Clássico vovô no Maraca

FluxBota

Após uma sequência ruim de dois empates contra Chapecoense e Bahia, o Flu conta com o apoio da torcida e com os prováveis retornos de Richarlison e Wendel como trunfos para voltar a vencer. O próximo desafio é o clássico contra o Botafogo, às 21h, da próxima quarta-feira.

O jogo acontecerá no Maraca e representa muito em termos de tabela. Em caso de vitória, a equipe tricolor tem ótimas chances de terminar a rodada no G6.

Clique aqui e confira todas as informações sobre ingressos e venda antecipada. Lembramos que checkin e venda online acontecem apenas até às 19h de terça-feira (11/07), e que as gratuidades neste jogo serão apenas no setor Sul.

#VemProjogo
#SejaSocio
#SomosFluminense

  • Nerval Antonio Goulart

    Só espero que não se repita o papelão que fizemos neste jogo contra o Bahia. Se o time apresentar o mesmo volume de jogo, podemos sofrer uma derrota humilhante. Não entendo o porquê do Abel dizer que gostou da postura do time. Fomos muito mal. Só não perdemos para um time que estava na zona de rebaixamento, por um capricho dos deuses do futebol.
    Que se contrate logo um bom lateral esquerdo para substituir o Léo Pelé. Alardeiam que irão contratar o bom meia Aleman, que pertence ao time do Equador, que disputa a Libertadores, mas acredito que seria mais útil contratar um bom lateral. Já temos bons meias. Esse lateral esquerdo Marlon que está chegando por empréstimo do Criciúma, seria uma boa alternativa? Não me recordo de tê-lo visto jogando!
    Agora, amigos que acompanham o futebol de Santa Catarina, me garantiram que esse goleiro Boer que está vindo do time do Tubarão é muito bom, apesar de jovem. Estamos mesmo precisando de um bom goleiro.
    Tomara que a nova diretoria acorde e passe a reforçar o time. Não podemos deixar de ganhar títulos, sob qualquer justificativa. O Fluminense é o futebol!! A torcida do Fluminense precisa novamente de ter confiança no time e voltar aos estádios. Os recursos só chegarão ao clube com bons resultados nos campeonatos. Títulos garantem a vinda de bons patrocinadores e, por consequência, investimentos em bons reforços. Se continuarmos lutando para não cair ou apresentando um futebol medíocre, nada de positivo acontecerá. Acredito que o Abad queira mudar a cara do futebol do Fluminense, deixada pela gestão anterior, Que nos deixou de cabelos arrepiados, lutando para não sermos rebaixados, desde 2013!
    ST

  • Flavio Chammas

    Senhores
    Falando do Flu aos meus “detratores”. (vou me alongar, estou “inspirado” hoje, em repouso para uma cirurgia amanhã).

    Postadores contumazes aqui normalmente postam com o “fígado”, e sempre depois de derrotas, quando o blog bomba.

    Eu sou tão tricolor quanto todos, assino tudo com meu nome (sem pseudônimos), portanto, nem melhor nem pior do que ninguém.

    NÃO TENHO LIGAÇÕES POLITICAS, NEM PRETENSÕES A TAL.

    SOU SOCIO FUTEBOL DE PRIMEIRA HORA (Nº. 18), PAGO SEMPRE, NUNCA USEI NADA, ALÉM DE TER AJUDADO NO CT. (É MIINHA MANEIRA DE AJUDAR COM O POUCO QUE POSSO)

    Leio tudo, muito mesmo, de todas as correntes, debato com amigos tricolores, penso (vou me repetir, PENSAR NÃO DÓI), e de acordo com as informações e raciocínio, faço meus posts após formar meu pensamento.

    Nem sempre as informações que chegam são as mais corretas, as reais mesmo, então ou somos enganados ou podemos nos enganar, o que nos permite mudar a cobrança, como já fiz aqui várias vezes.

    Não posso acreditar que uma diretoria que se propôs a assumir o clube, JÁ SABENDO DAS CONDIÇÕES, não esteja procurando a melhor solução, pois sabem dos riscos de não obedecerem aos acordos legais feitos (hj se vc não pagar as obrigações pode ser REBAIXADO).

    Falam de falta de patrocínio, como se o pais estivesse bem e pudéssemos escolher a dedo (não falem de caixa que impôs condições leoninas que não pudemos aceitar).

    Falando do que nos move, o futebol (intrinsecamente ligado ao restante, que geram despesas e pouca receita), NOSSA REALIDADE É A ATUAL, OU SEJA, BRIGARMOS COM O POUCO QUE TEMOS, PROCURANDO FAZE-LO BEM, SEM CRIAR EXPECTATIVAS DEMAIS, mas querendo sempre melhorar e ganhar (não sou masoquista, mas sofro muito vendo o jogo, como todos, só me permito ser positivista, acreditar sempre).

    Em relação ao brasileiro, vejo como todo, e não jogo a jogo, como fazem alguns, que numa semana chama de heróis, na outra execra e quer fora.

    Nossa realidade é esta como time (plantel fraco para tudo o que jogamos, mas a molecada tem se safado bem, o que ajuda) e tirando pequenas teimosias do Abel (Marquinho e Maranhão, os sem sangue), aliados às contusões em série, ele vem fazendo mágica.

    Olhando a tabela após 12 rodadas, retirando-se a exceção gambás (a hora deles vai chegar, como já chegou a do propalado melhor futebol do Brasil, seja da mídia ou do treineiro gaúcho), estamos a 6 pontos do vice (mulambada que vem gastando horrores) e dois dos porcos (que também gasta muito).

    Somos os que mais empatamos (cinco jogos sem perder, somando pontinhos), juntos com a mulambada e o galinho, os dois com elencos estelares, onde muitos reservas seriam titulares em muitos times (tem plantel bom).

    Temos o segundo melhor ataque, junto com o time do treineiro gaúcho, e os gambás, mas nossa defesa tem sido nosso “calo”, porém vem melhorando.

    Há cinco jogos pontuamos, e no blog do Rica, Classificação planejada estamos em 4º, ou 3º se tirarmos o ponto fora da curva (gambás).

    Temos que analisar jogo a jogo, corrigindo onde der, e com o elenco que temos (ou não temos?) aliados às contusões em série que nos afligiu.

    Qual time desses falados poderia ABRIR MÃO DE WENDEL, SORNOZA, RICHARLISON, SCARPA, durante tanto tempo sem sentir?

    Falar de contratação adianta se não temos grana?

    Falar de contratos mal feitos (existem sim) resolve, se eles têm que ser cumpridos?

    Falar toda hora do Peter ter nos enganado (Abad deveria saber mas quis assumir assim e o parabenizo) vai resolver?

    Criticar tudo toda hora já resolveu algum dia?

    Ou trabalhar, apoiar e ajudar não é muito melhor?

    Voltando ao jogo de ontem, reitero, não merecíamos o empate, apesar do domínio, e vendo os melhores momentos, tivemos mais chances efetivas nos contra-ataques, fora alguns perdidos por deficiência técnica, com erros em passes fáceis, sinal de que as jogadas existem, só não são bem concluídas.

    Para não perder a chance, ABEL, MARANHÃO SEM SANGUE NÃO, PELO AMOR DE DEUS.

    OBRIGADO JOÃO DE DEUS.

    • Juliano F Pacheco

      Boa sorte na cirurgia!!!

    • Claudio Souza

      Agora, ficou melhor ! Boa sorte na cirurgia. Mandarei boas vibrações.

      ST

    • Marcelo Teixeira

      Muito melhor Flavio! Boa cirurgia amanhã! Deus te proteja!

      St

    • Gabriel Ferreira Sartório

      Boa cirurgia. Deus o abençoe.

    • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

      Excelente cirurgia. Deus te abençoe.

    • Raul Fernandes

      Flávio:
      Feliz cirurgia amanhã. Q Deus o proteja.

    • Marcelo Tricolor

      Isso aqui é só futebol.

      Boa sorte, tricolor.

    • Ricardo Ferreira

      Que a faca te seja leve, Chammas.

      Aguardamos seu retorno brevemente.

      Vamos continuar a pensar ( sem dor, hehehe ) e debater sobre o nosso Fluzão.

  • Paulo Cavalheiro

    Estrutura de Futebol do FFC :

    1 – Presidente – VP (Veiga) – Gerente (Torres) – Assistente. Técnico (MSalgado)

    2 – Abel – Leomir – Auxiliar (Edvaldo Cavalo) – 03 (três) Preparadores Físicos – 2 (dois) Preparadores de Goleiros – 1 (um) Observador Técnico – 1 (um) Supervisor de Operações – 1 (um) Auxiliar Supervisão – 2 (dois) Analistas de Desempenho – 2 (dois) Assessores Imprensa – 1 (um) Fotógrafo – 4 (quatro) Roupeiros – 2 (dois) Seguranças – 1 (um) Motorista.

    Quando desce para a Área Médica são + 16 profissionais entre médicos, fisioterapeutas, nutricionista, fisiologista, massagistas, etc.

    É uma estrutura pesada e cara, para um clube muito endividado, fato. É um “corpo” operacional com 41 profissionais muito bem remunerados !!

    E este time não tem esquema tático e está morto no meio do segundo tempo.

    É muita gente, e o futebol do time, oh, pequenininho …………

  • Fabio DB

    Se o Botafogo duraço pode ter 2 goleiros de alto nível, um deles fruto de simples, barata e facil prospecção na A Latina, por que continuamos a aceitar nosso “destino de sofrimento” e prejuízos com tamanha resignação?

    O FFC é instituição social ou templo de sacrifício visando transcendência espiritual?

    Aliás com a venda do Léo Pelé o sustento do Cavaliere e família está garantido nos próximos 12 meses.

    ST

  • Flavio Chammas

    Senhores

    Definitivamente o futebol esta num mundo a parte:

    ” Atlético de Madrid vence disputa com United e PSG e acerta com Fabinho.
    Segundo o diário “As”, meio-campista brasileiro deve se apresentar ao time colchonero em janeiro.
    Espanhóis devem pagar R$ 167 milhões ao Mônaco pela contratação

    160 K pelo Fabinho é rasgar dinheiro, jogar fora.

    Ele não se manteria titular aqui no Brasil por muito tempo.

    Os caras perderam a noção ou a lavagem de grana anda a mil.

    • Ciro Guilherme Brandão

      Caro tricolor, vamos comemorar essa venda pois o FLU terá uma fatia desse valor.
      ST.

    • Valmir Carvalho da Silva

      Chammas, quanto levamos nessa negociação?

      • Lucas

        Acredito que 5%, pouco mais de 8 milhões.

      • Jorge Eduardo

        Vendemos por 1 milhão, mais uma vez os portugueses se deram bem em cima dos nossos espertos dirigentes.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    A torcida reclamou muito nas redes sociais, a postura do time contra Chapecoense e Bahia.
    Eu só peço uma coisa:que o time jogue com a mesma vontade que jogou nos 3 primeiros clássicos deste ano, principalmente.
    Alguém tem que relembrar a eles a importância em vencer e dar a vida em um clássico.
    Não é um clássico qualquer, estamos falando do mais antigo do Brasil e do terceiro mais antigo do continente americano.
    Imaginem a mídia que isso teria se fosse um clássico da Coisa Ruim!

    História do Clássico Vovô:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Cl%C3%A1ssico_Vov%C3%B4

    • Ricardo Ferreira

      Vou resumir.

      Clássico local para mim é caso de vida ou morte.

      Simples assim.

      Sem patrulha, por favor.

  • Raul Fernandes

    ABEL BRAGA:

    Poupe-nos do MARANHÃO!

    • Aluisio Silva

      rsss

  • joão

    Nesse esquema, eu penso que o ideal deria se defender como o real, no 4-1-4-1. Fica um cao de guarda na frente da primeira linha fazendo a cobertura ou marcação dupla, quando a bola estiver na intermediária e acompanhando os laterais, para os pontas não se desgastarem tanto defendendo e sobra gás e perna para agredir o adversário até o final do jogo.

    Nos falta esse cão de guarda, talvez o Douglas, o pierre não porque faz muita falta perigosa.

  • José Carlos Nascimento

    Tenho que fazer um “mea-culpa”. Outro dia reclamei que o Abel devia parar de colocar o time no ataque em todos os jogos. No meu argumento, com base no elenco que ele tem à disposição, aventei a hipótese de que deveria jogar como time pequeno em alguns jogos aproveitando as falhas do adversário para matar o jogo, como fazem Botafogo e Corinthians… Pois bem… ontem ele fez isso e não gostei. Quase parei de ver o jogo para fazer coisa melhor.

    Depois do sofrimento reformulo minha sugestão no sentido de diminuir a quantidade de atacantes e colocar mais jogadores no meio campo. Obrigado Abel, se me atender.

    • Ricardo Ferreira

      Não me convenço com esse negócio de “time no ataque”, ou “time na retranca”.

      Acredito sim em equilíbrio, em equipes que ataquem e se defendam em bloco, com os setores compactados, próximos uns dos outros.

      Lógico que isto requer treinamentos apurados e atletas de bom nível, sendo que aqui não me refiro necessariamente a craques, todavia também temos que expurgar os perebas, os caneleiros contumazes.

      • Marcelo Teixeira

        Contra o Galo lá, nossa bela vitória teve isso!

        St

  • Valmir Carvalho da Silva

    Maraca na quarta. Espero que o time entre com faca nos dentes.

  • MARIP BENTO

    Só 1% , favor confirmar porque tao pouco por 1 jogador da base.

    • Willy H

      São 5% para os clubes formadores dividirem. Jogadores entre 12 e 23 anos.O Fabinho foi formado no Paulinia/SP e veio para a base do Flu em 2011 e foi vendido ao Rio Ave em 2012.O Paulinia deverá receber um maior percentual. Não sei não se será 1% a parte do Flu, não. Espero que seja

      • Paulo Cavalheiro

        Willy, obrigado por esclarecer.

        Somente acrescentando, na faixa etária do Fabinho se prevê 0,50% ao ano, mas foi vendido em julho.2012, não sei se aplica pro-rata ou integraliza o percentual.

  • Claudio Souza

    Falar depois que o jogador explode é fácil, assim como viver reclamando dos outros. E as centenas de casos de “craques” em potencial nas divisões de base que não dão em nada? Temos um exemplo em casa : Robert.

    Trata-se de futebol, não matemática.

    ST

    • Ricardo Ferreira

      Outros clubes também apresentam muitos exemplos de “futuros Pelés” que ficam pelo meio do caminho.

      Mesmo assim eu acredito que existam no mercado profissionais mais capacitados que outros, no interessante ofício de antever um bom jogador num garoto iniciante.

      Este trabalho importantíssimo tem hoje a seu dispor diversas ferramentas científicas, programas de computador etc, que ajudam aos profissionais neste garimpo de autênticos tesouros.

