Grandes jogos se aproximam, seja sócio!

Socio 10

O reencontro entre o Fluminense e sua torcida no Maracanã foi celebrado com uma boa vitória na estreia do Time de Guerreiros na Copa Sul-Americana. Mais de 37 mil tricolores fizeram uma linda festa nas arquibancadas e ajudaram o Flu a vencer.

Após a vitória, jogadores e comissão técnica exaltaram a presença da torcida e a satisfação pela volta ao Maracanã. O Presidente Pedro Abad afirmou que o clube pretende seguir mandando partidas no estádio, sempre que possível.

“O Fluminense conta com sua torcida para encher o estádio, colocar público, que é o que paga os custos de toda operação. Enquanto estiver valendo essa estrutura de custo, tem sempre de fazer a análise se é melhor jogar no Maracanã ou em outro lugar. Faz parte do negócio, e sempre vamos fazer essa avaliação. A priori, nossa casa é o Maracanã.”

Nesta última partida, a venda antecipada esgotou os setores Norte e Sul. Mas com uma mensalidade a partir de R$ 35,00 os sócios tiveram a prioridade na compra, o desconto significativo de 50% no ingresso e a comodidade de ter seu ingresso carregado no cartão, sem a necessidade de enfrentar quaisquer filas.

Em março, iniciamos aqui uma campanha pela aquisição dos últimos títulos de Sócio Proprietário, e temos orgulho de informar que o Fluminense já conseguiu vender mais de 30 deles, totalizando aproximadamente R$ 180 mil em receita extra. Lembramos que tanto o sócio proprietário quanto o sócio contribuinte podem aderir ao Pacote Futebol, taxa extra de R$ 15,00 mensais que permite desconto de 100% nos ingressos dos jogos do Flu como mandante. Informe-se na Secretaria.

A partir do mês de abril, também surgem ótimos motivos para se associar ao Flu, pois grandes jogos estão se aproximando.

Vamos buscar a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil e lutar por mais um título estadual, iniciando também o campeonato brasileiro.

09/04 – Botafogo x Fluminense (Semifinal da Taça Rio)
16/04 – Final da Taça Rio (se classificar)
19/04 – Fluminense x Goiás (jogo decisivo da Copa do Brasil)
23/04 – Fluminense x Vasco (Semifinal do Campeonato Carioca)
26/04 – Fluminense x Brasil-RS (jogo decisivo da Primeira Liga)
30/04 – Final 1 do Campeonato Carioca (se classificar)
07/05 – Final 2 do Campeonato Carioca (se classificar)
14/05 – Flu x Santos (início do Campeonato Brasileiro)

O Flu conta com a força da sua torcida nestas grandes decisões.

Seja sócio! Obtenha definitivamente a cidadania tricolor, participe ativamente da vida de seu clube do coração, ajude financeiramente o Flu a ter um time vencedor. Faça a diferença! O Fluminense precisa de você!

  • Thiago Resende

    Muita gente passou perrengue na fila no jogo de quarta, seja pra comprar ou trocar ingresso!

    Nosso plano ainda precisa de alguns ajustes, mas o produto é muito bom! Por R$ 35,00 vc tem desconto no ingresso, rede de descontos com supermercados e até universidades, comodidade para entrar do estádio e ainda direito a voto!

    Seja Sócio!!ST

  • Danilo Soares Félix

    O Flu será tão forte quanto o engajamento de sua torcida. Pra mim o que importa na associação é a sensação de fazer parte, de apoiar o clube financeiramente. O vídeo abaixo do Racing Club exemplifica um pouco do que significa ser sócio pra mim.

    https://www.youtube.com/watch?v=5JUrVmtq_mQ

    Mas sinceramente, eu também entendo pouco o sujeito preferir perrengue de filas ao invés de ser sócio por R$ 35 mensais, o que no RJ corresponde a 3 cervejas.

    • José Carlos Nascimento

      Ás vezes o cara não tem os R$35,00 todos os meses; mas, eventualmente, tem algum para ver um determinado jogo. Diante do cenário atual do nosso país, com tanto desemprego, compreendo perfeitamente.

      • Alexandre Said Delvaux

        Eu também compreendo, acho que todos compreendem. O que eu não entendo são aqueles que podem e não contribuem, mas reclamam de tudo e de todos. São tão indecifráveis quanto os que torcem contra, para emplacar suas teses ou por questões políticas. Estão próximos de alguns tricolores que se revezam num fórum outrora muito importante e concorrido, mas que transformou-se numa confraria de reclamões frustrados.

      • Danilo Soares Félix

        Me refiro a quem gosta de estádio e tem condições financeiras para pagar 35 mensais.

