Contribuintes e proprietários esquecidos

Imagem-matéria-que-explica-planos

 

O Fluminense anunciou ontem os novos planos disponíveis para sócio-torcedores, uma expansão no leque de opções que foi possível devido ao estreitamento das relações com o Consórcio Maracanã. A divulgação oficial do clube e o link com a descrição completa dos planos estão aqui.

Basicamente, as grandes mudanças são: agora há opções de planos a partir de 18 até 250 reais mensais, o que atende praticamente todos os tipos de torcedor (eventuais, fanáticos, VIPs etc), seja com interesse apenas nos jogos ou também na votação para presidente do clube. O Flu agora pode também oferecer as demais áreas do Maracanã a seus sócios, e não apenas o setor sul como antes. Os associados têm outros benefícios variados e escaláveis de acordo com o plano, como desconto em estacionamento, lojas Adidas e em festa no estádio, prioridade em outros eventos no Maracanã, carregamento automático de ingresso, camisa oficial grátis anualmente entre outros.

O novo leque de opções preenche lacunas importantes nos pacotes anteriores, que basicamente atingiam muito o público fiel e que vai sempre aos jogos, mas se esquecia dos torcedores menos assíduos e sensíveis a demais benefícios como a possibilidade de escolher o lugar no estádio, estacionamento etc.

Lamentamos apenas que mais uma vez os sócios contribuintes e proprietários são relegados a um segundo plano, praticamente esquecidos da comunicação oficial do clube. Clique no link disponibilizado no primeiro parágrafo ou na página dos planos e busque informações sobre estas categorias de associados… Isso mesmo, infelizmente não há uma única menção sobre onde os planos antigos se encaixam nas novidades (quem é contribuinte ou proprietário e tem o pacote futebol antigo faz o quê? Continua normal ou este plano é equivalente a algum novo? Essa é uma das mais simples e principais perguntas, e não é respondida.)

Um lançamento deste porte é sempre complexo e entende-se que com o tempo haja ajustes. O problema é que na época do anúncio anterior dos novos planos, também não houve nenhuma preocupação ou zelo com contribuintes e proprietários, categorias com receita historicamente estável e importantes para o fluxo do caixa do clube. A comunicação é truncada e os informes por email chegam sempre depois da confusão causada pelo desalinhamento de informações.

O grosso da mensalidade destes planos (contribuintes e proprietários) não entra na receita de nenhuma empresa envolvida na formulação os novos planos (CSM, Maracanã etc), apenas a parte referente aos pacotes futebol. Cabe ao Fluminense, portanto, zelar por esta parcela importante do clube.

72 Comentários em Contribuintes e proprietários esquecidos

  1. Jefferson Alvares
    2 de junho de 2015 at 12:48 (4 anos ago)

    Prezados,

    Falar o que do marketing do Flu?!

    Chover no molhado, chamando de inexistente, ridículo, incompetente?!

    Não, tudo isto é proibido e temos de aceitar tamanho descaso de forma tranquila e calados, pois críticas cara coisas erradas é proibido, e nossa torcida é muita “mimada e acomodada”…

    Tive vários problemas com a minha conta e do meu filho no portal, no qual em um 1o momento sequer conseguia fazer o optin. Depois e após horas no call center até conseguimos, mas tive de criar um e-mail para meu filho, e mesmo assim meu voucher vinha com nome e CPF do meu filho.

    No dia do churrasco da FluSocio, aproveitei que estava no clube e fui até a secretaria para verificar se em toda esta cagada de migração de dados, se os cadastros meu e do meu filho estavam ok. Fui informado pela atendente que estava tudo certo e inclusive o pagamento (meu trimestral e do meu filho anual).

    Agora, vejo no portal a mensagem de “carteirinha inativa” e ninguém sabe me dizer se existe débito ou se é erro, e minha carteirinha carregou os jogos, e aí a solução indicada é “senhor, imprima o voucher e leve para o estádio.,.”.

    Falta competência, planejamento, visão sistêmica do processo, e quem está gerindo não tem a mínima experiência é ou visão de que TI é o meio e a ferramenta para viabilizar processo como estes, e não se pode lançar novos planos sem uma plataforma decentemente planejada, implementada e testada!

    Enfim, um erro atrás do outro, e a palavra que resume tudo é infelizmente INCOMPETÊNCIA TOTAL!

    St

  2. Caique Maciel
    2 de junho de 2015 at 14:04 (4 anos ago)

    Um OFF de grande importância:

    Joseph Blatter acaba de renunciar ao cargo de presidente da FIFA. Se ocorrer um efeito cascata, logo estaremos livres dos marco polos e rubinhos da vida.

  3. Gustavo Marsan
    2 de junho de 2015 at 14:11 (4 anos ago)

    OFF:

    Agora o que será que os clubes estão esperando pra fundar uma Liga no Brasil? A hora é agora!!
    O novo presidente da FIFA vai demonstrar simpatia pela causa, pode apostar!!!

  4. Rogério Barbieri
    2 de junho de 2015 at 14:26 (4 anos ago)

    Caique,

    Isso é bom, mas o cerne do problema do futebol brasileiro ainda estará pronto para manter por mais 20 ou 30 anos outros Ricardos Teixeiras, Caixa D´Água e outros no lugar dos Marcos Polos e Rubinhos da vida, bem como, continuará retirando do seu staff jornalistas para criarem outras Traffics e outras Klefers que financiadas farão o jogo sujo que deixará a emissora ilibada, pura e sem manchas.