  • Claudio Souza

    Infelizmente, o brasileiro adora um coitadinho, mesmo que ele não seja tão coitadinho assim.

    Clube de futebol não é clínica de recuperação. Isso vale pra Jobson, Thales, Michael, Walter Jubarte e tantos outros.

    ST

  • Davi Carvalho

    Não consigo entender alguns tricolores.
    Na internet tem gente malhando a diretoria porque tá vendendo o Léo.
    Até outro dia o cara era execrado pela torcida, agora vem gente reclamar da saída dele???
    Pra mim é ótimo que ele saia, pelo valor divulgado melhor ainda, sem contar que ainda dá pra pegar mais grana se ele se destacar lá.
    Chorar saída do Léo é de doer, tem tricolor que tá exagerando também.

    • Danilo Soares Félix

      Alguns vão malhar por qualquer coisa. É político. Outros apenas não conseguem refletir e vão na onda. Torcedor não pode ser sem filtro, nem pra situação nem oposição. E não apenas no Flu. Na vida.

    • joão

      Estava muito nervoso, estava saindo muito gol bobo por ali, mas ele tem um bom potencial.

      • João Tricolor

        Concordo com tudo, mas vejo um problema no futebol brasileiro: a torcida e a politicagem dos clubes suportam os ônus da longa montagem de um padrão de jogo? Como reagiria a maior parte dos participantes do blog? ST

      • Davi Carvalho

        Pois é, lá ele pode render mais, inclusive não descartaria alguém improvisá-lo de volante.
        Se ele se destacar lá será melhor pra gente, pois ganharíamos mais dinheiro com isso.

  • Claudio Souza

    Diariamente, leio dezenas de colunas, posts e comentários em vários lugares, que insistem em atribuir à fraqueza do nosso elenco os resultados não tão bons até agora no Brasileirão.

    Aí, me sinto compelido a perguntar : que elenco tem o Corinthians?

    Sinceramente, no papel, nem o time principal, individualmente, acho à altura da campanha espetacular que vem fazendo – 90% de aproveitamento!!!!!

    Na minha modesta opinião, o grande diferencial desse time está no treinamento. Tudo o que os outros times levam o dobro de esforço pra produzir, o Corinthians faz com a metade.

    Isso não se traduz apenas nos pontos conquistados e nas estatísticas do scout, mas também na baixa perda de jogadores por contusão.

    Eles não têm muita variedade em termos de peças de reposição, mas ninguém se machuca.

    Um time treinado exige menos dos seus jogadores.

    Comparem com o nosso time. Claro que houve casos de afastamento absolutamente fortuitos, mas será que as contusões pubianas de Wellington e Dourado não estariam relacionadas ao tipo de jogo que o time apresenta? E a clara queda de rendimento físico na metade do segundo tempo?

    Mais preocupante é sabermos que temos um elenco muito jovem, no qual esse tipo de ocorrência deveria ser muito menor.

    O que o Corinthians faz é único e envolve uma metodologia de trabalho e um conceito de jogo que vêm sendo aperfeiçoados pelo clube desde o início da década.

    Por isso costumo dizer que se nossos jogadores fossem o elenco do Corinthians de hoje, o clube paulista estaria fazendo sucesso igual ou até maior do que o atual.

    Isso não quer dizer que o campeonato já seja deles. Faltam mais de 70% das rodadas e mesmo com todas as virtudes táticas e coletivas, o elenco curto uma hora vai cobrar seu preço. Mas vão brigar pelas cabeças até o fim e, quiçá ganharão mais um título nacional.

    Não há nada parecido nos demais clubes brasileiros, assim como não há outro Tite ou outro Carille.

    Por enquanto, vamos de Abel até onde der, mas se Abad e Cia. desejam aprimorar o nosso futebol, é bom olhar pra quem, desde 2010, vem se mantendo altamente competitivo, e conquistando títulos, mesmo com grandes mudanças em elencos que, convenhamos, nunca foram montados a partir de constelações de craques, contratados às pencas.

    ST

    • Ricardo Ferreira

      Não vou entrar no mérito da sua análise.

      No caso específico do gambá paulistano, desconheço as minúcias da administração do futebol deles.

      Porém sem dúvida não se pode mais tocar o milionário negócio chamado futebol, na base do achismo, do “professor que sabe lidar com os garotos”, do “bom de vestiário”, do gato mestre que “tem o elenco nas mãos”.

      Muito amadorismo calcado em profissionais itinerantes, que podem até ter bons conhecimento do ofício, porém são autoritários, personalistas, autênticos ditadorezinhos, todos com prazo de validade curto.

      Por isso que defendo a formação de técnicos dentro de casa, ou, numa perspectiva mais conservadora, a contratação de profissionais, de preferência jovens até os 40 anos, que se enquadrem num projeto a médio e longo prazo, sintonizados, subordinados a uma diretriz determinada pelo clube contratante.

      Evidente que fica implícito neste modelo que a instituição já deva possuir de forma clara, sólida, as normas, os procedimentos, os objetivos, as metas, os valores que deverão ser colocados em prática.

      Nosso Fluminense está neste patamar?

      Temos exemplos dessa natureza em nosso país?

      • Ricardo Ferreira

        Complementando a participação, aproveitando este trecho do seu texto.

        “Um time treinado exige menos dos seus jogadores.”

        Após cerca de oito meses sob a batuta de Abel Braga, podemos dizer que o Fluminense tem um time, um grupo bem treinado?

        Apresentamos um padrão de jogo bem definido, independente das trocas de peças pelos mais diversos motivos?

        Vamos isentar o velho e experiente Braga de maior parcela de responsabilidade, apenas colocando na conta do elenco nossas fragilidades?

        Ficaremos a repetir os surrados bordões “ele sabe lidar com os garotos”, “tem o elenco nas mãos”, “é bom de vestiário”?

        Então tá, ficamos combinados assim.

        • Claudio Souza

          No início da temporada, o time jogava de forma muito intensa, com muita compactação, toque de bola e velocidade.

          Cheguei a elogiar o Abel, que parecia ter se atualizado.

          Com a perda do Scarpa, veio aquele esquema com dois atacantes abertos pelas pontas e o meio despovoado.
          Pagamos com duas péssimas partidas no final do estadual e algumas no início do brasileiro. Wellington vai para o estaleiro com problemas no púbis.

          De lá pra cá, o time só tem caído coletivamente e nos dois últimos jogos foi um bando.

          Dou um desconto pela necessidade constante de mudanças na escalação por contusões e a falta de datas para treinamento. Isso afeta o conjunto, sem dúvida.

          Mas fica a pergunta : como o Botafogo, que sofre com problemas similares, mantém seu bom padrão de jogo?

          ST

      • Claudio Souza

        Eduardo Batista foi defenestrado do Patético Paranaense não pelos resultados, mas porque não se enquadrava na nova forma de administrar futebol que aquele clube quer implantar.

        A direção disse com todas as letras que não quer ninguém personalista e centralizador. Quer decisões colegiadas e o respeito a uma filosofia de jogo determinada pelo clube.

        Paulo Autuori achou que a filosofia do clube era por demais arrojada e saiu junto.

        Querem acabar com esses super professores doutores do futebol. Merece uma reflexão.

        ST

    • Marcos Rodrigues

      Achei excelente seu comentário Cláudio!!! E grendes treinadores no Brasil é o que há de mais carente!!!

  • Lucas

    Acredito que 5%.

  • Claudio

    cara…na época a gente tinha Igor Julião, Wallace e o Fabinho.
    Dos 3, o Fabinho era o que menos ia à linha de fundo.
    ele sempre teve estilo mais tático, de jogar em grupo, de posicionamento.

    tenho certeza ABSOLUTA que o Fabinho seria execrado, massacrado, xingado, torturado, vaiado pela torcida até pedir pra ser negociado pelo Flu.

    enquanto você reclama da venda do Fabinho, muita gente comemora a saída do lateral Leo Pelé, dizendo….a mesma coisa!! que o Leo não presta pro Flu.

    amanhã, se o Leo for bem na Itália, alguém vem escrever que demos o garoto de graça pra europa… que nem o lateral Ailton que também foi massacrado em 2013 quando estreou, e muitos decidiram que o Ailton não prestava pro Flu.

    não sei se reparou no padrão…vários jogadores táticos, que não são individualistas, são massacrados pela torcida…que prefere o driblador, o cara do tipo “resolve”.

    • Fabio DB

      Eu acho que o Léo será um lateral muito bom. Os erros que ele cometia eram por nervosismo evidente por causa da imaturidade. Terá carreira de sucesso.
      ST

      • Marcelo Teixeira

        Acho realmente a maior deficiência nos cruzamentos. O resto é bom jogador. Se evoluir nos cruzamentos, terá sucesso. Melhorou muito na marcação.

        St

  • Ricardo Ferreira
  • Ricardo Ferreira

    Isso aí tem um importância capital.

    Uma luz no fim do túnel!

    Assunto que merece um debate profundo.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    E que o FFC trate de obter o reconhecimento da CBF, pois a mídia nefasta não o coloca como título oficial, embora pela lei a Primeira Liga não precise desse carimbo da CBF.

  • Ricardo Ferreira

    E quem colocou o Maranhão em campo?

    Aliás eu entendo que não deveria ser permitido a Abel Braga sequer ter relacionado este jogador.

    Abel manda e desmanda?
    Então tá certo.

  • Danilo Soares Félix

    Importante: checkin e venda antecipada para Flu x Bota vão só até hoje (terça) às 19h. Gratuidades apenas no Setor Sul. Este clássico vale muito em termos de tabela e teremos titulares importantes voltando ao time, como Richarlison e Wendel. Melhora muito a chance de vitória.

    • Ricardo Ferreira

      Vale muito em termos de tabela, mas também para o aumento da autoestima, do orgulho, da honra de ser Tricolor.

      Como já comentei neste editorial, clássico local é questão de vida ou morte!

      Radicalizo mesmo. Não tem papo.

      Eu entendo que quem não encara dessa forma, está na brincadeira errada, tem que procurar outro play.

      https://uploads.disquscdn.com/images/75e18f102003792b61534c197d1bfa40842b997b26748a853e41c29f406e542f.jpg

      • vladimir costa silva

        Perfeito

      • Marcelo Teixeira

        Tanto você esta certo, que o ze ricardo seria demitido apos o Fla Flu. A sorte foi o empate nos acrescimos. Ali conseguiu tranquilidade pra trabalhar e embalaram. Uma vitoria amanha, pode trazer esse diferencial.

        St

  • Ricardo Ferreira

    Segundo o portal Explosão Tricolor, o Fluminense, como clube formador, ganhará cerca de R$980.000,00, na transação entre Monaco e Atlético de Madrid envolvendo o lateral-direito Fabinho, por fabulosos 167 milhões de Reais.

    https://uploads.disquscdn.com/images/68f7dc5e1d0ed2b39fe15daf1cfee4f263b1d69ecc192eff7312035b5fc3aa2e.jpg

  • Ricardo Ferreira

    Colocar Maranhão em campo novamente é um acinte, uma ofensa, um descalabro.

    Se observa em todos os cantos, unânimes e contundentes críticas ao “professor” Abel Braga pela entrada daquele jogador no jogo passado.

    Depois da pardalzice histórica no fla x Flu decisivo, quando Braga deve ter pensado no Gabiru…

    Sequer deveria ter sido permitido que o técnico de plantão relacionasse o pereba consumado, após a constrangedora tentativa de negociar o Francinilson com o bostafogo.

    Lamentável.

    • Claudio Souza

      Como bem disse um colega, aqui no blog, esse tipo de jogador é como copo de requeijão. Ou se joga logo no lixo, ou fatalmente acabará sendo usado pra servir alguma visita.

      Mas Abel o considera injustiçado pela torcida. Um jogador esquálido, corre esquisito; parece um siri. Totalmente sem sangue. Sem grandes habilidade e velocidade.

      ST

  • Rogério Barbieri

    O Fluminense tem que entender que a política estratégica do Flamengo não cabe ao Fluminense.

    Ao longo de 40 anos de favorecimento da Rede Globo, a distância entre o clube de regatas do Flamengo em relação ao Fluminense Football Club aumentou de tal maneira que não é compatível debater os pensamentos e as necessidades de um com o outro.

    Vale o registro que nesse intervalo de 40 anos tivemos um momento ímpar. Principalmente entre 2007 e 2012, quando a contínua intervenção da Unimed resgatou o nível de competitividade do Fluminense e fez com que ele fosse um atraente clube para as novas gerações do Brasil e até mesmo da América Latina.

    Esse renascimento do Fluminense criou a necessidade da Rede Globo restabelecer a ordem. E, assim sendo, a emissora fez uma campanha negativa da relação Unimed & Fluminense para desmobilizar o rival do Flamengo, clube que viria a ser beneficiado pela emissora por uma enxurrada de dinheiro jamais vista na história do futebol brasileiro.

    Ou seja, a Rede Globo decidiu recriar o monstro e prepará-lo para comemorar o seu gigantismo no 50o. aniversário da FAF-Frente Ampla do Flamengo (em 2027).

    Enfim, se o Flamengo quer sofisticar o preço do ingresso, o Fluminense tem que popularizar o preço do ingresso.

    Se o Flamengo quer contratar craques milionários, o Fluminense tem que investir e manter a sua excepcional base de jogadores.

    A química do Flamengo não serve para o Fluminense.

    A mídia do Flamengo não serve para o Fluminense.

    Se o uniforme do Flamengo custa R$ 300,00, o do Fluminense tem que ser mais acessível e viável.

    Se o Flamengo quer construir o estádio deles (grande mentira, eles querem o Maracanã só para eles), o Fluminense tem que querer o Maracanã só para ele.

    Não sigam o modelo do Flamengo.

    Não sigam o Flamengo. É um caminho para o precipício do Fluminense.

    Se a Rede Globo é Flamengo (espero que já exista essa consciência), o Fluminense tem que se aliar a uma forte emissora concorrente.

    Se o Flamengo subornou a Portuguesa, o Fluminense deve buscar justiça e não se transformar na bucha que irá salvar o réu da culpa.

    Flamengo é o adversário a ser batido.

    O Fluminense foi avisado de que o que está começando a acontecer iria acontecer quando a Rede Globo, em 2013, fez toda essa armação, em conluio com o governo federal e com algumas grandes empresas, fizeram um plano para construção do Império Rubro Negro.

    Não tenham dúvidas de que se seguir o caminho planejado pela Rede Globo, mais de 80% da população fluminense virá a ser rubro-negra em algumas poucas décadas.

    Seremos dizimados pela nossa inoperância frente a operação maléfica da Rede Globo.

    • luiz

      Perfeito !!!
      Plenamente de acordo.
      Gostaria de saber a opinião da Flusócio sobre tais considerações. Danilo, sempre solícito, poderia se manifestar ?

    • Ricardo Oliveira

      PERFEITA COLOCAÇÃO AMIGO, BRAVO BRAVO JÁ TINHA PERCEBIDO ISSO PENSEI QUE ESTAVA SÓ…..

