    Primeiro um post pra cobrar esforço desses jogadores até que cheguemos aos 46 pontos ou que não haja matematicamente mais nenhuma chance de sermos rebaixados.

    Depois que façam uma entrevista com MB, FS e scouts para que expliquem a nossa torcida o motivo de terem contratado tão mal em 2015, apostas e veteranos, baseado em que critério selecionaram esses jogadores e porque contratos tão longos com jogadores acima de 30 anos e com salários inflacionados. Por que há jogadores que nem sequer entraram em campo e quem indicou esses jogsdores.

    Temo muito pelo nosso futuro em 2016, ainda não estamos 100% garantidos na série mas os nomes ventilados até agora de jogadores pretendidos é decepcionante. Times com situação econômica bem pior que a nossa, contratam bem melhor que a gente.

    Se o MB, FS e olheiros continuarem responsáveis pelas contratações o risco de errarem em quase todas é muito grande, que peçam para sair ou que pelo menos contratem dirigentes e olheiros que entendam de futebol.

    • Fernando Ventura Jr.

      Acho que seria mais simples e honesto e eu e acredito que a maioria iria aceitar na boa:
      1- Gente, nós erramos e erramos feio;
      2- Temos uma dívida com alguns empresários que nos adiantaram algum dinheiro e aceitamos pegar alguns dos seus representados;
      3- Como vieram sem custo e para as posições carentes e acreditando em um trabalho da comissão técnica poderiam suprir as deficiências do time;
      4- Como achamos que esses jogadores poderiam se destacar por serem representados por alguém como o Uram, um descobridor de talentos, não achamos nada mal assinar por três anos, já que poderiam ser negociados no período e teríamos um lucro;
      5- No caso do R10(49, 7 ou seja lá o número que escolhesse) pensamos mais no marketing, com aumento do número de sócios-torcedores e mesmo para atrair patrocinadores e menos no aspecto técnico;
      6- Nos casos de Magno Alves(vinha se destacando no Ceará) e Antônio Carlos(jogou bem no Botafogo e São Paulo), consideramos que tinha identificação com o clube, o primeiro sendo artilheiro diversas vezes e o segundo nos deu o título carioca contra o Volta Redonda em 2005;
      7- Oswaldo e Wellington Paulista vieram por conta de que precisávamos de jogadores experientes e já terem feito boas partidas em diversos clubes. Era só questão de tempo até recuperarem o bom futebol.

      Algo do tipo seria visto como uma admissão de mea culpa que cairia bem até para reparar as imagens de MB e FS.

      • Fabio DB

        Diálogo e transparência são tudo!
        ST

    • José Carlos Nascimento

      Entendo que não precisa explicar o que não deu certo. O importante é aprender com os erros e não repetí-los, o que parece não está acontecendo! Fala-se na contratação de jogadores de 30 anos que não marcaram presença nos clubes onde atuaram assim como de reservas de clubes da série B e jovens promessas cujas qualidades se equivalem aos nossos jovens da base.

  • Fabio DB

    Concordo, Capixaba!
    Sem atitude nem Messi resolve.
    ST

  • Fabio DB

    Só se o moleque for craque.

    Bons temos na base e merecem apoio.

    ST.

  • Fabio DB

    Acho que toda e qualquer contratacao de promessa (jovens jogadores) deve ser suspensa ou cancelada, salvo no caso de algum fenômeno e craque sem discussão.

    Não faz sentido, tendo em vista o excelente desempenho dos jogadores da base (em especial o sub20) que merecem oportunidade, a necessidade de redução de custos e a desconfiança sobre o processo de contratação de jogadores . Não faz sentido trazer esse garoto do Goiás de 21 anos tendo o Édson e outros muito bons na base, por exemplo. PRA QUE?

    A ação mais inteligente hoje é investir, apoiar e dar força/espaço aos que já temos e que cresceram gostando do FFC.

    Precisamos de no máximo 3 ou 4 jogadores para acertarmos o elenco o que poderia ser feito através de simples trocas feitas de forma inteligente.

    Temos jogadores muito valorizados como o Jean que já esgotaram seu ciclo no clube.

    ST

    • René Galvão

      Fabio,
      Acho que a contratação de jovens jogadores sempre devem ser consideradas, desde que tenhamos vantagens numa futura aquisição desse jogador (caso venha por empréstimo) e também uma compensação financeira caso esse jogador saia durante o período em que estiver no clube.

      Já com relação à contratação desse jogador do Goiás em específico, concordo com você e também não faria essa aquisição. Acredito que contamos em nosso plantel com bons nomes e não vejo necessidade de reforçar o setor, a não ser que viesse um jogador acima da média para ser titular.

      VOLANTES PARA 2016:
      – Edson (1º/2º volante): precisa resolver o problema que passa hoje no clube
      – Pierre (1º volante): bom jogador para opção no banco
      – William (1º volante): jovem que precisa de mais oportunidades
      – Cícero (2º volante): boas atuações neste final de temporada
      – Douglas (2º volante): jovem promissor que demonstrou boa qualidade
      – Scarpa (improvisado): jogador versátil que pode tranquilamente fazer a função de 2º volante caso necessário.

      – Jean: pelas notícias parece que será negociado.
      – Rafinha: jogador que demonstrou muito potencial na base, mas não rendeu bem nas oportunidades que teve na equipe principal. Precisa jogar mais, ter mais oportunidades. Deveríamos emprestá-lo para tentar desempenhar seu trabalho e evoluir. Não podemos desconsiderá-lo, pode vingar.

      • Diogo Trindade

        Concordo. Eu não acho que o Rafinha deva nada a maioria dos volantes do campeonato brasileiro atual.

        É nosso, é veio da base, tem história aqui e é barato. Muito melhor do que arriscar com alguém de fora.

        Não quero que se contrate jogador de qualidade duvidosa. Apostas tem de ser mapeadas, e contratadas quando um trabalho sério de análise é feita, e se ao comparar com os jovens que estão aptos a subir encontram uma oportunidade boa.

        Contratar por contratar é arriscado demais. Vamos inchar os custos mensais, aumentar o número de jogadores ociosos, menos espaços e mais desentendimento.

        Por favor, carinho com o Flu!

        • Ana

          O Rafinha começou muito bem em 2013, até o Luxemburgo escalá-lo em todas as posições possíveis, em um time caindo aos pedaços e acabar com a confiança do menino. Vi uns lances dele na base, muito bom.
          E já o vi várias vezes nos vídeos de bastidores, mesmo estando machucado. Acho que isso mostra comprometimento e interesse com o time.