    O cerne do problema do futebol brasileiro faz plim, plim.

    Ao longo dos anos, o plim, plim fez um estrago descomunal na imagem e na estrutura do Fluminense. E não irá parar por aí.

  5. Sylvio Oliveira
    2 de junho de 2015 at 14:30 (4 anos ago)

    Prezados
    Trata-se de desinteresse explicito. Sou socio proprietario. Não recebi boleto, não consigo imprimir a partir da Web. Sem problema, vou passa a ser torcedor exclusivamente de bares, pelo menos os donos dos bares querem que eu gaste meu dinheiro nos estabelecimentos deles e me tratam bem.
    Grande abraço

  6. José Carlos F. da Costa
    2 de junho de 2015 at 14:33 (4 anos ago)

    Pois o meu medo é justamente o contrário, ou seja, o Roubinho ser promovido com essa confusão.

  7. Guilherme Senna
    2 de junho de 2015 at 14:37 (4 anos ago)

    Jefferson, sou Proprietário e para mim também aparecia “carteirinha inativa”. Após o opt-in para quinta, sumiu esta mensagem e apareceu um número. Mas não tem jeito, achei que o tal voucher impressos estava obsoleto, mas é melhor levá-lo. No mais, achei que os novos planos podem ter uma boa saída, principalmente a questão dos descontos progressivos e para o Setor Leste. Vamos encher a casa e partir para cima do coxa.

  8. José Carlos F. da Costa
    2 de junho de 2015 at 14:39 (4 anos ago)

    Há ainda o sócio-atleta. É verdade que tem um desconto na mensalidade, ok, mas o que eu gasto em uma competição de natação defendendo o Flu é muito mais que o desconto dado. Mas tudo bem, eu participo porque eu quero e ninguém me obriga.

    O que eu acho injusto é pagar o pacote futebol e ter desconto só de 50% nos jogos, e não integral como é o caso do sócio contribuinte não atleta. Estou curioso pra saber como ficou.

  9. Flavio Chammas
    2 de junho de 2015 at 15:10 (4 anos ago)

    Senhores
    Entendo as mudanças e os transtornos, mas faço coro a um tricolor , socio futebol de primeira hora, que não recebeu boleto, e que sempre chega no finalzinho do mes.

    Como nossos Correios conseguem ser piores que o nosso marketing(não resisti a uma cornetada, mas espero que melhore), esperei o principio do mes mas não chegou o boleto.

    A Flusocio pode ajudar?

    Pago integral sem desconto, não uso nada e quero continuar ajudando.

  10. Danilo Soares Félix
    2 de junho de 2015 at 16:53 (4 anos ago)

    Caros,

    Do ponto de vista de quem conhece o comportamento padrão de consultorias de TI, a questão é muito simples. Elas não cooperam entre si. A orquestração das atividades tem sempre que partir do cliente, no caso o FFC. Mas na estrutura de Marketing atual não tem ninguém com olhar de TI.

    Com isso, pessoas que nada entendem de tecnologia negociaram os termos comerciais (ruins!) e deixaram de fora da terceirização os sócios proprietários e contribuintes, que não somam para a remuneração da contratada (CSM leva 5,8% da base total de SFs mensalmente).

    Este contrato exdrújulo criou um problema técnico difícil de solucionar, pois a maioria dos sócios proprietários e contribuintes tem como objetivo os mesmos benefícios dos SFs: desconto em ingressos, optin, prioridade de compra, call center, etc. Ou seja, são categorias de sócios que dependem dos mesmos processos que foram terceirizados, mas ficaram de fora do escopo contratado.

    Percebemos o problema antes de acontecer e fizemos um movimento de última hora para que SP e SC fossem contemplados. Este movimento começou no CDir, mas também pode ser visível publicamente por parte da Flusócio:

    http://www.flusocio.com.br/proposta-estranha/

    Após isso, os responsáveis no Marketing pelo visto decidiram inserir os SP e SC que possuem Pacote Futebol na estrutura de atendimento, mas com as cobranças separadas, gerando dois boletos: um para mensalidade propriamente dita e outro para a taxa de R$ 15,00.

    Lembro que boletos bancários possuem tarifa que normalmente é cobrada por compensação bancária, desta forma, dividir a mesma cobrança em dois boletos certamente aumenta o custo do FFC com o banco que ele opera, além de confundir o associado que vai pagar a despesa, como está acontecendo.

    Hoje temos um programa de associação onde a contratada cuida do cadastro online, mas apenas de uma fatia dos sócios (SFs). Outras categorias continuam se cadastrando no Portal do Sócio do Multiclubes (menu Secretaria Online do site oficial), o que é uma aberração técnica.

    Na hora de cobrar as mensalidades, temos a contratada CSM cobrando os SFs e as taxas de Pacotes Futebol, mas a Tríade (fornecedora do Multiclubes) gerando as cobranças de mensalidades para os SP e SCs, pois estas categorias não faturam para a CSM.

    O ambiente criado está um lixo para o usuário, fruto de um contrato pessimamente costurado pelo Marketing, da falta de debate com quem poderia melhorá-lo antes da assinatura, da falta de humildade de alguns funcionários, da inoperância na gestão/operação do dia a dia e do completo desleixo com a tecnologia, justo em algo tão sensível na percepção do cliente (sócio), que são os processos de cadastro, cobrança e checkin. Para completar, colocaram os novos planos no ar há 2 meses sem qualquer teste de homologação, da mesma forma, deixaram pra testar o checkin de última hora, às vésperas da partida contra o Joinvile, gerando grande desgaste com a torcida.