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      Rogério, você é o tricolor que entende melhor do que ninguém o CRF e a frapress.

      • Rogério Barbieri

        A única coisa que sei é que quanto mais a Rede Globo faz o Flamengo crescer, mais ela faz para o Fluminense vai diminuir.

        E isso é que me faz espernear e ser repetitivo para ver se o maior número de tricolores possam perceber e lutar para que o time deles (o Fluminense) e dos seus descendentes (o Fluminense) possa continuar sendo grande.

        Quando o Vasco foi rebaixado, tentei fazer os vascaínos entenderem que se eles conseguissem provar que o Flamengo e a Portuguesa tinham feito um conluio para salvar o Flamengo, ambos os clubes seriam penalizados e o Vasco não teria sido rebaixado.

        Mas, no Brasil vivemos um problema intelecto-mental populacional que se a Rede Globo não concordar ou omitir tal versão/opinião ninguém deve acreditar.

        É Flórida viver no Brasil!

  • Rodrigo

    Temos no ano só três vitórias em clássicos e quatro derrotas. Vamos tentar ao menos zerar esse déficit? Importante vencer esse jogo.

  • Marcelo Teixeira

    ://m.extra.globo.com/esporte/fluminense/flu-deve-premiacoes-dois-meses-de-direitos-de-imagem-aos-jogadores-falta-de-prazo-gera-insatisfacao-21575312.html

    Se isso acima é verdade, talvez explique porque metade do time andava em campo domingo.

    Entendi que tinham feito uma engenharia financeira e estava tudo em dia de novo. Menos premiações.

    Realmente não dá pra entender pra onde foram 80 milhoes de luvas da globo. Esse dinheiro das luvas deveria ter sido obrigado a entrar parcelado com a devida correção por inflação ano a ano. O contrato de transmissao e do Flu e não de um presidente ou de uma gestão! Isso não é preparar o Flu para o futuro! Lamentável!

    St

    • luiz

      Recentemente a Diretoria havia conversado com o elenco sobre os atrasos, e os teriam sido total ou parcialmente efetuados.
      O que há de veracidade nessa matéria ? Com a palavra, a Diretoria…

    • MARIP BENTO

      Concordo a gestão Peter foi lamentavel, e é lamentavel dizer isso

    • Ricardo Oliveira

      AS MÁSCARAS DOS JOGADORES APARECEM NESSAS HORAS……..

    • Davi Carvalho

      Realmente, o corpo mole de alguns pode-se explicar por isso.

    • Rogério Barbieri

      Asfixia financeira sempre foi o melhor remédio para justificar algumas decisões.

      Quem é capaz de promover a asfixia financeira?

      Depende dos interesses.

      É visível que a venda de jogadores é um objetivo almejado por alguns interessados.

      Então, temos que TEMER aqueles que tem interesse na venda desses jogadores o quanto antes. Afinal, o quanto antes esses jogadores são vendidos, mais cedo os interessados alcançam o objetivo de receber o dinheiro esperado.

      Ah, o Fluminense.

      Para alguns interessados, sai perdendo.

      Saindo perdendo o Fluminense fica mais fácil perpetuar o plano de fortalecer o nosso maior rival.

    • José Carlos Nascimento

      Na boa? Não acredito que isso afete os jogadores NO DESENROLAR DO JOGO; antes e bem depois do término da partida, aí sim, admito o pensamento de revolta.

      • Marcelo Teixeira

        Eu, como torcedor também acho que não.Mas sou torcedor. Não sou profissional. E acho que o problema pro jogador nem é o atraso. Pois houve franqueza. O problema é que nesse segundo momento, disseram pra imprensa e pra torcida que estava tudo em dia. Menos premiações. E mentira, jogador não tolera.

        St

    • Alexandre Said Delvaux

      Faças as contas: CTPA, contratações do Richarlison, Equatorianos, Henrique Dourado, Henrique…de qualquer modo, nos demonstrativos contábeis você pode identificar as origens e aplicações dos recursos. Se investir no CT, contratar jogadores como os equatorianos e Richarlison, investir no CTVL, ingressar no profut, regularizar o Clube para receber as CND’s e dinheiro público para investimento em instalações dos esportes olímpicos…enfim, se isso não é preparar o FLUMINENSE para o futuro, o que seria? Os atuais gestores gostariam de receber o FLUMINENSE com as finanças totalmente saneadas, com grande capacidade investimento, CT concluído…eu também. É muito mais fácil dizer que o FLUMINENSE recebeu R$ 80 milhões, do que identificar nos demonstrativos as destinações. A galera se assanha, fala que houve roubo, 10 curtidas e ponto. Dá trabalho ser um pouco justo com as pessoas.

      • Marcelo Teixeira

        Eu não disse que houve roubo. Valorizo muita coisa que foi feita. Você falou sobre o ct. Mas ele não foi acabado. E ainda devemos uma parte que foi feita ao Pedro Antonio. Sornoza e orejuella? Otimo, mas vão ser pagos quase que integralmente por essa gestão atual. RIcharlison foi pago, mas faltou a comissao dos empresarios. H dourado o mirassol tambem esta cobrando. Gestao passada nao pagou e tiveram que fazer novo acordo. Também entrou muita grana do Gerson. So pra lembrar. Alias entrou tudo, mas ainda falta pagar a parte da empresa que detinha o outro percentual, que tambem sera pago por essa gestao. Só de tv, foram 177 milhões ano passado.

        Ah, esqueci que prorrogaram e aumentaram o contrato do Cavalieri ano passado sem qualquer explicação. Não vou entrar no merito dos que chegaram e nao deram certo, pois isso se deve a uma serie de questões que podemos aceitar. Mas essa do cavalieri não dá pra engolir.

        Sei valorizar tudo que foi feito. Até ano passado. Ano passado foi uma lástima. So valeu pelo ct. Que não é pouco. Mas não foi totalmente pago.

        St

        • Alexandre Said Delvaux

          É fácil demais colocar a conta no contrato do Cavalieri…é o jogo que a galera gosta.

          • Marcelo Teixeira

            Tem outros contratos. Marquinho…danilinho..o argentino gordo q nem lembro o nome…wilian matheus…maranhao….etc.

            Mas esses vieram de fora. Posso simplesmente creditar a erros de avaliação. Agora, um jogador nosso, que acompanhamos há anos e que vem em queda vertiginosa, ter um aumento substancial e prorrogação com contrato ainda em vigor, realmente acho inadmissivel.

  • Marcelo Teixeira

    Oportunidade pro Leo e pro Flu. Acho que ele vai se dar bem. O Marlon é apenas uma aposta. Mas uma boa aposta. Temos mascarenhas tambem.

    Já que temos que vender, considerei essa tentativa de reposição boa.

    St

  • Alexandre Said Delvaux

    Esse assunto já foi conversado algumas vezes por aqui, mas acho que vale a pena.

    O Presidente Abad poderia criar um grupo de trabalho para estudar a questão do Estádio das Laranjeiras. É preciso buscar uma solução (e rápida) para transformá-lo em um ativo rentável . O bfr tem promovido eventos no Engenhão para gerar receitas, porque todos estão precisando de recursos extras. Não é possível que não exista nada a ser feito naquele espaço e o FLUMINENSE precisa de caixa. Recentemente surgiram algumas notícias, mas aparentemente as coisas não andam, ficam patinando e nada é resolvido.

    Outra coisa, o FLUMINENSE tem um número de sócios que parece indiferente às vantagens e aos benefícios e continua pagando regularmente as suas contribuições, sem reclamar. Por que não intensificar a relação com esses sócios?
    É viável criar uma categoria de sócio-investidor?

    É hora de encontrar novas soluções, intensificar as parcerias, se for para transformar a camisa do FLUMINENSE em “camisa de piloto de fórmula 1”, que assim seja feito? Não dá para ficar esperando outra Unimed!

    • Flavio Henrique

      Perfeito.

      O que se repete à exaustão por aqui é o tópico Redução de Despesas.

      Mas pouco ou nada é comentado sobre aumento de receitas.

      Como eleitor eu gostaria de saber o que será feito nos próximos meses para aumento do fluxo de caixa.

      As principais empresas do mundo são comandadas por profissionais ligados à MKT ou vendas. Isso porque o pensamento é aumentar as receitas.

      Me preocupo pois, não vejo esse pensamento no FLU.

      • Daniel Bastos

        A verdade é que ninguém até hoje chegou aqui e explicou as inviabilidades do projeto laranjeira. (e prezam pela transparencia).

        Sabemos que tem a dificuldade do tombamento e da proximidade com o palácio, além, claro, da associação. Mas a questão é: Pq nossos maiores rivais conseguem e nós nao?

        • Davi Carvalho

          Eu tô até hoje pra ver a tal associação de moradores embarreirando o projeto.
          Sobre tombamento, tem como destombar, o clube teria que agir politicamente pra receber certos laudos, como dos bombeiros e CET-RIO, mas eu não creio em impossibilidade nesses casos, um projeto sério e bem feito poderia ser viável.
          Como você disse, se outros podem, por que nós não???
          Já pensou laranjeiras assim???
          https://3dwarehouse.sketchup.com/warehouse/getpubliccontent?contentId=e79ad8bf-35dc-48bf-a989-f7e5bc170472

          • Sylvio Montenegro

            Destombara o Maracanã, que era o Maracanã, num piscar de olhos para transformá-lo nessa arena yuppie-gourmet-kinoplex que nada tem a ver com a alma de um verdadeiro estádio de futebol. Hoje aquilo que está ali no lugar do Maracanã é caro e inútil.

            Por que parte das Laranjeiras não poderia ser destombada para fazer ali um verdadeiro estádio de futebol que remetesse à nossa gloriosa história?

          • Alexandre Said Delvaux

            Seria uma grande burrice criar dificuldades para uma iniciativa que valoriza o bairro, que melhora o comércio… Não incompatibilidade com eventos que geralmente acontecem em horários de baixa densidade de tráfego. A impressão que tenho é que o FLUMINENSE tem uma mina de ouro e não quer explorá-la. Por que não realizar um estudo de viabilidade?

    • Davi Carvalho

      Eu já venho falando de laranjeiras faz tempo. temos estádio, ponto. O problema é que ele está defasado, se houver um plano sério para revitalizá-lo, modernizá-lo, aumentá-lo, mais da metade dos nossos problemas acabariam, teríamos uma fonte de renda fixa, acabariam os déficits de público, teríamos aumento de sócios, sem contar o ganho técnico de jogar em um alçapão novinho em folha a nosso favor.
      O que me parece é que a Flusócio, desde a era Peter, não quer isso, diferente do MR21 que quer, então parece que há um estudo do que é mais viável, a construção de um novo estádio pela ideia da Flusócio, ou a reforma total de laranjeiras pela ideia da MR21.
      Particularmente prefiro laranjeiras com capacidade entre 20 ou 25 mil.

  • Rodrigo Baroni

    VAMOS LÁ !!!!

    1) Por que não promover o evento tricolor em toda terra COM CRIANÇAS,
    em favelas e comunidades e escolas públicas por todo o Rio de Janeiro, por toda a região metropolitana, semanalmente?????
    Na capital, baixada fluminense, região serrana, São Gonçalo e
    região, etc, etc, etc. Sairia um comboio tricolor neste sentido.

    E publicando fotos da criançada (muitas crianças) com camiseta do Flu
    nas redes sociais semanalmente, etc, etc.

    Entregando de brinde a todas elas uma camisa casual infantil do Fluminense, que
    é barata, e pode ser confeccionada em parcerias, onde talvez sejam
    produzidas a custo zero. Under Armor pode ajudar !!!!!!!!!!!Ou outros
    parceiros… Além de outros brindes simples, ingresso de
    jogos no Maracanã ou em EP. E, obviamente, deveriam perpetuar este programa
    por todo o mandato.

    Pra isso tudo, basta um ou dois funcionários do marketing do flu (q
    saiam dos computadores), alguns estagiários e voluntários,
    jogadores da base uniformizados, e a compra de um caminhão. E o
    candidato e membros da chapa, aos menos os cabeças de chapa,
    deveriam ir quando possível fosse pra eles. E Quanto custaria isso
    para o Flu???? Pouca grana…

    Bastaria comprar um caminhão ou um ônibus!!!!!!!!!! sairia muito barato
    para o clube!!!!!!!!!! E Alguns poucos funcionários e estagiarios e
    voluntários!!!!!!!!!!!

    E entretenimento com música, e Com jogadores da base indo também,
    servindo de exemplos a serem seguidos pelos jovens carentes !!!!!

    2) Continuando, Comprem um caminhão baú tamanho médio, o FLU TRUCK,
    ou ONIBUS DO FLU !!!!!!!!!!!!!!!! nos moldes dos food trucks, e saiam
    por aí promovendo e executando o evento Tricolor em toda terra nas
    comunidades e colégios públicos fluminenses. Qual diretor ou
    diretora de colégio não gostaria disso???

    E nos dias de jogos do Flu, o caminhão iria pra porta do Maracanã, ou
    Edson passos, ou Engenhão, em todas as partidas, pra propagar,
    captar e vender programas de sócios
    futebol. Precisam panfletar isso nas portas dos estádios, principalmente aos q pouco acessam internet, e principalmente no MARACANA. Panfletando mesmo, NAS FILAS,
    com papel, a ser entregue ao torcedor, com as informações,
    benefícios, e instruções, de como se ingressa como sócio. Tem
    muuuuuito torcedor de 45, 50, 55, 60, 65, 70 anos, que pouco acessa a
    internet, ou pouca notícia tem sobre o programa, mas que, se
    abordado, ingressaria nos quadros. Essa galera precisa ser abordada
    PRINCIPALMENTE NAS FILAS.

    Pra isso tudo, basta tambem um ou dois funcionários, alguns estagiários
    e voluntários, e um caminhão. Quanto custaria isso para o Flu????
    Pouco TB!!!!!!!!!!!

    3) Faltando uns 5 jogos de mando do flu para o fim do campeonato, que
    façam uma mega promocao de adesão de novos sócios, nos moldes de
    como fez o São Paulo NO passado, q conseguiu 15.000 sócios em
    2 semanas, estipulando por exemplo preços de 1 real por tempo
    limitado para alguns jogos no morumbi para o sócio q ingressou nos
    quadros naquela promocao. Olhem lá o q fez o SP nesta promoção…

    4) Por QUE não uma espécie de netflu oficial, com link para vendas de
    pacotes de sócios e de materiais esportivos do flu ???? Quantos
    acessos diários tem a Netflu, e qtos acessos diários tem o site
    oficial do Flu ???

    5) Flu não fechou contrato com a Meltex, que abriria lojas e
    quiosques de vendas de materiais do Fluminense, Rio de Janeiro e
    Brasil afora!???? E tb nao produziria e venderia roupas casuais de
    nosso clube???? Então, Por que só há 1 (uma) loja do Flu além
    muros das laranjeiras, que é em Brasília !????

