Aposta feita, hora de trabalhar

ricardo-drubscky-atletico-pr-20130523-size-598O Departamento de Futebol tricolor vive uma fase de transição. Uma mudança de modelo após mais de uma década. É uma tremenda responsabilidade nas mãos de Mário Bittencourt e Fernando Simone.

A terra arrasada temida por muitos contrasta com a manutenção da espinha dorsal, com a permanência de ídolos do antigo modelo, mostrando que o clube recuperou a credibilidade que antes só atribuíam ao antigo patrocinador, parte que agora descumpre seus compromissos.

Por outro lado, o primeiro grande teste do novo modelo veio justamente num campeonato onde a FERJ declarou uma guerra aberta ao Fluminense. Um cenário, sem dúvida, complicado.

No início do ano, a manutenção de Cristóvão foi controversa. Um técnico que rapidamente arrumou o time na saída de Renato Gaúcho e comandou algumas partidas com um futebol vistoso e bons resultados, mas que protagonizou também atuações vexatórias em 2014.

No conturbado ambiente da saída do antigo patrocinador, a decisão do Depto de Futebol foi dar uma chance ao Cristóvão. Decisão que o tempo rapidamente mostrou que estava errada, pois o time não evoluiu. Taticamente, o que se viu foi um bando em campo, mesmo contra adversários fracos, e raros momentos de brilho individual.

Era hora de mudar. E a necessidade de saída do Cristóvão era defendida pela maioria esmagadora da torcida já há algum tempo.

Mas entre os técnicos viáveis, qualquer um hoje seria uma aposta. Na impossibilidade financeira de trazer um dos nomes de ponta, a decisão mais fácil seria ir atrás do restrito círculo de técnicos medianos que se revezam entre os grandes clubes, alternando bons e maus momentos. No entanto, alguns nomes desse círculo foram tentados e pediram valores muito altos.

A decisão foi apostar no nome de Ricardo Drubsky. Decisão que, por fugir do óbvio, causa polêmica.

De fato, causa desconfiança na torcida o fato do novo treinador já ter muitos anos de carreira com pouco ou nenhum brilho. Mas o novo técnico é reconhecido no meio do futebol por suas boas ideias sobre táticas de jogo, onde é figura respeitada em congressos de especialistas na parte técnica.

Também é reconhecido pelo bom trabalho na transição de atletas da base para os profissionais. Lançou, por exemplo, Gilberto Silva nos profissionais Atlético-MG. No ano passado, treinando o Goiás, Drubscky apresentou ao Brasil o jovem Erik, goleador do time e eleito a revelação da competição.

Montou ainda o bom time do Atlético-PR que chegou à final da Copa do Brasil em 2013, nas mãos de Wagner Mancini. Ao se classificar para a finalíssima, Mancini reconheceu a importância de seu antecessor em entrevista.

O novo treinador e seu auxiliar vem com baixo custo, tendo o Fluminense a autonomia para escolher o responsável pela preparação física e todos os demais profissionais da comissão técnica.

Em época de responsabilidade financeira imperiosa para os clubes que aderirem ao PROFORTE, medida provisória que prevê o parcelamento de débitos fiscais mas pune com a perda de pontos os clubes que atrasarem salários e direitos de imagem, a aposta em Ricardo Drubscky é de fato conservadora financeiramente, admitida pelo próprio Presidente Peter Siemsen. Mas também abre espaço na folha de pagamento para o Flu contratar mais alguns reforços para o campeonato brasileiro. Esta foi a estratégia passada pela diretoria de futebol à Flusócio.

Restam apenas 4 rodadas nesse campeonato carioca e estamos a cerca de 1 mês para o início do Brasileirão. Há de se dar tranquilidade para o novo treinador trabalhar.

Sua missão será fazer nossa equipe evoluir taticamente, extraindo o melhor dos nossos promissores jovens e permitindo uma melhor avaliação dos nossos reforços. Mas ele também precisará mostrar resultados rapidamente, para vencer a desconfiança do torcedor.

Desejamos sucesso ao nosso novo comandante.

  • Edson Aguiar

    Sério?!?! Cristóvão ganhava R$480 mil?!

    • Fabio DB

      Ouvi dizer que ganha 100 milhões….rsrsrs

    • Danilo Soares Félix

      Olhe a mensagem mais acima.

  • Eduardo Santos

    Torço com todas as minhas força para dar certo, mesmo contra todas as evidências.
    Temos problemas sérios:
    os laterais titulares hoje são piores que os reservas do ano passado, a defesa jogando avançada e compactando com o meio campo leva sempre bolas nas costas de qualquer time. Os atacantes ajudando a defesa pelas pontas acabam com o gás para atacar – Kennedy e Wagner. Walter sem lugar no time. Armação do time dependendo do Jean. Atacante de velocidade sem pontaria. Etc……..

  • Lauro

    Gostei do trecho: “Decisão que o tempo rapidamente mostrou que estava errada…” só faltou mencionar que essa decisão custou aos combalidos cofres do clube R$ 1,5MM ou até mais, pelo que a imprensa está divulgando.

    Estou cansado de PS e MB !!!! E do protecionismo de seu apoio politico !!!

    ST

    • thalestreiger

      O Cristóvão não recebia nem metade deste valor de salário mensal. A nota já está errada na cepa.

    • Danilo Soares Félix

      “(Atualização às 15h14: o Radar errou e pede desculpas aos leitores.
      Cristovam receberá apenas 250 000 reais de aviso prévio, o equivalente a
      um mês de salário do treinador)”.

  • Ivan Barroso Filho

    Boa sorte ao Ricardo Drubscky. Tem a minha torcida!
    Que a diretoria contrate alguns bons reforços também.

  • Flavio Chammas

    Senhores

    Vou falar do DRUBSCKY

    UM OFF MAS IMPORTANTE:

    INTERVENÇÃO NA UNIMED RIO

    “O que já se falava nos bastidores nos últimos meses se confirmou. A Agência Nacional de Saúde Suplementar bateu o martelo e decidiu fazer uma intervenção na Unimed Rio Cooperativa de Trabalho Médico.

    No Diário Oficial da União de hoje, a presidente substituta da ANS, Martha Oliveira, nomeou Gilberto Gomes para exercer a função de diretor fiscal.

    Durante os últimos quinze anos, a Unimed foi a grande parceira do Fluminense e, mal das pernas, encerrou o acordo no final do ano passado. Celso Barros, o patrono da parceria com o Fluminense e presidente da Unimed-Rio, permanece onde está – ao menos, por enquanto.”

  • WAGNERFLUZÃO

    Aos amigos do blog.

    Eu acabei de ler no SITE NETFLU , que o salário do Sr. CRISTOVÃO ( BURRO ) BORGES era de somente 480 MIL REAIS.

    Isso na minha opinião explicava o porque dele se agarrar da maneira como ele se agarrava no seu emprego de PSEUDO TÉCNICO .

    O mais engraçado , que na hora de renovar o contrato dele , a nossa DIRETORIA teve o dinheiro para isso ,mas para contratar o TÉCNICO ABEL BRAGA , que conforme o próprio MÁRIO BITTENCOURT disse em entrevista que havia pedido 500MIL REAIS , o FLUMINENSE não tinha dinheiro.

    Há alguma coisa muito estranha em tudo isso , pois não se encaixa o que foi falado com a verdadeira história.

    O pior é que o FLUMINENSE ainda terá que pagar pela rescisão do Sr, CRISTOVÃO ( BURRO ) BORGES , cerca de 1,5 MILHÃO.

    Isso é um grande absurdo e prova mais uma vez a falta de habilidade da DIRETORIA do nosso FLUMINENSE sobre essas renovações insanas.

    Segue abaixo a reportagem:

    Saiba o valor da multa que o Fluminense terá de pagar a Cristóvão

    Treinador recebia quase meio milhão de reais

    Publicado em 25 de março de 2015 às 12:52

    Colunista da revista Veja, Lauro Jardim informou o valor da multa rescisória do técnico Cristóvão Borges no Fluminense. O clube terá de dispender de R$ 1,5 milhão pelo distrato. O treinador, informa o jornalista, recebia R$ 480 mil mensais.

    O contrato do treinador com o Tricolor iria até 31 de dezembro deste ano. Especula-se que antes de assinar o novo acordo, Cristóvão ganhava R$ 200 mil por mês.