    Comercialmente, hoje é melhor aditivar o contrato atual e embutir SCs e SPs no escopo contratado, o que aumentaria a base de receita da CSM mas simplificaria os processos de cadastro, cobrança, checkin e call center, os mais críticos. Mas teria que ser negociada uma redução do percentual da CSM: por exemplo, de 5,8% mensal para 4,5% mensal, afinal, SCs e SPs tem maior ticket médio que SFs.

    Tecnicamente, nada vai andar sem uma visão TI por parte do FFC nos processos de cadastro, cobrança, checkin, carga de dados e atendimento, além da troca imediata de alguns recursos humanos, que visivelmente estão batendo cabeça.

    Sem isso continuaremos com a contratada ignorando SCs e SPs, pois estas categorias não remuneram a CSM mensalmente. Aliás, do ponto de vista da contratada, no ambiente de negócios atual, para as categorias SCs e SPs o que interessa é justamente a migração para SFs.

    Ou seja, além de todos os problemas já acontecidos no programa de associação, o Marketing literalmente ligou o foda-se para todo nosso esforço político desde 2011.

    Hoje temos um grande grupo de sócios de arquibancada em condições de votar, são basicamente aqueles 4 ou 5 mil que vieram com o Pacote Futebol. Mas se estes sócios migrarem de SC/SP para SF, perdem o direito a voto em 2016.

    Triste, mas nada acontece por acaso.

  11. Wagner Maracanã
    2 de junho de 2015 at 17:38 (4 anos ago)

    Galera, queria fazer só um comentário.
    Nos tempos midiáticos de hoje o Flu não deveria dar uma melhorada na sala de imprensa? Não acho que seja muito caro fazer isto.
    Além de melhorar a exposição de nossos parceiros comerciais, daria ao clube uma imagem de modernidade e força.
    Muitos podem achar isto besteira, mas não é.

  12. Thiago Resende
    2 de junho de 2015 at 17:44 (4 anos ago)

    Fala Galera!
    Conseguiram estragar uma parte que funcionava! Sou sócio contribuinte com pacote futebol e sempre entrei no portal do sócio para ver as cobranças, imprimir segunda via do boleto e marcar os jogos! Desde que entrei de sócio, em 2012, o sistema sempre funcionou muito bem e nunca tive um problema neste sentido.
    Simplesmente mudaram tudo, sem qualquer tipo de informação, nem mesmo os atendentes do sócio futebol sabem o que fazer! O serviço é separado, secretaria do clube e sócio futebol! Os sistemas não são interligados, o que é um absurdo!
    Tenho que pagar dois boletos e tive que buscar essa informação, pois o clube em nenhum momento buscou qualquer contato com a gente! Com certeza, merecíamos um tratamento melhor por parte do clube!ST

  13. Alexandre Said Delvaux
    2 de junho de 2015 at 19:48 (4 anos ago)

    Se não tiver um arranca-rabo para animar, não vai…Os caras do mkt deveriam se preocupar com o básico, para evitar dar motivo, pois muita gente procura motivo para reclamar, é como respirar…
    Eu sou sócio, todos os meses pago R$ 140,00 no meu cartão de crédito (somos quatro sócios em casa). Faça chuva ou faça sol, cai o débito na minha conta…não existe problema algum. Não sei o que acontece, é muita sorte ou falta dela, pago todo mês, uso pouco…devo ser um otário! Afinal, meu propósito é ajudar o FLUMINENSE, colaborar como aquele pássaro que busca água no bico para apagar o incêndio. Tão pouquinho, mas pelo menos faço a minha parte…
    Conheço muitos Tricolores, muitos deles têm rendimentos maiores, outros menores, outros semelhantes ao que recebo. Reclamam de tudo e de todos, têm soluções mirabolantes, entendem de gestão, de futebol, de física quântica, biologia molecular e o caralho a quatro…Pergunte se são sócios: — uma ova! Só sabem reclamar, até do preço do ingresso reclamam. Torcida de elite…tsc!

  14. Bruno Castro
    2 de junho de 2015 at 19:56 (4 anos ago)

    Ótimo relato Danilo.

    Importante saber detalhes da remuneração que a empresa leva do programa. Mais ainda saber que se migrarmos para o sócio futebol perdemos o direito de voto nas próxima eleições e que se passarmos a nova base de associados, entrando no grupo dos que têm receitas para CSM.

    Essa turma de sócios, acredito terem perfil semelhante ao meu, querem ajudar o clube (dando o mínimo para terceiros), mas querem votar tb, decidindo o futuro se algo importante pra cada um.

    Pena, pois justo esse tricolor mais abnegado, acaba sendo esquecido pelo clube.

    Espero que encontram soluções para o problema. Tá ruim mesmo.

    ST

  15. Joao Paulo Tonini
    2 de junho de 2015 at 20:09 (4 anos ago)

    Estou tentando desde ontem realizar o opt-in e aparece a msg de erro:

    Cód 1126.

    As atendentes do programa, depois de uma longa espera no telefone, me disseram que nada podem fazer e pediram “para eu ir tentando que pode ser erro do sistema”.

    pela forma como fui (mal) tratado, tenho certeza que o problema não será resolvido e eu, com as mensalidades em dia e carteirinha na mão, terei que enfrentar fila para comprar meu ingresso por causa de um problema que não criei.