    • joão

      Para o ano que vem, precisamos de um zagueiro e um atacante de lado, que venham para serem titulares.

  • Fernando Ventura Jr.

    mas qual a média? Acho que o Fluminense poderia jogar em outras praças, mas teria que se fazer um trabalho anteriormente e escolher a dedo onde começar. Por exemplo, em Pernambuco existe uma resistência muito grande aos times de fora por conta da rixa Sport-PE e Framengo no título de 87. Podemos começar pela Bahia onde existe a Axé-Flu e apesar das fortes torcidas de Bahia e Vitória não seríamos hostilizados, além dos dois times estarem na série B. Um Flu em toda a terra, levando um Bobô ou um Zanata, ex-jogadores baianos que jogaram no Flu. Assim, vai se quebrando a resistência dos locais. Mas tinha que ser feito de uma forma bem planejada, porque uma vez sendo bem sucedido seria copiado por outros clubes.

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      Com cerca de 20.000 presentes e 17.000 pagantes por jogo este ano, a média pode ser considerada muito boa, já que o time não foi bem em campo (muito pelas armações FORA DE CAMPO), exceto na Copa do Brasil, igualmente prejudicado por apitos estranhos.
      A maioria dos jogos com grandes públicos de divisões inferiores são reflexos de ingressos baixos em relação aos da Série A.
      Já disse aqui, sem muito apoio, que o FFC deveria aprender a vender carnês para os seus jogos, pois aí garantiria PRESENÇA em todos ou na maioria deles, como fazem na Europa.
      Isto não é incompatível com o programa sócio torcedor, já que estes poderiam comprar os carnês com descontos.

      • Alexandre Magno Barreto Berwan

        Quando eu me refiro a carnês, que até podem existir se quiserem atingir um público não digital, substituam por “pacotes”.

  • Fernando Ventura Jr.

    Dependendo da proposta, pode ser bom repassar o garoto, mas o ideal seria vender 50% dos direitos federativos e quando fosse renegociado receberíamos mais dinheiro. Agora podia mandar o Lucas Gomes com a camisa do Biro-Biro para lá. Hhahahah! 😉

  • Dedé

    Parabéns pelo post. O melhor do ano, a Flusócio que eu conheci que coloca o Fluminense acima dos interesses pessoais de quem quer que seja.

    Quem planejou esse 2015 precisa ficar longe do futebol do Fluminense em 2016.

    Fizemos contratações estapafúrdias.
    Fizemos contratos com jogadores que ultrapassam essa gestão e que já vão atrapalhar a vida do próximo presidente.

    Mas o nosso VP de Futebol diz que o ano foi positivo.

    Ou ele é maluco.
    Ou ele acha que a gente é imbecil.
    Ou ele não torce pro Fluminense e pro time dele o ano foi positivo.

    • Jefferson Alvares

      Prezado Dede,

      Sinceramente, até acho que o MB possui um perfil interessante para ser presidente, mas sem dúvida alguma que errou muito e dar uma declaração desta, mesmo que o contexto fosse mais amplo, foi total falta de humildade para reconhecer os erros.

      Uma pena o MB estar se queimando assim, pois acho que é um cara sério e que realmente quer o bem do Flu, mas que não soube compor corretamente sua equipe, ja que ele não tinha a experiência devida para o dia a dia do futebol, e quem o deveria fazer (FS) também se mostrou inexperiente!

      Uma pena…

      St

      • Dedé

        Fala amigo.
        Não acho que é sério, não acho que é honesto e nem que quer o bem do flu.
        Também não acho o inverso.
        Não o conheço.

        Eu só falo as certezas. Seu trabalho foi ruim e não faltou aviso de que estava errando em tudo, nomes e prioridades.

        Concordo que é mal assessorado, mas quando uma pessoa tem perfil muito centralizador o erro e o acerto caem na sua conta.

        O Fluminense precisa de um grupo gestor. Precisa rever sua estrutura no futebol mantendo ou contratando apenas pessoas capacitadas, estudiosas que tenham peso decisório em toda e qualquer contratação ou renovação de contrato, além de informar o treinador sobre cada adversário, sobre nosso próprio time em jogos e até nos treinamentos.

        • Jefferson Alvares

          Amigo,

          Neste contexto, concordo totalmente com você, e posso até estar enganado porque também não conheço, mas pelo pouco que sei, é sim alguém honesto e bem intencionado.

          Por outro lado, você citou algo interessante e necessário “…O Fluminense precisa de um grupo gestor. Precisa rever sua estrutura no futebol mantendo ou contratando apenas pessoas capacitadas…”.
          St

  • joão

    Passamos o ano inteiro sem botar 60K no maraca. tristeza na alma.

  • Ricardo Pereira

    Pelas atuações que vi contra AP e Chape em casa, afirmo que o Flu é o clube que mais merece rebaixamento. Não ficarei surpreso se isso acontecer.

  • Ricardo Guerreiro

    Nosso foco deve ser única e exclusivamente 2016. O resto neste momento não interessa. Se almejamos alguma coisa para ano que vem, MB e FS devem sair tão logo afastemos a possibilidade de rebaixamento ( tomara!). Espero que as carpideiras ao avesso se juntem a nós neste processo. Parem de gastar vela boa com defunto ruim. Por fim, MB, presta atenção em uma coisa, sua candidatura está morta e enterrada. Só o fato de vc achar o ano positivo já o inabilita para o cargo.

  • allan

    Me perdoe mas esse termo “historicamente” só cabe para as piores diretorias de nossa centenária história.

    Do time tricampeão trouxemos muito jovens o Jandir, Tato, Branco, Renê, Leomir e, mais experientes Assis e Washington e depois Romerito.
    Todos muito feras.

    No time campeão em 80 trouxemos Gilberto, Paulo Goulart e Cláudio Adão.

    Dos campeonatos de 2010 e 2012 Conca, Fred, Sobis, Jean, Mariano, etc.

    Sem falar na máquina. No período Samarone, Flávio e Lula.

    No super time dos anos 30/40, onde vieram para o Flu Romeu, Tim, Russo, Brant, Pedro Amorim, etc

    Esse padrão Peter/Mário Bittencourt é que é horrível e lembra nossos piores períodos.

    De Fanta, Dago, Dacroce, Jorge Rauli e afins.