    Será que é muito cara a tal franquia !???? Alguém acha q alguém vai investir
    em franquia de clube de futebol para começar a ter retorno 36 meses
    depois do investimento??? Esse contrato ainda existe !???

    Essa franquia era pra ser quase gratuita, desde que o interessado
    atendesse a requisitos mínimos no formato e estrutura da loja. Era
    pra ser emitida quase q gratuitamente pelo Flu, desde q cumpridas
    certas exigencias minimas. A tal Meltex, q ganhe dinheiro com
    as camisas q produzir, mas não com franquias q não brotam. E a
    estrutura e formato da loja ou quiosque deveria ser o mais
    simples possível, para q se espalhassem por aí, nos centros
    comerciais do RJ e br, vendendo camisas e sócio futebol. Não
    precisariam ser lojas somente em shoppings centers , onde sabe-se ser
    de locações caríssimas (espaço e lojas muito caras). Poderiam ser
    em centros de comércio mais simples e populares…

    Precisamos Correr atrás das crianças, e da torcida, dos sócios, e não
    sócios, e de novos torcedores mirins…

    • Marcelo Teixeira

      Ótimas ideias ! Parabéns!

    • Davi Carvalho

      Outra coisa que não compreendo, o clube não ter uma loja virtual.
      Isso é absurdo.

    • Sylvio Montenegro

      Parabéns Rodrigo!!! Olha aí amigos da Flusócio, quantas ideias interessantes e de custo baixo.

      Ficarmos parados esperando as crianças escolherem o Fluminense espontaneamente só facilita o trabalho da Flapress.

    • Fabio DB

      Excelente!
      ST

  • Rodrigo Baroni

    Gostaria de agradecer à diretoria do Fluminense pelo resgate de um grande nosso herói, que jamais deveria ser esquecido: ADRIANO MAGRÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ele precisa frequentar bem mais as Laranjeiras !!!

  • Fabio DB

    Muita informação desencontrada.

    Vai chegar o dia em que não fará a menor diferença ler ou não o noticiário. Em ambos os casos “você não saberá de nada”.

    Já foi proposto aqui a construção de um site do FFC com formato IGUAL aos existentes (notflu, explosão..) mas com clipping e notícias em TEMPO REAL oficiais..etc

    Está desagradável acompanhar essa confusão no formato atual.

    ST

    • Marcelo Teixeira

      É simples. Na matéria a diretoria reconhece a divida e que vai pagar.

      Se isso é mentira, solta uma nota oficial e processa o jornalista e o meio de comunicação irresponsavel.

      A tal da transparência que deve existir tambem com o torcedor!

      St

      • Fabio DB

        Deveriam investir nesse grupo de comunicação de alto nível e focado na comunicação digital.

        Um grupo moderno, incluindo uma nova abordagem não apenas transparente!, mas moderna!, rápida! e agressiva para enfatizar as ideias!

        A antiga relação com a mídia acabou. O Donald Trump (pro bem ou pro mal) provou isso.

        Acabou o tempo em que você levava um soco pelas costas ou uma mão na bunda de um jornalista e ainda ia analisar, investigar e decidir por uma resposta politicamente correta e em cima do muro.

        Agora é porrada. Claro, inteligente. Mas tem que escancarar. Tem que apontar o dedo. Repito: “acabou o tempo em que você levava um soco pelas costas ou uma mão na bunda ” quieto. Todo mundo hoje em dia é jornalista. Todo mundo tem acesso a mídia. Ou seja, qualquer um vai querer passar a mão na sua bunda se você ficar quieto.

        ST

  • Davi Carvalho

    Tinha que ter lá no site também uma parte só pra falar do CT Pedro Antônio.

  • Davi Carvalho

    Seria foda demais, praticamente imbatíveis lá dentro.
    Uma pena ser só sonho.

  • Fabio DB

    Foi o que falei… fica inviável acompanhar noticiário do FFC….vc fica contaminado.. envenenado… Vou reduzir meus acessos.. joguei a toalha..

    —-‘-‘—–

    ABEL BRAGA FALA:

    “…é uma grande covardia a forma que a notícia foi divulgada.

    – Vejo com tranquilidade. Todo o meu grupo está tranquilo quanto a isso, ninguém falou sobre isso. Quando junta um pouco, o clube vai lá e paga. Já está definido quando será pago. Estamos tranquilos, não tem influência alguma. É uma grande covardia, inclusive, com os clubes, com os jogadores. Querendo dizer que o clube é mal administrado, querendo mostrar que o jogador está revoltado e justificando resultado negativo por falta de pagamento. Não existe. Vai ser pago na segunda-feira. Vai ganhar ou perder por causa disso? – disse Abel Braga.

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      A frapress existe!

      • Fabio DB

        Alexandre, por incrível que pareça, a frapress é passado. O desafio é muito maior.

        Ela é peixe pequeno perto do que existe hoje, pois as mídias sociais estão ao alcance de qualquer um que queira detonar o FFC, seja de forma sincera/justa ou, infelizmente muitos, canalha (para ganhar $$, ganhar divulgação/fama, ganhar poder, promoção, etc).

        O FFC tem que correr… muito. Para criar uma estrutura de comunicação forte. É URGENTE E CRÍTICO…. ano passado já comentamos isso.

        As empresas mais avançados do mundo estão passando por isso e se restruturando nesse sentido.

        ST

        • Alexandre Magno Barreto Berwan

          Só que o “alimento” quem lhes dá é a frapress, sob a capa de “credibilidade”.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Fazia muito, muito tempo que não lia tantas ideias criativas ou opiniões profundas sobre o Fluminense como as tem em profusão, abaixo de meu comentário.
    Sem politicagens, com todos pensando o Fluminense como um todo e o clube trabalhando para colocar as grandes ideias em prática, o FFC terá um futuro ainda grandioso.

  • Alexandre Said Delvaux

    Juliano, é mesmo difícil entender isto. Acredito que o assunto deve receber a devida atenção em breve.

  • Sylvio Montenegro

    Não é difícil de fazer nem custa caro. Mas o clube não precisa de torcida…

  • Danilo Soares Félix

    Por partes:

    1) Acho boa a ideia de fazer evento TTT nas escolas e com crianças, talvez com a presença do Guerreirinho. Vou repassar. Mas esse papo de “comprem um caminhão” é complicado. Acho que as pessoas comentam sem ter a exata noção da dificuldade financeira que o clube passa no momento. Quem sabe um dia, ou através de alguma permuta de doação x visibilidade, como foi feito pela MAN Latin America com os ônibus dos clubes grandes;

    2) Fazer um site de clipping oficial como o NetFlu é uma ideia inexequível, pelo simples fato que a comunicação da instituição não pode (e nem deve) replicar matérias contra o clube, ou que tragam inverdades, ou que tragam informações imprecisas ou distorcidas. Cada um escreve o que quer, nem sempre o correto. O que pode ser divulgado para os torcedores em termos de engajamento, informação e conteúdo sai no site oficial do Flu, no timing que a instituição precisa, e também nas suas redes sociais. É assim em todos os clubes e empresas do planeta. Mas concordo que seria bacana alguém criar um novo concentrador de clipping, de preferência mobile e não viciado politicamente. Apoiado.;

    3) O contrato com a Meltex prevê a implantação de novas lojas, mas convenhamos, com a crise no país e o problema Dry World, o ambiente de negócios se tornou menos propício a este movimento. Vamos ver agora com a UA, marca top e material top. O Flu tb opera por franquia com o projeto Guerreirinhos e este é um sucesso absoluto;

    4) Não há como comparar as promoções de ingressos que um clube que tem estádio pode fazer com as que o Flu pode fazer sem ter sua casa própria. Em qualquer lugar que jogarmos haverão custos embutidos como aluguel de estádio e operação do match day, e os clubes que detém seus próprios estádios tem muito mais margem de manobra que nós, por não terem muitos destes custos. Um dia teremos nossa casa e isso será possível pro Flu também, mas hoje é bem difícil. Não dá pra exigir que o clube pague pra jogar, isso não existe;

    5) Quem marca data e horários dos jogos são as TVs, leia-se Fox para jogos da CONMEBOL e Globo para jogos do campeonato brasileiro e Copa do Brasil. Elas pagam aos clubes para ter autonomia sobre a grade de partidas. Não adianta reclamar com a diretoria do Flu ou de qualquer clube sobre horários dos jogos. Ninguém gosta de jogar depois da novela, mas isso não é uma opção dos clubes;

    6) Também acho que o Flu precisa ter sua loja online oficial. Com o problema DW isso estava difícil, mas agora com UA tem que conseguir implementar sim.

    Falar que a Flusócio não se preocupa com a torcida, sendo que ela inteira é de arquibancada, é uma crítica tão absurda que eu prefiro nem responder. Deixo para reflexão dos demais.

    • Fabio DB

      O tal site rápido do FFC naturalmente teria que ser adequado aos objetivos do FFC. Dessa forma, o conteúdo não pode ser mesmo igual ao do notflu, que tem outros objetivos. Não faria sentido. A ideia principal seria gerar notícias e eventualmente comentar/debater/questionar notícias (positivas para o clube ou negativas) em tempo real.

      As informações do dia a dia geradas pelo clube precisariam ser consolidadas em algum ambiente. Estão espalhadas em vários “locais”. Diferentes informações em locais diferentes.

      Não fosse assim o notflu nem existiria ou seria acessado com objetivos diferentes e em menor escala, até porque a central de boatos iria falir.

      ST

    • Rodrigo Baroni

      Legal Danilo!!

      E o Flu precisa voltar a abordar seu torcedor para que este vire sócio, assim como foi na origem da Flusócio.

      Vcs já fizeram, e bem, isto no passado.

      Sobre o caminhão ou algo do tipo, Danilo, por exemplo, um caminhão Baú novinho custa uns 100, 150 mil reais.

      Só o crowfunding da Flufest 2017 arrecadou 300 mil reais.

      Daria para comprar 02 caminhões por exemplo, ou 02 micro-ônibus. Se customiza os carros e pronto, show.

      E 300 mil reais não é muito dinheiro para o Fluminense.

      E tais veículos ainda poderiam servir de QG do Flu na porta dos estádios, maraca, EP, Eng, recebendo os nossos torcedores e os captando para virarem sócios por exemplo, seriam pontos de adesão, além de irem nos dias de semana nas escolas públicas RJ afora.

      Esse vídeo abaixo é irado, com os mulekes de Xerém visitando uma escola pública na África do Sul no ano passado.

      Flu poderia fazer isto aqui no Rio, semanalmente, 02 vezes por semana, sei lá…

      Olhem que vídeo irado!!!!!

      https://www.youtube.com/watch?v=zkO_JB8Urz8

    • Rodrigo Baroni

      Postei o vídeo errado.

      Na verdade, queria ter postado este abaixo.

      https://www.youtube.com/watch?v=zkO_JB8Urz8

    • MARCO ANTONIO DA SILVA

      5-nao adianta reclamar com a diretoria do flu sobre horarios dos jogos,tambem nao pode reclamar que a torcida nao comparece,sair do maraca depois de meia noite e dependendo de transporte publico e PHODA
      S.T.

    • Aldson Machado

      Vocês estão fazendo o torcedor perder a vontade de ir ao estádio , perder a vontade de assistir o time . Flusocio afundou o clube essa é a verdade ! Qual a função do Alexandre Torres ? Me explica como o Nanico da Colina contrata , o Botafogo contrata ? Vocês são o câncer do Fluminense , São o PT do Fluminense . A meta de vocês é realmente levar o time a Serie B ! Falta competência …

  • MARIP BENTO

    Realmente é altamente animador acompanhar o FLU, não contrata ninguem só sai jogador, enquanto isso somos obrigados a aceitar Marquinhos , Maranhao, ( porque não liberaram?), etc, e agora mais essa, Wellington Silva indo embora no meio da temporada , o que nos aguarda até o final da temporada, para coroar o ano maravilhoso, uma queda para a 2ª divisão, será que será isso nos reserva o primeiro ano da gestão do Presidente ABAD.
    O péssimo Presidente Horcades não foi rebaixado, enquanto que o maravilhoso PETER , aquele que iria equacionar as dividas e ao final da gesta saiu com uma divida maior ainda comseguiu o rebaixamento em 2013, não fosse a Portuguesa nos salva, realmente é desanimador

    • Flavio Chammas

      Sem discordar de sua opinião, se vc que se diz tricolor fala que a Portuguesa nos salvou , o que vão falar os outros.

      A lusinha salvou a MULAMBADA

      • Mauro Carvalho – SP

        Flávio, só pode ser fake, isso é mulambo ou oportunistas de plantão.

      • MARIP BENTO

        Também sem discordar da sua opinião, o importante neste caso não é se a Lusa salvou o FLU ou o Flamengo, o importante é que a gestão passada conseguiu REBAIXAR o time matematicamente, ou seja no campo, torço sinceramente que a gestão do ABAD não nos faça passar por isso

    • MARCO ANTONIO DA SILVA

      nao fosse a portuguesa nos salvar e o CARALHO, sai fora MULAMBO
      s.t.
      sf sempre.

  • Fábio Pitman

    W Silva voltando pra Europa…

    Complica bastante, além da sua saída., mais chances para ruindades como MJr e Maranhão.

    MUITO PREOCUPANTE!

    • Mauro Carvalho – SP

      Tomara que isso não seja verdade.

  • Fabio DB

    Isso é inaceitável e inviabiliza um clube cujas receitas teriam alto percentual dessa fonte. Já melhorou e entende-se que a nova geração sub17 venha 80-90-100.
    ST

  • Fabio DB

    Fluminense precisaria vender uns 3 ou 4 para levantar essa grana.
    Lamentável.
    ST

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Também, não é para tanto.
    É na minha opinião o nosso terceiro maior clássico, mas é muito importante sendo o nosso terceiro maior clássico.

  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Eu não consumo mais os lixos que fazem parte da frapress.
    Há muito tempo não vêem o meu dinheiro.

  • Sergio Binda

    Kct … A net flu falou que o Wellington não veste mais a nossa camisa, mas o cara está em campo. Vai entender…

    ST

    • Mauro Carvalho – SP

      Se for embora, ficamos sem 50% de nossa força de ataque.
      Espero que isso não seja verdade.
      Abraço !

  • Jorge Eduardo

    Defesa de M, o Roger nem precisou pular.

    • Mauro Carvalho – SP

      O cara cabeceou sozinho no meio da zaga……..

      • Sergio Binda

        Aquela posição era do Orejuela. Este gringo não quer nada com a hora do Brasil.

        ST

    • Jorge Eduardo

      Incrível, e nossos zagueiros ainda comempram qdo mandam pro escanteio, acontece que qq escanteio ou jogada de bola parada é um perigo danado.