  • Flavio Chammas

    SENHORES

    EM CAIXA ALTÍSSIMA:

    O QUE FALTA PARA VOCÊ SE ASSOCIAR?

    NA ULTIMA CAMPANHA A FLUSOCIO MANDAVA BUSCAR EM CASA TUDO.

    AGORA É PELA INTERNET, QUAL A DESCULPA?

    O VALOR DO SÓCIO FUTEBOL SE PAGA E SOBRA NOS INGRESSO E NOS DESCONTOS, SE FOSSEMOS LEVAR SÓ O LADO FINANCEIRO EM CONSIDERAÇÃO.

    MAS E A PAIXÃO, TEM PREÇO?

    VIRAM QUARTA O SHOW?

    JÁ DISSE AQUI, NÃO SOMOS MAIORES NEM MELHORES, SOMOS DIFERENTES.

    ASSOCIEM-SE.

    NÃO QUERO NEM FALAR DE FUTEBOL, SÓ DA PAIXÃO DE SER TRICOLOR

    OBRIGADO JOÃO DE DEUS

  • Alexandre Said Delvaux

    Sou sócio, aliás, na minha casa todos são sócio, muito pelo prazer de contribuir. Quero repetir uma reivindicação e vou apresentar pessoalmente ao Presidente: o que falta para dar início ao estudo sobre o espaço subutilizado do Estádio das Laranjeiras?

  • Danilo Soares Félix

    Sempre foi, Leonardo. Funciona igual a um cartão Rio Card, você encosta a carteirinha na roleta e ela abre. O sócio precisa apenas fazer o checkin pela internet a cada partida. A carteira de sócio é o elemento de entrada no estádio, não precisa de ingresso físico.

    Os planos disponíveis estão em:
    https://www.sociofutebol.com/#/planosdisponiveis

    Não existe plano família para Sócio Torcedor.
    Nenhum clube possui.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    1- Vai uma crítica positiva: a burocracia para a retirada dos ingressos comprados pela internet foi tenebrosa (apresentar rg e cartão de crédito, mas mais ainda: cópia do cartão de crédito que não fosse em alto relevo, o que até põe em risco a segurança do consumidor, segundo penso, muito risco, até).
    As filas, para variar monstruosas e muita gente entrando atrasada para o jogo.
    2- Transferir o crédito para o cartão e este passar direto pela roleta, parece o adequado.

    • Danilo Soares Félix

      Concordo. São burocracias malditas impostas pelo Consórcio. Clubes e suas torcidas são vítimas.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan
  • Pedro Henrique

    http://www.netflu.com.br/maracana-presidente-do-fla-tem-esperanca-em-licitacao-e-abre-as-portas-para-o-flu/
    ” e o estádio na posse do Flamengo estará aberto aos outros clubes,”
    Hahaha na posse do Flamengo, esses mulambos acham que são o centro do mundo.

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      Coitada da Portuguesa: o seu estádio já foi Arena (?) Botafogo, agora é arena (?) de um outro clube.
      O respeito que o Fluminense mostra pelo America, que como a Portuguesa, construiu o seu próprio estádio, deveria servir de exemplo para os menos dotados de educação.

      • Alexandre Said Delvaux

        Sem o contar o que já foi João Havelange, hoje é Nilton Santos, construído com dinheiro do contribuinte, sangue e suor de muita gente, chamado de estádio do bfr.

        • Alexandre Magno Barreto Berwan

          E o Estádio Caio Martins que virou CT na mão dos que não se esforçam para construir nada….

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    Onde encontro o borderô do Jogo contra o Liverpol?

    No site da CONMEBOL não há nada !!

  • Rodrigo Baroni

    Legal.

    O Flu deveria sim estudar sobre a viabilidade de se criar ou não um plano de sócios para os estudantes, por exemplo, e para os idosos, grupos q já possuem por lei descontos de 50% e 100%.

    Só acho q talvez isto possa vir a não ocorrer pois podem existir muitos sócios, contribuintes ou futebol, que são
    estudantes e/ou idosos, que, com a criação de um plano com muitas facilidades, migrem para este possível novo plano. E, ao invés de ganharmos em arrecadação, poderíamos perder em arrecadação. Contudo só o Flu possui estes dados.

    Mas se possuímos poucos sócios estudantes, menores, por exemplo, do q 21 anos, e poucos sócios idosos, o Flu deveria pensar nisso com urgência!!!!!!

    E também, como vc disse, a existência de um plano com muitas facilidades aos bem jovens, estudantes, poderia até aumentar a nossa torcida dentre os jovens e adolescentes.