    ST

  • Fabio DB

    Cláudio, com certeza o Ma rio participou da execução.

    Minha hipótese é que os dados que basearam a execução em si poderima ser ruins. Então isso levaria a tomada de decisão errada.

    Mas tudo isso é hipótese. Simplesmente decidimos acreditar mais em algumas delas.

    Eu procuro balancear ao máximo as visões positivas e negativas. Repare que não isento totalmente o Mario mas precisamos responsabilizar de forma equilibrada os participantes diretos do processo de contratação. Pra mim o homem responsável por garimpar jogadores chama-se Fernando Simone. Ganha uma grana para isso.

    ST

    • Jefferson Alvares

      Prezado Fabio,

      O MB a quem respeito e acho que tem as melhores das intenções, é tão responsável quanto o FS, e assim sempre será em uma estrutura organizacional que preze hierarquias.

      Na minha opinião o MB por ter se colocado em total evidencia acabou puxando para si todas as decisões, que acredito tenha sido em boa parte baseada em dados da sua equipe encabeçada pelo FS.

      Foi uma aposta alta (isto demonstra inexperiência e irresponsabilidade), e se por exemplo o R10 e o Oswaldo que muitos aqui apoiaram a contratação tivesse dado certo, o debate hoje seria totalmente oposto. Como não deu certo, agora ele tem de arcar com o ônus…

      Quanto ao FS, tendo ele um cargo executivo e importante, se não concordava com o MB, teria todo o direito e dever de convocar uma reunião de diretoria com a presença do presidente e expor sua visão. Como me parece que não fez isto (não conhecemos detalhes dos bastidores), me resta duas opções: ou se calou e isto é um erro grave ou foram sim seus scouts e recomendações que levaram as inúmeras e equivocadas contratações.

      Eu particularmente, acredito que o FS indicou mal (péssimo scout) e o MB negociou e contratou pior ainda (inadmissível alguns contratos de longo prazo que foram feitos).

      Enfim, hora de mudar.

      St

  • Fabio DB

    Estão dizendo que há um complô para salvar o Mario, sacrificando o Fernando Simone. Se há complô, os especialistas nisso são os comentaristas de resultado, fofoqueiros e os que queriam a queda do FFC para a segundona, apenas para ganhar uma eleição.

    No meu caso, alguns devem lembrar, PEDI A DEMISSÃO do Fernando Simone aqui no blog faz uns 6 meses. Repito: 6 meses. Alguns companheiros até me criticaram por isso. Depois voltei atrás, dando um tempo para ver o que ocorreria.

    Eu não critico por modismo ou interesses de outra espécie. Quando comento de forma incisiva é porque ME BASEEI EM FATOS e não em conversa fiada.

    Então, LEIAM os links abaixo e vejam por que eu queria a saída do Fernando Simone faz tempo. E por que eu de certa forma dou descontos ao Mario.

    A influência DIRETA nessas escolhas ridículas do Simone está EVIDENCIADA. Vejam no caso do Breno Lopes:

    “Interesse do Flu por Breno Lopes é antigo, explica Fernando Simone
    Flu contratou baseado nas observações feitas quando o jogador era do Paraná”.

    1) http://www.netflu.com.br/interesse-do-flu-por-breno-lopes-e-antigo-explica-fernando-simone/

    2) http://radioglobo.globoradio.globo.com/radio-globo-futebol-clube/2015/04/30/SIMONE-CONFIRMA-NEGOCIACAO-AVANCADA-DO-FLUMINENSE-COM-BRENO-LOPES.htm

    3) http://www.zonaesportiva.com.br/futebol/fluminense/noticia/diretor-do-fluminense-comenta-negociacoes-com-breno-e-magno-alves.html

    TÁ BOM? Ou querem mais? Então, são fatos e evidências e não boatos de fofoqueiro.

    ST

  • Caique Maciel

    Meu repúdio a esse clube politicamente desorganizado que já está no 4º técnico em 2015, que tem um jogador da panela, tido como ídolo, que interfere na escalação e que está fora da disputa do título, apesar de ter time para isso.

    Meu repúdio ao clube que teve um ano péssimo no futebol. Não se classificou sequer para a final do campeonato estadual e o único alento que deu à sua torcida foi uma mísera semi-final de Copa do Brasil.

    Um clube que tem o futebol no seu nome não pode ter um atacante de quase quarenta anos em seu elenco, só porque ele está entre os maiores artilheiros de sua história. Não pode ter um lateral direito que não vai à linha de fundo e um zagueiro tão inexperiente, apesar de frequentar a seleção olímpica.

    Enfim, meu repúdio a vc, São Paulo F.C.

    • Rodrigo

      A diferença é q o SP entra em crise qdo está fora do G4.
      Já no Flu, o ano foi positivo, msm com o time brigando pelo 13o lugar.
      Pela diferença nos objetivos, vc vê o tamanho de cada um nos dias de hj.

    • Fernando Bastos

      Boa. Coincidências ruins entre tricolores. ST

    • Marco Aurelio Carvalho

      Rsrsrsrs!
      Ao iniciar a leitura, me espantei.
      Caique ficou maluco!
      Saudações Tricolores

    • André Pereira

      Bela brincadeira, Caíque.
      Achei até que vc tinha ficado doido….. Rsrsrs.
      Mas não vamos esquecer que o São Paulo fica em crise só por não estar disputando título e libertadores.
      Lá os dirigentes caem por contratações suspeitas e a torcida, que tem estádio próprio, fica indignada com qq resultado que não seja o título ou Libertadores.
      Aqui, a turma acha que a manutencao do status quo é importante para dar oportunidade ao “trabalho” que vem sendo feito.
      Acredito que agora seja a hora de debates por um Flu melhor. Tocando na ferida qdo necessário, mas também sabendo amenizar as criticas destrutivas.

      • Caique Maciel

        “Amenizar as críticas destrutivas”? Isso não pertence a esse espaço, André.

        Na verdade minha postagem foi exatamente para mostrar que até o idolatrado São Paulo dá os seus deslizes e isso não é o fim do mundo. Isso é o futebol!

        O virtual campeão brasileiro dispensou, por falta de capacidade de pagamento, seu maior ídolo dos últimos 20 anos, o Guerrero.

        Despedaçou o time para se livrar das dívidas, demitiu o técnico que o classificou pra Libertadores, fez um monte de cagadas.

