A chegada ao NBB

Flu_NBB

 

O Fluminense conseguiu um objetivo traçado em campanha pela gestão para os esportes olímpicos, fazendo com que as modalidades fossem autossustentáveis e a chegada de um time de basquete atendeu a este requisito. A Garra Marketing seguiu o princípio de montar um time competitivo que representasse dignamente o Fluminense no basquetebol, que teve uma grande reformulação, alcançando visibilidade e audiência, para o reerguimento da modalidade que até os anos 80 era a segunda na preferência nacional.

Trocamos uma maior visibilidade da marca Fluminense na elite de um esporte popular, garantida uma equipe competitiva, oferecendo uma camisa com maior atrativo ao público, interesse dos patrocinadores. Convenhamos que ninguém torce por um time com nome de empresa, e aproveitando a paixão que o futebol carrega, o melhor seria ter um time “de camisa” com torcida, para ter um público mínimo.

Com o time montado, atendeu-se aos requisitos para a entrada no Novo Basquete Brasil, a competição da LNB (Liga Nacional de Basquetebol). Disputamos a Copa Brasil Sudeste, alcançamos o vice-campeonato e fomos os campeões da Supercopa Brasil. Disputamos o triangular com Macaé e Tijuca TC (seria um quadrangular se o time de Suzano-SP não desistisse).

Por essas coisas do esporte, não nos classificamos no triangular, com uma derrota apertada para o time de Macaé (com erro de arbitragem a favor do adversário no último lance) e não alcançamos a vaga no NBB. Mesmo frustrados, o Basquete Tricolor não desistiu do projeto, mantendo a proposta de jogar o campeonato estadual.

No entanto, a entrada no NBB não se dá somente com a classificação em quadra. Quem montar um time, possuir um projeto que atenda os requisitos da LNB, pode entrar na competição. Esta foi a atitude do Basquete Tricolor e este objetivo foi alcançado, uma vez que o projeto sempre teve seriedade e é alicerçado.

O futebol do Fluminense teve anos negros na década de 90 e somos acusados de “viradas de mesa”, sem que as houvéssemos causado, acusações vociferadas por quem tem preguiça de pesquisar para resgatar a veracidade dos fatos e prefere pensar do jeito mais fácil, através da manipulação de informações de quem não gosta do Fluminense.

Pois bem, o Basquete Cearense entrou da mesma maneira no NBB e ninguém reclamou. Eles apresentaram um projeto muito bem feito e consistente. Com um time competitivo, alcançaram o 9º lugar na competição e representam dignamente o nordeste brasileiro. Pois eis que o Fluminense faz o mesmo e vários clubes, incluindo o maior rival, gritam por “moralidade” e reclamam de “bagunça”. E quem reclamou, não disputou algum dia em quadra a entrada no NBB. O convite é regra para entrada no NBB.

Amigos, a entrada do Fluminense na Liga Nacional somente dignifica o basquetebol brasileiro. É mais um clube de massa, com uma torcida gigantesca, que trará visibilidade ao esporte, audiência na TV, patrocínios para a Liga e tantos outros benefícios que soa estranho alguém não querer a entrada de um clube com a magnitude do nosso.

A Liga quer, a Globo quer, os patrocinadores querem, nós torcedores queremos e ninguém pode se pautar por meras rivalidades clubísticas e/ou informações distorcidas de certos setores da imprensa que se escondem atrás de uma moralidade oca, que em nada ajudará o esporte nacional, aquele de quem tanto se cobra medalhas em Olimpíadas.

Estamos no NBB, chegamos para ganhar, teremos um time forte e esperamos o apoio maciço da nossa torcida. Creiam: os Guerreiros das quadras não estão para brincadeira.

A Flusócio sempre defendeu as modalidades dos Esporte Olímpicos fortes e com patrocínios autossustentáveis. Junto ao setor responsável pelo Basquete Tricolor convocamos a torcida a apoiar os Guerreiros das quadras. Compareça aos jogos e vibre com o time. O Estadual vem aí e será nosso primeiro passo.

Mais informações sobre nossa entrada no NBB, você pode ler esta entrevista do Gerente Executivo da Liga aqui.

E aqui, uma esclarecedora entrevista do Marcelo “Tchelo” Bunte, nosso coordenador do
basquetebol.

83 Comentários em A chegada ao NBB

  1. Danilo Soares Félix
    19 de junho de 2013 at 13:58 (6 anos ago)

    Caros, eu acho que Tricolor não pode cair nesta pilha ridícula da Fla-Press. A NBB foi criada há alguns poucos anos, com todos os integrantes iniciais sendo incluídos por convite. No ano passado teve time entrando por convite, o Basquete Cearense.

    Tem mais que disputar mesmo. Montamos time, ganhamos a Supercopa Brasil, arranjamos investidor que banque os custos, temos camisa e apresentamos um projeto estruturado.

    Esporte também é business, principalmente para uma competição tão carente de público e times com tradição de camisa. O basquete brasileiro depende mais do FFC do que vice-versa.

    Agora o dever-de-casa: que nosso investidor terceirizado (Garra) contrate forte e nos coloque em posição de protagonistas na competição. Se for pra entrar como coadjuvante e ficar levando surra dos urubus, eu prefiro que nem dispute.

  2. Leandro
    19 de junho de 2013 at 14:07 (6 anos ago)

    É muita sem-vergonhice, se não precisava conquistar a vaga jogando porque jogaram. Não se suja por tão pouco. Isso sim é virada de mesa, no passado nós levamos a fama sem merecê-la.
    Quando falam que os torcedores querem, me excluam.
    O mais grave é “a globo quer”, até quando e o qual o limite dessa vontade.

  3. Danilo Soares Félix
    19 de junho de 2013 at 14:28 (6 anos ago)

    Caro Tricolor, o Flamengo também entrou no NBB por convite, você sabia?

    E não entendi que papo é esse de Globo.

    Jogo de basquete não passa na TV aberta, e as transmissões em TV fechada não rendem NADA aos clubes participantes, pois o esporte ainda não tem audiência mínima que justifique pagar para exibir. Se os clubes cobrarem para transmitir, o Sportv simplesmente pára de passar os jogos.

    A influência da Globo nesta decisão da NBB é nenhuma. Informe-se.

  4. Carlos Muniz
    19 de junho de 2013 at 14:28 (6 anos ago)

    Leandro, o que seria sem-vergonhice? Você parece não ter lido o texto, que diz claramente que a LNB tem o costume de convidar times para disputarem o NBB. Portanto, qual é o mal de fazermos parte da liga, ainda mais sendo um fundador da mesma?