    Fonte: Revista Veja – Autor: Leandro Dias

    A fonte é uma fonte segura , pois vem da REVISTA VEJA.

    WAGNERFLUZÃO

    • thalestreiger

      O salário do Cristóvão não era este.

    • Caique Maciel

      Eu me recuso a acreditar nisso, mas gostaria que alguém que conhece os bastidores do clube se pronunciasse nesse sentido.

      Não é possível que o Cristóvão ganhasse esse salário. Está com cara de notícia mal investigada.

    • Flavio Chammas

      O raciocínio é simples:

      SE PAGÁVAMOS ISTO AO CRISTÓVÃO, POR UM POUCO MAIS VINHA O ABEL, UM POUCO MENOS O DORIVAL, E POR MUITO MENOS, LEÃO, NEY FRANCO E O FUCKS.

      NO ENTANTO, NÃO FOI ISSO QUE ACONTECEU, E JÁ DISSE AQUI, PENSAR NÃO DÓI.

      A OPOSIÇÃO E OS DESCONTENTES ESTÃO IMPOSSÍVEIS, ( faixas, invasões, etc.) PODEM ESPERAR VEM MAIS POR AÍ.

    • Marco Antonio Barroso

      Prezado em amigo Wagner,
      O Danilo Felix colocou os valores dos salários pedidos no post de ontem. Também tenho um pé atrás quato a contratação do Drubsky, mas não dá para levar o net flu a sério, eles são oposição do pior tipo.

    • Danilo Soares Félix

      Olhe minha mensagem mais acima.

    • Flavio Chammas

      Wagner meu amigo, nem sempre, a Veja é confiavel, apesar de ser leitor assiduo:

      “Atualização às 15h14: o Radar errou e pede desculpas aos leitores. Cristovam receberá apenas 250 000 reais de aviso prévio, o equivalente a um mês de salário do treinador)

      Por Lauro Jardim”

    • Rogério Felix

      É Wagner, mas a fonte era erradíssima. O clube foi atrás da mentira e ele colocou uma errata no seu blog. R$ 250K/mês, e a multa foi no valor de 1 mês. Não é culpa sua, é mesmo complicado acreditar em alguns blogueiros hoje em dia…

    • WAGNERFLUZÃO

      Aos amigos do blog.
      Desculpem-me em primeiro lugar
      Ainda bem que era mais uma mentira da flapress , infiltrada na REVISTA VEJA.
      Eu , a partir de hoje , não irei mais ler esse SITE MULAMBO chamado NETFLU , pois ele só pode fazer parte da oposição .
      Desculpem-me mais uma vez,
      Um abraço para todos ,
      WAGNERFLUZÃO.

  • Flavio Chammas

    Senhores

    VAMOS CONTEXTUALIZAR:

    Do carioquinha do eurico e do roubinho;

    A coluna do mulambo mostra o que vai acontecer, então podem desistir que não vamos nos classificar, E NÃO HÁ COMO COBRAR DO DRUBSCKY.

    COLUNA DO MULAMBO RMPRADO DE HOJE NO GLOBO

    “Perseguição

    Fred será julgado pelas declarações que deu, após o empate em 1 a 1, com o Tigres, criticando os erros de arbitragem. Assisti à entrevista e, sinceramente, não vi nas palavras do artilheiro nada que justificasse levá-lo ao banco dos réus. O que me parece cada vez mais claro é que a Federação adoraria ver o tricolor fora das semifinais, para poder usar o Maracanã sem encarar a polêmica disputa pelo lado direito da tribuna de honra, num eventual Vasco x Fluminense. Esta é a quarta denúncia contra jogadores do Flu, sempre baseadas em vídeo, em lances que o árbitro não viu…”

    PODEMOS CONTRATAR MESSI E NEYMAR COM O C.RONALDO QUE O ROUBINHO QUER O VASCO DO LADO DIREITO.

    FICOU CLARO HOJE TAMBÉM QUANDO MUDARAM O JOGO DELES PARA O MARACANÃ.

    Pensemos no brasileiro, e assim fazendo a mudança foi no tempo ainda de se fazer algo ( contratar atacante é fundamental).

    Vamos respeitar o técnico que escolhemos, pois todos citados sem exceção, inclusos ai alguns medalhões (Só escapa o Tite) ERAM APOSTAS E PURO ACHISMOS DOS QUE AQUI POSTAM(ate no mulambo mor o galinho falaram).

    Se nós mesmos tripudiamos o que passamos para a mídia flapress?

    Hoje até um paulista porco(de palmeirense) se achou no direito de malhar o cara e sem conhecer pelo que ele mesmo falou).

    AO TRABALHO DRUBSCKY, MUITO TRABALHO.

    E se alguns tem preguiça ( ou não sabem) de escrever o nome, coloquem o RICARDO, vale também.

    Meu integral apoio a o Mario e ao Fernando,

  • Vitor Perez Dos Anjos

    Bom. Cornetei, critiquei muito, quando a contratação ainda era especulada.
    MAS… algumas coisas me chamaram a atenção.
    1: Como publiquei no post anterior, me chama muito a atenção pelo fato dele nunca ter tido um empresário, ainda mais nesse meio promíscuo.
    2: Seus pensamentos vão na mão de um futebol moderno, com menos espaço que o futebol jogado aqui.
    3: Gostei da sua simplicidade, e das suas declarações.

    Agora o trabalho de campo. só o tempo irá dizer. Temos 1 mês para treinar pro campeonato brasileiro, e como o time ja fez uma pré temporada, acho que dá tempo para ele pelo menos esboçar e mostrar seus métodos.

    Com certeza, eu apagaria alguns dos meus comentários no post anterior. Onde fiz duras críticas. Eu poderia ter esperado mais para fazer essa avaliação da contratação, como vou esperar para fazer uma avaliação do time em campo.
    O carioca ele pode usar de jogo treino

    ST

    • Caique Maciel

      Ah se todos fossem assim…. parabéns pela sua honestidade.

  • Thiago Resende

    Fala Galera!
    Concordo com o post! Confesso que quando vi o nome do Ricardo Dubrisky, fiquei temeroso, pois é uma aposta muito arriscada!! Mas pensando bem e levando em consideração as tentativas da diretoria em buscar outros nomes e ainda as opções de mercado…o pessimismo diminuiu! Iria contratar quem??Ney Franco??Aquele que estava rebaixando os mulambos até o o Luxemburgo assumir!! Dorival???Que não faz um bom trabalho já tem muito tempo!! Argel???Outro que não ganhou porra nenhuma e pediu 250 conto mais multa rescisória!
    A verdade amigos é que tirando os chamados técnicos “tops”, que a gente não tinha dinheiro para bancar, o nível entre eles é bem parecido! Vamos esperar…Não tem jeito!
    Gostei muito da entrevista do Ricardo Drubsky na apresentação. Se mostrou sério, não tem empresário (pode ser por isso que seja tão desconhecido), mostrou conhecer do jogo. Já falou que Fred e Walter dificilmente vão jogar juntos! E ainda disse sobre a cultura no Brasil de que jogador bom tem que jogar e não pode ficar no banco. Uma coisa que ele discorda e eu tbem! O interesse coletivo se sobrepõe ao individual…Se o time estiver bem, não tem que trocar só pq o cara tem nome!!Ele não precisa ser a primeira opção! Em outras palavras, foi exatamente isso que ele falou!!! Que o Gorducho fique esperto!!
    Bem, pode dar errado??Óbvio que sim, mas cabe a gente agora dar um tempo para o cara trabalhar e apoiar! O campeonato que interessa começa em um pouco mais de um mês, tempo suficiente para encontrar um padrão tático! Nosso time titular, não o elenco, é bem competitivo!
    Pior que o Cristóvão eu acho difícil, vamos aguardar…ST

    • Flavio Chammas

      Thiago é DRUBSCKY

  • Flavio Chammas
  • Fabio DB

    É verdade que o Cristovão ganhava 100.000.000,00 milhões por mês?

    • Fabio DB

      Nunca mais entro ou comento nesse site chamado NETFLU.

  • Sylvio Montenegro

    Não concordo com o post. Acredito que valia a pena investir em um treinador mais experiente e bem sucedido, um treinador de time grande. Apostar no Ricardo Dubruslinscky é o mesmo que apostar na mega sena com 6 números jogados, chance de acertar de 1 em 50.063.860.