    O revoltante disso tudo é a forma como o Sócio é tratado. Mal deixam a pessoa falar e repetem que não podem fazer nada pois não tem acesso ao sistema.

    E o torcedor continua sendo tratado como gado. Conheço muitos que já desistiram. Ainda não desisti, mas se continuar assim essa hora vai chegar.

    ST

    Lamentável.

  16. GiseleFelix
    2 de junho de 2015 at 20:20 (4 anos ago)

    Concordo plenamente.

  17. GiseleFelix
    2 de junho de 2015 at 20:37 (4 anos ago)

    Nossa, Danilo…fiquei confusa…então quer dizer que eu, como sócia contribuinte, não posso adquirir os benefícios da categoria Temporada Tricolor ou Tricolor Mais por um custo mais baixo e sem perder o direito a voto?

    Também não recebi nenhum e-mail dizendo que os SC/SP possuem os mesmos benefícios do 100% Sul…

  18. Jefferson Alvares
    3 de junho de 2015 at 1:00 (4 anos ago)

    Prezados,

    Parece que a CBF já esta orientando os organizadores da taça BH a incluir o Vasco. Isto quer dizer que o Vasco nos pagou algo pelo Paulo Vitor?

    ST,

  19. Alexandre Magno Barreto Berwan
    3 de junho de 2015 at 8:02 (4 anos ago)

    Histórico Fut Melhor@HistFutMelhor

    1 de jun

    Ranking ST fechamento mês de maio

    1. COR 11639
    2. PAL 4832
    3. SPT 4592
    4. BOT 2114
    5. CRU 1414
    6. FOR 1081
    7. JUV 987
    8. VIL 867

  20. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:42 (4 anos ago)

    Flu recebeu R$ 1,5 milhão da CBF por indenização, afinal, ela também errou ao conceder o registro no BID. Agora a CBF deve cobrar esta grana do Vasco, segurando alguma receita deles. Com isso, o boicote não faz mais sentido.

  21. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:43 (4 anos ago)

    Flu recebeu R$1,5 milhão de indenização. Nada mal para um garoto de 15 anos.

  22. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:45 (4 anos ago)

    Não se preocupou com TI, aliás, nunca se preocuparam. É como se as contratadas fossem resolver por osmose.

    Sobre ação judicial contra o Fluminense, me desculpe mas tricolor que faz isso não ama o Clube de verdade. Não é por aí.

  23. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:48 (4 anos ago)

    Acho que você conseguiu fazer optin porque está em dia. Recomendo fortemente mudar a forma de pagamento da mensalidade para cartão de crédito. No meu aparecem 2 cobranças separadas: 1) mensalidade sócio-proprietário e 2) Taxa de 15,00 do Pacote Futebol. Pelo menos com este tipo de modalidade de pagamento o risco do boleto não chegar inexiste.

  24. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:50 (4 anos ago)

    Sim. Flu recebeu R$1,5 milhão por um atleta de 15 anos. Indenização paga pela CBF, que agora deve cobrar do Vasco.

  25. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:54 (4 anos ago)

    Gisele, não sei. Não está claro para ninguém. Este foi o objetivo do post.

  26. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:57 (4 anos ago)

    Sylvio, não é desinteresse mas sim incompetência solene. De qualquer forma, acho que abandonar não é a saída. Temos que permanecer e sermos críticos para um dia resolver. O Fluminense merece.

  27. Danilo Soares Félix
    3 de junho de 2015 at 8:58 (4 anos ago)

    Lamentável. Me contacta inbox no facebook.

  28. Gabriel Valente
    3 de junho de 2015 at 9:26 (4 anos ago)

    Como estavam as filas de retirada de ingresso no Fla Flu? Ainda muito problemáticas?

  29. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 11:00 (4 anos ago)

    Pagou leva, é normal.

    E como disse o Danilo, 1,5 m por um garoto, tá muito bom, o risco é deles.

  30. Rogério Barbieri
    3 de junho de 2015 at 11:02 (4 anos ago)

    Valeu, Danilo Félix!

    Como eu sempre digo, nada acontece por acaso.

    Agora, por curiosidade, qual é o parâmetro para definir o valor da indenização, você sabe?

    NOTA: Caberia ao jornalismo da GLOBO ter expandido a informação, pois assim ele deixou de expor uma parte importante do assunto, ou seja, o acordo que levou a esta liberação.

  31. Leandro
    3 de junho de 2015 at 11:04 (4 anos ago)

    Caramba, vamos conclamar a torcida para o jogo. Vamos parar com tanto choro e reclamações !!! Essas críticas sobre o progama de sócio-torcedor podem ficar para outro momento, mas o jogo contra o Coritiba, no Maraca, só haverá um, então vamos convicar a torcida!!!!

  32. Rogério Barbieri
    3 de junho de 2015 at 11:16 (4 anos ago)

    Daniel Féliz, o que estou afirmando é que o Fluminense não pode viver nesse INCRÍVEL MUNDO DE GUMBALL, aonde ele pode tudo e todos tem que aceitá-lo como tal porque simplesmente ele é o GUMBALL.

    Eu não entro, tu não entras na justiça, mas quem garante que ele não poderia se revoltar com o mazelo do clube e cobrar na justiça?