    Amigo, não entre nessa esparrela da fla-press. Não assimile esse discurso falso-moralista deles.

  5. Carlos Muniz
    19 de junho de 2013 at 14:36 (6 anos ago)

    A Globo tem interesse, sim. Ganha a nossa audiência e dobra isso num Fla-Flu.

  6. Danilo Soares Félix
    19 de junho de 2013 at 14:43 (6 anos ago)

    Eu sei Muniz, mas ela sem pagar pelas transmissões ela não a força alguma para influir nas decisões da Liga como faz no futebol. Foi isso que eu quis dizer.

  7. Carlos Maciel
    19 de junho de 2013 at 14:45 (6 anos ago)

    A verdadeira história sobre a criação da Copa João Havelange foi muito bem contada pelo tricolor Beto Meyer (torcidatricolor.com.br).

    http://torcidatricolor.com.br/dossiett.htm

    Os textos do Beto são simplesmente esclarecedores. Leitura obrigatória para tricolores, principalmente os mais jovens.

    E que o projeto do basquete tricolor proporcione um time forte para seguirmos a tradição do futebol em cima da mulambada, de preferência conquistando o título já no primeiro ano justamente em cima deles.

  8. Flavio Chammas
    19 de junho de 2013 at 14:47 (6 anos ago)

    Senhores
    Esporte hoje é negócio, seja ele qual for.
    O basquete é um esporte mundial, vide NBA.
    O Brasil já foi forte e tenta se reerguer.
    A NBB é um projeto profissional, com apoio do Sportv.
    Se existe um clube com o valor de um Fluminense, se ele apresenta um projeto consistente(como parece o nosso), SE O REGULAMENTO PERMITE, porque não participar?
    Nós mesmos às vezes ajudamos a flapress a divulgar o que só a ela interessa.
    Todos os times inicialmente foram convidados.
    Eles vinham reinando aqui no Rio.
    Na medida em que nos colocamos, já não são mais os donos do pedaço.
    A NBB interessa clube, só patrocinados não levam a nada.
    Haja vista os clubes do interior paulista, que vivem da sua cidade, sem nenhum apelo fora dela.
    Concordo com o Danilo, que tem que ser projeto para disputar, não participar como saco de pancada.
    Quanto mais trombarmos com as mentiras, elas vão sendo banidas.

  9. NandoTonho - Fernando Antonio Bastos Möller
    19 de junho de 2013 at 14:56 (6 anos ago)

    Cair nessa falácia de que tem que conquistar a vaga na quadra é muita desinformação ou má fé. Por parte de tricolor, então, é muita preguiça de procurar a informação.

    Pessoal, o NBB ainda é um embrião, lutando para se consolidar, e precisa de time. Por isso existe convite.

    Para confirmar que ainda não é uma competição consolidada, é só ver a última temporada. Onde já se viu um campeonato ter em sua final apenas um jogo, quando todas as outras fases de mata-mata foram melhor de cinco jogos?

    Seja sócio!

    Saudações Tricolores!

  10. PEDRÃO
    19 de junho de 2013 at 14:57 (6 anos ago)

    Com convite ou não o que vai ficar é que disputamos o acesso nas quadras e não conseguimos e então teremos que ouvir essa ladainha o tempo todo . Sinceramente não gostei muito e não tenho mais saco pra ficar discutindo com mulambo e outros se entramos pela janela ou não .

  11. Danilo heringer
    19 de junho de 2013 at 17:07 (6 anos ago)

    e claro q a globo quer o fluminense , seremos um otimo vice – campeao

    flamengo ganhando do fluminense numa final imagina como seria bom para globo

  12. Thales Treiger
    19 de junho de 2013 at 17:12 (6 anos ago)

    Danilo Heringer, vc é fake ou flamenguista? Nós vamos vencer o NBB!!!

  13. Carlos Muniz
    19 de junho de 2013 at 18:02 (6 anos ago)

    Acho que tem gente comentando antes de ler o texto todo…

  14. JOAO PAULO TONINI
    19 de junho de 2013 at 18:02 (6 anos ago)

    Infelizmente, sou obrigado a concordar com o Pedrão. Independentemente da licitude do convite, ficou muito chato não termos nos classificado na quadra. Prato cheio pros que gostam de denegrir a nossa imagem.

  15. Carlos Laport
    19 de junho de 2013 at 18:05 (6 anos ago)

    OFF-

    Abre o olho FRED, abre o olho.

  16. Felipe Carvalho
    19 de junho de 2013 at 18:13 (6 anos ago)

    João Paulo, a questão é a seguinte: a classificação em quadra é UM DOS MEIOS para se jogar a NBB. No começo eu até pensava como vc, mas, não posso me pautar pela (falta de) opinião alheia.

  17. Fabricio Maturana
    19 de junho de 2013 at 18:26 (6 anos ago)

    Tomara que tenhamos um time competitivo, e possamos fazer boa

    figura nessa competição.

    ST.

  18. WAGNERFLUZÃO
    19 de junho de 2013 at 19:00 (6 anos ago)

    AOS MEUS AMIGOS DO BLOG.

    A ENTRADA DO FLUMINENSE NO NBB SEJA PELA JANELA OU SE TIVESSE GANHO A VAGA NA QUADRA PARA MIM NÃO IMPORTA , O QUE IMPORTA É QUE ENTRAMOS.

    É BOM LEMBRAR QUE A MULAMBADA FEDIDA E FUDIDA TAMBÉM ENTROU POR INTERMÉDIO DE UM CONVITE ( PELA JANELA ) ASSIM COMO O FLUMINENSE.

    EU SÓ ESPERO , É QUE O FLUMINENSE MONTE UM TIME DE VERDADE E NÃO UM TIME PARA SER UM SACO DE PANCADAS.

    QUANDO SE ENTRA NUMA COMPETIÇÃO SE ENTRA PARA VENCER , OU SEJA , SE ENTRA PARA SER CAMPEÃO .

    EU ESCREVO ISSO PRINCIPALMENTE PORQUE ESSA COMPETIÇÃO É A MAIOR COMPETIÇÃO NACIONAL.

    PORTANTO , PARA MIM , O QUE REALMENTE INTERESSA É QUE O FLUMINENSE MONTE UM EXCELENTE TIME PARA BRIGAR PELO TÍTULO E NÃO PARA APANHAR DE TODOS , POIS AÍ SIM SERÁ VERGONHOSO.