    Já que vamos aderir ao Proforte, deveríamos também, ao mesmo tempo, lutar publicamente para a mudança de critério de pagamento das cotas de TV. O Peter ajudou a criar esse monstro da desigualdade que temos hoje quando deu os braços à Patrícia Amorim. Agora, ele poderia corrigir o erro, tomando à frente dessa discussão. O mote está dado: como entrar em um programa como esse em condições tão desiguais proporcionadas pela televisão que transmite o campeonato?

    Vi a entrevista do Drubruskily na ESPN, concordei com muitas coisas e discordei de outras. Mas para mim o que funciona mesmo é a prática, ela é o critério da verdade. Palavras, o vento leva. Os resultados práticos na cerreira dele não são dignos de um grande clube. Vamos torcer, e muito, para que no Fluminense seja diferente.

    Sorte Dubrinsliky!!!

    • Flavio Chammas

      Ola SilviO, é DRUBSCKY

  • Danilo Soares Félix

    A notinha maldosa plantada na VEJA já foi retificada com a verdade. Aos
    adeptos do “quanto pior melhor” o meu desprezo, pois nem espalhar
    mentiras conseguem fazer direito.

    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/futebol/a-multa-que-o-fluminense-tera-que-pagar/

    (Atualização às 15h14: o Radar errou e pede desculpas aos
    leitores. Cristovam receberá apenas 250 000 reais de aviso prévio, o
    equivalente a um mês de salário do treinador)

    • Fabio DB

      Caro Danilo, isso é revoltante. É muita molecagem e o site netflu repetiu essa notícia apenas 20 min após a original da VEJA. Coincidência demais. Vai ser “eficiente” assim lá na CIA.

      Isso é ação da oposição? Se for, é repugnante.

      Me perdoem o desabafo do comentário.

      ST

      • Trapizomba

        O NetFlu de fluminense nao tem nada. Parece gerido pelos mulambos

      • Gabriel Valente

        Como milhões de sites de “torcida” e esportes pela web, o Netflu é só CTRL C + CTRL V de tudo que acha pela frente. Zero valor jornalistico.

  • Danilo Soares Félix

    UFA, um bom início!

    Adepto de atacantes marcadores, Drubscky rejeita escalar Fred e Walter juntos no ataque

    http://www.otricolor.com/?pg=noticia&id=8029

    • Jefferson Alvares

      Realmente já é um avanço!
      St,

  • thalestreiger

    Já foi corrigida a nota da Veja. Pagaremos de multa, entre direito de imagem e CLT, é de R$ 250 mil. Acho que nesta coisa insana da internet, qualquer nota vira uma verdade absoluta, Paulo. Isso cansa a todos. O Fluminense não pode parar enquanto essa fofoca rola, com interesses sabe-se lá onde. Todos reclamam que o futebol brasileiro não tem apostas, que não sai do marasmo e quando o Clube, sempre vanguarda no esporte nacional o faz, os próprios torcedores acabam por desunir ainda mais a torcida. Vamos acreditar!!! Já ficamos fora de semifinais de Carioca, este torneio vagabundo que vemos hoje. Agora estamos com dificuldades, mas acredito na classificação. Se não passarmos, teremos um ótimo período de trabalho preparatório. Vamos ter calma porque esse desespero todo só nos enfraquece.

  • Willy H

    Seria muito bom o Drúbisqui, arrumar um lugar no time para o Martinuccio jogar. Acho um desperdício ninguém aproveitar, os que passaram nem tentaram.
    Vai que dá certo.

    • Carlos Eduardo

      Ele não foi artilheiro da Liberta a toa. Precisa ter uma sequência. Gosto do futebol dele, porém se machuca demais.

    • Danilo Soares Félix

      Esse cara está 100% sem condições físicas. Meteram um parafuso na perna dele enquanto jogava no Vilarreal. Acabaram com a carreira do cara.

      • Renato Guimaraes

        Cara que coisa, nunca havia escutado nada a respeito, triste para o jogador e para o clube. Valeu pela informação.

        ST

      • Jefferson Alvares

        Prezado Danilo,

        Es este “diagnóstico” somente foi visto agora?

        St,

        • Danilo Soares Félix

          Não, há muito tempo. Por isso ele não tem mais qualquer mercado. Graças a Deus encerra o contrato no meio do ano.

    • Flavio Chammas

      Amigo é DRUBSCKY

      • Willy H

        Ué?! E que é que tu leu ali? kkkkk

  • LEANDRO

    Falta de transparência é que gera tudo isso.

    E os outros integrantes da comissão (Poletto, Cassiano e Marcos) que foram com ele? Mais quanto?

    Aviso prévio é uma coisa, multa é outra. Tem? Quanto?

    Ex-patrocinador. Não se cospe no prato que comeu e não se chuta cachorro morto, principalmente para tentar encobrir a incompetência de arrumar outro igual, melhor ou pelo menos parecido. Perdemos um patrocínio que nos ajudou a conquistar títuloS Nacionais, nossos dirigentes conseguirão pelo menos não mudar de divisão sem ele? Esse é o medo.

    • thalestreiger

      O Rodrigo Polleto pediu demissão para acompanhar o Cristóvão. Quase certeza. Depois confirmo.

      • Danilo Soares Félix

        Certeza. Pediu demissão em solidariedade ao Cristóvão.

    • Danilo Soares Félix

      Claro que a Unimed foi importante, mas o que falta para você perceber que a Unimed Rio quebrou? Pergunto de forma inocente, pois se for conveniente politicamente pra você insistir contra o óbvio é melhor nem começarmos qualquer debate. Não vai adiantar mesmo.

      • Caique Maciel

        Falta a vontade de enxergar o que não se quer, Danilo. Essa cantilena será eterna.

        • Danilo Soares Félix

          É conveniente politicamente para alguns. Só que contraria os fatos. Aí não convence nem criança.

      • LEANDRO

        O que você (s) entende (m) por “cachorro morto”? A preocupação para mim é a consequência (estamos mais fracos) e não a causa. Exemplo:
        sem dinheiro, sem técnico. Não ligo para quem vai nos patrocinar, desde que consigamos disputar os títulos. Política é muito importante, nossas vidas dependem disso, vote errado e fique sem hospitais, educação, segurança, emprego, transporte, moradia, CT, Estádio e até sem chance de títulos. Não se preocupem tem muita gente “apoiando”, um chato a mais não muda muita coisa.

        Se nem (jv) que deveria ter consideração por ele (ps) tem,
        quem vai ter?

        • Vitor Perez Dos Anjos

          me diga… Em qual situacao, voce acha q o flu estaria se tivessemos “perdido” a antiga patrocinadora em 2007…2008?

      • cydar60

        O cara deve estar tentando “cavar” mais um churrasco grátis!

      • Jefferson Alvares

        Prezado Danilo,

        A UNIMED RIO não quebrou e falo com conhecimento de causa.

        Conforme eu havia escrito aqui há alguns meses atrás, por favor me cobrem em seis (06) meses, se a UNIMED já não estará com o fluxo de caixa estabilizado, e inclusive no próximo ano voltando forte ao mercado de anunciantes e patrocínios (não necessariamente futebol), gastando a média do mercado de marketing para o segmento sobre o faturamento dela de cerca de R$ 3Bi e carteira de clientes ainda na casa dos milhões.

        A UNIMED Rio é economicamente a mais rica cooperativa médica do Brasil!

        Pode me cobrar! :)

        St,

        • Danilo Soares Félix

          Jeffserson,

          “Quebrou” foi figura de linguagem, é claro. O que eu quis dizer é que na situação que eles se encontram, de pindaíba financeira e dificuldades para tocar até mesmo o core business deles, seria uma absurdo continuar investindo em futebol. Mas tem tricolor da política interna que, de forma conveniente, tenta jogar a saída da patrocinadora nas costas da diretoria, contrariando os fatos.

          • Jefferson Alvares

            Concordo!