  • Mauro Carvalho – SP

    MAIS UMA PÉSSIMA NEGOCIAÇÃO:
    ACEITAMOS ISSO? QUER DIZER QUE SE O JOGADOR VOLTASSE A JOGAR BEM CORRÍAMOS O RISCO DE RECOMPRA PELO ARSENAL?

    Mesmo contrariada, a diretoria do Fluminense confirma que o meia-atacante Wellington Silva está de saída para o Arsenal. O clube inglês exerce recompra prevista no contrato.

    • Sergio Binda

      Milton … pegamos o cara de graça !!! Ainda vamos ganhar 4 Milhões de Euros e talvez saindo um atacante o Abel resolva povoar o meio.

      ST

      • Mauro Carvalho – SP

        Binda, não sabia que veio de graça, neste caso retiro o que disse, não foi uma má negociação, foi AZAR mesmo termos visto o garoto voltar a jogar bola e agora deixar o gosto de quero mais na torcida.
        A Diretoria que se vire para achar um atacante perto de suas qualidades.
        Abraço

  • Sergio Binda

    O negócio é o seguinte. Até o Ricardo Rocha reparou que jogamos no 433 do final dos anos 60. O outro time ocupa o meio com 4 ou 5 jogadores. Como futebol se ganha no meio, nós vamos perder este jogo, já que o Abel não admite povoar o meio.

    Ainda temos o agravante que o Orejuela, o Scarpa e o Wendel não estão marcando ninguém!!!

    Lamento dizer, mas hoje vamos nos fuder… parece jogo de profissionais contra sub 17.

    ST

  • Sergio Binda

    Vamos jogar 3 dias e não vamos fazer gols!!!

    ST

    • Mauro Carvalho – SP

      Imagina sem o Wellignton, o que será dessa equipe??

      • Sergio Binda

        Milton … na minha opinião o único insubstituível neste time é o Sornoza. Este faz a diferença. Você contou quantos cruzamentos bisonhos o Wellington deu neste jogo?

        ST

        • Mauro Carvalho – SP

          Eu não vi o jogo estou acompanhando no lance a lance do GE.
          Quanto ao Sornoa concordo com sua afirmação.

        • MARCO ANTONIO DA SILVA

          de repente ele e insubstituivel porque nao esta jogando,tinhamos tantos insubstituiveis,Scarpa ta jogando o que?ze ruela ta jogando o que?daqui a pouco sobra pro Wendell,que tambem ta jogando o que?

  • Sergio Binda

    Como está ruim o Scarpa!!! Que coisa horrorosa!!!

  • Jorge Eduardo

    Irritante, o time perdendo e demoramos uma eternidade para chegar no ataque, ficam trocando passes com zagueiros que não tem boa saída de bola

  • Sergio Binda

    Esse Richarlison está de sacanagem!!

  • Sergio Binda

    Vejam como o Orejuela marca o tal de Guilherme sendo o último homem antes do goleiro.

    Tá de sacanagem!!!

    • Rodrigo Costa

      Pensei o mesmo, deu um espaço incrível.

  • Sergio Binda

    Faltam 29 pts

  • Sergio Binda

    O alma deve estar no DM também…

  • Fernando Brandão

    Parabéns. E o Botafogo segue tirando nossa vantagem nos confrontos pra inverter a freguesia, agora são menos de 5 vitórias… Mas o que mais me aborrece é entrar no Globo.com e ver no AO VIVO o Botafogo com o DOBRO de torcedores no placar de torcidas, um número inadmissível, 15,8 mil torcendo(curtiram) o Botafogo no jogo enquanto 8,7 mil curtiram o Flu. E isso é sistemático, na maioria esmagadora de jogos temos sempre menos torcida, uma vergonha e reflexo cabal do apequenamento a que estamos sendo submetidos desde 2011. Mais torcida é mais poder de influência, mais consumidores, mais prestígio, mais dinheiro. E reforços ? Todo mundo contrata, só nós que nunca temos dinheiro, e não me venham falar de Marlon. Não podiam ter perdido a chance de ganhar a Libertadores em 2013. NÃO ERA PARA PERDER ESTA CHANCE VALIOSA E ÚNICA ! Que falta de visão ! Agora é ladeira abaixo, apequenamento irremediável, estamos nos tornando um Goiás da vida, e resultados esportivos sempre para segundo plano. Parabéns.

  • Jorge Eduardo

    VTNC, mais um ano jogado fora, o foco realmente é não cair, chegando logo nos 46 pontos e o que vier depois é lucro, não temos a mínima condição de almejar estar entre os 6 primeiros, muito menos brigar por títulos.

    O dever de quem estiver no comando é arrumar um time de futebol à altura das nossas tradições que possa brigar pelas primeiras posições e ser sempre um real candidato aos títulos.

  • Waldomiro J. Silva Filho

    Culpem quem vocês quiserem culpar. Podem citar Scarpa, Orejuela, Richarlisson, Abel. Eu debito a vertiginosa queda do Fluminense exclusivamente à Diretoria. Não conseguiu consolidar o time, fazer contratações relevantes, ter um patrocinador. Se era inepta, por que quis dirigir um gigante como o Fluminense.

    A Diretoria trata o Fluminense como se fosse um Náutico, um Avaí, uma Ponte Preta.

    • andre fahr

      É o que eu falo desde o início do ano, esses caras não têm nenhuma noção do time que eles estão dirigindo. Olha para o Botafogo, os caras estavam em uma situação financeira muito pior que a nossa e a direção do Bota fez em 2 anos o que a do Fluminense não conseguiu em 6. E no meio desse caminho a gente ainda tinha o melhor patrocinador do Brasil, com times que todo ano eram candidatos a título.
      A diretoria foi tão incompetente que nós só conseguimos construir parcialmente o CT com a ajuda do PA, se não fosse por ele nem isso a gente teria.

    • Santana

      Não pode falar isso por aqui. Já vão dizer que você está fazendo politicagem …

  • Leonardo Vieira

    Faltam 31 pontos.
    A Benção João de Deus!

    • Sergio Binda

      29

      • Leonardo Vieira

        48 – tranquilidade.

  • Gustavo

    Quer fundar sindicato, saia do Fluminense e monte infeliz. Agora, se achar que o time precisa de alguma alteração, já que não faz frente a outro time de série A, por que não faz o seu trabalho e demonstre alguma utilidade, trazendo alguma solução?! CEGO E RETROGADO!

    • Fábio Pitman

      Isso aí, chega de passar a mão na cabeça desse preguiçoso!

  • andre fahr

    “Não precisa se preocupar pessoal, a Ponte Preta perdeu, com isso o nosso objetivo de terminar o Brasileiro na frente do alvinegro campineiro segue firme e forte.
    São só 4 jogos sem vencer, para quem ficou 9 ano passado isso não é mais que um pequeno percalso no caminho.”

  • Rodrigo Costa

    Incrível como todo jogo precisamos fazer gols pra não perder. Já chegamos ao meio do ano e o nosso sistema defensivo não encaixa e não vemos ao menos uma perspectiva de melhora. Começa o jogo, e já sabemos que vamos levar gol, é só questão de tempo. Agora, vamos falar sobre o Orejuela, não faz um desarme, só passa pro lado, não ganha uma dívidida, não sobe, não chuta, enfim… Inútil! O Marlon, no último jogo, se mostrou um pouco atabalhoado, mas correu de lado a lado, desarmou, lançou, se arriscou ao ataque, deu porrada no adversário até com a bola parada. Na boa, tenta o Marlon no lugar do Orejuela contra o Coritiba para tentar proteger mais a defesa, porque se não fizermos gols, já estaremos bem mais próximos da zona de rebaixamento.

    • joão

      Orejuela está jogando fora de posição.

  • Igor Carvalho

    CADÊ O PATROCÍNIO?????????

    • Claudio Souza

      Lá vem a novena das corneteiras…

      • Rodrigo Prieto

        ta tudo uma maravilha né…time no topo da tabela…zero chances de cair, lutando pelo título…

      • Igor Carvalho

        Parece que a Maria que apanha e a não reclama não gostou…

  • Gustavo

    O INFELIZ, aliás, me surpreendeu ao não colocar o Marcos Junio (outro que me pergunto até quando terei que assisti-lo com a camisa do Flu) em campo.

    • Jorge Eduardo

      Estava suspenso, hoje dos 3M só tinha o Maranhão, que não se sabe porque ainda continua no Flu.

      • Eduardo Gorges

        O empresário dele deve ser bom. Capaz até de me escalar em campo.

  • Augusto Guimaraens Cavalcanti

    Mais um ano jogado na lata do lixo…nem consigo mais me revoltar com as derrotas ou empates que poderíamos vencer! Se a diretoria é tão boa em finanças que montem um cursinho de contabilidade, isso aqui é um clube de futebol e que costumava ser gigante, ao menos tinha pensamento grande e almejava coisas grandes! (E não, este não é um comentário político, é só mais um torcedor escrevendo com o fígado sim, mas que não aguenta mais, entra ano e sai ano, não poder nem sequer sonhar com 1 título de importância!). Transformar o Fluminense em mediano, uma Ponte Preta da vida está bom para vocês? Uma diretoria que parece se contentar com o meio de tabela todo ano e acha normal viver na mediocridade, sem ousar (ou pensar com grandeza) em absolutamente nada? Somos um clube de futebol ou não somos mais?? Cadê o patrocínio master que estava alinhavado, Abad? Cadê as promessas de campanha que envolvia um time minimamente forte (com no mínimo 1 reforço de impacto?). Atualmente nosso departamento de futebol é o retrato da cara de incompetente do Alexandre Torres (alguém que está ali por tudo, menos competência, ousadia e empreendedorismo). Aliás, o único empreendedor que era o Pedro Antônio e que diga-se de passagem ajudou a eleger o grupo político de vocês, já foi dispensando e seguem os incompetentes!

  • Rodrigo Baroni

    Deu pena do Wendel.

    Que desânimo.

  • Paulo Teixeira

    Obrigado Abad /Peter. Vocês são os caras!!!

  • Jorge Eduardo

    Pior que nenhuma. O esquema tbm não ajuda, todo jogo perdemos minutos preciosos trocando passes para trás com zagueiros que não tem habilidade para sair jogando. Além de improdutivo é perigoso pois acabam entregando a bola pros adversários.

  • Fábio Pitman

    Mais uma atuação DESASTROSA!!!

    E o maior culpado tem nome e sobrenome: ABEL BRAGA.

    Time engessado, previsível, só tem uma maneira de jogar… PREGUIÇA de treinar e criar variações de esquema e tática.

    Sentado no trono, pois é gente boa, boleirão, todo mundo gosta dele… TÁ NA HORA DE COBRAR!

    Ficam com essa ladainha de ruim com ele, pior sem ele, de que tem um monte de desfalques… o nosso adversário de hj tb sofre com isso, mas lá tem esquema de jogo, pq aqui não tem? TEMOS UM BANDO EM CAMPO.

    Scarpa não é meia, estamos praticamente jogando em um 4-2-4.

    Nossa zaga não ganha uma pelo alto.

    Orejuela é segundo volante. Hj pra mim seria banco.

    Bota um volante ali, ou até mesmo o Henrique, Wendel e tenta o Robert na meia. Scarpa poderia jogar na meia direita, avançado e recompondo, como no início do ano, Richarlison e Dourado.

    W Silva deve sair, então estou tirando ele. Calazans reserva entrando sempre no lugar do Scarpa q tá precisando levar um esporro.

    Agora, se não tentar uma mudança, correremos sérios riscos.

    CAMPEONATO BRASILEIRO NÃO É BRINCADEIRA!

    NÃO PODEMOS NOS DAR AO LUXO DE FLERTAR COM O Z4. SERÃO TODOS CONTRA NÓS E ESSA MOLECADA NÃO VAI AGUENTAR!!!

    • Jorge Eduardo

      O Abel fez tudo errado e não consegue acertar a nossa defesa, mas não é o maior culpado, os maiores culpados são os nossos dirigentes que desde 2013 vem fazendo o possível para acabar com o nosso time de futebol e afastando a nossa torcida.

      O Peter acabou com as nossas finanças e o Abad decidiu fazer uma aposta de risco não contratando ninguém, se o nosso time, só de garotos e com uma das piores defesas da série A, entrar no Z4 vai ser muito difícil de sair. Tem que fazer um esforço e reforçar a nossa defesa e o nosso meio-campo e ataque.

      • Fábio Pitman

        Maior culpado nessas últimas atuações, pois não enxerga que o time é previsível e não se esforça pra mudar.

        No contexto geral concordo com vc, maiores culpados são os dirigentes.

        • Jorge Eduardo

          Sim, o que o Abel tem de motivador tem de teimoso e insiste com esquemas e alguns jogadores que não deveriam nem estar no Flu, já sabíamos disso… espero que consigamos nos manter fora do Z4, ano perdido

  • Santana

    Sinceramente, não aguento mais ver esse Scarpa na condição de titular absoluto do Flu. O mesmo vale para o Henrique. Pra mim, são dois engandores que servem apenas para compor o elenco. Limitadíssimos.
    Pra mim já deu. Vou cancelar minha contribuição de sócio-torcedor.

    • Rodrigo Costa

      Scarpa tá fora de posição e o Henrique tem sido destaque da defesa. Cancelar o Sócio Torcedor em um momento como o nosso, devido a má atuação do time, é contribuir ainda mais para piora do mesmo. Repense.

    • Igor Carvalho

      Scarpa sempre faz as mesmas jogadas. Vai cortando pra trás e lança pra alguém ou recua pro zagueiro. Aí quando tem oportunidade de dar o passe, prefere fazer golaço.

  • Augusto Guimaraens Cavalcanti

    Dispensem para ontem, rescindam o contrato dos sanguessugas Cavalieri, Gum e Marquinho! Avisem para eles que se não houver rescisão dos seus salários nababescos o clube irá falir! Mandem o Maranhão ser negociado! Façam igual àquela reformulação do Cuca que nos livrou do rebaixamento em 2009 e nos permitiu a arrancada de 2010! Afastem as maçãs podres do elenco que asfixiam nossa folha salarial. Se nada for feito o fim de ano pode ser amargo!

  • Fabio DB

    Janela aberta. Vários jogadores sendo negociados. Impossível manter a concentração.

    Ninguém sabe quem sai e quem fica….

    FFC FECHADO PARA BALANÇO. VOLTA APÓS TÉRMINO DA JANELA DE TRANSFERÊNCIAS, 01/AGO.

    ST

  • Sergio Binda

    Voltou a ficar chato ver jogo do Flu. Acho que vou tirar umas férias. Pelo menos não me aborreço!!!
    ST

  • Willy H

    Quem falhou na marcação? Quem? O Lucas, pqp. Tem que jogar o Renato, pelo menos marca melhor.
    Sai aos 20… A impressão é de fraqueza, o time até tem iniciativa mas não consegue furar defesas bem postadas.
    O Botafogo faz isso, dá a bola e só joga no contra ataque e, aí, foi o Flu que não soube o que fazer com ela.
    Pedro, acho que deveria ser emprestado, não tem como jogar no Flu, ainda.
    Tem que ganhar na próxima, senão, à beira da Z4, esse time jovem afunda.