    WAGNERFLUZÃO.

  19. WAGNERFLUZÃO
    19 de junho de 2013 at 19:11 (6 anos ago)

    AOS MEUS AMIGOS DO BLOG.

    OFF POST.

    ESSE FELIPE AINDA NÃO FOI ?

    POR QUE ?

    SERÁ QUE O DR. CELSO BARROS GOSTA DE RASGAR DINHEIRO ?

    É PREFERÍVEL A SAÍDA DESSE CHINELINHO DO QUE A SAÍDA DO JOGADOR THIAGO NEVES.

    ENTRE OS DOIS É MELHOR FICAR COM O JOGADOR THIAGO NEVES DO QUE COM ESSE MERD…

    LEIAM A ÚLTIMA SOBRE AS ESPECULAÇÕES DA SAÍDA DESSE CHINELINHO.

    NOTÍCIA RETIRADA DO SITE NETFLU.

    Saída de Felipe poderá acontecer antes do esperado

    Apoiador tem proposta concreta do Catar

    Publicado em 18 de junho de 2013 às 8:00

    Meia tem convite para voltar ao Oriente Médio

    A possibilidade de Felipe voltar ao Vasco no fim do ano foi destaca pela imprensa nos últimos dias. Entretanto, sua saída do Fluminense poderá acontecer antes do previsto e não seria para o arquirrival. Informa a Rádio Tupi que o veterano recebeu proposta oficial do Al Saad (QAT), clube que defendeu entre 2005 e 2010.

    Foi oferecido ao meia de 35 anos um contrato de seis meses. Pesa a favor do acerto o bom relacionamento do jogador com o xeque, Mohamand Bin Hamad, dono do Al Sadd, agremiação pela qual Felipe se tornou ídolo.

    Felipe tem convite ainda para assumir, a partir do próximo ano, a função de diretor esportivo do Al Saad, já que o jogador manifestou publicamente, por diversas vezes, que pretende continuar ligado ao futebol após encerrar a carreira.

    ELE AINDA NÃO FOI ?

    POR QUE ?

    NEM DEUS SABE .

    É UMA INFELICIDADE TER UM CHINELINHO COMO ELE NO GRUPO.

    WAGNERFLUZÃO.

  20. WAGNERFLUZÃO
    19 de junho de 2013 at 19:20 (6 anos ago)

    AOS MEUS AMIGOS DO BLOG.

    OFF POST.

    ENQUANTO ISSO NO REINO DAS LARANJEIRAS :

    NOTÍCIA RETIRADA DO SITE NETFLU.

    Anderson visa recuperação para brigar por vaga no time

    Zagueiro quer mostrar ao técnico Abel Braga que está curado de lesão

    Publicado em 19 de junho de 2013 às 18:40

    Anderson não foi para os Estados Unidos junto aos demais companheiros (Foto: Photocamera)

    Enquanto o grupo do Fluminense foi para um período nos Estados Unidos, Anderson ficou no Brasil para o tratamento de uma lesão na coxa direita. Já melhor, o zagueiro visa a recuperação para poder mostrar ao técnico Abel Braga que pode brigar por uma vaga no time.

    – Estou treinando aqui. Quando o grupo chegar, vai ter um tempo para eu treinar junto a eles. Depois é passar para a comissão que eu estou bem. Vai depender do professor também. Mas o meu pensamento é de ajudar. Depois, junto ao grupo, brigar de igual para igual com os companheiros – afirmou.

    ISSO É PARA DEIXAR QUALQUER TRICOLOR COM MEDO DO QUE VIRÁ NO SEGUNDO SEMESTRE .

    SÓ SE FALA EM VENDER JOGADORES E OS QUE NÃO TEM MERCADO , SÃO NA MAIORIA SANGUE SUGAS , POR EXEMPLO , TEMOS O JOGADOR DECO OU JOGADORES QUE NUNCA PODERIAM VESTIR O MANTO TRICOLOR POR SEREM VERDADEIRAS BARANGAS.

    NA VERDADE SÓ SE SALVAM UMA MINORIA QUE PODEM REALMENTE VESTIR O MANTO TRICOLOR.

    WAGNERFLUZÃO.

  21. silva
    19 de junho de 2013 at 19:20 (6 anos ago)

    não satisfeita ainda coloca tv americana erra nome do fluminense querendo tirar o foco de que estão falando do fluminense a super potência do futebol brasileiro, essa flaurubu não perde a viagem mesmo fluzão 3 jogadores na selebrasileira flaglobo não têm nenhum…. chupa tb.

  22. JOAO PAULO TONINI
    19 de junho de 2013 at 19:22 (6 anos ago)

    E o Fred, hein?! Péssimo, é capaz de perder a vaga pro possante Jô que, aparentemente, trouxe consigo a inacreditável sorte que paira sobre o atlético-mg…

  23. silva
    19 de junho de 2013 at 19:27 (6 anos ago)

    estão boicotando o fred na selecão isso está muito visível o neymar toda vez que pega a bola não rola para o fred prefere chutar mesmo sem ângulo aconteceu hoje de novo fred e Hulk debaixo da trave e ele não rola a bola mascarado esse fdp.

  24. Paulo Carvalho
    19 de junho de 2013 at 19:48 (6 anos ago)

    OFF:

    FRED, MAIS UMA VEZ, NÃO JOGOU BEM.

    MAS, NÃO É FANATISMO DE TORCEDOR, O CARA FICOU 80 MINUTOS EM CAMPO E NÃO RECEBEU UM PASSE, UMA BOLA.

    O TAL DO JÔ, EM 10 MINUTOS, RECEBEU MAIS PASSES DO QUE O FRED EM DOIS JOGOS!!!

    ACHO (TENHO QUASE CERTEZA) QUE ESTÃO BOICOTANDO O JOGADOR DO FLUMINENSE!

  25. Paulo Carvalho
    19 de junho de 2013 at 19:49 (6 anos ago)

    O BETO SABE M U I T O SOBRE O FLUMINENSE E TEM CREDIBILIDADE.

  26. Eduardo
    19 de junho de 2013 at 20:05 (6 anos ago)

    Por que estariam boicotando o Fred ? Qual o motivo ?
    Não tape o sol com a peneira.
    O Fred está apenas jogando na seleção a mesma bolinha que ele vem jogando esse ano no Fluminense.
    Nada além disso.