        Resultado: Campeão Brasileiro de 2015.

        Aí vc vai dizer que os caras fizeram tudo certo e nós, tudo errado? Não pode! Eles tiveram resultados esportivos e isso, e somente isso, que vale alguma coisa no futebol. O resto é idiotice e perfumaria.

  • Dedé

    Jean e Cícero tem mercado.
    Eu queria que ficassem, mas se for pros dois saírem o Fluminense precisa ser inteligente (eu sei que é difícil).

    O fluminense não precisa buscar freneticamente zagueiros. Não existe termos um elenco repleto deles

    Bom elenco se faz com meio campistas e atacantes, móveis e capazes da dupla função.

    Vejo amigos aqui querendo trocar no pau Jean por Manoel. Pelo amor de Deus.
    Um time ganha um articulador, um organizador, um bom jogador capaz de exercer várias funções e o Flu ganha um beque que nem no Cruzeiro se firmou?

    • Flavio Chammas

      E ainda malham o scout do clube(tão ruim quanto).

      • Fabio DB

        É triste Flavio. …. Ricardo Gomes, Edinho, Thiago Silva, etc, “zagueiro não é importante”…. Fabricio, o Marcio Rosário, André Luís, Thiago Salles Gum, Euzebra..etc ..concordam… acho que Celso Barros “fez escola” de montagem de elenco.. sem palavras. ST

      • Marco Antonio Barroso

        Tenho que discordar Flávio, sem polêmicas e até poque não conheço ninguém pessoalmente para defender esta ou aquela opinião, mas digo uma coisa: nenhum dos colegas recebe para isso e estão fazendo um mero exercício de pensamento,.
        Mas a hora que um deles começar a receber para fazer isso (ou aceitar o cargo de vice de futebol) e ficarem o dia todo por conta, aí sim, sua crítica será 100% válida e poderão ser comparados aos nossos terríveis scouts.
        ST

      • Marco Antonio Barroso

        Ah, eu me esqueci de dizer, não concordo com o geral escrito pelos colegas, para mim um grande time começa por um grande goleiro e, logo em seguida, por uma boa zaga.

    • René Galvão

      Dedé,
      Até concordo com você. Acho um volante com boa saída de bola mais importante que um zagueiro, afinal, participa muito mais do jogo e no futebol atual é considerada uma posição muito valorizada.

      Porém, quando estamos formando um plantel, temos que pensar sempre no equilíbrio. Ter bons zagueiros, bons volantes, bons laterais, bons meias e bons atacantes é importantíssimo para formar um plantel equilibrado e de qualidade.

      Olhando para o elenco atual do Fluminense, acho que estamos bem servidos de volantes (considerando que Jean ou Cícero fique no grupo), já nossa zaga está visivelmente desfalcada de bons jogadores (hoje temos apenas o Marlon).

      Visto essa situação, acho aceitável uma troca de um dos dois (Jean ou Cícero) por um zagueiro, desde que este zagueiro tenha uma qualidade igual ou superior ao nosso jogador. Então a pergunta é a seguinte: o Manoel é um jogador de qualidade tal qual Jean ou Cícero ? Eu, sinceramente, não sei. Acompanhei o Manoel apenas no Atlético Pr., depois não o vi jogar mais.

      Se acharem que o Manoel é um jogador de qualidade e que vai corresponder no Fluminense, acho aceitável essa troca com uma compensação financeira ao Fluminense. Jean e Cícero são titulares e estão em alta, são jogadores valorizados, o Fluminense tem que saber negociar esses jogadores.

      • Dedé

        Renê, o Manoel chegou pra fazer dupla com o Dedé.

        Não se firmou e virou reserva até a contusão séria dele.

        Jamais se firmou no Cruzeiro. É um zagueiro razoável. E melhor do que Gum, hoje decadente.

        Mas pouco pra uma troca no mano.

        Teremos em 2016 a volta do Elivelton (teve uma contusão séria), longe de ser craque, mas melhor que as merdas todas que temos.

        Eu agora não contrataria nenhum. E testaria o Edson numa linha de 3 defensiva.
        E veria como o Arthur está, uma vez que já está na folha.

        Não temos grandes nomes no Brasil, alguém pra chegar e tomar conta da posição.

        Meu foco com grana curta seria pra meio e ataque, onde se ganham jogos.

        Nas laterais também há grande carência

        Mas entendi seu ponto. Só acho que é uma posição que acho que podemos segurar um pouco, parece que temos volúpia por zagueiros

        • René Galvão

          Se o Manoel encontra-se da forma como você descreveu, realmente uma troca simples não é interessante. Até acho que pode ocorrer a troca, mas com uma compensação financeira ao Fluminense.

          Concordo quanto ao Elivelton, com certeza seria um bom nome para compor o elenco. Na minha visão ficaria como opção no banco.

          Todos queremos ver o Arthur jogar, afinal, com os treinadores que tivemos esse ano, não ser aproveitado ou ficar no banco, não significa muita coisa.

          Já quanto ao Edson, acho bastante válido o testá-lo na zaga, o problema é que o vejo como titular de 1º volante.

          • Dedé

            Também vejo assim, mas pra alguns jogos….

        • allan

          Essa volúpia é causada pelas atuações do Gum e pela possibilidade de entrarem João Felipe, Henrique e Antônio Carlos.
          Isso traumatizou a torcida.
          E como nossos professores são limitados ninguém testou o Edson por ali.
          ST

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Dedé, quando leio “dispensas” de Cícero e Jean e “aparentemente” contratações de Felipe Amorim e Rodrigo, é de emputecer !!

      Não há lógica e sequer merecem comparações, o Mário Unimed, está no maior nível de bizarrice que já vi no FFC.

      Depois das xepas do meio do ano e o Mário Unimed, ainda dando as cartas, 2016 promete !!

      Já falei aqui, pelos valores envolvidos no futebol, teria o FFC criar um comitê consultivo com 5 membros, que analisaria contratação e vendas, no detalhe.

      É só vermos o que tem sido noticiado na maioria dos times brasileiros, é comissão para tudo que é lado e o clube com a broxa na mão.

      • Dedé

        Concordo

      • Ricardo Guerreiro

        No que adianta criar comitês formados por quem nada entende de futebol? Só serão mais burraldos contratando mais perebas.

        • Dedé

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Raul Fernandes

      Dedé:

      O Cícero não é irmão gêmeo do Jean, nem chegou ao clube junto com ele. Tem sido citado com o ex-sampaulino como se fosse parte de dupla caipira.