    • Igor Carvalho

      E o Reginaldo??? Finge que pula mas não pula. Estamos entrando em todos os jogos sem vontade. Chape, Bahia e bosta entraram querendo a vitória muito mais do que nós.

      • joão

        Eu também achei que a falha foi do reginaldo. Mas foram tantas falhas e pela pressão que tava, cedo ou tarde eles guardavam.

  • Santana

    Scarpa tem muitas (muitas) limitações. Só pode ser titular em um mediano. E parece que esse é o objetivo da direção nos últimos seis anos.

  • Santana

    Ele não é burro, ao contrário, é extremamente inteligente, pois só sendo muito inteligente pra conseguir ganhar a vida como jogador de futebol, mesmo sendo um tremendo perna de pau.

  • Fábio Pitman

    E amanhã, possivelmente ficaremos somente 3 pontos a frente do Z4.

    ABRAM O OLHO FLUSÓCIO!!!

    • Fábio Pitman

      Olhando melhor a tabela, talvez 2 pontos se São Paulo e Avaí, que jogam em casa, vencerem seus jogos.

      Esse time não tem estofo pra aguentar essa pressão.

      PREOCUPANTE!

    • andre fahr

      A flusócio já está de olho bem aberto. Esse é o planejamento para 2017, só sofrimento.

  • Eduardo Gorges

    Não pude ver o jogo (trabalhando até 23:30), mas fica na minha cabeça que começamos o ano ganhando do Vasco (3×0), do Botafogo e do Flamengo (nos pênaltis). E perdemos a última pro Vasco, as duas últimas para o Botafogo e não ganhamos nenhum dos últimos 4 Fla-Flus.

    O esquema que deu certo no início do ano, testado contra times fracos, já não encaixa mais. Pode ter ficado manjado, pode ter jogadores rendendo pouco, Scarpa fez falta numa época, mas no fundo da história não tem variações que permitam impor o jogo.

    Ainda há tempo para corrigir, e problemas não faltam.

  • Davi Carvalho

    É, pelo visto faltam 29.

  • Sergio Binda

    Concordo que a diretoria deveria contratar dois ou três jogadores mais experientes para encorpar o elenco. Quem eu não sei … tem gente lá muito bem paga pra isto.

    Por outro lado o Abel mantém esta maneira de jogar, que deixa as linhas afastadas entre elas. Meu time para o próximo jogo seria Marlon Freitas, Wendel, Calazans e Scarpa agrupados no meio, com Dourado e Wellington na frente. Lamentavelmente, hoje somos um dos candidatos ao descenso.

    ST

  • Claudio Souza

    Não há muito o que se comentar. Foi o jogo de um time consistente e bem treinado contra um time engessado, mal postado e previsível.

    O esquema do Botafogo tem como objetivo realçar as qualidades e minimizar as deficiências dos jogadores que tem.

    Já o nosso, escancara as fraquezas e prejudica as virtudes dos nossos jogadores.

    Não temos um esquema que se encaixe nas características dos atletas que temos. Os atletas é que têm que se ajustar ao sistema “ataque porra-louca” do treinador.

    O Botafogo ficou sem 11 jogadores por contusão em certo momento da competição e manteve o mesmo padrão de jogo.

    Nós, com menos perdas, nos desconjuntamos e não conseguimos mais recuperar um mínimo de organização em campo.

    O Botafogo claramente estudou e anulou nossas peças e jogadas mais importantes.

    O Fluminense colocou um meio-campo despovoado e três atacantes (sendo que dois não marcavam ninguém – Pedro e Richarlison) para atacarem, sem grandes precauções, um time cuja especialidade é se fechar atrás e aproveitar os erros do adversário para chegar ao gol.

    Eu não ganho centenas de milhares de reais para enxergar essa obviedade, mas quem ganha não vê.

    E além de não ver, parece achar que o meio-campo é setor inútil para uma equipe de futebol, pois além de colocar pouca gente ali, quando está perdendo retira os poucos que ali jogam pra colocar quantos atacantes puder.

    Não dá pra avaliar nenhum jogador individualmente nesse estado de coisas e alguns, na minha opinião, estão sendo prejudicados com essa forma de jogar.

    Pra piorar, quando a confiança cai, aí é que os erros afloram.

    Hora de correção de rumos. Não sei se se deve mudar o time, o esquema, treinar mais e melhor ou correr atrás de algumas peças em posições-chave. O fato é que chegou a hora de se fazer uma mudança séria de rumo.

    ST

    • Ricardo Ferreira

      Quanto mais tarde pior.

      Será que Abel Braga escuta alguém?

      Mas…tem que ter alguém que saiba o que dizer a Abel Braga.

  • Daniel Bastos

    A culpa é do PS, MB, e cia… de resto, está tudo bem….

  • Lucas

    Alguem de vocês é milionario?? Só um torcedor disposto a botar dinheiro no clube pra salvar a gente esse ano!

    • Fábio Pitman

      O que poderia ajudar foi limado…

  • Daniel Bastos

    Abel tomando mais um nó tático. Insiste em um esquema falido. Não sabe pq fazer. Não tem ninguém no clube que possa mudar esta situação?
    Orojuela me lembra o valencia, 5 jogos bem e depois desapareceu. Tenho que ele não é o 1 homem , mas sim , o 2.
    A torcida inteira vê isso, só o técnico que não… vtnc

  • Marcelo Fontoura

    Nós últimos 3 jogos contra times pequenos e médios o Flu definiu suas ambições, NÃO CAIR! 9 pontos disputados e 2 pontos, sendo que 2 dos 3 jogos considerados em casa… Chapecoense (casa), Bahia ( fora), nanofogo (casa). Impressionante como 3 anos de boa gestão lá e uma péssima gestão aqui ( Peter 2 gestão) colocou o Botafogo que estava no esgoto, bem acima de nós… #46pontos.

    • Ricardo Ferreira

      São números preocupantes.

      48….é mais seguro.

    • Paulo Ypyranga

      E tinha muito torcedor sonhador falando que a parte “fácil” da tabela ainda estava por vir…

      Como se o time do Fluminense, em algum momento, tivesse dado qualquer indicativo de solidez e competitividade.

      Esse formato de pontos corridos não é novidade para ninguém, todo mundo sabe que o Brasileiro não é laboratório para experiências e não admite erros.

      Não tem tabela fácil, todos os jogos tem seus problemas e se não montar um grupo minimamente capaz de aguentar a temporada, briga pra não cair, mesmo.

  • Cesar Moreira

    Até o Abel está perdendo a paciência.
    Será q vcs não tem a humildade de ver q o projeto de vcs está errado?
    Será q vcs não enxergam q essa falsa austeridade financeira está acabando com o Fluminense?
    Será q não entenderam q fazer um time competitivo não é gastar dinheiro, é INVESTIR em retorno com torcida, com marketing, com maior possibilidade de patrocínio?
    Será q vcs não percebem q estão acabando com nossa torcida e apequenando DEMAIS nosso clube a ponto de começar a ser extremamente perigoso o futuro do Fluminense?
    Isso é muito sério!!!
    São CINCO ANOS sem nenhuma ambição, afastando a torcida do clube. Ninguém aguenta mais essa pasmaceira!!!!!
    INVENTEM!! NINGUÉM OBRIGOU VCS A ESTAREM ONDE ESTÃO, E O FLUMINENSE NÃO PODE SER TÃO APEQUENADO ASSIM!!!!!!!!
    Ninguém aguenta mais!! Todo mundo contrata menos o Fluminense!!
    Não é possível o q vcs estão fazendo com o Fluminense!!
    Peter, Flusócio e essa maldita falsa austeridade financeira estão acabando com nosso clube!

  • Rogério Barbieri

    Honestamente, no modelo existente no futebol, não vejo a boa gestão como a fórmula para elevar o Fluminense a condição do melhor ou um dos melhores clubes do Brasil.

    A boa gestão nunca levará o Chapecoense a essa condição, muito menos, o Atlético-PR, ou até mesmo o Santos.

    Afinal, não foi a boa gestão do Flamengo que o elevou a condição do melhor time do Brasil no início dos anos 80. E não está sendo a boa gestão do Flamengo que está elevando o Flamengo a condição de um dos melhores clubes do Brasil nos próximos 10 ou 15 anos.

    O que condiciona o Flamengo a essa posição é o sistema de favorecimento produzido pela Rede Globo.

    Logo, se o Fluminense e os demais clubes do país almejam algo de melhor para si, do que ser coadjuvante do Flamengo e do Corinthians, esses clubes terão que desmontar a relação de beneficiamento promovida pela Rede Globo, assim como a Rede Globo fez para desmontar o Fluminense, ou seja, quebrou a Unimed e a parceria existente com o nosso clube.

    A única maneira de escancarar a maléfica relação de favorecimento da Rede Globo aos principais clubes de massa (por ela criada nos últimos 40 anos) seria comprovando as ilegalidades praticadas pela emissora (ou a mando da emissora).

    Quais poderiam ser essas práticas ilegais?

    A comunicação externa pelo sistema de áudio e voz dos árbitros de futebol, garantindo uma assertividade incomum da arbitragem nas suas tomadas de decisão de acordo com o critério da cor da camisa. Se o erro favorece ao Flamengo ou ao Corinthians deixa rolar. Se o erro prejudica ao Flamengo ou ao Corinthians, mandem um comunicado para o árbitro voltar atrás.

    A outra, seria o fatídico caso #Flalusagate.

    Esse crime maldito, ocorrido em 2013, nos tirou do mar de conquistas e nos afundou num mar de lama que nos atola e nos impede de sermos enormes até hoje.

    Enfim, tenhamos a consciência do planejamento da Rede Globo.

    Estamos no 40o. aniversário de domínio da Rede Globo sobre o Flamengo.

    Em 2027, será o ano do 50o. aniversário.

    Não preciso ser ou ler Nostradamus para projetar que será um momento inigualável na história do Flamengo.

    Ah, o Fluminense? Em 2027, sei lá? Sem querer menosprezar o excelente projeto Fluminense Samorim, nos restará ganhar algo na Eslováquia para voltarmos a gritar é campeão no futebol profissional.

    • Ricardo Ferreira

      A hipertrofia do sistema grobo e suas consequências estão aí para quem tem olhos de ver. Acho pouco provável um exemplo de tal magnitude em qualquer outra democracia formal no mundo.

      Este polvo de mil tentáculos praticamente governa o Brasil. Salvo melhor juízo.

      No futebol não seria diferente.

      Discordo do aguerrido Tricolor quanto ao aspecto da administração.

      Eu entendo que só sobreviverá num patamar aceitável, quem gerir com erro próximo de zero.

      É penoso expor isto aí:

      https://uploads.disquscdn.com/images/6fcf7e7116a5599f6d9feea59b99c0da4a89d984f8878a3f23c343f61de24d9e.jpg

      Uma realidade brutal.

  • luiz

    Já há algum tempo venho dizendo que o Abel está erroneamente limitando-se a um único sistema tático, facilmente envolvido pelos adversários.
    Tem que montar o time de acordo com as circunstâncias. Há um vazio no meio. Parecia que o adversário tinha mais jogadores em campo. Isso é compactação, posicionamento.
    Há algum tempo, repetidas vezes, manifestei aqui preocupação com a parte de baixo da tabela. Fui ironizado e taxado não lembro de que, por alguns, ainda que indiretamente, dos quais cito, respeitosamente, Alexandre Delvaux , Flavio Chammas e Danilo Felix.
    Podemos terminar a rodada 3 pontos do 17o
    E Domingo, Coritiba desesperado fora de casa, provavelmente com Nogueira e Reginaldo (que dupla !!!) na zaga.
    Depois Cruzeiro e Corinthians…
    Time muito jovem com pressão se Z4
    Se isso não os preocupa ….
    Espero muito estar totalmente equivocado, sigo torcendo e apoiando, mas está desanimador.
    Votei no Abad e estou esperando o cumprimento de algumas das promessas da Diretoria eleita recentemente.
    ST

  • Paulo Ypyranga

    Quando você pega a tabela e começa a olhar mais pra quem está abaixo do que pra quem está acima é porque o caldo já azedou e está na hora das mudanças.

  • Fabio DB

    Imagina que você trabalha num setor que tenha 11 funcionários. Desses, uns 5 estão decidindo se vão a qualquer momento para Espanha, França, Itália ou Inglaterra com suas famílias.

    Alguém acha que o trabalho desse setor e desse grupo vai conseguir manter o nível de antes?

    É óbvio que não. Enquanto não decidirem o que vão fazer, rezem por algum empate. TODOS no elenco certamente que estão afetados por essa situação. E até mesmo a comissão técnica.

    Pode-se dizer que é uma parada de um formula 1 para trocar pneus e parte do carro no meio da corrida. Até desacelerar, trocar, retomar velocidade… etc… uns 10 ja te ultrapassaram. E para piorar! Ninguém sabe se a troca de pneus vai dar certo.

    É a conta de 2015/2016 chegando.

    ST

    • Ricardo Ferreira

      DB e toda galera.

      Nos coloquemos no lugar desse jovens atletas e suas famílias.

      Grandes salários, grana alta na mão no ato das transferências, perspectiva de carreira em países mais estruturados e seguros.

      Dá para ter outro desejo, pensar em permanecer em terras tupiniquins?

      Que possamos nos salvar este ano, para continuar nesta guerra sem trégua.

      • Fabio DB

        Claro que mexe com qualquer um!!! E no nosso caso são vários… repito: vários! … muito mais que em outros clubes.
        ST

    • Jorge Coutinho

      Fábio vasto eh o repertório das desculpas..
      Mas existem 2 premissas que fazem esse grupo deixar o campo do papel e do virtual com belos textos, ideias e desculpas virarem realidade…

      Falta agregar e baixar a guarda.
      O amigograma não funciona!

      Profissionalizar não eh só colocar e atribuir cargos/funções.. eh processo seletivo de pessoas competentes!

      Obs.: Pelo terceiro ano consecutivo NÃO DA CALDO

  • Ricardo Ferreira

    https://uploads.disquscdn.com/images/9a0d8b2390baf4c40c3b3270ab8dd46a57b59e4679a2cad124c8ecf12560b541.jpg

    Não há clima para lincar os melhores momentos.

    Quem está representado nesta imagem?

    Abel Braga e/ou o Fluminense?

    No caso de Braga não é defesa não, muito pelo contrário.

  • Ricardo Ferreira
  • Alexandre Magno Barreto Berwan

    Ser o melhor do Rio deveria ser sempre o objetivo mínimo do Fluminense no Campeonato Brasileiro, assim como dar a vida nos clássicos.
    Ficar atrás do Botafogo, um clube historicamente fraco, que já teria acabado não fosse ser socorrido por benesses públicas, é vergonhoso demais.