    Com a palavra, o fluminense … só o Flu pode nos informar a respeito; se isso é viável ou não.

    Agora, uma coisa é certa: o Flu precisa, com urgência, chamar os jovens e adolescentes pra perto dele.

    Sei lá, além da sugestão que o amigo deu acima, por exemplo, poderia ser feito algo assim: TODO ESTUDANTE, OU TODA PESSOA, homem ou mulher, ATÉ OS SEUS 21 ANOS DE IDADE, PAGARIA, POR EX, 30 REAIS POR MÊS, SERIA SÓCIO ESTUDANTE, com ingresso na carteirinha, REPITO, SÓ ATÉ OS SEUS 21 ANOS, E TERIA 100% DE DESCONTO EM TODOS OS JOGOS DO FLU COMO MANDANTE. Lembrando que este jovem já possui 50% de desconto por lei. Talvez ele não tenha interesse de entrar no plano de 35 reais mês, para ter direito a 50% de desconto pela associação, se ele já possui este benefício por lei.

    Acho que fidelizar um jovem nunca seria ou daria prejuízo ao Fluzão.

  • Rodrigo Baroni

    Vem TIM !!!!!

    Vem CEF !!!!!

    Um patrocínio para as mangas de nossa camisa também poderia cair do céu !!!!! 🙏🏻🙏🏻🙏🏻 🇮🇹🇮🇹🇮🇹

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    O maior problema do futebol brasileiro é não comercializar os ingressos com antecedência. Na Europa, antes dos campeonatos começarem a maioria dos ingressos já foram comercializados, e independente do clima, da campanha do time, de problemas políticos, econômicos, greves de transportes, o público já está garantido.
    Com o tempo, as pessoas se acostumam a irem a todos (ou a maioria) os jogos, se programando para isso com antecedência.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    IBOPE Repucom: Ranking digital dos clubes brasileiros de março/2017:

    http://www.iboperepucom.com/br/noticias/ranking-digital-dos-clubes-brasileiros-de-marco2017/

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      O diretor do IBOPE, José Colagrossi, anunciou, em sua página do twitter, que a maior pesquisa de torcidas já feita no Brasil ficará pronta em julho.

  • Ricardo Ferreira

    Me afastei por um breve lapso de tempo do quadro social do nosso amado Fluminense.

    Estou retornando, com a emoção de sempre.

    • Danilo Soares Félix

      Boa! Abandonar jamais.

      • Ricardo Ferreira

        Abandonar, abandonar, abandonei não. Hehehehe.

        O Fluminense é parte inseparável das nossas vidas.

        É que em dados momentos, em determinadas circunstâncias, o convívio tem suas nuances.

        Mas tamujunto Danilão!

        Avante Flusócio!

        Avante Fluzão!!

  • Ricardo Ferreira

    https://sociofutebol.com/

    São muitas opções.

    Você e mais um. No mínimo.

    O Fluminense somos todos nós!

  • Fabio DB

    Nossos inimigos não cansam de nos atacar. Basta a menor brecha para buscarem um tumulto.

    “Os cães ladram mas a caravana passa”.

    ST

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    EU JÁ SABIA!

    Cantidad de asistencia del público en la 2da Jornada de la Copa Sudamericana 2017.

    http://www.libertadoresdehinchas.com/2017/04/cantidad-de-asistencia-del-publico-en.html#.WOlTuBiVvts.twitter

  • Ricardo Ferreira

    Este é um dos problemas da grande rede. A repetição de forma maliciosa, leviana, irrefletida de fatos, de assuntos em blogues, em sites, ou através de aplicativos.

    Diz-se que atualmente vivenciamos a era da “pós-verdade”. Boatos estão valendo mais que fontes confiáveis de informação.

    O futuro do pretérito adquire ares de sentença definitiva. Poderia, seria, estaria…

    Ainda assim, utilizando-se de ferramentas de comunicação, o Fluminense deve sempre, de forma ágil, tentar neutralizar qualquer ataque aos nossos atletas, funcionários em geral e, sobretudo, à própria instituição.

  • Ricardo Ferreira

    Não sei do que se trata.

    E se fosse jogador de outro clube?

    https://www.youtube.com/watch?v=IvfucU1mQ8U

    • Ricardo Ferreira

      O vídeo encontra-se no YouTube. A voz é de quem publicou.
      A imagem parece ser da TV que transmitiu a partida.
      Não é um fato corriqueiro, naturalmente chama a atenção de todos.
      Me parece que demanda um esclarecimento da agremiação do atleta.