      Cada um é um caso.

      Cícero é quem possui a maior categoria técnica do elenco atual. O mais íntimo da bola.
      Domina todos os fundamentos essenciais a um bom jogador.
      O Flu não pode abrir mão dele.

      Mas precisa atuar ao lado de um primeiro volante p… na marcação, coisa q o Jean não é.
      Nem ele, Cícero, é esse primeiro volante.
      Daí a exposição da defesa com os dois escalados juntos.

      No momento, o q deu mais certo de 1º v. – vide as duas partidas contra o Grêmio – foi Pierre, q tem suas limitações, mas é cão no combate e dá o sangue.

      Então, ainda corremos riscos neste Brasileiro. Onde as rodadas finais serão disputadas a ferro e fogo.

      Também acho q o “professor” atual – com sua visão estranha do jogo e d jogadores (continua acreditando q o Oswaldo mudará partidas encardidas) – não é o cara q transformará esse elenco, ou o q vier, num concorrente a títulos. Quaisquer títulos.

      O Flu conseguiu seus grandes feitos em sua história com técnicos top.
      Desde o uruguaio Ondino Vieira, passando por Zezé Moreira, Tim, Telê, Zagallo, Didi, Parreira, Nelsinho Rosa Martins, Cuca, Abel Braga e Muricy Ramalho.

      Necessita de um desse nível – profissional de clube grande.
      O elenco pode ser mais ou menos. Até um “timinho”.

      Muricy foi Campeão Brasileiro com Diogo e Diguinho de volantes, Gum e Eusébio de zagueiros, e Rodriguinho como o jogador nº 12.

      Não tenho nenhuma dúvida de q, mesmo com o elenco atual, Muricy teria ido mais longe.
      Muito mais.

      • Jefferson Alvares

        Prezado Raul,

        Concordo totalmente quanto a sua visão do Cícero. O único ponto que discordo é em relação ao Pierre, pois acho que a não ser que algo de muito secreto esteja ocorrendo com o Edson, ele seria este 1o. volantes para complementar as características do Cicero.

        Devemos nos lembrar que as melhores partidas do Flu este ano foram com Edson de 1o. volante e ainda sendo elemento surpresa marcando alguns gols…

        Alguma coisa ocorreu, e não recuperar um jogador deste é na minha opinião incompetência!

        ST

        • Dedé

          Exatamente

        • Raul Fernandes

          Jefferson:

          Também acho.
          Mas o Edson não está sendo utilizado de forma alguma e parece q tá fora dos planos.

          • Jefferson Alvares

            Prezado Raul,

            Realmente não consigo entender o que esta acontecendo com ele que não possa ser recuperado!

            St

        • Raul Fernandes

          Jefferson:

          Respondi a vc no Disqus.
          Concordo com vc.. Pierre não é o volante ideal.
          Edson parece estar fora dos planos…

      • Dedé

        Fala meu amigo.
        Com todo o respeito tenho discordado demais de suas opiniões.

        Você cita o jogo contra o Grêmio, mas o segundo tempo contra o Palmeiras foi muito melhor.

        Com relação ao Cícero também gosto do jogador, pela versatilidade e pela boa técnica.
        Ficaria com ele, embora ache que é jogador sem cara e fome de campeão.

        Jogadores como Pierre estão em extinção. Observe os grandes times do futebol internacional que você verá isso.

        Jogador de meio campo precisa saber jogar, aliar intensidade na marcação (o que muitas vezes falta a Jean e Cícero) à capacidade técnica.
        A solução pra um time que você acha que marca pouco jamais pode ser colocar mais um cara que só sabe dar botinada.

        O Tite barrou o Ralf pra jogar com Bruno Henrique
        O Levir mandou o Pierre embora pra entrar o Rafael Carioca
        Roger joga com Walace e Maicon no meio com Douglas
        Santos com Thiago Maia.

        Não há Pierres.

        • Raul Fernandes

          Esses clubes citados não têm a deficiência defensiva do atual Flu, com Gum em dificílima recuperação física/técnica de fratura dupla – para um homem de sua altura e peso – e Marlon precisando aprender muito sobre colocação e rapidez na passagem da bola. Também entregou várias partidas.

          Além da falta de laterais q não tragam problemas constantes.

          Sobre jogos contra Palmeiras e Grêmio, este é um time melhor e mais difícil.

          Qual segundo tempo contra o Palmeiras?
          Em São Paulo, nos 20min finais estavam juntos Magno Alves e Fred.
          Magno liberou Fred de ser o único q sofria a marcação da zaga, dividindo a atenção dela com ele. Foi como Fred conseguiu ficar livre duas vezes e marcar uma e quase outra.

          É claro q Pierre não é o 1º volante ideal.

          Mas quem escalar agora nestas finais? O jovem Douglas poderia vir a ser.

          Cícero, na realidade, é 3º homem de meio. Tá quebrando o galho do “professor”.

        • Raul Fernandes

          Dedé:

          Respondi a vc no Disqus.

          É claro q Pierre não é o volante ideal.
          Esse é apenas um detalhe do q escrevi sobre qual a saída, no momento, para os seguidos furos no sistema defensivo.

          O q considero mais sério é q até agora o Eduardo Baptista não me convenceu de q é o técnico para tornar o time um candidato a títulos.

          A mais importante contratação para 2016 seria a de um treinador top – de clube realmente GRANDE.
          Muito mais do q QUALQUER jogador.

    • Rogério Barbieri

      Dedé, eu tenho a convicção que a nossa última linha da defesa fica totalmente desprotegida, por isso sofremos gols com muita facilidade.

      E tenho a convicção de que nossa última linha fica totalmente desprotegida porque ela mesmo se desprotege.

      A última linha da defesa se desprotege da segunda linha, aonde ficam os volantes, porque ela está orientada a recuar para a grande área. Ao fazer essa movimentação, recuo, os volantes passam a ser indiferentes ao sistema ofensivo adversário, bem como, os zagueiros e os laterais da última linha.

      A única chance de recuperação de bola, pelo sistema defensivo, passa a ser o erro de passe do sistema ofensivo adversário.

      A solução para este modelo é teoricamente simples, pois depende exclusivamente da capacidade intelectual, rítmica do pessoal em preparar a movimentação e de concentração.