    O Fluminense, como clube, tem que procurar ser mais profissional e menos passional. Pois, pelo visto, pelos comentários que ouço, os PJ´s que tem trabalhado para o clube tem cobrado preços de profissionais do mais alto quilate e, assim sendo, devem trabalhar com total apreço e qualidade. Se o Fluminense paga muito pelos PJ´s é para que estes tenham o mínimo de falhas, ou, pelo menos, falhas brandas.

    Só que não é isto o que vemos.

    E a pressão que fazemos é para que esta consciência exista dentro do Fluminense. A partir desta consciência será possível que os prestadores de serviços, os funcionários, os sócios e todos que vivem em torno do Fluminense saibam e respeitem o funcionamento do Fluminense.

  33. Rogério Barbieri
    3 de junho de 2015 at 11:17 (4 anos ago)

    O que puder ser feito para dificultar a vida da Globo deve ser feito.

  34. Fabio DB
    3 de junho de 2015 at 11:40 (4 anos ago)

    Será que vão “liquidar” as nossas maiores promessas para o Barcelona e outros?

    É preciso muito cuidado com o EXAGERO de operações que, se ocorrerem, serão qualificadas como “desorientadas” ou “desesperadas”:

    O Santos só vendeu o Neymar com 22 anos e após muitos títulos contabilizados no paulista e na Libertadores. O jogador maduro VALE MUITO MAIS!

    Pode ser até razoável vender um dos jogadores para começar a investir em infraestrutura ou pagar algum dívida que impeça alguma ação do clube….

    Mas o EXAGERO não faz sentido. Perderemos tecnicamente (TÍTULOS E NOVOS TORCEDORES), seremos vistos como clubecos de segunda categoria (fabriqueta de jogadores) e DEIXAREMOS DE GANHAR MILHÕES no médio prazo

    E nunca mais vamos conseguir manter ninguém no clube por muito tempo pois os jogadores virão para o FCC apenas e tão somente para usá-lo como “trampolim”.

    O outro ponto é como utilizar o $$$$$$$$$$$$ recebido. Só falta pegar essa “dinherama” toda e contratar medalhões decadentes, com salários absurdos e sem interesse algum no clube como vimos no passado recente!!!! Vários se encostaram no clube. Até o excelente e profissional Conca, que eu jurava ter algum interesse maior pelo clube, mostrou que estava lá por $$$.

    Enquanto isso nossa infraestrutura é PIOR do que tíinhamos em 1920 pois parte das nossas arquibancadas foi retirada na década de 60.

    É preciso grande reflexão nesse momento. Para não perdermos uma oportunidade histórica.

    ST

  35. Vitor Perez - Resende - RJ
    3 de junho de 2015 at 11:47 (4 anos ago)

    Cara, concordo com você.
    Porém se o dinheiro for pra equilibrar as finanças e ainda construir o CT conforme está no projeto, acho que temos que vender sim. Acima de uns 20 milhões de euros compensa

  36. Jefferson Alvares
    3 de junho de 2015 at 11:47 (4 anos ago)

    Prezado Danilo,

    Excelente. Porém, os mafiosos se entenderam e nada vai acontecer com o Vasco, nem mesmo reembolsar a CBF…

    Assim sendo, outras investidas deles em jovens promessas ocorrerão…

    St

  37. Jefferson Alvares
    3 de junho de 2015 at 11:49 (4 anos ago)

    Perfeito!

    St

  38. Luiz
    3 de junho de 2015 at 11:50 (4 anos ago)

    Acho que vc só deve entrar em briga direta contra um adversário que possa derrotar de forma direta. Vc acha mesmo que bater na cara da Globo, com uma torcida fútil, alienada e mimada como a nossa daria bons frutos?
    Não me entenda mal, não sustento a passividade de carneirinhos, mas acho que em casos tais a guerra de guerrilha associada a uma boa dose de vaselina seria o ideal.

  39. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 11:54 (4 anos ago)

    Fabio, raciocinando no longo prazo, e só para debatermos.

    Entendo até que se merece semana que vem um post sob o assunto.

    Partindo da premissa que temos de 55 a 70% dos três, podemos falar em 100 m de reais.

    Sabendo-se que o sonho de 110% dos garotos hoje é jogar na “champions europa”, isto tem que ser pesado nesta hora.

    Então ficar aqui contra vontade é um ponto importante nesta analise.

    O clube encontra-se em situação financeira difícil, também há que se pesar.

    Se sou o presidente , com esta possibilidade de $$$$$$$$$$$ arrumo o clube financeiramente, faço um CT e obrigo a que 10% deste valor se aplique em Xerem, que viraria uma fabrica de Gersons e Marlons da vida.

    Não somos bem vistos na mídia no geral, então entendo que valha o risco, pois os três podem muito bem ser ótimos ou qualquer outra coisa como muitos outros “craques” que ficaram no caminho.

    Exemplo disto foi a Juventus da Itália, que se sacrificou durante os últimos dez anos para fazer uma arena e hoje já ganhou tudo na Itália e está na final da Champions.

    AO DEBATE, MAS PENSANDO NO CLUBE E SUA CONTINUIDADE.

  40. Rogério Barbieri
    3 de junho de 2015 at 11:55 (4 anos ago)

    Então eu não sou mais sócio do clube e não estou sabendo, pois sou sócio especial e pago mensalmente.

    Como quase nunca vou ao clube fico sem saber que estou impedido.

    Seria isto? Se não for isto é uma desinformação do clube.

    Ou para piorar, uma jogada para atender aos interesses do pessoal que quer os 5,x% do rendimento mensal com os sócios futebol.