  27. Diogão
    19 de junho de 2013 at 20:08 (6 anos ago)

    Está claro que não se trata de virada de mesa. Isso é trauma?
    Abs

  28. Marcelo Tricolor
    19 de junho de 2013 at 20:26 (6 anos ago)

    To nem aí pro basquete.

    Conca chega quando?

    Felipe vai embora quando?

    Cadê a campanha do sócio torcedor na tv?

    E a obra do CT?

    Força Peter!

    ST!

  29. silva
    19 de junho de 2013 at 20:29 (6 anos ago)

    FALEI ISSO AQUI E FUI QUESTIONADO…..

  30. Fabricio Maturana
    19 de junho de 2013 at 20:37 (6 anos ago)

    Caro Paulo,

    Pra mim, estão a boicotar o Frederico nessa seleção. Visivelmente vê-se isso.

    ST.

  31. Flavio Chammas
    19 de junho de 2013 at 21:07 (6 anos ago)

    SENHORES
    CABE A NÓS DIVULGARMOS.
    PROPONHO, QUE COM A AUTORIZAÇÃO DELE, TENHAMOS O TEXTO PRONTO NUM ARQUIVO AQUI DO BLOG, E QUE ASSIM QUE SE TOCAR NO ASSUNTO, ENVIAMOS A QUEM FALAR DELE.
    DE TANTO ENVIARMOS , VÃO ACABAR APRENDENDO. OS MAIS ENTENDIDOS DE INFORMATICA DEVERIAM FAZER E DEIXAR A DISPOSIÇÃO, COM DESTAQUE.
    FICA A SUGESTÃO
    ASSIM COMO SOBRE O BASQUETE COM A MESMA EXPLICAÇÃO

  32. Eduardo
    19 de junho de 2013 at 21:10 (6 anos ago)

    A adesão da torcida ao programa de Sócio Torcedor enfraqueceu de vez. Depois de um começo fulminante , estamos há uns dois meses praticamente sem novas adesões.
    O que houve ?

  33. Sergio Mota
    19 de junho de 2013 at 21:18 (6 anos ago)

    Eu li em algum lugar que o clube está renovando com o Anderson …

    Hoje é dia 19 de junho né?

    Por que alguém faria um primeiro de Abril de tão mau gosto com a torcida tricolor em pleno junho?

    Alô CB!

    Alô RC!

    Peguem leve aí né!?

  34. Sergio Santos
    19 de junho de 2013 at 21:58 (6 anos ago)

    Essa do basquete deve ser boa pra Globo e pra NBB mas tenho enorme dúvida se será boa para o Fluminense.
    Essa de que não importa o que falam é conversa de retaguarda. Quem tá ali na rua, no bar, o guri que está ali no recreio da escola, vai ouvir um monte.
    Quando a historia do futebol ia aos poucos ficando pra trás, renovam o motivo.
    Haja disposição para mais confronto.

  35. Marco Antonio Barroso
    19 de junho de 2013 at 22:00 (6 anos ago)

    Acho que o modelo das ligas dos esportes, que não o futebol, deveriam seguir o modelo americano de franquias: tem dinheiro? tem projeto? Tá dentro. Isso iria estimular o surgimento de times fortes e acabaria com as deficitárias ligas inferiores.

    Off
    Se for para vender zagueiro, dá o MERDA DO ANDERSON! NÃO O GUN. Diga-se de passagem, a renovação com esse cara não deveria nem ser cogitada.

  36. DAVI PÓ DE ARROZ
    19 de junho de 2013 at 22:16 (6 anos ago)

    Concordo com o Eduardo.

    O Fred não vem jogando, nem de longe, o que jogou o ano passado.

    E agora na seleção está jogando claramente com alguma contusão.

    Meu temor é que ele resolva se recuperar fisicamente depois da copa das confederações. Aí nosso Flu,que depende muito dele, ficaria mais um tempo sem seu principal jogador.

    Grato pela atenção.

  37. Rodrigo
    19 de junho de 2013 at 23:34 (6 anos ago)

    Paulo Carvalho e Silva vejo a mesma coisa que vocês e tenho certeza de que MT gente tem visto, talvez o próprio Fred(e ele tem que abrir o bico e falar firme com todas as letras, especialmente com alguns e ate coversar com o Parreira que ate sobre o valor de um espirito de equipes ( livro) ja escrever. ‘Ta cheio de fominhas ali, até msm Neymar que se diz parceiro…pior ainda e o Oscar( este se acha o cara…). Tocam facil e boas bolas para o Jo , olham p’ra lancar ate e para Fred ele fica sendo feito de Joao Bobo, corre daqui para ali e varias vezes de cara para o gol e nao dao( e o Galvao Bueno adora…)Enquanto Fred roubou a bola e deu p/ o Oscar e no outro jogo foi um pivô, amorteceu no peito e deu p’ro Neymar, a contrapartida nao tem sido a mesma.No Fluminense há espirito de grupo, ele e o capitão, na selecao tem contado o ímpeto e a fome de aparecer. Fred tem que se focar em si, na sua argúcia e boa colocacao junto a área e apontar com todas as letras que boas bolas nao tem lhe chegado NAO e um grupo sem espirito de grupo e solidariedade, matemática e metaforicamente, além de literalmente, da em resistências e boicotes(coisas egocêntricas e invejosas da natureza humana e se imatura, então…). Nao da pra ser gente boa e se calar e tampouco perder suas características de personalidade e de atleta competente, nas características singulares e técnicas incontestáveis que tem. Fred voce e um capitão tricolor, confie no teu taco : voce um dia dissevque quem se mexe demais na área fica com menos chances de se posicionar bem e chutar a gol. O Jô tem recebido bolas molezinhas. Tem sido bom substituto, mas acredite em si, tire a venda dos olhos de que todo mundo e parceiro( deveriam ser), creia em voce, em sua argúcia, sendo sincero ( sem se vitimizar), apontando o “jogo” de fazer de conta que nao te veem e assim nao passando a bola. Boa sorte capitão do Flu, mete bronca (elembre da msg do parachoque de caminhão:”A inveja e uma merda”.Inveja de que? De ser o artilheiro premiado do Brasileirao em 2012. Saudações tricolores!

  38. Paulo Carvalho
    19 de junho de 2013 at 23:50 (6 anos ago)

    Davi, você deve estar com razão. O cara tá com a costela lesionada e fazendo de tudo pra manter a posição.