            St

    • Ana

      Não fomos nós que perdemos a Unimed. Leia esse artigo, o Flu não teve culpa alguma na saída da patrocinadora.

      http://www.valor.com.br/empresas/3975110/ans-aplica-intervencao-fiscal-unimed-rio

    • Vitor Perez Dos Anjos

      O gente boa. Voce ja perguntou para os fornecedores da unimed rio se eles estao recebendo da mesma?????? Eles vao.te.responder, ai vc tera uma nocao do fim do patrocionio

      • Lauro

        Amigão
        Voltaram a receber em dia sim e a Unimed pagou todo o atrasado tb! Pode atualizar sua informação…

        Concordo com o Leandro e contra pondo o Flavio realmente não se arruma patrocínio no estalar de dedos mas como o Botafogo teoricamente mais enfraquecido consegue? Como eles conseguem anunciar o sócio futebol em horário nobre da Globo?

        Essa gestão atual e mto fraca se acha dona da razão, não sabe costurar parcerias, fazer politica e principalmente não toca o sócio futebol como deveria. VC acha q qto longe iremos com essa gestão solitária q vem sendo praticada?

        ST

  • Caique Maciel

    Fim de jogo em Madureira e o empate nos coloca novamente no páreo para as finais do estadual. Uma vitória simples amanhã nos faz depender somente de nós para nos classificarmos, visto que enfrentaremos o tricolor suburbano na última rodada.

    Vamos lá Fluzão!!!

    • Rodrigo

      Mas tem que ganhar amanhã né?

    • Ana

      E o gol do Bonsucesso foi feito pelo Lucas Fernandes, que é jogador do Fluminense!

    • Jefferson Alvares

      Prezado Caíque,

      Vamos torcer e se Deus quiser ganharmos amanhã. Porém, ter de ficar fazendo contas no campeonato carioca para se classificar entre os quatro primeiros é dose…

      Como ainda não da tempo do Ricardo D fazer nenhuma mudança mais radical, espero que pelo menos não invente e que o time entre com disposição!

      St,

      • Caique Maciel

        Concordo que fazer contas para a classificação nesse campeonato mequetrefe é o fim da picada, mas é o que nos resta, Jefferson.

        Infelizmente o Cristóvão conseguiu nos deixar nessa condição e eu espero e confio que isso mudará a partir de amanhã, afinal, é improvável que o novo técnico faça tantas cagadas quanto seu antecessor.

  • Danilo Soares Félix

    Pô Dedé, até você? Ele só retificou depois que a assessoria do Clube ligou e provou com documentos o que ele colocou na errata.

    • Cezar Motta

      Em matéria de ação judicial, eu preferia uma contra a Federação. Pena que não houve contra gente como Mauro César, Juca Kifuro e aquele João Carlos Albuquerque. Passaram semanas inteiras, aí sim, injuriando o Fluminense, atribuindo ao clube ações ilegais etc.

      • Dedé

        Concordo

      • Cesar Soledade

        Xará perfeito comentário…assino embaixo!!
        ST
        César

      • Danilo Soares Félix

        Concordo. Mas o responsável pela Comunicação na época era outro. Felizmente já é passado. Agora o responsável é o Sérgio Areas.

    • Flavio Chammas

      O Dede está numa fase dificil, nada agrada.

      • Dedé

        O que tá te agradando Flávio?
        De repente eu mudo de opinião

        • Danilo Soares Félix

          Deixa o Dedé, ele é um crítico importante e conhece futebol. Sempre coloca bons contrapontos.

    • Dedé

      Danilo e Cezar, escrevi antes de saber q ele havia feito a retificação.

  • Danilo Soares Félix

    É óbvio que a aposta é alta, também acho o risco elevado. Mas…

    Nelsinho Batista foi tentado e tem multa alta pra tirar do Sport.

    Argel pediu 250 mil.

    Abel pediu 500 mil.

    Ney Franco pediu 300 mil.

    E aí, o que você faria?

    • Gustavo Marsan

      Argel ou um treinador sul-americano…

      • Danilo Soares Félix

        Blz, eu também preferia o Argel. Mas a aposta do Depto de futebol é que não valia pagar 150 mil a mais em relação ao RD. Mas se usarem este valor pra trazer um bom jogador para o elenco, dou minha mão à palmatória.

  • Danilo Soares Félix

    Ele não trabalha mais pelo Clube. No caso, precisa atualizar a lista do seu site. Mas deve deixar desatualizada por conveniência comercial, é do estilo dele.

    • Ana

      Toda hora posta alguma coisa. E se acha o Sun Tzu!

  • Marcelo Medeiros

    Sobre a manutenção da preparação física, é sério que o primo o Fred foi efetivado como “chefe” da área? Ele tem qualificação pra isso?

  • Cezar Motta

    Não há como processar, porque não houve calúnia, injúria e nem difamação. Apenas falta de zelo do Lauro Jardim, que acreditou em uma informação plantada por alguém sem ouvir o Fluminense. Erro técnico, a chamada “barriga”, e não ofensa.

    • Dedé

      Duvida.
      Cezão, quer dizer q se a Veja não houvesse feito a correção, deixando a notícia mentirosa no ar, não caberia processo?

  • Ana

    Essa notícia é importante para os que reclamam do valor do patrocínio da Viton. O Cruzeiro, bicampeão, não está conseguindo quem lhe pague 18 MM.

    http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/ultimas-noticias/1,1208,1,10/2015/03/25/noticia_cruzeiro,306559/cruzeiro-pode-iniciar-serie-a-sem-patrocinador-master-diante-de-economia-desaquecida.shtml

    • Flavio Chammas

      Ana o povo aqui não le jornais, acha que é só estalar dedinho e os patrocínios chegam.

      E falamos do bicampeão brasileiro, e sem lembrar dos paulistas, pois tirando os gambás afilhados do lulinha e o do Palmeiras, que o dono do banco comprou a camisa, quem tem patrocínio bom?

      • Paulo Fernandes

        Quem tem pouco dinheiro, tem que saber gastar. O Cruzeiro, ao contrário do Flu, montou um bom time. Ao passo que Peter e cia contrataram Vinicius, Guilherme Santos, João Filipe e outras porcarias. É jogar dinheiro pelo ralo. Coisa de amadores. Opppsss … Esqueci que não se pode criticar o Peter por aqui. Foi mal …

        • Sergio BindaB

          O que mais vejo é crítica ao PS, MB etc…

    • Gabriel Valente

      parabéns pra eles então que mesmo sem patrocinio montaram um elenco bem melhor que o nosso, mesmo depois de perder jogadores importantes.

      E curioso que mesmo assim lançaram novos uniformes, coisa que o Fluminense até agora não fez, quem quer comprar que leve o da Unimed pra casa.

      • Armando Castanheira

        Mas lá tem scout sério. O nosso scout trouxe, só para citar os absurdos, João Filipe e Guilherme Santos!

      • Ana

        Você tem razão, principalmente em relação aos uniformes.
        Quanto ao time, eles tem um planejamento melhor, sem dúvida. Além disso venderam seus jogadores, o que gerou $$ para novos bons contratos. A maioria dos nossos saiu porque o contrato chegou ao fim, sem retorno financeiro, e eles ainda têm torcida participativa. A nossa chora pitanga por 30 dinheiros.
        Eu só quis mostrar que o valor pago pela Viton não é tão irrisório quanto alguns dizem.

        • Gabriel Valente

          irrisório certamente não é, principalmente a partir do primeiro ano, quando o valor deve subir, mas o ideal era conseguir pelo menos mais um nos moldes da Frescatto, pra dar uma ajuda.

    • Danilo Soares Félix

      Flu conseguiu patrocinador master no dia seguinte à saída da Unimed e teve tricolor reclamando disso.

  • WAGNERFLUZÃO

    Aos amigos do blog.

    Desculpem-me em primeiro lugar pelo comentário que coloquei no início da tarde sobre o salário do nosso ex técnico

    Ainda bem que era mais UMA MENTIRA da FLAPRESS , infiltrada até na REVISTA VEJA.
    O pior de tudo é que a REVISTA VEJA é uma REVISTA SÉRIA e eu leio semanalmente.
    Para mim foi um decepção , observar que até mesmo a REVISTA VEJA , quer através de funcionários seus , criar tumulto no nosso FLUMINENSE.

    Eu , a partir de hoje , não irei mais ler esse SITE MULAMBO chamado NETFLU , pois ele só pode fazer parte da OPOSIÇÃO .

    Desculpem-me mais uma vez,

    Um abraço para todos ,

    WAGNERFLUZÃO.