  41. Jefferson Alvares
    3 de junho de 2015 at 12:05 (4 anos ago)

    Prezado Flavio,

    Se o dinheiro for usado somente para causas nobres (ex. CT, Xerem ), eu apoio totalmente. Porém, infelizmente, acho que boa parte deste dinheiro será para pagar salários de jogadores questionáveis.

    Por outro lado, algo que poderia ser colocado como condição final para fechar a negociação, é de vender e deixá-los emprestados ao Flu até o final de 2016, já que muito provavelmente irão ou para o Barcelona B que me parece ter sido inclusive rebaixado, ou serão emprestados para times pequenos da Eurooa, pratica comum no Barcelona.

    St

  42. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 12:13 (4 anos ago)

    Jefferson, segundo nosso vice, estamos dentro de um orçamento e dentro dele haveria uma venda ou outra de jogadores.

    Minha ideia era planejar a venda deles, com até possibilidade de se (e vamos) nops classificarmos para uma Libertadores, que eles ficassem até a final(chegaremos lá).

    O elenco vai sendo revisto e os que vieram não são de salários altos, e podem ser remanejados.

    Medalhão nenhum, investiriamos em Xerem, e num scout bom de interior do Brasil, montando equipe para isto.

    É para repensar o clube todo, com CT, financeiramente sadio, e as mudanças no futebol mundial e brasileiro mostram isto, se não o clube a medio tempo fica inviável.

    Ao debate amigos tricolores

  43. Ana
    3 de junho de 2015 at 12:26 (4 anos ago)

    Além disso a porcentagem do clube vai diminuindo no decorrer do contrato. Por isso o Flu renovou o de todos antes da exposição.
    O Santos segurou o Neymar por mais tempo, mas por isso recebeu 17 milhões de euros, menos do que vale o Gerson. E se não saísse em 2013, sairia de graça. Lembrando que, para renovar, o clube tem que pagar luvas, geralmente com parte dos direitos econômicos.

  44. Caique Maciel
    3 de junho de 2015 at 12:28 (4 anos ago)

    Parece que o Enderson vai fazer o que se espera de um treinador, que é escalar um jogador especialista na posição de lateral esquerdo, evitando uma improvisação.

    Com isso, o Breno fará sua estréia, a despeito do PRECONCEITO de parte da torcida, que, antes mesmo de entrar em campo, já vaticinou o destino do JOGADOR DO FLUMINENSE, dizendo que ele não serve pra nós.

    Eu só espero que amanhã não apareça nenhuma viúva do Dr. Sergio Galvão no Maracanã para vaiar o Breno no primeiro toque que ele der na bola. Isso é o que se espera de quem quer o bem do clube.

    No mais é partir pra cima do Coritiba e arrancar a vitória, nem que seja a fórceps. Opt in feito.

  45. Caique Maciel
    3 de junho de 2015 at 12:41 (4 anos ago)

    Fabio, na época da farra do dinheiro prostituído da unimed, algumas de nossas promessas sequer jogavam pelos profissionais. Foi assim com os gêmeos, o Fabinho, o Marcelo (jogou muito pouco), etc…

    Se vendermos esses moleques em 2016, eles já terão jogado um ano inteiro (Gerson e Kennedy) ou mais que um ano (Marlon) e já nos trariam um resultado desportivo maior do que todos os outros que saíram nos últimos 15 anos.

    Soma-se a isso o fato de que a construção de um bom CT e o investimento de um bom dinheiro em Xerém nos traria um enorme benefício a longo prazo.

    Lembremos que o Santos, antes de conseguir segurar o Neymar, vendeu uma geração inteira que ganhou o brasileiro de 2002 e por isso tinha lastro para bancar a permanência do craque.

  46. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 12:46 (4 anos ago)

    Ola Ana , legal voce aqui no debate, pois é para repensarmos o clube, sem se deixar levar por paixões e imediatismo.

    Vamos debatendo.

  47. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 12:53 (4 anos ago)

    Senhores

    UM OFF E EM CAIXA ALTA.

    A “GALINHA DE QUINTINO” QUER A BOQUINHA NA FIFA.

    TEM GENTE QUE SE ACHA ALGUMA COISA.

    MENOS GENTE MENOS, PARA NÃO SER RIDÍCULO.

    COMO SE SER MINISTRO AQUI O RECOMENDASSE PARA ALGO

  48. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 13:09 (4 anos ago)

    Caique acrescente ainda, que tínhamos muito pouco ou quase nada, eram todos de empresários ou “dirigentes”????? .

  49. Alexandre Said Delvaux
    3 de junho de 2015 at 13:29 (4 anos ago)

    Rogério, não tenho um número exato, mas em valores atuais creio que alguma coisa em torno de 30 ou 40 milhões de reais. Não gosto de fazer o tipo de crítica que chamo de fácil sabedoria ex-post e entendo a decisão do presidente David Fischel, já falecido, mas se o dinheiro, ao invés de ter sido usado para arcar com a folha de pagamento durante um certo período de tempo, tivesse sido aplicado na construção de um CT para os profissionais, talvez contássemos outra história do FLUMINENSE. Decisão semelhante deve tomar presidente Peter Siemsen. Caso ocorram as transferências, boa parte do dinheiro tem que ser usada na construção do CT dos profissionais e parte no CTVL e, se der, parte na recuperação do estádio das Laranjeiras. O futuro do FLUMINENSE agradecerá…Não tenho dúvida de que o sucesso atual dos clubes mineiros é, em boa parcela, explicado pelos investimentos na década passada. Caminho semelhante deve seguir o América Mineiro.