    Por isso, tá jogando mal e, quando voltar pro Fluminense, vai direto pro Depto. Médico fazer companhia ao Valência, ao Thiago Neves e ao Deco, que aposto quanto quiser, volta já já pro time do chinelinho.

    PS: gostei do “grato pela atenção”, fidalguia Tricolor! rsrsrs

  39. Flunático
    20 de junho de 2013 at 0:16 (6 anos ago)

    O problema do Fred é que ele deixou de usar chuteira preta.

    Eu acho que deveríamos protestar para o Fred pedir para a Adidas uma chuteira preta.

    #FredColocaChuteiraPreta

  40. Rodrigo Goulart
    20 de junho de 2013 at 0:56 (6 anos ago)

    A questão não é nós sabermos q não houve “virada de mesa”, q o convite é natural, que todo mundo ganha com o Flu na NBB, etc.
    Não é isso que se discute, entendam.
    O que se discute é ser realmente era necessário ligar novamente a marca Fluminense a uma entrada em uma competição nacional por uma via duvidosa SOB O PONTO DE VISTA DOS ADVERSÁRIOS. Pq essa correlação, independentemente do q se diga aqui ou em outros portais tricolores, novamente foi feita.
    Na minha opinião, uma vez não obtido o acesso na quadra, o Flu deveria tentar novamente ano q vem, pelo mesmo caminho.
    Não basta ser honesto, é necessário parecer honesto, já dizia um antigo e sábio ditado. E, aos olhos dos rivais, que têm mais um pretexto para nos confrontar, sim, foi mais uma virada de mesa.
    Ficamos com a vaga, mas seguimos com a fama. Valeu a pena?

  41. Rogério Barbieri
    20 de junho de 2013 at 1:03 (6 anos ago)

    O FLUMINENSE deveria fazer um plano de expansão da marca no Brasil.

    Para isso, deveria escolher determinados clubes que já estejam estabelecidos em determinados esportes.

    Por exemplo, no FUTSAL, a MARCA Fluminense deveria fazer uma associação com o CARLOS BARBOSA-rs, por exemplo. Esse time conquistou 4 títulos nacionais e 3 vices nos últimos anos. Isso é uma prova de que eles tem uma FÓRMULA para o BOLO FUTSAL.

    No basquete masculino, por exemplo, poderia incorporar o time do BRASÍLIA, que de 2007 para cá já conquistou 4 títulos nacionais, e partir para disputas em alto nível.

    Nesses 2 esportes, contamos com um determinado público local e televisivo. Mas, seria um mecanismo a mais de expandir a nossa torcida para novas fronteiras.

    No voley masculino, o FLUMINENSE poderia incorporar um clube de Santa Catarina ou de Minas Gerais. Enfim, com esses esportes amadores, o FLUMINENSE faria uma expansão da sua marca pelo Brasil. Além de ter a sua imagem exposta em alto nível em diversas competições, em TV fechada. Isso seria muito importantes e uma excelente saída para o clube.

    VENDER A SUA MARCA. Acredito que isso seja uma das coisas que o PETER SIEMSEN mais saiba fazer.

  42. Eduardo Henrique
    20 de junho de 2013 at 2:11 (6 anos ago)

    Concordo com o seu ponto de vista.

    Adianta alguma coisa um torcedor do framengo dizer que o time deles não é o time da bandidagem e nem da mulambada?

  43. Diogão
    20 de junho de 2013 at 2:14 (6 anos ago)

    Vc abdicaria de um sonho pela crítica alheia? Melhor não, né? Vamos com tudo, #queroaNBB

  44. Jorge Eduardo
    20 de junho de 2013 at 4:56 (6 anos ago)

    RC falando na possibilidade de renovar com Felipe, Deco, Anderson e Edinho, se nao for brincadeira e de deixar o torcedor preocupado, RC é provavelmente o mais bem remunerado manager do futebol brasileiro, mas até agora não disse a que veio.

    Fora: RC, Deco, Felipe, Anderson, Valencia, Diguinho, Bruno, Berna

    Volta Conca! Volta Maicon! Volta Mariano!

  45. Ricardo Ferreira Jame
    20 de junho de 2013 at 7:37 (6 anos ago)

    A melhor arma a ser usada na guerra diuturna da informação é…INFORMAR!

    Parabéns! Vamos em frente!

  46. Ricardo Ferreira Jame
    20 de junho de 2013 at 7:48 (6 anos ago)

    Não bastou o diguinho?

    Renovar com Anderson será mais um tapa na face.

    Não consigo ver nenhuma relação custo-benefício positiva nesta suposta renovação. Se for cavada menos mal.

    A brutal asfixia financeira que nos atormenta não pode turvar nossa visão.

  47. Paulo Carvalho
    20 de junho de 2013 at 9:12 (6 anos ago)

    Quero pedir desculpas pela minha falta de atenção (e até de respeito) pelo Basquete Tricolor.

    Dei aqui alguns palpites e nenhum sobre o tema. É coisa de quem só gosta mesmo de futebol e, falando por mim, bem mal educada.

    Vou tentar me interessar mais pelo basquete…

    Saudações Tricolores

  48. Jorge Eduardo
    20 de junho de 2013 at 9:19 (6 anos ago)

    Quanto a entrada do nosso time de basquete na NBB que esse time honre as nossas cores, que se esforcem e que nos representem bem e além disso que ganhem campeonatos, pois vestiu a camisa do Flu, em qualquer modalidade, tem que entrar para ganhar e terão o meu apoio; apesar de preferir focar mais no futebol, se tiverem aporte financeiro a parte, é sempre bom para ganhar mais afeccionados pelo Flu.

    Parabéns aos que fizeram isso acontecer.

  49. Felipe Pereira
    20 de junho de 2013 at 9:24 (6 anos ago)

    Dos próximos três jogos pelo brasileiro, dois serão clássicos estaduais. Após as declarações do presidente da FERJ contra o Fluminense será que alguém da diretoria poderia solicitar a CBF arbitros de outros estados para apitar estes clássicos?

    Me parece que a questão da PGFN e a viabilização financeira para a construção do CT fizeram com que o penta fosse deixado para segundo plano neste ano. Entretanto, tratar dos interesses do Fluminense nos bastidores das ferderações não custa nada aos cofres do clube.

    S.T.

  50. Ricardo Sá
    20 de junho de 2013 at 9:36 (6 anos ago)

    Este tipo de notícia é para deixar a gente bastante desanimado. Esta também é uma das razões para eu defender a saída do Abel. Não há qualquer justificativa, principalmente técnica, para a renovação com este jogador.É um tapa na nossa cara.