  • Alexandre Said Delvaux

    Olho vivo no lateral Luizinho da Lusa Paulista: não sei a idade, mas se joga isto tudo com regularidade…

  • Sergio Binda

    O que foi o segundo gol do Botafogo? Impedimento claríssimo!! Pênalti a favor do Flu que até o Edinho viu!!!

  • Sergio Binda

    O Flu precisa de um lateral esquerdo. O Calazans não é lateral. Na minha opinião atacante de lado…

  • Jorge Eduardo

    Vergonhosa essa arbitragem e esses fdp que dirigem a FERJ, cujo único propósito é ferrar com o Fluminense. O segundo gol, numa falta que nem sei se existiu, entraram 4 jogadores completamente impedidos do Bosta e o bandeirinha e o juiz se fizeram de cegos.

    Agora, mesmo com a suspensão do Nogueira, não era jogo para lançar o Frazan, muito inseguro e falhando em quase todos os lances que participou. Não é jogo para entregar 2 gols pro adversário.

    Se não abrirmos o olho daqui a 2 semanas seremos roubados novamente e estaremos fora da final.

    • Fabio DB

      A máfia da FFERJ com vascu… etc já combinoi tudo faz tempo. Para passarmos pelo Vasco só jogando muito melhor… jogar melhor não garante nem empate.
      ST

      • Jorge Eduardo

        Acho que nem pagando mais, já está encomendado, teremos que jogar muito bem, como fizemos no primeiro jogo, fazer uns 6 gols para valer 3.

      • Jorge Eduardo

        Com certeza, temos que botar uns 3 gols na frente e daqueles que não haja nenhuma dúvida para que não sejam anulados.

  • Flavio Chammas

    SENHORES

    QUEM E O BANDEIRINHA DO SEGUNDO GOL DO BOTAFOGO?

    E O SEGUNDO TEMPO COM O NOSSO ATAQUE?

    OLHO NELE E NO JUIZINHO, PENALTI NO MJUNIOR

    • Sergio Binda

      E no lance da bola na trave houve outro impedimento claríssimo que o outro bandeira não deu e originou a expulsão do Reginaldo. Este trio tem de ser suspenso!!!

    • Sergio Binda

      O bandeirinha do segundo gol do Bosta se chama Steve Wonder!!

  • Fabio DB

    Isso não é futebol é circo.

    O Robin da FERJ venceu… parabéns…resta saber se o Batman (Vascu de Eurico) vai deixar algum resto pro Robin nas finais.

    Pra gente vem carne de pescoço com certeza.

    ST

  • Jorge Eduardo

    A derrota serve como um alerta para o que teremos pela frente nas finais do estadual e para ver que ainda faltam peças para defesa, meio-campo e ataque; temos um time titular promissor e alguns bons reservas que podem brigar pela vaga, mas a nossa zaga não é confiável, sobretudo nas bolas altas, não temos reserva para LD e precisamos de um titular para a LE, os garotos podem ir melhorando, mas ou falham na marcação ou falham nos cruzamentos. E precisamos de um bom meia, que na impossibilidade do Scarpa ou do Sornoza jogarem, poderiam dar conta do recado, Marquinhos não é esse meia, apesar de ter melhorado em relação aos outros jogos.

    Agora é bola pra frente, focar nos treinamentos e nos próximos jogos e fazer pressão na FUDERJ para que não nos prejudiquem mais no jogo contra os padeiros, muito difícil acreditar que não vai haver maracutaia para favorecer o time de Euricú.

  • Ricardo Ferreira

    E o vídeo do jogador do mengaum?

    Optei por editar e deletar daqui do blogue.

    Mas não precisa ser apurado.
    Aquilo acontece em todo jogo, não é mesmo?
    Se fosse um atleta do Fluminense…

  • Sergio Binda

    Sendo bastante frio …

    1 Se o trio de arbitragem fosse decente seria 2×2
    2 Diferentemente do Nogueira e do Reginaldo, já havia comentado que o Frazan era fraco. Já o era nos juniores, imagina entre os profissionais. O primeiro e o terceiro gols podem ser diretamente creditados a ele.
    3 Marquinhos e Osvaldo são pesos mortos no Flu. O Marquinho nunca foi “o cara” do meio de campo. Agora é que não vai ser mesmo.
    4 Orejuela voltou mal da seleção equatoriana.
    5 Douglas foi mal.
    6 Pedro ainda não pode ser titular. Falta corpo, sangue nos olhos e parece que está meio mascarado. Deve ser lapidado aos poucos.
    7 Não estou entendendo o desespero de alguns blogueiros tricolores. Perdemos um jogo que tínhamos diversos jogadores imberbes em campo e que claramente fomos prejudicados pela arbitragem. Vai me desculpar, mas o impedimento e o penalty no Marco Jr são lances que somente os mal intencionados não marcam.