  • Antonio Carlos Monteiro

    Não acho que seja hora de criticar o profissional antes de mostrar seu trabalho. Posso sim, como sócio, criticar o modelo que levou a essa escolha, justamente baseado nos fatos que levaram esta mesma direção do futebol a contratar essas terríveis apostas furadas que temos.
    Traçando um comparativo, apostar em Ricardo Drubsky tem o mesmo peso de apostar num João Felipe zagueiro. Rodados e poucos produtivos.
    Para o bem do FLU quero que o sujeito acerte, mas sigo na tecla de que o modelo é uma terrível volta aos dias de chumbo do bom, bonito e barato.

  • Rodrigo Prieto

    Desejo toda sorte e sucesso do mundo ao Drubsky. Que ele aproveite essa chance e cale a boca de todos. Eu quero muito queimar a língua. Mas particularmente continuo achando que a diretoria está a passos largos tornando o Flu pequeno. Sentimentos e paixão a parte. Olhem ao redor e me digam que estou errado.

  • Armando Castanheira

    Olhem no link que a Flusócio já havia elogiado o Ricardo Drubscky indiretamente, dizendo que ele, no 2×0 contra o Goiás, rearrumou o time para o segundo tempo e parou o Flu.

    http://www.flusocio.com.br/noite-perfeita/

  • Ivan Barroso Filho

    Próximos jogos do Madureira EC: Macaé, Botafogo e Fluminense.
    Não está tão difícil a classificação! Vamos torcer!

    • Cesar Soledade

      Eu pergunto caro Ivan, o q adiantaria entrarmos nas semi deste campeonato 2015 maquiado, se temos 100% de chances ou probabilidades de SERMOS ROUBADOS, ASSALTADOS, HUMILHADOS, PELA FFERJ E SUA CORJA ??
      O FRED, POR EXEMPLO, NÃO DISPUTARÁ AS SEMI, dado a quantidade de cartões q recebe, em clara perseguição de determinados sopradores de apito…quer fazer uma aposta ??
      Saudações…
      César

      • Ivan Barroso Filho

        Prezado Cesar, bom dia.
        Também acho que podemos ser prejudicados na próxima fase.
        Mas vai que o time resolve jogar tudo que sabe e nos dá o prazer de assistir uma vitória sobre o Vasco de Eurico. Já imaginou?
        Só essa vitória eliminando o Vasco do campeonato já seria uma grande alegria pra mim. Se o título vier depois, melhor ainda!
        ST

  • Sandro Pereira

    Prezados,
    Não estou tão esperançoso quantos alguns companheiros aqui, nem tão desanimado como outros….tudo pode acontecer, inclusive sucesso como aconteceu em 1995 com Paulo Autuori no nada pode ser menor…..na época um ilustre desconhecido para maioria das pessoas, inclusive as que militavam no futebol. O cenário não é favorável, mas a mudança precisava ocorrer….eu optaria, como manifestei em outro post, por um treinador com outro perfil…um sujeito que impressionasse os seus comandados pelos seus feitos no futebol. Mas vida que segue, vamos pagar para ver….ST4!

  • Vitor Perez Dos Anjos

    botafogo empatou com o barra mansa.

    • Ana

      Se o Drumbscky é bom não sei, mas ao menos tem sorte! Todo mundo empatando hoje…

  • PEDRÃO

    É aquele caso em que se chama uma mulher de piranha publicamente e uma semana depois alega-se que foi um engano . Já era , tá na boca do povo .

  • PEDRÃO

    Hahaha , com o eu postei anteriormente muita calma antes de se exaltar a “grande” campanha do maior dos pequenos . É um time de bosta que está se criando encima dos pequenos . Ganhou na cagada do carniça e levou um passeio do Fluminense . Por favor não usem esse clube como parâmetro , nunca , quando quiserem criticar o Fluminense .

  • Flavio Chammas

    Senhores

    Pequenos detalhes:

    o DRUBSCKY É PÉ QUENTE, tres dos concorrentes diretos perderam pontos hoje até agora.

    Ainda faltam dois a jogar , e nós cumprirmos a obrigação.

    O juizinho arrumou um penaltizinho maroto para o foguinho, aos 43 e eles perderam.

    Como o que ele marcou tem uns dez por jogo no agarra agarra dentro da area.

    Agora quero até chegar para ver o circo pegar fogo.

    Pagamos a alegada divida para ferj, vejam a nota do clube sobre isto e o TJD do roubinho/eurico

  • Ana
    • Carlos

      Muito interessante mesmo Ana. Seria mais interessante se o grupo da banda 5, o qual se inclui o nosso Fluminense, discutisse suas transmissoes do Brasileiro na Fox ou Cana Esporte Interativo. Seria uma baita porrada na Globo……….. Abrindo o precedente para todos deixarem a mesma e so sobrarem seus queridinhos.

    • Edson Aguiar

      Por isso a flapress esta cada vez mais atuante. Fico imaginando a pressão em cima de comentaristas e narradores.

  • Jefferson Alvares

    Prezados,

    Como é bom e uma baita diversão este blog, uma verdadeira cachaça!

    Alguns colegas, que brincadeira a parte, tenho certeza serem grande tricolores, vão sempre defender a atual gestão, independente do erro que a mesma cometa, algo que aliás é inevitável em um cenário de futebol que mexe com a paixão e com a cabeça dos milhões de técnicos brasileiros… :)

    O pior é que dias atrás detonavam o Cristóvão (eu também), mas naquele momento, diferentemente de como rotulam os demais (secadores, tricolores de araque, etc.), ao criticarem o Cristovão eles na verdade estavam apoiando o clube, pois eles podem criticar e quando o fazem é diferente dos cornetas… :)

    Será que estes colegas torciam para o Flu perder na época da UNIMED, pois o CB era o mal que somente afundava e escravizava o Flu, ou no caso deles e diferentemente do que pensam dos demais, eles conseguiam separar as coisas?!

    Enfim, não gostei da contração do Ricardo D sei lá o que, acho que o risco é imenso, mas como tricolor que somos vamos torcer até o juiz apitar o fim do jogo e no minuto seguinte se necessário for, estarei aqui cornetando, pois entendo muuuito de futebol :)

    Uma coisa não podemos negar, ou seja, o nosso querido e futuro presidente Mario tem peito e puxou a responsabilidade toda para si…

    St,

  • Jorge

    Assuntobsecundario (primeiro eh termos um time).. Mas Até a portuguesa consegue
    https://esportes.yahoo.com/blogs/jorge-nicola/lusa-tem-acerto-com-kauffamann-para-demolir-084656293.html

    • Edson Aguiar

      Num bairro nobre como Laranjeiras não devem faltar propostas.

  • Renato Mendes

    Tendo transparência não tem como a torcida ficar contra. Assim como no caso do Cristóvão que foi desmentido imediatamente e deixou os críticos com cara de bobo. Como sócios e apaixonados pelo fluminense é só o que exigimos. ST.

  • Andre Cunha

    Parabéns!

    Tem meu total apoio assim como Peter!
    Não desistir jamais!

    Força!!!