      Intelectual para entender a regra do jogo (a regra do futebol) e para entender o modelo de se jogar. E rítmica para poder ter a capacidade de acompanhar os movimentos das 2 últimas linhas da defesa em relação as linhas ofensivas adversárias. Por fim, o poder de concentração dos jogadores. Pois, um deslize coloca todo o sistema a perder.

      • Dedé

        Boa, acho que esqueci de falar contigo sobre isso no twitter.
        Como se vê é questão de posicionamento, o que Guardiola e os Europeus chamam de jogo de posição.
        Não tem nenhuma relação com jogador A ou B.

  • Luciano Colombo

    O cava ficou só meia temporada no Cesena da Itália.
    O Avenatti, segundo o site http://www.transfermarkt.pt/ está avaliado em 6,4 milhões. Os números do jogador
    2011/2012 River Uruguai- 4 JOGOS – 01 GOL
    2012/2013 River Uruguai – 29 JOGOS – 11 GOLS
    2013/2014 Ternana – 25 JOGOS – 02 GOLS
    2014/2015 Ternana – 38 JOGOS – 11 GOLS
    2015/2016 Ternana – 13 JOGOS – 01 GOL
    TOTAL: 109 JOGOS – 26 GOLS. MÉDIA DE 0,26 gols por partida, muito baixa. já é a terceira temporada no modesto Ternana e não há proposta, enfim, ainda acho que não vale a pena, só se vier de graça.

  • Luiz Mattos

    Como estamos chegando ao período de férias futebolísticas, para nós acho que já chegou, recomendo ao pessoal da Flusócio uma leitura interessante para as férias: “A Marcha da Insensatez”, da Barbara Tuchman. É sobre alguns exemplos de como a insistência em algumas escolhas e atitudes equivocadas podem levar à autodestruição.

  • Dedé

    O texto é meu Paulo. Gustavo tá viajando.
    Esqueci da foto.
    Só pra dar o crédito ou o descrédito, kkkkkkkk

    • André Pereira

      Excelente texto, Dedé.
      Criticas construtivas, sem necessidade de embate.
      Apenas deixando bem claras as suas opiniões e convocando a todos para um bom debate sobre o nosso futuro.
      Inclusive com algumas sugestões.
      Fora a parte da diretoria, gostei muito da avaliação qto a necessidade(ou não!) de grandes nomes na zaga. Isso para muitos pode parecer heresia, mas basta olharmos para Nossa própria história recente e veremos q fomos 2 vezes campeões com Euzebio e Gum e ainda com a zaga menos vazada.
      Nem precisa ir tao longe para ver que sua tese já se faz mais do que sensata.
      É isso! Vamos debater futebol e o futuro do nosso Flu!
      Grande abraço!

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      Parabéns, Dedé!
      Uma pergunta específica, já que eu pareço ter opinião pessoal sobre isso: o que você achou da atuação do Gerson e o que acha da falta de chances para o Edson jogar?

  • Jefferson Alvares

    Prezado Allan,

    Apesar de não ser puxa saco e muito menos blindador, principalmente desta gestão de futebol atual, acho que não reconhecer a excelência do MB como advogado e achar que sem o esforço dele e a excelente atuação naquele julgamento não teríamos caído, é negar fatos!

    Você acha mesmo que o direito era totalmente favorável ao Flu na cabeça dos juízes, da mídia e da opinião publica?!

    Não tenho duvida se não tivéssemos uma bela atuação do advogado MB naquele caso seriamos sim rebaixados, pois os interesses da máfia contra nós são claros e a pecha de virador de mesa já existia há tempos amigo… para dizer a verdade deste o excelente Vilela!

    Vamos criticar os erros desta gestão de futebol (MB / FS) que sem dúvida foram muitas, mas vamos também ser justos com outros episódios.

    ST

    • allan

      Prezado Jefferson, respeito sua opinião mas, repito, o direito era cristalino a favor do Flu.
      Isso de atuação brilhante da oratória na tribuna fazer o resultado ser unânime não cabe nesse caso.
      Nenhum membro do STJD formou seu juízo acerca do assunto ali na hora.
      O zanforlim também tem boa oratória. Só não tinha o regulamento respaldando sua tese.
      Pode ver que o recurso pra inglês ver dos mulambos na corte arbitral na suíça também foi rejeitado por unanimidade.
      Ali foi um momento de grande destaque pessoal para o MB (que não digo que não seja um bom advogado) mas desnecessário para o Flu, ainda mais aliado ao silêncio suicida adotado pelo Peter, se recusando a nos defender institucionalmente.

      ST

      • Mauro Carvalho – SP

        concordo

  • Fabio DB

    Ah ….na moita ? …. e você que sabe de tudo não sabia?

    Mas até o netflu sabia.

    E publicou em 23/jan/15:
    http://www.netflu.com.br/exclusivo-denilson-e-emprestado-pelo-fluminense/

    Aliás eles informaram outra coisa:

    “Diferentemente do que foi noticiado pela imprensa italiana, Denílson não foi vendido para o Udinese. O atacante revelado nas divisões de base do Fluminense, foi emprestado para o Granada, da Espanha, pelo período de um ano e meio. Quem confirma é seu empresário, Frederico Moraes.

    – Foi emprestado pelo Fluminense por 18 meses ao Granada. Não tem nada com Udinese. As pessoas confundem porque são os mesmos donos (do Granada e do Udinese), mas ele foi emprestado ao Granada e ainda pertence ao Fluminense – afirmou ao NETFLU”.

    ST

    • Jefferson Alvares

      Prezado Fabio,

      Pior que acho que a NETFLU informou errado e foi vendido sim. O que ouvi dizer é que foi de fato vendido, mas peço que alguém confirme.

      St

      • 4ndré White ★★★★

        A questão é simples de resolver, basta ir no BIRA da Ferj e ver qual a situação dele. Conferi agora e o nome dele não aparece mais, o que indica que deve ter sido vendido mesmo.

        • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

          Postei este assunto ontem, após não encontrá-lo no Bira.

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Fabio DB, tá nervoso, na moita sim, como sempre acontece. E vendido sim, mas por quanto??

      E não sei tudo, mas procuro me informar, baixe a agressividade e relaxe !

      Foi noticiado sim, que foi emprestado, mas não figura mais como jogador registrado pelo FFC na Ferj e veja no link abaixo declaração do empresário. E para sua informação o mesmo grupo de empresários detém o controle do Udinese, Granada e Watford.

      http://explosaotricolor.com.br/v2/atacante-denilson-e-vendido-para-udinese/

      Respeito sua opinião de “blindar” o Mário Unimed, mas muita calma nesta hora.