    Assim, transferir jogadores para garantir o custeio de atividades do futebol pode, de fato ser um equívoco, agora para investir em certos setores, pode mudar a história…É tudo questão de decidir…

  50. Alexandre Said Delvaux
    3 de junho de 2015 at 13:31 (4 anos ago)

    Concordo plenamente. Você escreveu exatamente o que eu penso.

  51. GiseleFelix
    3 de junho de 2015 at 13:41 (4 anos ago)

    Concordo plenamente Flavio. Se for para arrecadarmos uma grana suficiente para construir o CT, colocar as contas em dia, revitalizar as Laranjeiras e investir ainda mais em Xerém…que se concluam estas negociações da forma mais benéfica possível.

  52. GiseleFelix
    3 de junho de 2015 at 13:50 (4 anos ago)

    Obrigada por postar, Paulo. Esclareceu bastante.

  53. Juliano F Pacheco
    3 de junho de 2015 at 14:12 (4 anos ago)

    Vale lembrar que os SC e SP pagam mensalidade, então seria o valor da mensalidade mais o valor do plano, ou seja, valores que no total são maiores que a maioria dos planos.

  54. Alexandre Said Delvaux
    3 de junho de 2015 at 14:37 (4 anos ago)

    Isso aconteceu comigo. Não consegui resolver. Comprei no dia do jogo.

  55. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 14:43 (4 anos ago)

    Caique o Enderson vai pelo caminho normal, sem invencionices.

    Do Breno, só torcermos para ser o “Mariano II a vingança”, pois a maioria da torcida se vaiar, vai ser só por ele não jogar bem, nem sabem do problema, ainda mais de vice medico com crise de ciumes.

  56. Flavio Chammas
    3 de junho de 2015 at 14:45 (4 anos ago)

    Claudio ótimo comentário só engrandece o debate

    Estamos em campanha aqui para o pessoal que fizer um texto mais longo, que faça paragrafos para ajudar na leitura. Grato

  57. Danilo Heringer
    3 de junho de 2015 at 15:23 (4 anos ago)

    o CT virou obrigação !

  58. Claudio Souza
    3 de junho de 2015 at 16:25 (4 anos ago)

    Perfeito ! Nossa falta de cultura cívica também se manifesta aqui. O que se vê é sempre o anseio de que apareça alguém que resolva os nossos problemas. Críticas sem propostas de solução são mero resultado desse nosso cacoete ancestral de estarmos acostumados a ser massa de manobra; desse nosso messianismo infantil. Na hora de dar a nossa parcela de contribuição, nos defendemos dizendo que o nosso papel é votar. Essa é uma das razões do nosso país ser essa bosta.

  59. Claudio Souza
    3 de junho de 2015 at 16:31 (4 anos ago)

    Ok. Nos próximos textos, darei mais espaço entre os parágrafos. Obrigado.

  60. Bruno Castro
    3 de junho de 2015 at 17:10 (4 anos ago)

    Ótimo comentário!

  61. Fabio DB
    3 de junho de 2015 at 17:33 (4 anos ago)

    Caique,

    Creio que todos nós devemos torcer por qualquer um dos nossos atletas.

    Nesse caso em especial, tendo em visto tudo que ocorreu relacionado a esse jogador, pode-se dizer que esse atleta será a régua do Fernando Simone.

    A qualidade desse atleta = qualidade do trabalho do Simone.

    Veremos qual será. Espero que seja excelente.

    ST

  62. Fabio DB
    3 de junho de 2015 at 17:34 (4 anos ago)

    Caique, OK.

    Estou apenas sinalizando para o cuidado com “exageros”(saídas imediatas de Gerson, Kennedy, Marlon, etc) e com o uso inteligente de receitas entrantes.

    ST

  63. Fabio DB
    3 de junho de 2015 at 17:35 (4 anos ago)

    Flavio, OK.

    Estou apenas preocupado com possíveis “exageros” (vendas demais) e com o uso inteligente de receitas entrantes.

    ST

  64. Caique Maciel
    3 de junho de 2015 at 17:46 (4 anos ago)

    Discordo, Fabio. A régua do trabalho do Simone será o resultado final do seu trabalho, ou seja, onde chegaremos ao final dessa temporada.

    Os erros e acertos nunca devem ser contabilizados individualmente, principalmente no futebol, que é um esporte coletivo e que envolve inúmeras variáveis.

    Essa estória de 4º reserva do Cruzeiro é papo pra boi dormir. O jogador tem uma trajetória no futebol que fez o Flu disputá-lo com o próprio Cruzeiro sua contratação, tempos atrás.

    Caso não dê certo no Flu, não será o motivo de julgar o trabalho do Simone, mas sim o conjunto da obra. Imaginemos que o Flu chegue à Libertadores e o Breno seja um fracasso retumbante. O que vc diria?

  65. Luiz Mattos
    3 de junho de 2015 at 17:54 (4 anos ago)

    O que vão arrecadar com o Gerson vão gastar com a “espinha dorsal” nos próximos anos. Jogadores medíocres. Eu ficaria com os garotos. Pelo menos haveria a possibilidade de grandes jogadores no time. Só questão de opção.