    ST

  • René Galvão

    Mário,

    Minha vontade de ajudar é tanta que, se tivesse tempo, seria capaz de ir todos os dias aos treinos do Fluminense para ajudar o técnico a comandar as atividades na arquibancada, igual àqueles malucos mesmo que ficam no alambrado de um lado pro outro. Da mesma forma, a minha indignação com as notícias e comentários “cuspidos” contra o Fluminense através dessa imprensa e comentaristas absolutamente irresponsáveis que infestam o Brasil afora, assim como nossos políticos, é tão grande quanto. Mas vamos aos fatos, se por um acaso acompanhou os últimos comentários postados aqui no blog, vai ver que faço críticas e elogios a atual gestão do Fluminense. Com relação ao time, eu ainda acredito que com esse mesmo elenco, sem alterações, somos capazes de vencer tanto o campeonato carioca (vamos nos classificar) quanto a copa do Brasil, e fazer uma boa campanha no Brasileirão. Mas para isso acontecer precisamos fazer alguns ajustes. O primeiro deles já foi feito que era a demissão do Cristovão, pessoa extremamente correta mas já havia provado no ano passado que não teria condições de comandar um clube como o Fluminense (primeiro erro da gestão: manter o Cristovão na virada do ano), e o segundo ajuste que precisa ser feito urgentemente, daí minha maior crítica à diretoria do Fluminense, é o comando, a cobrança sobre os jogadores. Mário, para mim essa questão é tão grave que estamos convivendo com ela há uns dois anos pelo menos. O mal do time do Fluminense é a falta de objetividade, falta de vontade de vencer as partidas, falta de correria, de suor, de empenho à camisa que vestem e à profissão que exercem. Os jogadores nitidamente mandam no clube e não são pressionados a agirem de forma diferente. Tem que ter algum “maluco” no comando do futebol, que dê soco na mesa, que chute a parede, derrube a cadeira e fale alto com o elenco quando as coisas não estiverem saindo da forma como deveriam. Se não houver esse tipo de cobrança, esse tipo de mentalidade em todos os envolvidos, que os jogadores são funcionários e a diretoria é quem manda em todos eles, pode colocar o técnico que for que o time não mudará no seu principal problema. E isso Mário, com certeza você sabe, acontece em qualquer área de trabalho, se não tiver ninguém para cobrar, ninguém para dar “chicotada”, o indivíduo vai acomodar, não tem jeito, o ser humano é assim.
    Principalmente Mário, por esse motivo, não concordei com a contratação do novo treinador, acho que deveríamos contratar alguém com mais pulso e mais experiência em grandes clubes (para mim Dorival Júnior seria a melhor escolha). Obviamente não tenho noção da real situação financeira do clube, mas de fora tenho a impressão que seria possível tal contratação.
    Estou do lado do Fluminense sempre, torcerei muito pelo novo treinador e pelo atual elenco e diretoria, mas tenho meus pensamentos e minhas convicções que nunca deixarei de expor e defender. Pode acreditar Mário, apesar de não viver diretamente no mundo do futebol, conheço bastante o meio principalmente quando se trata de Fluminense.

    Conselho: Ouça mais alguns amigos deste blog. Existe muita idéia legal sendo postada aqui.

    Boa sorte nessa difícil empreitada.

    • Vitor Perez Dos Anjos

      O discurso é esse Dr, a torcida tem que se unir.!
      Estou com você, e com todos do departamento futebol!

  • Renato Guimaraes

    Mário,

    Como se diz no popular “Tâmo Junto!”, sou sócio, apaixonado e suficientemente esclarecido para compreender e concordar com suas explicações, assim como apoiar vc e os demais que lutam por um FFC melhor.

    Tirando o assunto jogadores, técnicos e campeonatos de lado, me incomoda muito particularmente, a demora nas ações de marketing e operacionalização de campanhas para aumento da associação, veja exemplos de sucesso como o Inter e mais ressentemente o Palmeiras, passa uma sensação, de que boa parte da tese defendida no seu texto está apenas em defender e não em atacar o problema, sendo muito sincero, assim como vc foi em seu texto!

    Acredito seriamente de que recursos novos vindos da torcida são determinantes para superar as adversidades citadas por vc, mas não está claro pra mim, o interesse da gestão em aumentar o quadro de sócios e outras receitas, apesar de ler declarações inclusive do Peter nesse sentido, me desculpe, mas não vejo um plano concreto sendo colocado em prática.

    Se vc ler algumas idéias aqui no blog irá com certeza se surpreender, é claro que não é lugar e nem momento pra falar de idéias pontuais, mais por exemplo, por que não estampar o “seja sócio” nas mangas das camisas enquanto não temos outro patrocinador, e assim como estas várias outras. Medidas simples e baratas, que além do objetivo claro de promover a associação, mostra que é um interesse real do Fluminense.

    Como sócio fico com a imagem de que o clube está trabalhando fortemente no corte de despesas, mas muito pouco focado em novas receitas. É claro que posso estar errado pois não estou no dia a dia do clube, mas essa é a imagem que chega para mim como torcedor.

    Por fim, gostaria de parabenizar você, o Peter e o Simone pela coragem e dedicação, pois erros e acertos fazem parte de nossas vidas, mas é evidente a vontade de acertar e com muita correção.

    Saudades tricolores!

  • Fabio DB

    Prezado Mario,

    Se me permite, a frase repetida por Martin Luther King “o que me preocupa nao é o grito dos maus mas o silêncio dos bons” diz muito sobre a natureza humana.

    Entâo fique certo que sendo as coisas feitas com retidão e esclarecidos os motivos de certas decisões os bons apoiarão, darão sugestões ou farão criticas construtivas mesmo que não concordem plenamente.

    Quanto aos maus, esses nâo tem jeito, gritarão mais do que 1000 bons. Parecerão muito mais do que são. Não adianta.

    Mas “enquanto os caes ladram a caravana passa”.

    ST

  • Paulo Cavalheiro – Santos – SP

    FFC só depende dele para o Carioca, é hora da diretoria cobrar com firmeza este elenco, independentemente de FERJ, se colocar a faca nos dentes e quiser jogar bola, ganha fácil.

    É hora dos Homens, não temos condições de desprezar títulos !!

  • Leandro

    Quero parabenizar o nosso VP Mário pela sua postagem, ressaltando dois aspectos: 1) Capacidade de comunicação. Isso é fundamental no mundo moderno (e claro para o Fluzão). O Mário tem coragem, sabe se comunicar e transmitir claramente as suas ideias; 2) Quanto ao conteúdo das ideias, no geral, acho que ele tem razão. Por vários anos tivemos elencos caros e que não deram retorno técnico. Os títulos de 2010/2012, no entanto, nos fazem pensar grande e, por isso, não aceitamos facilmente a mudança de patamar do nosso elenco.
    Também não gostei da escolha do treinador e nem das contratações feitas até agora. Porém, acima de tudo, sou Flu e torcerei sempre pra dar certo, seja lá quem for o treinador e os jogadores.
    ST

    • Sylvio Montenegro

      Oi Leandro, bom dia! Só fazendo um adendo, o que nos faz pensar grande também é a história do Fluminense. O clube sempre foi pioneiro dos esportes no Brasil. Construiu o primeiro estádio da América do Sul, tinha a hegemonia de títulos no Rio, dois campeonatos brasileiros, tudo isso antes da Unimed. O Fluminense tem potencial. É só saber aproveitar.

  • Danilo Soares Félix

    Concordo. Ou seja, se não atrapalhar já ajuda…rs

  • Ronaldo Do Vale Medeiros

    atenção diretoria do Flu. falem com o treinador para mandarem os jogadores Edson, Giovanni, Jean, , Vinicius e Wagner. receberem o cartão amarelo. para cumprirem suspensão contra o barra mansa, já que depois do barra mansa . o Flu irá enfrentar os mulambos.

  • Mário Bittencourt

    Agradeco a todos que aqui ja comentaram e que mais na frente irão comentar sobre minha postagem da madrugada. Saiba que estou sempre atento a tudo o que amigos, conhecidos, torcedores e outros falam. Quem nao muda de idéias e quem nao as tem……

    Com relacao as decisões, todas elas sao explicadas. Peguem o que falei sobre a manutenção da comissão técnica na virada do ano e verão os motivos da manutenção e peguem minhas declarações agora e verão os motivos da saída. A questao em futebol e simples: todos querem somente resultado e a analise e sempre feita apos estes acontecerem e portanto a avaliação das escolhas dependera sempre e exclusivamente se a bola entrou e isso, sinceramente, nao e o indicador único de avaliação num departamento de futebol profissional. Outros números indicam isso e fazem a gente decidir. Apesar de nao parecer, existe ciência naquilo ali e nos usamos as ferramentas.

    Aproveito pra fazer um comentário aqui direcionado, o que aqui nao costumo fazer mas hoje merece. Dirijo meu comentário ao Allan que aqui posta suas opiniões e que sequer conheço, mas deixo minhas portas abertas e parte de meu tempo a disposição para se quiser um dia pessoalmente bater um papo sobre futebol. E dever meu Allan dizer a voce que conheço sim o que estou fazendo e se nao conhecesse nao estaria lá. Fui criado no meio do futebol, joguei futsal, jogo futebol ate hoje e ja passo pelo departamento de futebol pela terceira vez. A única coisa que voce talvez nao tenha percebido e que nas tres vezes em que lá estive, so aceitei pegar na podre, com a casa pra arrumar e em momentos delicados demais. Em setembro de 2009 quando assumi a gerência do departamento com o clube caminhando para a serie B e tivemos aquela arrancada histórica e ainda fomos a final da sulamericana, depois em 2011 quando muricy saiu e assumi sozinho quando o time tinha 2 pontos e estava em ultimo no grupo da libertadores e acabamos conseguindo a classificação naquele jogo histórico contra o argentino Juniors e em 2014 (sempre a pedidos) quando depois do achincalhe de 2013 fui convidado em 7 de maio pra assumir e ate agora estou.