    Vamos pra cima do Goiás, pois este jogo vale pra KCT.

    ST

    • Fabio DB

      Nosso time foi derrotado pelo árbitro.

      A partir do segundo gol o jogo mudou. Foi ducha de água fria. Bastava um empate para eles.

      Douglas vinha jogando muito bem e acabou caindo como o restante. Mesmo assim o time foi digno o tempo todo.

      Isso mereceu o respeito da torcida que em nenhum momento vaiou.

      O Frazão foi muito infeliz principalmente no posicionamento nos contra ataques.

      Jogo muito escroto por causa da ladroagem.

      ST

    • José Carlos Nascimento

      Concordo com suas observações, principalmente a “6”; destaco a sua boa técnica mas ainda não consegue prender os beques adversários

    • Danilo Soares Félix

      O desespero de alguns blogueiros é político, como sempre foi. O torcedor tem que filtrar isso.

  • Ricardo Ferreira

    Ruim perder clássico local.
    Quebramos uma boa sequência.
    Uma derrota para as estatísticas.
    Com TV aberta sempre tem um impacto maior.

    Falar dos apitos e dos abanadores de pano da FFERJ é chover no molhado.
    Mas o gol em impedimento merece ir para os primeiros lugares. Parabéns aos envolvidos. Vergonha na cara? Esquece.

    Se o MJ não perde aquele gol de forma ridícula, absurda, o que empataria o jogo, a história poderia ter sido diferente.

    E os gols sofridos em bolas aéreas? Já virou chacota. Adversário que não aproveitar isto é muito incompetente.

    Nestas circunstâncias não vou queimar nenhum jovem, destes que estão se destacando este ano.

    Com franqueza, será que a estratégia de colocar estes times ditos reservas é a melhor escolha?
    Fico na dúvida.
    Não seria melhor colocar em campo o time titular e ir substituindo de acordo com as necessidades?
    O curioso é que o Abel acaba colocando em campo alguns titulares, que terminam por imprimir um ritmo forte, a fim de tentar reverter o resultado.

    As peças fracas e caras todos nós já conhecemos, as possibilidades de evoluírem são remotas.

    Nosso time titular, com os elementos disponíveis em cada partida, vem se desempenhando bem, sem ser espetacular.

    Torçamos para que nos jogos decisivos, todas as experiências de Abel Braga resultem em triunfos.

  • Alexandre Said Delvaux

    Não entendo tanto de futebol a ponto de enxergar um talento ao primeiro olhar, mas o jogo como o de hoje, apesar das derrotas, mostrou que o FLUMINENSE tem um grupo promissor, que merece muita atenção. Os responsáveis precisam ter todo o cuidado para não queimar jogadores como Reginaldo, Calazans, L. Fernando etc. Todo cuidado é pouco. Se for para emprestar, que sejam sejam alocados em competições importantes, que agreguem valor aos profissionais. Não devemos queimar ativos. Outra dica: coloquem alguém de olho no Robert. E para terminar: tem um lateral na Portuguesa de Desportos que fez uma grande partida hoje contra o Guarani: Luizinho. Vale conferir a idade, o portfólio do cara…

    • Filipe

      Sua fala é muito pertinente, como sempre. Contudo, acho – por todas as chances que a vida e o clube o proporcionaram – que o Robert não evolui mais!

      • Mário RJ

        Concordo, Filipe.

        Desejo tudo de bom aos indivíduos e profissionais Robert e Michael, mas não acredito em nenhum dos dois como atletas de alto rendimento, titulares de grandes equipes.

        Espero, muito, estar enganado, pois há talento em ambos. Mas só ter talento não basta.

        Houve oportunidades, chances de recomeço, mas nenhum dos dois deslanchou após de descuidarem da carreira.

        Saudações Tricolores!!!

      • Alexandre Said Delvaux

        Agradeço as palavras. Em relação ao Robert, sugeri uma análise criteriosa para evitar danos à pessoa e prejuízos ao FLUMINENSE.
        Saudações Tricolores

  • Paulo Ypyranga

    Como toma gol de bola aérea essa defesa do Fluminense.

    Quando não são os laterais que marcam frouxo e não evitam cruzamentos, são os zagueiros que se posicionam atrás do atacante ou são enganados pelo tempo de bola.

    Quando não são os zagueiros nem os laterais é o goleiro que tem medo de sair do gol e não ganha uma pelo alto na pequena área.