    • Ricardo Ferreira

      Pode até ser que alguém tenha corrido para não chegar.
      Isso é velho no mundo do futebol.
      Mas não creio não.

      Do pouco que aprendi, quando fica a impressão de corpo mole, de falta de empenho, muitas vezes é perebice mesmo, falta de aptidão para a profissão.

      Mas também em inúmeras oportunidades é time mal treinado, mal orientado, jogador fora de posição.

      • Alexandre Magno Barreto Berwan

        É a performance do time que vai avalizar a direção, daí até, a atitude irresponsável de tricolores (?) que tentam desestabilizar o time e o clube com suas atitudes.
        Que este melhore e a atual administração tem essa responsabilidade.
        Se não nos unirmos para sair desse buraco que a administração anterior nos deixou, notadamente pelo seu último ano, viraremos um Botafogo.

        • Jorge Coutinho

          Viraremos?
          Tomara!
          Hoje o botafogo eh um clube com estádio, na libertadores, com patrocínio, não está passando a sacola pra não virar o ano com dívida aumentada em 100 M e que levou mais público ao estádio que o atual Fluminense!

          ST

          • Davi Carvalho

            Sem contar que também está adquirindo um CT, que parece que será também de alto nível, tanto quanto o nosso e do flamengo.
            Percebeu como o patinho feio começa a virar cisne???
            Não é milagre, é gestão.

          • Alexandre Magno Barreto Berwan

            Que a gestão deles está se mostrando melhor do que a nossa de 2013 para cá, não há dúvida, aí é que está a vergonha, pois isso pouco aconteceu na História centenária dos dois clubes.

          • Alexandre Magno Barreto Berwan

            Com estádio público como todo o patrimônio dele, incluindo a participação política de Cesar Maia para ele ter General Severiano de volta e patrocínio que recusamos (espero que venha coisa melhor por aí). Só está levando mais público porque está na Libertadores e com a torcida empolgada, diferente de toda a sua História. A vergonha é mesmo eles estarem na Libertadores e nós não, é isso que eu acho, pois o lugar deles habitualmente não é esse (e nem deveriam ter passado da pré-Libertadores, não fosse o apito), que tem sido muito amigos deles desde o ano passado. Descobriram o caminho alegre do Flamengo?

            https://www.youtube.com/watch?v=KN5mwKZyH04

    • Alexandre Magno Barreto Berwan

      O público da partida foi mais uma demonstração da falência do futebol carioca, outrora a “galinha de ouro do futebol brasileiro”.
      Desde de 1986 gerido por pessoas estranhas, que lhe tiraram toda a credibilidade, e tomado pela violência verbal e física, estimulada até por dirigentes de clubes com as suas declarações e atos irresponsáveis, tornou-se essa coisa pequena.

  • Nerval Antonio Goulart

    A tática previsível do Abel está proporcionando aos treinadores adversários as estratégias simples e eficientes em liquidar as partidas já no seu início. Observem que contra a Chapecoense o jogo só não foi definido a favor do time catarinense, ainda no primeiro tempo, por pura sorte. Ontem no Maraca, todos nós torcedores no estádio, vimos que o Botafogo ia marcar o seu gol a qualquer momento, devido às inúmeras finalizações do ataque alvinegro que pelas boas defesas de Júlio César, bolas na trave e outras que ameaçavam nosso sistema defensivo, já sabíamos que a qualquer momento a bola ia entrar.
    Nosso time não consegue desenvolver um bom futebol e o time parece sem conjunto, cada jogador procurando dar seu jeito. Não vamos longe com esses jogadores. O pior é que estamos em queda livre. Os nossos adversários de sempre estão cada vez mais fortes e o nosso 10º lugar na competição já deveria ser um sinal de alerta para o Abad e seus assessores do futebol. As consequências dessa inanição do futebol do Fluminense no Brasileirão, já conhecemos desde 2013.
    Os problemas no futebol continuam e a era Peter não foi tão diferente da era Horcades. A patrocinadora Unimed deixou uma grande lacuna que até agora é sentida.
    ST.

  • vivianne

    Depois de mais uma atuação mediana de um time mediano q é o nosso, gostaria de algumas respostas se possível, q me ajudariam a entender o q acontece com o Flu:
    1-Quem são as pessoas do tal grupo ou conselho q administra o futebol?

    2-Qual o salário, função e o q tem feito Alexandre Torres no clube ate o momento?

    3- O q foi feito com as luvas da rede globo?

    4- Quantos meses de salario e direito de imagem foram deixados para a atual diretoria pagar da gestão anterior?

    5- Quanto foi pego de $ com PA para pagar salários?

    6- Estamos realmente acionando a dryworld na justiça, ou é mais uma mentira para proteger o ex presidente q é o responsável por essa mediocridade q virou o Flu?

    Espero q venha a ser publicado meu comentário e q alguém possa me dar uma luz, porque nao da pra entender o q esta acontecendo com nosso clube.
    E sei q o Abel nao e fantástico, porem e impossível disputar um brasileiro so com garotos, e digo mais, sem ele nao tem mais treinador de ponta no mercado, e vao começar as invenções, nao confio no departamento de futebol do Flu, o vice de futebol pelas entrevistas já provou q tem dificuldades, acho inclusive q ele nao deve saber nem q a bola é redonda.
    Se nao pode contratar ninguém experiente para jogar, contrata para a direção, olha o trabalho do Antônio Lopes no Botafogo, sera q é tao difícil assim fazer alguma coisa?!

    • Juliano F Pacheco

      Alguma resposta? Tais questões não tem fundamento ou são críticas de uma oposição raivosa?

  • Paulo Ypyranga

    Sempre que vejo alguém colocando panos quentes nesse momento do clube me lembro da gente gritando “Fica Eurico” pro Vasco da Gama, não sei porque…

  • Alexandre Vianna

    Amigo,

    Concordo com você e acho que o Fluminense deve avançar em mais alguns passos na formação de seus jogadores para não formar somente atletas, nutrindo-os física e tecnicamente, mas também para formar homens que devem saber agir sob pressão que vai sempre existir, pois é inerente à profissão que escolheram. Que coloquem na grade de formação dos atletas profissionais como psicológicos e pedagogos especializados tanto no esporte quanto na formação de um ser humano mais completo.

    Abraços.

  • Fábio Pitman

    Fácil responder: FALTA COBRANÇA!

  • Fábio Pitman

    Bem por aí, só q no nosso time de hj nem o 5 temos pra fazer o jogo sujo.

  • Cesar Moreira

    http://explosaotricolor.com.br/v2/61552-2/
    Não é Netflu, então vale a leitura, certo?
    Gustavo Albuquerque tb vale, certo?
    Leiam os últimos posts dele, esse do Explosão Tricolor, vejam o q várias pessoas coerentes vem falando há MUITO TEMPO.
    Ninguém sabe as funções do pessoal envolvido com o futebol do Fluminense.
    Não conseguem descobrir jogadores com bom custo-benefício na Série B nem no mercado sulamericano, não conseguem patrocínio, não conseguem NADA!!!
    Até Botafogo e Vasco contratam, vcs não conseguem inovar nesse modelo q já se mostrou inoperante??

  • Rodrigo Prieto

    1) globo
    2) horcades
    3) vão começar a fritar o abel
    4) politicagem

    Quem vcs acham que leva a culpa desse ano?

  • Fabio DB

    Claudio, esse processo de mudanças no elenco é seríssimo.

    Léo, Scarpa, W. Silva, Dourado, Richrlison, Wendel,…. só ai são 6 compreensivelmente “tontos” …. fora outros que nem sabemos … aí ainda tem a desmobilização potencial de Cavaliere, Maranhão, Marquihos, Gum, etc…. é difícil administrar isso. Não há time brasileiro que está sob essa pressão …. veja a queda de produção do Luan e do Grêmio… só um…

    Abad tem que definir urgentemente quem sai .. enquanto os jogadores ficarem no limbo fica inviável a integração e o desempenho de alto nível.. na minha visão …

    ST

  • Fabio DB

    Veja resposta completa acima…. a análise tem que ser feita para o nosso caso. Não há clube sob tanta pressão como nós… se há por favor informa, pois eu desconheço… e se há, vai cair de produção …. ou você é alguém diferente dos outros e se estivesse para ir para a Inglaterra a qualquer momento estaria despreocupado e vivendo como se nada estivesse acontecendo? a família tranquila?
    ST

  • Fabio DB

    Léo, Scarpa, W. Silva, Dourado, Richrlison, Wendel,…. só ai são 6 compreensivelmente “tontos” …. fora outros que nem sabemos … aí ainda tem a desmobilização potencial de Cavaliere, Maranhão, Marquihos, Gum, etc…. é difícil administrar isso. Não há time brasileiro que está sob essa pressão …. veja a queda de produção do Luan e do Grêmio… só um…

    Abad tem que definir urgentemente quem sai .. enquanto os jogadores ficarem no limbo fica inviável a integração e o desempenho de alto nível.. na minha visão … em qualquer carreira, empresa, etc

    Há outras dificuldades? SIM…. mas primeiro todos precisam saber qual será o time da semana que vem… e do resto do ano….. enquanto isso.. “trocando pneu”..

    ST

    • Davi Carvalho

      Verdade.
      Que se venda quem tem que se vender logo, que se fique quem tem que ficar.
      Precisamos de um elenco centrado nos objetivos desse ano, para que possamos passar por ele sem grandes intempéries.
      Com as vendas dá pra pôr salário em dia e ainda repor com algum jogador, aí foca-se numa subida de tabela no BR e luta por título na Sula.

  • vivianne

    … E outra coisa, tenho tido uma postura de defesa do presidente Abad, e acredito mesmo na seriedade dele.
    Porem como tb já disse aqui, como o mesmo e a flusocio assinaram embaixo os atos da gestão passada nao tem direito de reclamar, pois com essa atitude estão dizendo para a torcida q tudo esta bem no clube.
    Entao só pode haver 2 respostas:
    1- são ingênuos e leais ao extremo, vendo e sabendo da tragédia q foi uma das piores gestões da historia do Flu(e quando falei isso la atrás me chamaram de injusta), porem por gratidão e lealdade botaram pra baixo do tapete.
    2- foram coniventes e ajudaram a sustentar a mentira do saneamento das finanças com objetivo único de ganhar a eleição.

    Prefiro ainda acreditar na opção 1, mais como já falei aqui varias vezes, a verdade acaba aparecendo, e como é o primeiro ano da gestão 100% flusocio vamos aguardar e dar tempo necessário para aparecer resultados, já q foi dito na campanha q a flusocio nao tinha gerido o futebol do clube, entao vamos dar um voto de confiança.

  • Fabio DB

    Eu nem discuto o Abel, para mim intocável, pois não há melhor opção pela experiência e capacidade de integração e respeito que ele tem. Eu acho que a gente tem que ser prático.

    É claro que ontem quando vi aquela escalação com “meio campistas improvisados” como W.Silva e Richarlison e já sabendo que Scarpa não marca ninguém e que Orejuela e Wendel tb não são um primor aspecto seria difícil uma vitória…. não apenas pelo sistema defensivo mas pela ausência do Dourado e pela má forma de alguns titulares, em especial o Scarpa.

    Com isso, o ataque depende de jogadas isoladas pois a criatividade inexiste, afinal o único jogador do elenco que “dá liga” a todos os setores quando jogo e pensa o jogo é o SORNOZA como quase todo mundo já falou aqui. Aliás, um jogador que poucos times tem.

    Eu acredito que chegaremos a uma vaga na libertadores até porque os outros times são horrorosos…. campeonato é nivelado por baixo. Acredito que as novas contratações (substituições dos saintes) serão feitas com qualidade pois até agora demonstraram muito rigor com isso.

    E tem uma centena de jogadores da LA muito bons de bola, Todo jogo que você assiste de qualquer time médio, há no mínimo 2 excelentes para disputar titularidade e que ganham 20 mil por mês…dezenas de goleiros bons por sinal……

    …. o futebol brasileiro virou uma BARANGADA NOJENTA, UM FESTIVAL DE XEPAS como reflexo das gangs de empresários pilantras com dirigentes ladrões.

    REPITO: TRABALHANDO SÉRIO, PODEMOS ULTRAPASSAR ESSA CRISE COM LOUVOR…. TORÇO MUITO.

    ST

    • Sylvio Montenegro

      Fabio, espero que o Abel fique, não quero ter pesadelos com Drubsckys da vida. Mas espero que ele seja capaz de mudar a organização tática do time para que façamos uma campanha, como uma vez disse o Peter, ao menos “digna”.

      Entendendo por digna uma classificação ali entre o 8º e o 12º lugar. Nada que afete nossa dignidade com uma nova queda para a segunda divisão. Não espero nada diferente disso para este ano. Não alimento mais expectativas.

      E ficamos no aguardo, em curto prazo, sem período de carência, de soluções que recoloquem o Fluminense no caminho das grandes conquistas, do clube que orgulha o Brasil retumbante de glórias e vitórias mil.

      • Fabio DB

        Sylvio…. o último “jênio” que chutou o balde, peitou todo mundo para tirar o Abel (nem vou citar o nome dele, manjado) colocou o Luxemburgo no lugar ..LUXEMBURGO,,,. veja a me@#$da em nos encontramos… os nossos “jênios” e “salvadores” (e que criticam todos por sinal) são esses incompetentes e irresponsáveis…ST

  • Sylvio Montenegro

    Poderia ter ido ao jogo, mas preferi trabalhar na minha segunda atividade econômica, afinal, recebi o salário de abril do Estado apenas ontem. E pensar que o secretário de fazenda que faliu o Rio tem o sobrenome Bueno me causa calafrios.

    Fico pensando por que um torcedor apaixonado, e engajado, pelo Fluminense como eu, não encontrou motivação para ir ao descaracterizado Maracanã assistir ao seu clube de coração. O que estará acontecendo?

    Pedro Abad e a direção do clube não tem o crédito de ser “o novo”, de dizer que a gestão anterior faliu o Fluminense, pois fizeram parte dela. Ou seja, não dá para ter o crédito que o Peter teve em relação ao Horcades. Não existe prazo de carência neste caso.

    A Flusócio, que acompanho de longa data, desde antes de o Peter perder a primeira eleição para o Horcades, precisa dar respostas ao torcedor. Não sou eu, que tenho dois empregos, curso uma faculdade e divido as tarefas domésticas com minha esposa, que tenho que apresentar soluções para o Fluminense.

    Foram dez anos de preparação para esse momento. Seis anos participando da gestão de Peter Siemsen. Não dá para agora virar e dizer que não tem dinheiro e que tem que cortar despesas e a folha salarial.