  51. Breno
    20 de junho de 2013 at 10:38 (6 anos ago)

    Faltam 5 dias pra aquele dia completar 18 anos, espero que haja um post especial.

    ST

  52. Breno
    20 de junho de 2013 at 10:39 (6 anos ago)

    Se for árbitros da FERJ, aposta minha vida que seremos garfados.

  53. Breno
    20 de junho de 2013 at 10:42 (6 anos ago)

    FERJ e CBF, seria demais!

  54. Joaquim Tricolor
    20 de junho de 2013 at 10:45 (6 anos ago)

    Voltando ao futebol, que no fundo é o que interessa…

    Quer dizer que a diretoria vende o Wellington Nem porque precisa de dinheiro e depois reempresta o Martinuccio para o Cruzeiro, um clube que pagou R$ 14 milhões em outro atleta no começo do ano?

    Desde quando viramos casa de caridade?

    Até parece que não acabamos de perder um jogador desta mesma posição, até parece que a torcida está lambendo os beiços com nossas opções de ataque!

    Sinceramente, como vocês vão conseguir convencer o torcedor de que o dinheiro do sócio-futebol pode ajudar o clube em alguma coisa, se fazem coisas como essa?

    Como vão conseguir dizer para a torcida que o clube precisa dela para se manter financeiramente, se abrem mão de R$ 6,8 milhões? Eu sou sócio e, vendo notícias como essa, dá até vontade de deixar de ser!

    Que pelo menos peçam emprestado também alguém de lá, algum zagueiro, como condição para o re-empréstimo, já que estamos sem dinheiro e precisando de reforços!

    O Cruzeiro de repente ficou sem dinheiro? Problema deles, mandem o jogador de volta, que ele seja opção aqui! Ou então mandem um jogador para cá!

    Sinceramente, esta diretoria está PISANDO NA BOLA! Se continuar assim, em pouco tempo terá menos um sócio-futebol!

  55. Fernando Pires Jr.
    20 de junho de 2013 at 11:01 (6 anos ago)

    Off: Espero que essa ideia de renovar com o Anderson seja para não desvalorizá-lo e talvez conseguir algum dinheiro com a sua dispensa. O Fluminense não pode ser casa de caridade. Estamos em um mundo capitalista. Se um atleta como o Anderson fica mais tempo no departamento médico e não apresenta um retorno técnico deve ter a sua renovação de contrato questionada. Se for para ficar que se pense em diminuir o seu salário/direito de imagens. Com o Felipe deveria ter sido proposto algo do tipo que foi acertado entre o Juninho e o Vasco. Jogou, recebeu. Enquanto é uma dificuldade nos livramos de jogadores de baixo rendimento, o Framengo dispensa o Renato Abreu sem maiores explicações e olhe que era um jogador que os salvou em diversas oportunidades.

    Por essas e outras posturas que não conseguimos “vender bem” nossos atletas e nem negociar parcerias, patrocínios. Não não nos fazemos respeitar.

    Fui contra a entrada do Fluminense no Basquete, seja porque é um esporte pouco valorizado, exceto nos EUA, seja porque seria melhor investir em esportes que dariam retorno em medalhas como Natação, Ginástica e Lutas. Volei é um esporte bem mais interessante e ainda somos a base da seleção juvenil do Rio. Entramos em um esporyter onde o Framengo já tem um domínio e dificilmente vamos revert4er isso em pouco tempo.

  56. ricardo aap
    20 de junho de 2013 at 11:02 (6 anos ago)

    Honestamente, o que me incomoda é essa necessidade de ficar dando explicação.
    É por isso que pegam no pé, porque dá audiência.
    Melhor a fazer é ignorar.
    Nunca vi flamenguista justificar papeletas amarelas, vascaino as mortes de seus próprios torcedores na final da Copa JH, e botafoguense patrocinio de contravençao penal.
    Essa parada do tapetão só rende porque a gente dá ibope. Basta ver os comentários nas redes sociais, quando alguém manda o já surrado “pague a segunda”, logos uns sete ou oito tricolores aparecem pra retrucar.

  57. Fernando Pires Jr.
    20 de junho de 2013 at 11:04 (6 anos ago)

    Off: Na boa, espero que essa “seleção” seja atropelada pela Espanha para o bem do Brasil na Copa de 2014. Em vez de focar na equipe é tudo voltado para o Neymala Jr. Achei patética aquela cena em que ele saía abrançando os companheiros como se fosse o dono do time.

  58. Fernando Pires Jr.
    20 de junho de 2013 at 11:07 (6 anos ago)

    Que o Fred está muito mal sabemos. O problema é que há muito individualismo nessa seleção. O Fred deu o passe para o gol do Oscar que não foi abraçá-lo. O Fred tentou matar a bola no peito, mas vendo que a mesma lhe escapava deixou para o Neymar fazer o gol. Acredito que o Jô comece a partida contra a Itália pelos dois gols que fez em dois jogos. A chance do Fred é se o Jean entrasse.

  59. Paulo Cavalheiro - Santos - SP
    20 de junho de 2013 at 11:10 (6 anos ago)

    Os tornieos organizados pela FERJ são motivos de chacota, com vários casos bizarros nas Series B e C :

    “# A Terceira Divisão do Campeonato Carioca é o filé dos casos bizarros encontrados no futebol brasileiro. Na última rodada, sábado passado, o duelo entre Itaboraí Profute e Teresópolis, no estádio Los Larios, em Xerém, durou apenas TRÊS MINUTOS.

    O árbitro Sidney Roberto de Moraes Silvino foi obrigado a encerrar a partida após 180 segundos porque a ambulância deixou o estádio para atender a um chamado. E não voltou após os 30 minutos de tolerância. Vale lembrar que o regulamento obriga a presença da ambulância para a realização dos jogos.

    Para piorar, havia público: 222 pessoas pagaram para ver o ‘match’. Mas viram um jogo à la macarrão instantâneo, que fica pronto em três minutos. Os pontos vão para o Teresópolis, visitante, já que a ambulância é responsabilidade do mandante. Que várzea! #”

  60. Paulo Cavalheiro - Santos - SP
    20 de junho de 2013 at 11:21 (6 anos ago)

    Sobre contratações e renovações, num post há alguns dias, o Rogério Felix, Vice Presidente do Conselho Deliberativo do FFC, deixou bem claro :

    O FFC não tem autonomia no depto de futebol e depende de negociação, anuência e aprovação com o patrocinador/investidor (Unimed).