    Essas faltinhas que são batidas em diagonal pro miolo da nossa área é meio gol pra qualquer adversário… E todo mundo já sabe disso.

  • Alexandre Said Delvaux

    Quem deu vexame hoje foi o outrora concorrido campeonato carioca. Vergonha em rede nacional: o impedimento de 5 jogadores ignorado pela arbitragem é o assunto do momento. Fez muito bem o FLUMINENSE ao escalar um time alternativo, seria roubado de qualquer maneira. É impossível não admitir isto!

  • Moab Zaki Santos Trabulsi

    Concordo!

  • Octavio Costa

    Falei que seria roubado e foi.
    No momento que o Índio foi escalado com aquele bandeirinha safado no FLA x VAS, num momento que o time do Vasco estava pronto para ser eliminado, senti o fim do campeonato, que até vinha bem.
    Aí escalam o mesmo bandeirinha bandido para a nossa semi final. Boca no trombone da FLapress, ele inventa contusão, mais o estoque de ladrõeszinhos da FERJ é interminável.
    O que vimos , o gol mais absurdo do ano , vai par Guinness e etc. Na prática do jogo, acabou com o Fluminense.
    Lógico que a taça Rio , não nos daria o campeonato, mais seria bom para os cofres do clube e para torcedores.
    E a seminal contra o grande ladrão, que vem roubando o FLU desde 1986, inverteu uma escrita no apito, não vai ser diferente.

    Vai lá o que vai acontecer, um ou mais deles acontecerá tenho certeza:

    1) Expulsão jogador ou inúmeros amarelos para a zaga do FLU no primeiro tempo, o que obriga a afrouxara a marcação.
    2) Pênalti inexistente ou duvidoso, ou aquele que ninguém marca ( tipo empurra empurra na área).
    3) Gol irregular (em impedimento ou em sequencia de falta não marcada ,etc).
    4) Inversão de faltas, laterais , escanteios, o jogo todo, isto enerva os jogadores e enfraquece o time.

    Desculpe pessoal mais principalmente contra o Vasco vejo isso desde 1986,é revoltante.

    sdçs tricolores

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      A FERJ deve decidir se quer ou não o FFC como aliado.
      Desde 1986, sua única diretriz é “acabar com o reinado dos coloridos”, conforme declarado.
      Precisamos de um nome de peso como representante lá, como Wagner Victer ou o Cel, Paul, qualque rum que se faça respeitar e ao nosso clube.
      Tabelas, arbitragens, declarações,,,tudo feito há 30 anos para nos destruir.

    • Danilo Soares Félix

      Torcedor do Flu precisa fazer barulho. A hora é essa. Quanto à diretoria, a ação principal é de bastidores, a reclamação tem que ser interna, direto nos responsáveis.

  • Fabio DB

    Mudando de assunto.

    A diretoria deve urgentemente (se já não estão se preparando) rever contrato/multa do Sornoza.

    Esse jogador é muito diferenciado.
    Para mim tem tudo para se tornar craque mundial.

    Além de alta habilidade, lideranca, chuta bem, lança e pensa o jogo como poucos.

    Não há meio campo como ele no futebol brasileiro hoje. É raríssimo um jogador em que todo jogo é o melhor ou dos melhores em campo.
    ST

    • Flavio Henrique

      O cara é acima da média mesmo.
      Gostaria de ver uma sequência grande de jogos do Sornoza ao lado do Scarpa.

    • Danilo Soares Félix

      Pra que rever contrato? Ele não tem contrato ex-junior. É um contrato em bom patamar e longo. Ninguém vai tirar ele do Flu na marra, fica tranquilo. Temos ainda outra vantagem competitiva: ele é muito técnico mas é muito baixinho, diferente para os padrões europeus.

      • Fabio DB

        Boa noticia!
        ST

  • Jorge Eduardo

    Concordo, assino embaixo.

  • Jorge Eduardo

    Incrível como o Lucas Fernandes não consegue ser produtivo, sempre erra na hora H. Oswaldo, Marquinhos e Maranhão, que não jogou, não servem nem para compor elenco, principalmente se considerarmos o alto salário que recebem. Olho vivo no mercado sul-americano e nos times menores, o Richarlison, que critiquei pois achei caro por ser uma aposta, está muito bem e acho que realmente foi um tiro certo, não temos dinheiro sobrando para fazer contratações caras, mas com criatividade dá para trazer as peças que estão faltando.

    • WagnerTijuca

      Concordo Totalmente .