      • Fabio DB

        Paulo. Estou calmo.

        Agora, é certo que entrar no blog, aparentemente requentando uma notícia de Janeiro, cujo conteúdo é discutível é até desmentido pelo empresário não vai agradar.

        Mas pelos depoimentos seguintes parece que o Denílson sumiu. Quem sabe vai para o Vasco como o irmão que criou aquela confusão há pouco tempo.

        Fica sim a curiosidade de saber a verdade sobre esse caso.

        ST

  • Diogo Cavalcanti

    Acho que estamos interpretando o vice de futebol de forma errada. Antes de mais nada, corroboro com todos que o ano foi muito aquém do que qualquer tricolor almeja.

    Sobre a frase “o ano foi positivo” creio que ele se referiu a todo o cenário ocorrido desde o fim do ano passado. Saída de patrocinador, imprensa batendo na tecla que o clube iria acabar, sem grana para investir em contratações, problemas financeiros diversos,…

    Nesse cenário tivemos coisas positivas como:
    – conseguir patrocinadores,
    – iniciar as obras do CT,
    – a venda do Gérson,
    – o aproveitamento de jogadores voltando de empréstimo como Gustavo Scarpa e Marcos Junior
    – a boa estréia de jogadores de Xerém como Léo Pelé e Douglas.
    – o sucesso do Biro Biro na Ponte
    – sancionado pelo governo o PROFUT
    – Liga Sul-Minas-Rio

    O que pesa contra e muito contra é a nossa razão de viver Fluminense todos os dias, o resultado dentro de campo. Esse sim muito fraco. E talvez ficamos com essa sensação de fracasso porque ficamos um tempo no G4 com a garotada arrebentando.

    Não pode ser normal muito menos comum perder tantas vezes como perdemos esse ano e isso enfraquece qualquer argumento positivo.

    As negativas também aos montes:
    – técnicos fracos
    – trocas constantes de técnicos
    – contratação de reservas de outros times
    – contratação de baciada, vários jogadores que sequer atuaram
    – contratação de veteranos com contratos que mais parecem financiamento de carro
    – falta de reposição, basta olhar as laterais ou o atacante de velocidade
    – caso Michael
    – caso Ronaldinho
    – falta de representatividade na CBF
    – falta de representatividade na arbitragem
    – falta de representatividade na FERJ
    – comunicação
    – marketing
    – relação com o Maracanã (problemas com bilhetes e filas)

    • André Pereira

      Fala Diogo!
      Concordo com alguns pontos, mas acredito que se for para falar do nosso VP de futebol(e é disso que estamos falando), temos que julgar e avaliar o trabalho dele e não da gestão em geral e/ou mudanças no cenário nacional.
      Nos quesitos positivos que vc cita, quase nenhum é diretamente relacionado a gestão do futebol, já nos negativos, quase todos.
      Esse é o ponto que vejo.
      Grande abraço!

  • Vitor Perez – Resende – RJ

    Boa tarde.
    Aguém sabe me dizer pq Mattis saiu? foi uma pedida alta? tinha que comprar ?
    Será que a pedida salarial equivale as do A Carlos e Henrique?
    Será que o valor de compra era alto? Acredito que não, pois está no Vitória….
    O mesmo Scout que o contratou, será que numa avaliação no começo do ano, não viu que ele está em melhor condição física do Henrique?
    Será que quem negocia não viu que ele deve ( eu disse deve) custar menos que o A Carlos?
    Enfim…. Planejamento 2015………

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Vítor, no contrato não havia “amarração”, ali eu já alertava pelos contratos “fragilizados”, que o depto de futebol vinha conduzindo, e também o FFC não demonstrou nenhum interesse em renovar, foi dispensado.

      Trouxeram ACarlos, problemático, caro, muito fraco e com contrato até final 2017.

      O Henrique nem o Tenório queria, foi o Mário Unimed entrar e contratou o jogador baleado, tanto é que logo que chegou foi operado.

      • Vitor Perez – Resende – RJ

        Cara, também não consigo ver o Ronan abaixo de Breno lopes.;

        • André Pereira

          Fala Vítor!
          Não sei se da ora ver abaixo. Os dois estão no fim. Não são jogadores para o Fluminense.
          Qto ao Ronan, faz parte. Sem demérito a ninguem. Nem todos juniores serão profissionais com boa o regular carreira. Dali não sai nada.
          Que se dê lugar a outro. Temos uma fabrica a todo vapor.
          Abraço!

        • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

          Ronan era todo fatiado, e também não está mais registrado como atleta do FFC, foi para o Porto, li que como parte do pagamento do Trakinas.

    • Ana

      Pelo que me lembro na época ele machucou o joelho, e ficou muito tempo sem jogar. Não pode ser muito bem avaliado e não se sabia quando ele voltaria. Lembro de ter lido que o Flu tentou renovar o empréstimo, mas o Bragantino só aceitava vender. Informações da imprensa, não sei se são verdadeiras.

    • Dam

      Henrique, Antonio Carlos, Cícero (este joga)), Breno Lopes, Diego Cavalieri, Lucas Gomes, W. Silva = Eduardo Uran

      (pode ser +?)
      E se Diego Souza vier aumenta a folha do E.U.

      • Alexandre Magno Barreto Berwan

        Dessa lista eu só ficaria com Cavalieri e Cícero. Diego Souza, talvez, mas se for caro, deve ser pensado se o dinheiro não poderia ser aplicado melhor de outra maneira.

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    André, pensamos da mesma forma, espero que a Flusócio, que pelo post, já demonstra e sinaliza, que reconhece esta incompetência, consiga criar uma terceira via para 2016.

    Este ano foi perdido, quando poderíamos estar numa situação muito mais confortável para 2016.

    Isto reflete muito na minha opinião no crescimento/redução da torcida, fator muito importante para o nosso futuro. Meu filho + velho, tricolor roxo, está desanimado, não aguenta mais tanto vexame. E hoje temos concorrência de NFL, NBA, e outros esportes mais profissionais e mais sérios, difícil ter argumentos para sustentar a paixão.

    Abraços.

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    Em função da diferença abissal de faturamento do FFC e alguns clubes brasileiros, além do fardo da dívida, se não inovarmos, fatalmente seremos um time médio, fato.