    Sugiro a voce (na internet voce consegue fácil isso) que veja as minhas datas de entrada e saída naquelas épocas e some a este período de agora fazendo a analise de todos os jogos do clube nos períodos em que estive a frente do departamento de futebol do Fluminense. Veja se eles sao bons ou ruins e depois fique como sempre a vontade para suas criticas construtivas que respeito muito. Jamais peguei este barco com injeção de dinheiro gigante e aguas tranqüilas. So peguei na tormenta e com um monte de buraco pra tapar. Mas peguei, diferente de muitos que se escondem atras das criticas mas que jamais aceitariam os desafios que aceitei. Sem qualquer arrogância, mas apenas do dados, digo a voce que nos ultimos 6 anos o Fluminense esteve duas vezes nas portas da serie B e nas duas vezes, coincidência ou nao, eu estava na trincheira brigando e o Fluminense nao caiu. Uma a frente do departamento de futebol e outra atuando como advogado. Nao acha que isso e suficiente pra que deixem eu desenvolver o meu trabalho em mais um momento difícil? Quantos aceitariam botar a cara nestas horas? Poucos. E digo mais a voce, um resultado de campo tem muito mais coisa envolvida do que uma simples escolha deste ou daquele treinador ou deste ou daquele atleta. Quer a prova? 2012/2013. Fomos campeões num ano e quase caímos em 2013 (salvamos no tribunal) com os mesmos comandantes do futebol e com treinadores de renome. Eles desaprenderam de um ano pro outro? Ou deram sorte em 2012? Os fatores sao diversos, talvez escolhas erradas, talvez situações fora do controle, mas lembro a voce que em 2013 tivemos Abel, Luxemburgo e dorival e caímos no campo. Estou certo ou errado? Voce tem duvida de que sao tres grandes treinadores? Eu nao tenho. Sao bons pra caramba e vencedores, mas nao conseguiram fazer um time super qualificado jogar. Coisas do futebol. Quem sabe um treinador pouco conhecido da mídia mas muito conhecido no meio da bola nao consiga fazer este elenco reformulado jogar. Quem sabe. Paulo Autori chegou nas mesmas condições no botafogo em 1995 e levou o brasileiro.

    Enfim…..gosto do debate porque as criticas sao importantes em qualquer segmento profissional, desde que sejam coerentes, dignas e sem sentimentos pessoais.

    Por fim, como dissemos na entrevista coletiva, a indicação foi dele (nosso Diretor Executivo remunerado para tal) e teve todo o meu apoio e consentimento. Portanto a indicação foi dele e a contratação foi nossa. Lá dentro vamos vencer juntos e perder juntos, sem medo de assumir posições e decisões.

    Boa tarde a todos e saudações tricolores.

    Mario Bittencourt

    • Jefferson Alvares

      Prezado Mario,

      Primeiramente e mais uma vez, parabéns pela transparência e devoção ao Flu!

      Bom, apesar de respeitar a decisão do departamento de futebol quanto ao novo técnico, não concordo com a escolha, pois apesar de já ser um “veterano” dirigindo times de menor expressão, nunca mostrou resultados consistentes.

      Além disso, acho um risco acima do que deveriamos assumir neste momento conturbado, no qual mais uma vez são todos contra nós (federações; adversários e midia)!

      De qualquer forma, vai aqui meu apoio e desejo, mesmo com quase dois pés atras :), que os objetivos sejam alcançados!

      St,

    • Caique Maciel

      Prezado Mario, dessa vez terei que discordar de sua atitude. Responder especificamente ao Allan é dar a ele uma importância que não deveria ter.

      Siga um conselho de quem quer o seu sucesso: não entre nessa pilha, que é exatamente isso que alimenta essa turma. Continue se comunicando com os torcedores, mas não dê essa moral aos seus críticos.

      • Jefferson Alvares

        Prezado Caique,

        Não concordo com boa parte do que o Alan escreveu, mas respeito a opinião dele, assim como a dos outros, e assim é a democracia, no qual o Mario foi perfeito em responder, buscando debater com o Alan, mostrando respeito, argumentos e alguns fatos.

        Parabéns Mario, precisamos ainda mais deste tipo de debate, franco, transparente e democrático, mesmo que seja com pessoas que tenham divergências, pois somente assim construiremos o Flu de nossos sonhos, ou seja, forte e vencedor!

        St,

        • Caique Maciel

          Jefferson, se vc prestar atenção, em nenhum momento eu fiz juízo de valor ao que o Allan escreveu. Eu só discordo do Mario respondê-lo especificamente.

          Imaginem se um cara com as responsabilidades do MB resolver responder um por um a cada crítico do seu trabalho. Ele só fará isso o dia inteiro.

          Isso não tem absolutamente nada a ver com democracia. Pra mim o Mario só mostrou ao Allan o quanto sua crítica o atingiu, a ponto de merecer uma resposta exclusiva.

          A construção de um Fluminense forte e vencedor, na minha opinião, não passa pela conquista da simpatia de quem critica sem o conhecimento dos fatos. Os corneteiros não merecem a minha deferência.

          • Jefferson Alvares

            Prezado Caique,

            Micon todo resoeito, discordo totalmente, e acho que tem sim haver com democracia.

            Dizer que um “corneteiro” não merece ser respondido é o caminho para o autoritarismo que se fecha em suas decisões e ou satisfações.

            Será que você nos seus momentos de “corneteiro”, como foi em relacao ao monento que a UNIMED estava junto ao Dpto. De Futebol, ou nas várias críticas quanto o Cristovao, não gostaria de debater sua opinião com os gestores?!

            O verdadeiro líder, aquele que cria seguidores apaixonados é justamente aquele que não foge ao debate e da atenção a todos, independente se a crítica é ou não justa!

            Enfim, respeito sua opinião, mas desta vez vou discordar veementemente. :)

            St,

          • Caique Maciel

            Agradeço o respeito, mas definitivamente não estamos falando das mesmas coisas. Vida que segue.

            Fluminense acima de tudo!

    • Claudio Chaves

      Mário, acredito na sua coragem e devocão ao Flu!

      Posto isto, acredito que tenha faltado um mea-culpa nesta questão do CB, pois ou deveríamos ter demitido no final do ano, ou deixá-lo até o final do carioca, caso não classificasse teríamos 27 dias até o inicio do brasileiro. A demissão agora passa o recibo de um ou outro erro.

      Outro ponto desnecessário foi a exposição do Simone ao afirmar que a escolha foi dele. Isso faz com que em caso de demissão do RB em futuro breve, FS fique numa posição muito dificil e com a cabeça a prêmio.

      Furebol é dinâmico e efêmero nesta questão de treinador , mas dirigentes precisam ser mais duradouros para o comando central não ser afetado.

      No mais, vamos torcer muito para dar certo esse all in.

    • Marcello Pereira Gomes

      Prezado Mario!! Parabéns pela coragem, atitude, determinação , sempre defendendo com afinco os interesses do nosso amado Fluzao, principalmente nos momentos mais difíceis!!
      Espero que quem leu seu comentário ontem, tenha entendido claramente a armadilha q a torcida tricolor está embarcando em sempre criticar e falar mal do próprio clube q torce, entrando na pilha da mídia com notícias mtas vezes sem fundamento algum!! Para a mídia é ótimo a troca de treinadores, saída e contratação de jogadores, ambientes conturbados, torcida contra a direção e por aí vai!! Inimigos já temos muitos , hj principalmente Ferj/Vasco , se a torcida não jogar junto com o clube, fica mais complicado!!
      Infelizmente todo início de ano tem crise devido ao campeonato carioca, o disputamos em desigualdade de condições, mas devido a gde rivalidade regional , queremos ganhar tb. Não há tranquilidade , nem da torcida, nem jogadores e nem da direção , em disputar o carioca, pois nos sacaneiam o tempo todo. Isso reflete em campo e na arquibancada!! Torço p q mude esse cenário no próximo ano, ou com acordo , ou rompimento !!
      Torcendo muito p o Prof. Ricardo dar certo, capacidade ele tem muito!!
      Sócio desde 2013, independente de fase , técnico e jogadores, e mesmo sem usufruir, morando em outro estado!!
      Continue com essa força, Boa tarde e Saudações Tricolores!!