  • Augusto Guimaraens Cavalcanti

    Pois é, infelizmente, atualmente nenhum dos nossos goleiros é confiável e parece até pedir muito que saibam sair do gol! Eu também iria atrás de um goleiro mais confiável, como por exemplo, propor uma troca com o Internacional do Danilo Fernandes (29 anos) pelo Cavalieiri (34 anos)… Para a reserva tentaria trocar o nosso Julio César (30 anos) pelo Elias (21 anos) da Chapecoense, ex-Juventude e que tem um bom potencial…. Temos atualmente goleiros velhos e que não nos passam confiança.

  • Paulo Cavalheiro

    Este lance é inaceitável !! Um verdadeiro absurdo !! Um acinte em rede nacional !

  • Flavio Henrique

    Sobre o jogo de ontem, agora começou de fato o campeonato. E o garfo….

    Atenção diretoria. O campeonato esta sendo armado para um Asco x nanofogo na finalíssima.

  • Flavio Henrique

    O Pedro precisa começar aproveitar as oportunidades e pegar essa vaga de titular.

    Camisa nove tem que fazer gol.

  • Mário RJ

    Prezados,

    Vamos lá: passada a fase de ensaios e testes, já é possível fazer uma primeira avaliação sobre o que vi em nosso elenco.

    Sobre reforços, é claro que precisamos. Mas não posso desconsiderar nosso orçamento e todas as dificuldades de caixa do clube.

    Primeiro e importante observação: a meu ver, existe uma gestão para o futebol. Isso é muito importante. Correções pontuais sempre farão parte do processo, mas quando se tem uma planejamento e um plano de ação, é mais fácil tomar decisões acertadas.

    O plano de ação para o futebol passa muito por Xerém e pela captação de jovens atletas. O clube evitará contratar por contratar e, pelo que foi noticiado, provavelmente outros dois ou três teriam deixado à Laranjeiras se a decisão fosse exclusiva do clube.

    Pelo que percebo, as contratações serão mais por ‘desempenho recente’ e ‘potencial de valorização’. Haverá poucas contratações pelo ‘nome’. Não dá para afirmar isso, claro, pois o tempo é de cofres vazios.

    Outra questão muito importante: a aposta em atletas novos pressupõe maior paciência. É bastante comum haver oscilações. Se há potencial nos jogadores, e se concordamos com isso, nossa cota de paciência precisa ser maior. Nosso time está sendo formado. E com muitos jogadores de 19, 20, 21 anos.

    Houve boas surpresas nesse período: Wendel (prontinho), Calazans (no meio, por favor), Pedro (muito potencial, mas não está pronto).

    Abaixo destes, mas com potencial, vi Luiz Fernando e os zagueiros Nogueira e Reginaldo. A meu ver, bem orientados e um pouco melhor trabalhados, serão suplentes confiáveis.

    Lucas Fernandes é um caso à parte. Não se encontrou, não dá sequência útil à maioria das jogadas, mas acredito em seu potencial. Por que? Sei lá, simplesmente acredito. Mas não acompanhou, nem de longe, as boas performances de Richarlison e Welington Silva.

    Richarlison voltou voando, mas ainda precisa de orientação. Falta jogar um pouco mais para o time. A cada dez bolas que recebe, quer definir oito. Wellington Silva melhorou muito nesse quesito. Já não baixa a cabeça e parte pra cima em todas. Percebe melhor o momento de jogar simples e de partir pra cima. Jogador muito importante, porque é fortíssimo no um contra um.

    Douglas é outro que carece de mais orientação. Jogador forte, com bom chute de média distância e que se projeta bem nos espaços dados pela defesa adversária. Mas precisa ficar ligado o jogo todo. Tem errado passes bobos, normalmente quando o time está saindo. Justamente o tipo de passe que não se pode errar.

    Precisamos, com urgência, ajustar as bolas aéreas. Defensivamente, sofremos muito com isso. Ofensivamente, não incomodamos o adversário. Escanteio a favor do Fluminense dificilmente rende jogada de perigo.

    Na armação, sentimos muito a falta do Scarpa e do Sornoza. Abel insiste com Marquinhos. É uma carência do elenco sim, mas senti falta de oportunidades ao Daniel (que entrou, mal, em duas partidas, mas jogou pouco para uma conclusão). A outra opção a ser testada é Calazans. Se não é articulador, é mais um jogador que desmonta o adversário com dribles e infiltrações. Muito vertical.