    A dupla da espanholização já está negociando com a Vênus os novos contratos de tv, e parece que este grupo, quer manter os privilégios.

    Lendo um comentário do Dedé abaixo, para um linha de três defensores, tal como alguns treinadores, buscam mais alternativas de ter um time mais competitivo.

    O grande problema que vejo é não termos um técnico pica, capaz de implantar novos conceitos a nível de treinamento, função tática, preparo físico, comprometimento e intensidade e nem uma diretriz mestra do FFC.

    Haveria de ter uma “revolução”, termos um conceito implementado desde as categorias de base até os profissionais, , que nunca se perderiam com uma troca de treinador.

    Ontem estava lendo uma entrevista do Muricy, que “estagiou” por três semanas no Barcelona e comentou que o próximo técnico deve ser o Iniesta e que independentemente do técnico, muda muito pouco, pois há “conceito” Barcelona, implantado, divulgado e difundido.

    Precisamos de uma terceira via para “modernizar” o FFC, é questão de competitividade e sobrevivência, ou então vamos brigar sempre em baixo.

    • Flavio Chammas

      Eu acho uma “covardia” fazer comparações com o Barcelona e sua historia.

      É um conceito de povo, da região, não é de um clube de futebol como os outros.

      Basta ver o que ocorre por lá agora.

      Nós estamos caminhando para uma reorganização e sem dispor de condições, com necessidades de vender a cria para manter a prole.

      Entendo que tem havido erros(muitos), mas nós estávamos acostumados a “comprar e o CB pagar”.

      De uma hora para outra, o CB parou tudo, aí íamos falir e fechar.

      Conseguimos sobreviver, e bem não há como negar, e a nossa direção pecou pela soberba, errando na mão.

      Mas daí a detonarmos tudo vai uma diferença muito grande, pois as coisas tem caminhado bem (Xerem, CT, reformas no clube(sou a favor de separar o futebol), os acertos da divida, enfim uma reorganização.

      Se desse tudo certo no mesmo ano, com futebol campeão de algo, esta direção mereceria ser “canonizada”.

      Vem ai uma “freada de arrumação”, como fazem os motoristas com o ônibus cheio.

      Confio na direção, que me parece seria, com muita vontade(e erros também) mas que são tricolores sem intenção de se aproveitar do clube.

      Não os conheço(só o Fernando do futebol de mesa), mas nunca vi ninguém levantar alguma suspeita sobre a administração do Peter, Mario e o Fernando no futebol.

      Temos muito trabalho, mas uma base já existe e partindo-se dela, fica mais fácil.

      NÃO SOU POLIANA NEM PUXA SACO, MAS SIM POSITIVISTA, QUERO E ACREDITO NA NOSSA MELHORIA E CRESCIMENTO

    • Fabio DB

      Muita coisa do que você falou já está sendo implantada. Procure no FluTV e ficará mais animado com a realidade do clube.

      Um dos episódios trata disso. Não lembro o número.

      ST

  • Ana

    Para ver o cuidado que temos que tomar com as notícias. Manchete Netflu: Henrique não aparece para treinar.
    Conteúdo: Foi avaliado pelos médicos, e liberado até a próxima quinta.
    Para mim uma conotação é completamente diferente da outra…

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Sim e fez uma GRANDE CAMPANHA, com MENOS JOGOS disputados: são produtos DIFERENTES.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    De 2000 para cá, estas são as médias de públicos PAGANTES do FFC (sempre faço questão de comentar isso, pois em SP cobram R$1,00, R$2,00 ou algo assim para menores e eles parecem como públicos pagantes e presentes, provocando distorções nas análises de comparecimento de públicos), que aqui seriam cerca de 3.000 a mais de não pagantes atualmente, que já foram mais., 5.000 em alguns anos deste século, sem contar o passado distante do grande Maracanã):

    Ano 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 Pos.

    20.219 / 23.285 / 25.666 / 7.057 / 7.791 / 13.598 (*) 11.799 / 17.071 / 17.259 / 22.108

    Ano10 11 12 | 13 | 14 Pos.

    22.993 (*) / 14.642 (*) / 12.948 (*) / 17.637 / 18.490

    (*) Temporadas em que o Fluminense disputou o Campeonato Brasileiro com o Maracanã totalmente fechado (2005, 2011 e 2012), ou fechado na maior parte da temporada (2010, fechado em 10 das 19 rodadas com mando de campo).

    —x—

    Já passou da hora de se cobrar um preço simbólico dos menores para acabar com estas distorções que favorecem os paulistas!

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      Compare com as médias de BFR e CRVG e verá que estamos razoavelmente bem, embora possamos ter um desempenho ainda melhor, daí a ideia dos pacotes, cujo maior obstáculo é a desorganização das entidades que administram o nosso futebol e são incapazes de publicar uma tabela definitiva informando estádios e horários antes do início dos campeonatos, sem contar que no caso da FERJ, esta tem uma atitude amadora e parcial naquilo que deveria ser de seu interesse, mas prefere abraçar interesses menores que vão contra os interesses da entidade e a favor dos interesses pessoais daqueles que circulam em torno de sua presidência.

  • Mauro Carvalho – SP

    Se esse movimento se concretizar, é muita sacanagem, e perderão muitos de nós aqui. Se sai o FS, MB tem que ir junto.
    ST

  • Jefferson Alvares

    Prezado Diogo,

    Sempre defendi o Jean, mas não o vejo mais motivado a continuar no clube. Acho que o ciclo dele se encerrou.

    St

  • Jefferson Alvares

    Prezado Francisco,

    Vejo um enorme potencial no Marlon, alguém que vai certamente ser zagueiro da seleção e de time de ponta na europa, mas para isto, alguém precisa corrigir os erros de posicionamento dele, pois técnica ele tem e muito!

    St

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    É porque isso interessa a paulistada.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    É o que eu acho (com relação ao potencial), só acrescento: faltou MUITO compromisso sábado.
    Não me lembro de ter ficado tão irritado com um jogador do FFC, pois o cara até pode ser ruim, mas negligente e desinteressado como pareceu o Gerson, não dá.
    Eu NUNCA critiquei um jogador do FFC diretamente publicamente.

  • Fabio DB

    Na base Paulo, vc não falou sobre isso abaixo. No profissional sabemos que precisamos ajustar os ponteiros.
    ST

  • Fabio DB

    Merece esclarecimento como falei. Concordo contigo. ST