  • Daniel Bastos

    Ok. Entendo as fofocas, entendo as pessoas tentarem atrapalhar um trabalho, etc.

    Mas cadê a mea culpa da diretoria em seu discurso? Dos inúmeros erros que vocês cometeram?

    Acho que ninguém aqui quer o mal do Flu, muito pelo contrário. Como torcida, temos que cobrar sim. Como sócio torcedor, mais ainda.

    Já parou para pensar que as noticias “chegam distorcidas” pq não há uma comunicação do próprio clube? Não que tenham que dar satisfação de tudo.

  • Eduardo

    Mario, belo texto e concordo em 100%.

    Mas o foco é o novo técnico. A maioria dos tricolores sabem separar os movimentos políticos das escolhas do novo técnico.

    Foi uma decisão arriscada e improvável diante das possibilidades.
    Contudo, após a escolha feita, cabe ao Fluminense bancar o novo técnico para que ele tenha tranquilidade de desenvolver o seu trabalho da melhor forma possível.

    Cabe a vocês não deixar ele errar. Nossa esperança é que sua decisão vire de piada à uma grande escolha.

    Mas vamos torcer para dar certo, até porque o time do Fluminense é muito bom. Na minha modesta opinião, melhor que o de 2014. E reconhecemos sua participação nisso.

  • http://www.tjes.jus.br FÁBIO DA COSTA RIBEIRO

    Se era tudo encomendado, e os ataques são claros (sabe-se de onde vem que quem são os autores), porque o clube não tomou as providências judiciais cabíveis (inclusive criminais) em relação a esses elementos? Por que alguns deles continuam frequentando nossa casa?

  • Caique Maciel

    Olá Mario, mais uma vez agradeço a consideração que tens demostrado com esse espaço e com seus frequentadores. Essa comunicação é de fundamental importância para aqueles que torcem para que as coisas deem certo.

    Quanto ao fogo amigo, fique tranquilo que isso é fruto do desespero daqueles que perderam a boquinha no clube e querem recuperá-la.

    O verdadeiros tricolores estão nessa batalha pelo sucesso do Flu.

    Parabéns pelo seu trabalho.

  • Antônio Ramos

    Fora alguns poucos mal educados e destemperados sem noção, que existem em todos os lugares e faz parte do “business” saber conviver com eles, o nível do grupo aqui é acima da média, independentemente das divergências.

    Estar aqui, como dirigente do clube, já é uma atitude acima da média e diferente. Não me lembro de outro dirigente tendo participação assim num site ou veículo público. Nem sei se é bom pra você, na posição que está, mas certamente é muito bom pro grupo e aumenta muito a sua credibilidade.

    O texto vem com pontos muito interessantes, o que é um alento ! Parabéns !

    E realmente vale o voto de confiança e apoio.

    Só peço a vocês na gestão que ouçam menos os puxa-sacos e mais os críticos (os que fazem críticas com sugestões argumentadas), porque bons resultados e planos nunca vêm de tapinhas nas costas e puxa-saquismos, mas de equilíbiro e reflexão sobre as críticas. Afinal de contas, vocês estão decidindo sobre o Fluminense, que tem que se manter enorme e vencedor.

    Vamos parar com este negócio de que toda crítica ou todo crítico quer ver o pior para o clube porque tem objetivos de tomar o poder. Estes mitos de conspirações de golpe são um saco. Isto, além de uma profunda injustiça, é uma profunda falta de habilidade política. TODO TRICOLOR É VERDADEIRO. Todos querem o mesmo resultado que é o SUCESSO. Seja alinhado politicamente ou não. Aliás, esta menção exagerada de candidatos e eleições no clube só serve pra tirar o foco do trabalho, que fica em 2o plano.

    O resultado tá ruim, Mário. Normal que haja críticas e cobranças, não?

    Vocês sabem que tomaram algumas decisões erradas? Reconhecem isso? Sabem que os resultados estão ruins e que é esta a interface que há para o torcedor? Ótimo! Por que se não tiverem noção disso, na boa …mas este texto me passou o contrário. Acredita que vamos melhorar? Vamos em frente.

    Algumas sugestões:

    – Comete-se um erro recorrente que é tomar o “emgajamento” que existe dos membros aqui comoo perfil médio do torcedor que se procura atingir para novas receitas. O perfil médio do torcedor de qualquer clube é aquele cara que está próximo nos momentos de sucesso e afastado nos momentos de insucesso. Momentos de crise profunda e comoção, como aconteceu na série C, são momentos fora da curva de engajamento que não podem ser avaliados e que não queremos que aconteça novamente. O Fluminense PRECISA TER UM FUTEBOL COM RESULTADO VENCEDOR para resolver os seus problemas. Não vejo vantagem nenhuma em termos times apenas competitivos com folhas menores de que a de outros grandes. Tem que ficar claro pra todo mundo, goste ou não, que o melhor resultado, na média, é sempre dos que investem mais.

    – Nossa maior fonte de receitas hoje está em formação e venda de jogadores, precisamos ser menos paternais com a base e subir mais gente pra colocar no mercado. É a nossa saída a curto/médio prazo.

    – Deixar o clube ser achincalhado em silêncio não melhorou e vai continuar não melhorando em nada a nossa situação.

    – Precisamos ter uma postura politicamente mais amena na federação. Não se deixem levar pelo orgulho ferido do torcedor em geral. No vai ou racha, hoje, a gente racha. Haja visto o que está acontecendo no campeonato. Não somos e não temos os tios ricos do Flamengo. No final, ninguém vai nos proteger. Isto vale pra todas as relações externas do clube.

    Por último, só pra ir na contramão da história. Acho que este técnico pode funcionar, sim. O fato de ele ter ganho duas vezes a Copa SP tem sido pouco divulgado e pra mim é um resultado relevante, mas vai depender muito do apoio da gestão do futebol para que dê suporte as decisões dele, priincipalmente com os jogadores mais cascudos. Vir com a simpatia do Fred, que exerce liderança sobre o grupo, é uma boa.

    Reitero meus parabéns pelo texto.

    Forte abraço

    Saudações tricolores

  • Sergio Mota

    Caro Danilo, me desculpe por me intrometer na sua pergunta ao Mário, mas as respostas para suas perguntas já foram dadas, via imprensa, bastando um pouco de perspicácia e bom senso para fechar tudo. senão vejamos:

    1) Quando foi oferecida a renovação ao Conca ainda não haviam sido renovados os compromissos do Fred, do Wagner, e do Jean. Com estas 3 renovações, certamente houve um maior comprometimento de receitas.

    2) Com exceção do Marlone, todos os jogadores citados pelo amigo vieram com salário baixíssimo e (sem nenhuma exceção) custo de transferência zero, para compor elenco. Pessoalmente sou viciado em jogos de administração de clubes (Football Manager, Championship Manager, Manager Zone, etc.), e quando não há verbas para transferência, ou margem na folha salarial para grandes investimentos, mesmo que hajam jogadores melhores no radar, ficamos com os possíveis, dentro do que queremos.

    Aliás o amigo não deve ter percebido, mas não citou o Giovanni, o Guilherme Mattis, o Vinícius, o Renato, o Júlio César, e o Victor Oliveira, o que, de certa forma, mostra mais acertos do que erros, nas avaliações do scout.

    3) Por várias vezes, foi dito pelo nosso VP que a manutenção do Cristóvão se deu em função dos bons jogos que o time fez em 2014, do aceite das condições contratuais, dentro da nossa realidade, e do péssimo clima interno em 2014, o que impossibilitou uma avaliação justa do trabalho por ele desenvolvido até então.

    Num mercado, como o do futebol, onde as pessoas se relacionam estreitamente durante curtos espaços de tempo(quando estão nem mesmo clube) e depois continuam se falando , tudo que é feito, todas as ações por menores que sejam, acabam repercutindo, positiva ou negativamente na sequência de um trabalho. Sendo assim, ser coerente e justo, quando no comando de um clube, produz uma imagem positiva, não só para quem implementa este tipo de conduta, como principalmente para o clube para o qual a pessoa trabalha.

    ST.

  • Caique Maciel

    É exatamente isso que penso, Jotinha.