  66. Luiz
    3 de junho de 2015 at 22:29 (4 anos ago)

    Xará,
    Isso é uma dedução sua.
    O Fluminense sempre foi habitual em agir assim e o histórico do clube nas Eras Fischel e Horcades autoriza a assim pensar.
    Ouso dizer que é uma prática habitual no nosso futebol.
    Mas nem por isso menos errada.
    O X da questão me parece exatamente o gerenciamento dos recursos obtidos. Preocupo-me com isso pois questiono a competência do MB e do FS para gerenciá-los. Me parecem ambos pessoas homestissimas, e bem intencionadas, mas não me passam confiança de que saibam montar elencos. Sei que estou sendo potencialmente injusto, dada a notória escassez de recursos, mas não sei se eles saberiam usar bem uma dinheirama destas..
    Isso se Peter nao decidir usar toda a grana pra sanar dívidas o que seria uma decisão responsável mas impopular politicamente. Esta aliás a maior virtude e maior defeito do Peter (depende da lente com a qual enxergarmos, a do Estadista ou do pragmatismo político maquiavelico).
    Como a grana só deve pintar ano que vem, ano eleitoral, acho q será usada pra investir no time.
    Eu sei que é duro negociar com chinês (é há o “fator dotô”) mas tentaria o Conca de volta em 2016 pois tenho certeza que ele será usado como moeda política na eleição.

  67. Fabio DB
    4 de junho de 2015 at 20:02 (4 anos ago)

    Caique, o que se espera é coerência. Se vai dar certo ou não é outra coisa. Mas com um mínimo de coerência. Então há situações que não se pode aceitar.

    Acabei de assistir o jogo do Flu e apesar do cruzamento excelente no final nota-se claramente que o Breno Lopes é apenas um jogador esforçado, com baixíssima capacidade técnica. Tem dificuldade de matar uma bola.

    É muito pouco para ser um resultado de um scout que observa centenas de laterais em toda América Latina.

    Pra mim a capacidade do Fernando Simone a passou a ser uma interrogação/dúvida (sem falar na contratação arriscadíssima do Drubsky).

    Pessoalmente, não tenho mais a mesma confiança no Simone, do que tenho no Peter e no Bittencourt.

    ST

  68. Caique Maciel
    4 de junho de 2015 at 23:18 (4 anos ago)

    Mais uma vez vou ter que discordar. É impossível se conhecer a capacidade técnica de um jogador que ficou quatro meses sem jogar, em apenas uma partida.

    Ele começou o jogo nitidamente nervoso, mas não mostrou pra mim ser um jogador ruim. Sobre a dificuldade de se matar uma bola, eu já vi o Fred, nosso melhor jogador, matar ALGUMAS na canela e isso não tira seus méritos.

    Volto a dizer, o Simone só pode ser melhor avaliado com o decorrer do campeonato. Qualquer tentativa de condenar seu trabalho agora, não passa de açodamento e paixão clubística exacerbada.

  69. Fabio DB
    5 de junho de 2015 at 10:56 (4 anos ago)

    Caique,

    Sobre o Breno. Não é 1 jogo, Repare no vídeo divulgado. É o mesmo jogador. Veremos com o tempo. Eu apostaria uma bela grana que estamos diante de um jogador muito ruim.

    Sobre o Simone: eu não consigo entender o método de trabalho de seleção de jogadores dele. Eu não consigo entender como dentre milhares de jogadores, entram no FFC pelo menos 2 jogadores sem um mínimo de condição.

    Enfatizo o meu ponto: o sucesso não se restringe ao resultado, mas ao método utilizado para chegar lá. Sem um método bem definido os resultados obtidos (negativos ou positivos) estão sujeitos ao acaso. E a erros absurdos. Não há possibilidade de entendimento claro e transparente do resultado. Sendo impossível então melhorar continuamente.

    Isso não tem nada de paixão. Tem, sim, tudo de gestão e administração, com um foco mínimo nos conceitos de qualidade total que estão nos livros de administração há no mínimo 50 anos.

    ST

  70. Caique Maciel
    5 de junho de 2015 at 12:37 (4 anos ago)

    Fabio, o debate é bom pra todos, então vamos tentar inverter a situação para que se enxergue outros ângulos.

    Vc diz: “Eu não consigo entender como dentre milhares de jogadores, entram no FFC pelo menos 2 jogadores sem um mínimo de condição.”

    Eu pergunto, como, entre dezenas de clubes no Brasil, só o Fluminense viu um jogador com o potencial do Vinícius?

    Como vc pode ver, são erros e acertos e só no final é que poderemos ver qual o lado dessa balança vai pesar mais.

    Concordo que o Drubsky foi uma enorme bola fora do Simone, mas ela foi corrigida a tempo de disputarmos bem o campeonato.

    A contratação do Breno é uma incógnita e não me venha tentar antecipar as coisas, pois o cara vinha bem no Paraná e foi contratado pelo Cruzeiro. Ele pode dar certo e pode dar errado, mas apostar que é um jogador muito ruim é puro achismo de sua parte.

    Quando essa turma que está aí contratou sete jogadores desconhecidos em uma aposta, diziam aqui no blog que se apenas um vingasse já estaria ótimo. Pois eu acho que o saldo é bastante positivo, pois temos hoje dois TITULARES dessa lista e outros que podem contribuir.

    Os que não serviam pra nada já foram ou serão dispensados. É assim que funciona.

    Vc é um dos defensores dessa gestão e não pode deixar se impregnar pelo pessimismo.

    Saudações Tricolores

Deixe um Comentário