    O menino, que veio a público dizer que tinha feito uma engenharia financeira para equilibrar as contas do clube, agora quer pegar 50 milhões emprestados com “torcedores abastados”. Todo cuidado é pouco.

    De nada adiantará apresentar plano de negócios e gestão para o Titanic se o navio estiver no fundo do oceano. A função principal dos grandes navios é de navegar, de forma rápida,segura e eficiente.

    Essa do Wellington Silva, a se confirmar, é de doer. É a partida dos que acabaram de chegar. Sem títulos, sem nada. Até Abel mandou a frase: “- Vamos ver se vem alguém.” Ele sabe que do jeito que está é difícil. Campeonato longo, contusões, cartões amarelos, janela de transferências.

    Mas isso não tira a responsabilidade do treinador. O time poderia estar melhor organizado em campo. Onde está a comissão de futebol? Não dá para juntos, Abel, Leomir, Fernando Veiga, Torres e Marcelo Teixeira conversarem sobre isso?

    A Flusócio encontra-se numa encruzilhada. O povo brasileiro não gosta muito de organizações políticas, infelizmente é mais chegado a líderes carismáticos e salvadores da pátria.

    Cabe a ela assimilar e aceitar as críticas justas. Parar com o comportamento de se defender sempre, como se estivesse em uma trincheira. É hora de repensar o planejamento, de ser inventivo e audacioso.

    Não confio nos outros grupos e lideranças do clube e não vejo neles as condições necessária para fazer o Fluminense forte no futuro. Mas também não seremos fortes no futuro se não formos fortes no presente. E, quando falo fortes, falo ser forte no futebol, a essência, a alma e a razão de ser de nossa existência.

    • Fabio DB

      Não há outros grupos e indivíduos com uma capacidade mínima de gestão e que possa assumir o clube, que eu saiba. Até os nossos “salvadores da pátria” (Celso, Mario, Pedro Trenghouse, Cacá, etc) cheiram a mofo de tão antiquados……. e já demonstraram isso de forma evidente….não só “escreverem”, mas “desenharam”. São horrorosos e duvidosos.
      ST

      • Fernando Brandão

        Não há, e cheiram a mofo SÓ PORQUE VC QUER. Duvido que se outros tivessem assumido o Flu estivesse com um elenco tão ruim.

        • Fabio DB

          Sinceramente. Os debates foram horríveis. Conversa sem conteudo. Abad muito melhor.
          ST

      • Sylvio Montenegro

        Tenho horror do Mario Bittencourt por conta da baciada de xepas, das barangas do Uran, do Wellington “aquele abraço” Paulista, do Drubscky e tantos outros mais. Um mercador que se utilizou do Fluminense para promover esses estranhos negócios.

    • Fabio DB

      Outro ponto muito bem colocado por você é a questão do MR21.

      Eu penso que há uma interrogação no ar desde que essa associação foi ajustada.

      Fica a dúvida: A FLUSÓCIO vai ficar “mais MR21” ou o MR21 vai ficar “mais FLUSÓCIO”.

      Se a Flusócio ficar mais MR21, “o sonho acabou”.

      ST

    • Juliano F Pacheco

      Sylvio,

      você está sendo injusto, diriam alguns aqui.

  • Alexandre Vianna

    Excelente comparação!!! Seria cômico se não fosse trágico.

  • Nildo Arantes

    Scarpa? Acho que vc não está assistindo os jogos?

  • Daniel Bastos

    reforco – goleiro do Bahia (nao foram atras dele pq?) estao satisfeitos com o que temos?

    • Fabio DB

      Viu o posicionamento e o voo do Jefferson na cobrança de falta do Scarpa?
      Ele espalmou uma bola junto da trave do outro lado…. se fosse contra nós… era gol certo.
      ST

      • LuizCarlos De Souza Junior

        É a diferença que um goleiro acima da média faz…

      • Daniel Bastos

        vi

      • Marcelo Teixeira

        E a bola do Matheus Alessandro so foi onde poderia: na trave. Se vai no gol, ele pega. Impressionante.

        Mas tenho que dizer que ontem o Julio Cesar fez 2 defesas espetaculares.

        St

  • Fabio DB

    É sonho sim. Por que não?
    ST

  • Raul Fernandes

    Sou totalmente a favor da permanência do Abel, até onde ele quiser. Mesmo com ele privilegiando jogadores piores sobre os melhores (vide o Calazans, Mascarenhas, etc…)

    Dito isto:
    Jair Ventura deu uma aula ontem de como se segura um resultado de 1 a 0, coisa q o Flu não conseguiu nos vários empates q cedeu a adversários fracos.

    Se um time não tem o controle do meio de campo, dificilmente vai vencer partidas. Apenas em casos fortuitos.
    O Flu está se apresentando sem menos um no meio de campo, sempre. Fora a péssima fase técnica de Scarpa.

    4-3-3, só em supertimes ou seleções. Em equipes mais ou menos nunca dará certo.
    Cariles está levando o Clube mafioso paulista a uma campanha sem precedentes com um 4-5-1.

    José Mourinho está oferecendo aulas gratuitas pela TV há pelo menos 10 anos – de como se monta uma defesa. É só acompanhar os times dele. Sempre com um meio campo povoado. Sigam e aprendam.

    Mourinho eliminou o Barça de Guardiola numa semifinal da Liga, em pleno Camp Nou, em 2012, com 10 homens pela Inter de Milão, desde os 25min do 1º tempo. Para se sagrar campeão na final contra o Bayern de Munique.

    Agora, o Flu com um zagueiro de 1,95 q não pula nas bolas altas sobre a área, fica difícil.

    • Waldomiro J. Silva Filho

      Tambem acho que poderiamos optar por um 4-4-2 ou um 4-5-1. A questao e’: quem serao os 4 ou 5 no nosso meio de campo?

      Wendel, Orejuela, Sornoza, Scarpa e … E se um deles estiver suspenso ou machucado (como e’ o caso)? Os meninos.

      Temos meninos e nao se disputa um Brasileirao so com meninos.

      Nossa Diretoria nao mostrou qualquer competencia para gerir um gigante: sem patrocinio master, sem estadio lotados, sem jogadores experientes, nao vamos a lugar algum.

      A diretoria so ve duas coisas: (a) vender nossos jovens talentosos para pagar as dividas e investir no futuro e (b) ficar patinando no meio da tabela esperando por um milagre.

      O milagre nao veio. O que veio e’ o Z-4 batendo `a nossa porta.

    • Sergio Binda

      Perfeito!!!

  • Alexandre Said Delvaux

    A ideia de captar recursos entre os “torcedores abastados” não deixa de ser um esboço de criação de uma categoria de sócio-investidor. Não sei até que ponto a notícia é verdadeira, mas acho um projeto que merece ser discutido, porque ninguém precisa ser expert em finanças para perceber que o grande problema do FLUMINENSE é a dívida, ou seja, se ela for administrada, o FLUMINENSE é um negócio espetacular, por vários motivos, principalmente pela expertise acumulada na formação de atletas. Penso que a ideia pode ser estudada, sendo oportuno avaliar a “pulverização” do investimento entre os sócios. O investimento seria remunerado com a participação em futuras transferências e, parcialmente, garantido por receitas. O investidor teria a garantia de recuperação do capital antecipado e a possibilidade de um bom retorno. Isto atrai tanto os “torcedores abastados”, quanto os apaixonados e os não-abastados.

    • andre fahr

      O que te leva a crer que a mesma diretoria que criou esse rombo no orçamento do Fluminense vai administrar bem esse dinheiro?
      Será que a Flusócio não vai fazer com esses 50 milhões o mesmo que ela fez com as luvas que a Globo pagou no ano pasado?

      • Alexandre Said Delvaux

        Se investir R$ 30 milhões num ativo, por exemplo, um estádio e mais R$ 20 milhões para contratar jogadores jovens, promissores, que produzem lucros, estará fazendo um bom negócio… Perdão pela sinceridade, mas atribuir à Flusócio a responsabilidade pelos problemas financeiros do FLUMINENSE é demonstrar total falta de conhecimento do assunto ou má-fé. O FLUMINENSE tinha uma dívida que se aproximava de R$ 350 milhões, praticamente zero de jogadores profissionais no elenco, um campo em precárias condições para treinar e um “carandiru” para administrar. Com o dinheiro da globo, como você diz, o caminho foi pavimentado, e os que seguem estão engajajados e obrigados a segui-lo e fazendo mais. Repetir uma mentira mil vezes pode até transformá-la em verdade, repetir bobagens, não. Como diz um amigo, grande Tricolor, dias melhores virão, e aí eu completo: para desespero de alguns. O FLUMINENSE tem que seguir adiante e a Flusócio tambem, olhando para a frente.

    • Davi Carvalho

      Mas é preciso ver se isso será aceito pelo profut, pois teria que dar parcelas de atletas em futuras vendas ou antecipar cotas de TV.
      Se for dessa forma o profut pode embarreirar.

    • Waldomiro J. Silva Filho

      Algo parecido foi tentado quando estavamos no fundo do poco na Segunda Divisao.

      A diretoria nao consegue colocar 15 mil torcedores no estadio; conseguira tirar R$ 50mi dos seus bolsos?

      • Alexandre Said Delvaux

        O FLUMINENSE é mais que uma paixão de 15.000. É uma marca forte e que pode produzir muitos ganhos. Não pode ser administrada ao sabor de uma derrota de um a zero.

        • Waldomiro J. Silva Filho

          Não estamos falando de uma derrota, mas de uma performance do time.

          Ademais, não penso no Fluminense como uma “marca” que pode produzir lucros. Que lucros e para quem?

          • Alexandre Said Delvaux

            Isto eu gosto de discutir no boteco.

  • MARIP BENTO

    Curto e objetivo

  • Paulo Ypyranga

    Me arrisco a afirmar que se o Abel sair, hoje, com o elenco que temos, é rebaixamento na certa.

    Se o planejamento foi feito pensando em trabalhar com a garotada, ninguém melhor que o Abelão para tocar esse projeto.

    Agora, não podemos confundir as coisas, o Abel é craque em gestão de pessoas, sabe lidar com os jogadores, tem o comando do vestiário mas, taticamente, é medíocre, e é nisso que precisa melhorar.

    Como? Sendo humilde para promover mudanças radicais, se reunindo com sua comissão técnica, pedindo conselhos, estudando adversários, copiando (porque não?) outros times, lendo (e filtrando, claro) o que é dito pelos torcedores, aceitando as limitações do grupo e principalmente, treinando exaustivamente.

  • Gustavo Ramos

    Um dia ainda vão botar a família Guinle e o próprio Oscar Cox nessa lista…

  • Danilo Soares Félix

    O Camaro é uma consignação, meu caro. Não é uma doação. O veículo não pertence ao clube. Abad prefere não usar. Mais uma ideia sem a menor noção do que está se propondo, mas é sempre mais fácil culpar os outros.

    • Juliano F Pacheco

      Leia as ações “sem noção” de alguns clubes no Brasil com o tal camaro ou outro produto chevrolet.

      http://espn.uol.com.br/noticia/706067_cbf-distribuiu-camaros-amarelos-aos-clubes-e-cartolas-tiraram-onda-por-ai-saiba-o-que-seu-time-fez-com-o-carro

      O Vitória, por exemplo, estampou seu símbolo nas laterais e criou uma ação junto a sócios-torcedores em dia com os pagamentos, em que eles participam das iniciativas e concorrem a passear dentro do luxuoso automóvel nos dias de jogos, indo até o Barradão de carona no carrão.

      Receber críticas e sugestões realmente não é o forte da Flusócio, ou alguns de seus membros, vide a quantidade de ideias aqui expostas e prontamente desmerecidas por seus componentes. Aliás, criticar e cobrar ações da diretoria gera retaliações, algumas um tanto quanto infantis, como bloquear um perfil no twitter mesmo que as críticas não tenham sido agressivas e/ou tampouco naquele canal.

      Chega a ser patético.

  • vivianne

    Podemos ou nao ser favoráveis a ideia do fundo, mais apesar da flusocio ter se colocado como coresponsável da gestão anterior, nao podemos achar q por isso o fundo q pode ser criado sera gerido de forma irresponsável, se algo vem sendo feito nessa gestão é um saneamento das contas do clube, nao podemos misturar as coisas.
    O problema é o desgaste a imagem da atual direção por ter assumido em silencio as aberrações cometidas nas finanças do clube, mais toda ideia de atrair recursos é valida e tem q ser estimulada.

    • Davi Carvalho

      Viviane, o problema é que esse fundo pode esbarrar no profut, pois o clube estaria comprometendo futuras receitas, logo eu não acho que vá pra frente.

      • vivianne

        Pode ser, temos q aguardar para ver o q realmente se trata.

  • Alexandre Said Delvaux

    Você deve conhecer bem o assunto. Eu fiz questão de destacar que não sei se a notícia é verdadeira, não conheço a proposta. A minha ideia não tem nada de novo e é exatamente o que algumas empresas fazem no mercado quando emitem debêntures, e nenhuma delas assinou atestado de incompetência. Claro que você tem muito conhecimento do assunto e pode oferecer alternativas de captação de recursos muito melhores.

  • Cesar Moreira

    Perfeito!!!
    Venho falando exatamente isso, só q sou mais explosivo e menos eloquente.
    Vc vai exatamente nos pontos.
    Parabéns pela lucidez na análise.
    Eu só gostaria q a Flusócio tivesse a humildade de ler posts como esse e realmente mudassem o direcionamento da gestão de apequenando q vem fazendo…

  • Juliano F Pacheco

    Trocaram um projeto de estádio factível e gerador de receitas a curto prazo, mostrem caso não seja isso, por outro que não se sabe onde, quando e a que preço. Se o terreno será comprado, doado ou sei lá o que.

  • Juliano F Pacheco

    Amigo, sua crítica pode não ser de oposição mas é muito injusta. Dirão alguns membros do grupo.

  • Fernando Bastos

    Pois é! Apliquei 15 mil dólares no fundo oceânica gerido pelo Banco Bozzano Simonsen achando que ganharia em futuras transações. Meu dinheiro virou pó.

    • Alexandre Said Delvaux

      Pois é, a ideia de pulverizar e oferecer garantias de ressarcimento e possivel rentabilidade são atrativos. Não existe negócio sem risco, por isto é importante oferecer ao investidor algumas garantias. Estou supondo que seja algo bem fundamentado, nada açodado e que tenha boa probabilidade de sucesso. Para começar, é preciso mostrar que não existe qualquer relação do projeto atual com aquele que naufragou. Milhões de investidores já perderam dinheiro em aplicações por esse mundo afora, casos muito mais contundentes podem ser lembrados, entre eles, Madoff, Eike Batista etc e nem por isto os aplicadores deixaram de investir. Em outras palavras, o mercado de capitais não sucumbiu aos traumas.

  • Sergio Binda

    At em concordo, mas enquanto o Sornoza não voltar é o que temos…

    ST