    Portanto não fico mais me martirizando antecipadamente, deixo o barco navegar e torço da mesma forma. E sonho com o futuro independente !!

    Cobrar o Peter ou o Marcelo Teixeira atualmente é uma tremenda injustiça !!

    Agora RCaetano e Abel, contratados pela Unimed, tem participação direta ou indireta nestes negócios.

    O lado bom é que nesta penúria de dinheiro, alguns molekes da base sempre preteridos por alguns xepas, vão ser lançados, ou seja, para quem teve poucas opoortunidades, a hora é agora.

  61. Eduardo Henrique
    20 de junho de 2013 at 11:44 (6 anos ago)

    Pois é, Martinuccio seria uma ótima opção para o nosso ataque. Caso não haja uma contraprestação muito boa financeiramente, vejo uma pisada na bola feia da diretoria. Será que o Cruzeiro faria por nós um agrado nessa mesma ordem?

  62. Israel/sbc
    20 de junho de 2013 at 12:52 (6 anos ago)

    PASSIVO DO FLU. UM POUCO DE VIAGEM, UTOPIA!?!?!?!?

    O último valor referente a dívida do FLUMINENSE que eu li em nºs redondos, seria de R$ 430.000.000,00, sendo R$ 105.000.000,00 de dívida fiscal.

    Pois bem, li numa entrevista do Peter que se o clube tivesse caixa, poderia se conseguir/negociar uma dedução da dívida de 30% a 40%.

    Exercitando a mente e supondo que para a dívida fiscal não haveria a referida dedução, nossa dívida com tal possibilidade seria de R$ 325.000.000,00.
    Com a dedução de 35% sobre o valor acima, o montante ficaria da seguinte forma:
    Dívida fiscal: R$ 105.000.000,00
    Outras: R$ 211.250.000,00
    Total: R$ 316.250.000,00

    Agora a viagem.

    Peter, com a credibilidade que vc adquiriu face a boa administração que vem realizando, seria impossível reunir 1000 “Nobres Tricolores” que estejam pré- dispostos a “Investir/Ajudar” o clube do coração a sair deste imbróglio que em que se encontra!?

    Seria necessário o investimento/participação de R$ 320.000,00 de cada um deles. O clube devolveria aos investidores/ajudadores em no máximo 10 anos com juros e correção, porém honestos e não escorchantes como são o do judiciário e sistema financeiro.

    Por esta razão que citei os 1000 como “Nobres Tricolores”. Para uma atitude desta, realmente tem que ser muito “Nobre”.

    Novamente, estaríamos na vanguarda com esta ação!!!!!

    É uma viagem, é uma utopia, é sonhar muito!?!?!? Ou pode ser uma realidade, bastando ao Peter, Presidente do FLUMINENSE FOOTBALL CLUB pelo menos tentar tal ação!?!?!?

    SÓCIO-FUTEBOL. O FLUMINENSE PRECISA DE VOCÊ!!!!!!!!!
    ST.

  63. Rogério Felix
    20 de junho de 2013 at 13:35 (6 anos ago)

    Não é caridade, um empréstimo tem a ver com a transferência do salário para o clube que está recebendo um jogador.

    Se um jogador recebe 200K mensais, com encargos indo para 300K ou 400K, multiplicado por 1 ano (13 salários), isso totaliza uma diminuição de despesas da ordem de 5 MILHÕES. Só isso já é um benefício, dependendo das condições financeiras da instituição, que todos sabemos, mas esquecemos imediatamente após o próximo café-da-manhã, que o Flu está, no momento, completamente falido.

    Eu, como torcedor, gosto do futebol veloz do Martinuccio, mas sabedor de que a Unimed não entra com NADA na conta do jogador, que é 100% com despesas do Flu, sua situação é muito diferente de outros jogadores do elenco. Até o Fred é mais barato para o Fluminense.

    Ainda, assumir um investimento hoje de 5 milhões por um jogador que teve apenas 10 jogos de sucesso no ano passado, e que vem agora de contusão, acho uma irresponsabilidade do Flu, considerando, novamente, sua situação falimentar.

    Se a Unimed entrasse com 80% das despesas do jogador, aí talvez valesse a pena, pois o custo/benefício do esperado (há sempre risco) retorno técnico valeria a pena.

    Mas a Diretoria é burra, demente, os profissionais de futebol não sabem nada, nós que somos torcedores de arquibancada e sem capacitação técnica na área nem vivência no meio esportivo profissional é que sabemos quais as melhores escolhas o clube deve fazer. Só não sabemos quem paga a conta, mas isso não é um problema nosso.

    Talvez, antes de criticar pesado, caiba levantar perguntas antes: “por que o Fluminense parece não se interessar pelo retorno do Martinuccio?”, “o que está envolvido na questão?”

    Abs

  64. Paulo Cavalheiro - Santos - SP
    20 de junho de 2013 at 13:46 (6 anos ago)

    Grande Israel !! Meu amigo esta viagem parece aquele chazinho de chapéu, antigo do bom com duração de 12 horas !!

    Na atual conjuntura, por mais tricolor que o cara seja, analisando a parceria com um patrocinador/investidor que “comanda” o futebol do FFC, e faz verdadeiros absurdos : renovações de Deco, Diguinho, LEusébio, Valência, Berna e contratações de Felipe, Anderson, Monzon, etc.

    A base até então, completamente subaproveitada, em relação ao seu potencial.

    Por mais tricolor e talvez até “despojado”, se ele tiver um pouco de bom senso, não vai alimentar isto !!

    Num futuro próximo e o clube independente, ai sim, uma ação mais contundente poderia ajudar o FFC.

    Saudações tricolores !

  65. Eduardo
    20 de junho de 2013 at 13:48 (6 anos ago)

    O Fred está apenas pagando pelo ano que está tendo. Muita exposição , entrevistas desnecessárias ( o que ele ganhou ao falar que o clima com o Mano estava pesado ? ) , poucos gols , muitas ausências ( sempre com a mesma justificativa de que é preciso poupá-lo ) etc…
    O resultado é aquilo que estamos vendo esse ano. Mobilidade zero. No Fluminense , isso diminui um pouco porque o time joga sempre para ele. Mas na seleção , isso não existe.
    Vai ser barrado e com justiça.
    Quem sabe ele não passa a se dedicar como qualquer profissional ?

  66. Caíque Maciel
    20 de junho de 2013 at 14:17 (6 anos ago)

    O time de basquete do Flu tem a obrigação moral de dar duas sonoras porradas no time do Macaé no NBB 2013/14.