    Sobre o elenco, por posição:

    – Goleiro: não há uma unanimidade no elenco. Tanto Cavalieri quanto Julio Cesar demonstraram acertos e falhas. Nenhum deles passou segurança plena;

    – Zagueiro: Henrique está bem e é um ponto de experiência em campo. Chaves não me passa muita confiança, mas foi bem no jogo contra o Liverpool. Nogueira e Reginaldo compõem uma dupla reserva razoável. Quando o time esteve bem organizado, os zagueiros nunca foram ‘O’ problema. Para mim, trazer um novo zagueiro não é uma contratação para ontem, mas vale monitorar o mercado. Para qualificar este elenco, e pensando não apenas em 2017, ainda nos falta um;

    – Laterais esquerdos: Leo demonstrou qualidades, mas ainda não está 100% pronto. Tem que jogar e treinar mais os cruzamentos. É novo e vai evoluir. Acharia muito bom se viesse o menino do Criciúma, mais uma vez especulado. Haveria a sombra de um especialista e liberaria o Calazans para atuar no meio;

    – Laterais direitos: Lucas superou as expectativas. Quando teve sequência, foi muito bem. Renato não me convence, mas não compromete. Vale monitorar o mercado, mas aqui rola carência mesmo. Não deu para avaliar o Matheus Norton;

    Para as duas laterais, acredito que devemos fazer um trabalho muito forte de formação em Xerém.

    – Volantes: aqui estamos tranquilos. Orejuela, Wendel e Douglas disputam duas vagas (hoje, Douglas é banco). Pierre tem outra característica. Quando solicitado, deu conta do recado. Há ainda Luiz Fernando que, se não está pedindo passagem (e não está), melhorou após um início preocupante;

    – Meias: os titulares, Scarpa e Sornoza, dispensam comentários. São ótimos. Mas Abel ainda não encontrou boas soluções para suas ausências. Marquinho e Marco Júnior não foram bem. Daniel não teve oportunidades. Robert está querendo voltar, mas não aposto nele como solução. Olho vivo no mercado. Seria ótimo garimparmos uma boa opção de armador, posição difícil;

    – Ataque: no geral, estamos bem servidos. Foram úteis Welington Silva, Richarlison, Pedro e Dourado. Com a volta do Scarpa, manteria Welington e Richarlison (esse de “9”). Acho que falta um centroavante mais confiável, mas não seria uma prioridade minha para este momento. Michael deve retornar, embora não acredite que se tornará um atleta de alto rendimento.

    Notas:

    – Marco Junior é um jogador útil ao elenco, mas não demonstrou bom rendimento quando iniciou as partidas. Vai ficando como ‘jogador de 2º tempo’. Uma pena para ele, mas não é algo ruim para a equipe;

    – Maranhão e Osvaldo agregam pouco;

    – Há ajustes que precisam ser feitos para realmente tornarmos o elenco confiável em termos de qualidade e quantidade. Mas reforço que estamos iniciando um novo projeto e uma nova gestão. Dificilmente teremos um elenco pronto em 2017. O trabalho está só começando. Os primeiros movimentos e os primeiros resultados foram bastante positivos;

    – Encontramos uma equipe titular boa e competitiva, com um ótimo meio de campo, e com alguns bons suplentes. Não posso afirmar que será o bastante para algum título ainda em 2017, mas já vejo uma equipe que não entra em campeonato para fazer número. Poderá nos faltar um pouco de experiência em torneios eliminatórios, assim como poderá nos faltar elenco para o Brasileiro de pontos corridos, mas nosso time certamente não fará papelão em campo;

    – Olho vivo na janela de transferências do meio do ano. A meu ver, sairão dois jogadores. Isso sim é preocupante, porque estamos em formação.

    Saudações Tricolores!!!

    • Danilo Soares Félix

      Parabéns pela lucidez. Boa leitura.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Do prefeito citado, e dizem aos ventos, da maçonaria.
    Enfim, esse clube tem por esforço próprio, se tanto, as camisas que veste.
    Ou, não?

  • Jorge Eduardo

    Concordo, saudades dos campeonatos de antes do Caixa, até 1985 erros aconteciam mas não era nada parecido com o favorecimento a Wascu e Bosta que vemos a décadas. Até contra os pequenos somos garfados, qdo o resultado interessa a Fuderj.

  • Jorge Eduardo

    Somos odiados por essa federação, jamais deveríamos ficar ao lado dos que têm nos prejudicado e prejudicado ao futebol do Rio. Esses campeonatos armados para prejudicar ao Flu, só servem para afastar a nossa torcida dos estádios. Estaticamente falando é só pegar o número de campeonatos de 1986 em diante e ver o número de títulos conquistados pelos grandes, qdo deveria haver um equilíbrio de forças e números semelhantes de títulos, veremos que ficamos em últimos entre os grandes, bem atrás dos demais.