    Esses babacas foram os primeiros a se posicionar contra a entrada do Flu na liga. Até parece que são uma potêncial do basquete mundial.

    Os mulambos eu até entendo, uma vez que são rivais e fregueses de longa data, mas o Macaé é demais. Demos mole pra eles no jogo principal e por isso se acham no direito de nos sacanear.

    Duas goleadas e muito sangue nos olhos nos jogos contra o Macaé. Essa é a obrigação!!!

    ST

  67. Flavio Chammas
    20 de junho de 2013 at 14:18 (6 anos ago)

    Rogério é muito mais facil “meter a ronca” e criticar, do que perguntar, se informar e depois opinar.
    Para os que não sabem e nem se informam o Martinucio falado vem machucado e sem jogar há muito tempo.
    Além dos altos custos que voce citou.
    MAS METER O PAU É MELHOR E MAIS FACIL

  68. JOAO PAULO TONINI
    20 de junho de 2013 at 14:38 (6 anos ago)

    Rogério, seu post endeusa os diretores do Flu, como se eles fizessem tudo de forma sempre correta e nós, torcedores, independentemente de formação profissional ou nível cultural, só falássemos asneiras. Desculpe, discordo de vc e acho sim, que o RC, por exemplo, só vem fazendo “NADA” até agora; acho SIM o nosso marketing fraco, e acho SIM que o Peter poderia ter aproveitado melhor o tetra campeonato para levantar o sócio torcedor ou expandir a nossa marca. Mas, de qualquer forma, cada um tem uma opinião, no final das contas. ST.

  69. Sylvio Montenegro
    20 de junho de 2013 at 14:58 (6 anos ago)

    Thales e galera da Flusócio, obrigado pelo post sobre o basquete!

    Esclarece alguns pontos. Concordo que a presença do Flu engrandece o basquete no Brasil. E não caio na esparrela da fra-press. Mas, no entanto, acho que foi um erro estratégico participar da seletiva se já havia um projeto pronto. Esse foi o problema e não o convite em si. Deveria ter sido montado um time para se classificar com folga e não dar margem ao que aconteceu.

    Espero, como disse o Danilo, que seja montada uma equipe para brigar pelo título. Que isso seja bem planejado, para não expor o nome do clube sem necessidade. Gosto de basquete e gosto ainda mais do Fluminense, certamente estarei presente em todos os jogos que puder.

    ST

  70. Thales Treiger
    20 de junho de 2013 at 15:02 (6 anos ago)

    Sylvio, o time que foi montado tinha totais condições de vencer. Não vencemos por conta de uma falta que na verdade não foi falta. Acontece que o basquete é um esporte emocionante e que por vezes prega algumas peças. É por isso que na NBA se joga a melhor de sete nos mata-mata.

  71. Ricardo Sá
    20 de junho de 2013 at 15:55 (6 anos ago)

    Fernando:

    A nossa sorte é que o Anderson fica mais tempo no dep. médico!

  72. Thiago Valente
    20 de junho de 2013 at 15:56 (6 anos ago)

    Só um detalhe. Não aconteceu vira de mesa alguma. Existem regras anteriores a essa decisão e que beneficiaram clubes anteriormente dentro da LNB e do NBB. Se está nas regras, não aconteceu uma reviravolta contra essas.

    Sobre ter jogado primeiro, antes de apresentar o projeto, bem, é que existe o torneio e a possibilidade de jogá-lo sem se submeter a votação do conselho, que já havia negado a entrada do Flu em outra ocasião, se não me engano.

    O projeto foi aceito dessa vez por se consistente e autossustentável. Procure se informar melhor da próxima vez antes de criticar o nosso amado Flu.

  73. Paulo Carvalho
    20 de junho de 2013 at 16:11 (6 anos ago)

    ÊPA, Chammas…

  74. Rogério Felix
    20 de junho de 2013 at 19:28 (6 anos ago)

    João Tonini, o seu comentário, me desculpe, mas virou uma sopa de temas, amigo. Estamos falando sobre jogadores, e jogadores têm junto na questão também a parte administrativa/contratual, os valores salariais e de imagem, os tributos, isso tudo além da avaliação puramente esportiva. A vida real não é o game Cartola FC, isso que quis dizer.

    Com relação à sopa de ações ditas, como a gestão de Mkt e o SF, temas PURAMENTE ADMINISTRATIVOS, concordo contigo que existem problemas e cabe sim questionamento nosso como torcedores e consumidores. (Mas é sempre também positivo se inteirar melhor dos problemas de bastidor.)

    Só não concordo com puras marretadas em profissionais feitas por nós, amadores e que conhecemos de futebol apenas a ponta do iceberg (estádio, TV e flapress), mas julgamos quem vive no meio como se conhecêssemos o todo. Um pouco de humildade, entendendo que avaliações feitas apenas pelo que vemos dentro de campo são limitadas e subjetivas, acho que cabe nessa questão específica (elenco).

    Abs

  75. Jefferson Alvares
    21 de junho de 2013 at 1:38 (6 anos ago)

    Prezados,

    Desculpem-me os que acham que é pecado criticar por aqui, mas na minha opinião, vaga para qualquer campeonato que seja, se ganha em campo em quadra, se ganha vencendo sem contestações!

    Se o Flu não tivesse por anos abandonado o basquete, até poderia ter sido convidado a formar a NBB como os demais foram. Porém, voltar depois de anos pelas portas do fundo, não é algo que me agrada.

    Como a história já nos mostrou, pagamos um preço muito alto por viradas de mesa, e agora somente espero que não passemos vergonha novamente como foi no futebol, pois nestes casos a lei de Murph é cruel!

    St,

  76. Octavio Costa
    22 de junho de 2013 at 12:29 (6 anos ago)

    Pessoal minha opinião é uma só . Nosso time Campeão da Copa do Brasil de Basquete, perdeu em quadra um triangular com o vice e o Tijuca , este último levou piaba na NBB de quase todo mundo.
    Portanto já que nosso projeto agradou a cúpula e fomos convidados, vamos fazer um time decente para NBB, senão será uma vergonha cair logo no primeiro ano, e não teremos mais basquete.
    O Fluminense foi convidado pela sua grandeza e sua maravilhosa torcida e não por este time que para mim é claudicante demais . Se não houver reforços e mudanças no Basquete esqueçam é vergonha a vista.

    Sdçs tricolores